História Flores no Escuro - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Orange Is the New Black
Personagens Alex Vause, Piper Chapman
Tags Alex Vause, Orange Is The New Black, Piper Chapman, Pipex, Vauseman
Exibições 154
Palavras 2.035
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Orange, Romance e Novela, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


VOLTEIIIII.... TARDE! MAS VOLTEI.

Capítulo 11 - "I Don't Want To Miss A Thing..."


 

          Uma longa e prazerosa semana se passou. Meus dias eram preenchidos de amor pela minha linda morena de olhos verdes. Eu era mimada todos os dias com suas visitas a estufa, seus presentes, seus beijos.... Eu estava no céu. Mas... sempre tem aquele “mas”... Eu percebia que havia alguma coisa que a incomodava sempre que perguntava alguma coisa sobre ela ou sua família, ela sempre desviava o assunto fazendo assim, com que continua-se como um enigma para mim. Um enigma que iria desvendar de qualquer jeito, a qualquer custo.

 

          Mais uma vez eu estava na estufa. Era sexta-feira, um belo dia se mostrava lá fora. Era um daqueles dias onde o céu era todo azul, um dia onde as folhas das árvores se destacavam com o azul do céu, um dia que possuía uma brisa leve e libertadora... um dia de paz.

Dentro da estufa, por mais que fosse uma estufa, estava agradável. Eu estava plantando e replantando rosas vermelhas... me lembrava... seus lábios. Durante todo o processo de replantar, esse pensamento me invadia. O perfume das rosas me lembrava ela.... Me lembrava das noites de amor que passamos juntas, dos seus doces beijos, de suas caricias que faziam me sentir a pessoa mais amada do mundo... mesmo ela nunca ter me demonstrado em palavras o que sentia, eu sabia... eu sentia.

- Você é tão linda... – Me assustei com a voz rouca que invadiu meus pensamentos, me virei e pude então ver a mulher da minha vida apoiada sobre a porta. – Principalmente com todas essas flores... – Ela veio em minha direção e me agarrando pela cintura fazendo nossos corpos se colidirem.

- Alex, eu estou toda suja...

- Eu não me importo... – Ela levou o dedo indicador ao meu rosto. Ele percorria minha bochecha e meus lábios, decifrando cada pedacinho da minha face. – Tão linda... – Ela aproximou nossos lábios e por fim me presenteou com um dos seus deliciosos e viciantes beijos. – Pipes... – Desfez o beijo e juntou nossas testas, deixando só a respiração pesada entre nós. – Eu queria saber se você gostaria de viajar comigo esse fim de semana. – Seus olhos se abriram e então pude ver o amor no seu olhar.

- Claro que eu aceito Alex. – Demonstramos juntas um sorriso tímido. – Mas para aonde?

- Ah... – Ela se afastou com um sorriso malicioso. – Isso é surpresa.

- Mas eu preciso levar roupas, como eu vou saber o que levar? – Cruzei os braços fazendo cara de incrédula.

- Digamos que é um lugar quente... muito quente. – Aquele sorriso malicioso estava me tentando. – E não fica na cidade.

- Está bem, senhora misteriosa... a que horas?

- Saímos amanhã bem cedo. Então acho que teremos que dividir uma cama... – Ela me agarrou novamente – Seria muito trabalhoso dormirmos separadas... – Falava tudo em voz dramática. – E além do mais... – Depositou um selinho em meus lábios. – Eu não consigo mais dormir sem você Pipes... – Começamos um beijo lento e carinhoso que aos poucos se transformou em cheio de desejo e selvageria.

- Ah não... – De novo não, por que ninguém deixa nós em paz, será algum tipo de maldição!? – Vamos parar com esse agarramento perto dessas flores... – Lorna entra bufando na estufa. – Já não basta ontem, quando encontrei vocês deitadas se pegando no meio dos girassóis. – Ela descruzou os braços e revelou a tesoura de poda que ela trazia consigo. E vou admitir, senti muito medo e apertei-me mais ainda nos braços de Alex.

- Deixa elas Lorna. – Nick entra logo depois – Elas estão naquela etapa de amasso em qualquer canto que acham! – Lorna a olhou inconformada.

- Amassos?! Elas praticamente estavam transando... – Virou para olhar para mim e Alex. – Ou quer dizer que aquela mão dentro da calça da Piper era só para checar a calcinha dela? – Tremeu o corpo, imitando um arrepio. – Só de lembrar...

- O que? Só por que elas transam e você não? – Nick falou olhando debochada para Lorna.

- É o que? – Alex perguntou. As vezes a mente curiosa dela me surpreendia.

- É isso mesmo, o tal do Christofer participa daqueles grupos de celibato... – Nick gargalhou – Pobre Lorna, vai ter que casar pra ter consolo... – Sua gargalhada tornou-se mais alta.

- Nicole... VOCÊ É INSUPORTÁVEL! – E encaminhou-se para a saída. Mas antes de sair, virou-se e a encarrou, e então podemos ver lagrimas em seus olhos. – Pelo menos... ele jamais vai me decepcionar.... – Pude sentir que aquilo atingirá Nick como um golpe lento e mortal. Ela ficou paralisada, nem pensou em argumentar mais com Lorna. Nunca soube o que houve naquela noite. Sempre que perguntava a Nick ou a Lorna recebia a mesma resposta. TRAIÇÃO. Mas isso nunca me convenceu.

- Eu vou falar com ela... – Nick tentou ir ao encontro de Lorna, mas segurei seu braço.

- Você não acha que já fez besteira demais, hein Nicole? – Ela abaixou a cabeça para pôr fim desabando.

- Eu não queria, ter feto aquilo... – A puxei e a abracei – É tudo minha culpa.... Eu a decepcionei.... Eu feri o coração dela e o meu... que merda... – Incontroláveis lágrimas saiam de seus olhos. – Eu não queria...

- Calma... “tudo vai dar certo irmã! ” – Repeti a frase que ela sempre usava para me fazer sentir-me melhor e pude arrancar um sorriso seu.

- Nick... – Alex que observava tudo se aproximou e Nick se soltou do meu abraço. – Não importa o que você fez, não importa o que ela fez. Nunca desista da pessoa que você ama... – Seu olhar voltou-se para mim. – Por mais que seja difícil... – Ali estava, aquele olhar que escondia um segredo. E voltou-o para Nick mais uma vez. – Está me entendo? – Apoiou uma mão sobre seu ombro e a puxou para um abraço. Depois que desfizeram o abraço, Nick se despediu nos deixando ali, sozinhas.

- Que foda... – Alex suspirou pesadamente.

- É... Alex, o que você quis dizer com aquilo que falou pra Nick? – Fitei seus olhos e aquele não se prendeu muito ao meu.

- Pipes... – Ela abaixou a cabeça tentando formular algo para me dizer. – Eu prometo que tudo irá se esclarecer nessa viagem, está bom? – Seu olhar era suplicante.

- Ok Alex... Eu espero mesmo.

- Ok... – Ela enlaçou minha cintura em seus braços, me presenteando com seu sorriso lindo. – Que tal passarmos na sua casa... arrumarmos suas malas e depois irmos lá pra casa?!

- Vamos. – Falei animada.

Depois de sairmos da floricultura, rumamos para meu apartamento onde arrumamos as minhas malas entre beijos e caricias. Carregamos as malas já feitas em seu carro e nos encaminhamos para seu apartamento. Quando estávamos quase entrando no elevador, Alex se vira pra mim e fala eu pegar a chave que ela deixou com o porteiro e que ela me esperaria lá em cima. Fui ao local onde o porteiro ficava, mas ele disse que não havia nenhuma chave com ele. Fiquei preocupada e subi em disparada para o andar de seu apartamento. Chegando lá, não avistei Alex no corredor. O que vi foi a porta de seu apartamento aberta e ouvi o som da música que noites atrás ela cantou para mim no karaokê... A voz de Steven Tyler preenchia o local suavemente.

“I could stay awake just to hear you breathing

(Eu poderia ficar acordado só para te ouvir respirar)

Watch you smile while you are sleeping

(Ver você sorrir enquanto está dormindo)
While you're far away and dreaming

(Enquanto você está longe e sonhando)
I could spend my life in this sweet surrender

(Eu poderia passar a minha vida nesta doce rendição)
I could stay lost in this moment forever

(Eu poderia ficar perdido neste momento para sempre)
Every moment spent with you

(Cada momento gasto com você)
Is a moment I treasure...”

(É um momento que eu valorizo)

          Adentrei a sala escura e iluminada por velas que faziam um caminho entre as pétalas de rosas do chão. E no fim deste caminho meu amor me esperava.

          - O que é isso Al? – Eu estava incrivelmente surpresa e levemente me sentindo enganada.

“Don't wanna close my eyes

(Não quero fechar os meus olhos)
I don't wanna fall asleep

(Eu não quero adormecer)
'Cause I'd miss you, baby

(Porque eu perderia você, amor)
And I don't wanna miss a thing

(E eu não quero perder nada)
'Cause even when I dream of you

(Porque mesmo quando eu sonho com você)
The sweetest dream would never do

(O sonho mais doce que eu nunca tive)
I'd still miss you, baby

(Eu estaria te perdendo, amor)
And I don't wanna miss a thing

(E eu não quero perder nada)”

          - Eu queria expressar para você Piper... O quanto... Eu... O quanto eu te amo! – Ela falava enquanto caminhava em minha direção em passos curtos e lentos. - O quanto eu te desejo... O quanto eu sei e sinto um amor me preencher todos os dias. – Sua mão foi levada ao seu crucifixo. – O quanto eu te venero por ser essa mulher maravilhosa.... Eu quero que você sinta que é amada.... Eu quero que você saiba que por mais que algo tente nos separar eu jamais a deixarei... – Agora bem próxima a mim, ela levou suas mãos ao meu rosto já encharcado em lágrimas. – Eu nunca vou abandoná-la, mesmo se você pedir...

          - Por que eu pediria para que a mulher da minha vida se afastasse de mim? Por que eu pediria para que o motivo do meu sorriso todos os dias me deixasse? – Ela aproximou nossos lábios e começou um beijo apaixonado, que fazia   render-me aos seus encantos.

          - Eu te amo, Pipes.

          - Eu te amo, Al.

          Ali pude ver que não importava o que.... Ela jamais desistiria de mim.

Lying close to you

(Deitado perto de você)
Feeling your heart beating

(Sentindo o seu coração bater)
And I'm wondering what you're dreaming

(E eu estou pensando sobre o que você está sonhando)
Wondering if it's me you're seeing

(Querendo saber se sou eu que você está vendo)
Then I kiss your eyes and thank God we're together

(Então eu beijo os teus olhos e agradeço a Deus por estarmos juntos)
And I just want to stay with you

(E eu só quero ficar com você)
In this moment forever, forever and ever

(Neste momento para sempre, para sempre e sempre)

Don't wanna close my eyes

(Não quero fechar os meus olhos)
I don't wanna fall asleep

(Eu não quero adormecer)
'Cause I'd miss you, baby

(Porque eu perderia você, amor)
And I don't wanna miss a thing

(E eu não quero perder nada)
'Cause even when I dream of you

(Porque mesmo quando eu sonho com você)
The sweetest dream will never do

(O sonho mais doce que nunca tive)
I'd still miss you, baby

(Eu estaria te perdendo, amor)
And I don't wanna miss a thing

(E eu não quero perder nada)

I don't wanna miss one smile

(Eu não quero perder um sorriso)
I don't wanna miss one kiss

(Eu não quero perder um beijo)
I just wanna be with you

(Eu só quero estar com você)
Right here with you, just like this

(Mesmo aqui com você, apenas isso)
I just wanna hold you close

(Eu só quero te abraçar)
I feel your heart so close to mine

(Eu sinto o teu coração tão perto do meu)
And just stay here in this moment

(E só ficar aqui neste momento)
For all the rest of time

(Para todo o fim do tempo)


“Don't wanna close my eyes

(Não quero fechar os meus olhos)
I don't wanna fall asleep

(Eu não quero adormecer)
'Cause I'd miss you, baby

(Porque eu perderia você, amor)
And I don't wanna miss a thing

(E eu não quero perder nada)
'Cause even when I dream of you

(Porque mesmo quando eu sonho com você)
The sweetest dream would never do

(O sonho mais doce que eu nunca tive)
I'd still miss you, baby

(Eu estaria te perdendo, amor)
And I don't wanna miss a thing

 

Don't wanna close my eyes

(Não quero fechar os meus olhos)
Don't wanna fall asleep, yeah

(Não quero adormecer, sim)
I don't want to miss a thing

(Eu não quero perder nada)

                                        

                                         I Don't Want To Miss A Thing - Aerosmith


Notas Finais


Eu vou... mas eu volto! Comentem, adoro seus comentários!!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...