História Floresta do Monstruosa-INTERATIVA - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 20
Palavras 874
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ficção, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi voltei e eu não morri,o nome do título e porque a Leticia (personagem desse cap)vai enfrentar várias pessoas então espero que gostem.

Capítulo 3 - Fugir de brigas é a melhor opção


 Pov's Leticia kand

Acordo com meu rosto sendo lambido por uma língua aspera,o que é bem comum,levanto e fico olhando os olhos do lobo que nem me da bola,seus olhos são  amarelos com bastante brilho,acho que é por isso que de noite quando vou dormir fico olhando para aqueles olhos até me apagar e quando acordo olho prós mesmos,eu ainda não acredito que existem pessoas que tem medos desses olhos mas eles são tão vibrantes e com uma cor tão intensa que parece que o lobo fala com você sei que é meio estranho mas ele em vez de sair e achar que você é louco por ficar fissurado em seus olhos ele fica te olhando como se querece te impinotisar mas ele finalmente da meia volta e sai da toca e vai em direção a floresta é com isso volto a realidade como ninguém vai me trazer comida e me dar na minha mão vou caçar,claro.
   Sabe sou "vegetariana",mas como assim vegetariana com  " bom é porque não sou necessariamente vegetariana,mas isso tava óbvio né?,mas é porque não tomo sangue de humano nem animal,porque moro com um,nem em caso de extremo tomo sangue de animal ou de humano porque quando o tomo fico com uma vontade imensa de mais e mais então eu como apenas frutas e carnes de bichos que morreram e se você está preocupado com o cheiro ou o gosto saiba que não sinto cheiro e que o gosto sai quando coloco na fogueira então menos problemas para mim.
  Eu saio finalmente da toca mas enquanto saio engatinhando(porque o espaço e pequeno)vejo uma garota alta  com o seu cabelo amarrado com uma arma na mão não entro em pânico sou imortal então foda-se se ela está apontando uma arma para mim mas por causa de não ter desespero algum eu pude observar coisas que você só saberia se prestasse mais atenção nela do que na sua arma,ela tinha olhos que pareciam simbolizar tristeza e ódio enquanto olhava para mim até que eu finalmente quebrei o silêncio:
    -você é um humano?
  Ela não respondeu estava bem óbvio que era um humano dava para ouvir o seu coração batendo ou seja não era um vampiro e também tinha certeza que não era lobisomem não sei porque mas senti isso de que talvez esse fosse o problema que a deixava com mágoas, então finalmente ela falou alguma coisa.
     -Você é um lobisomem?
    -não,porque?
   -você tem aparência de um e mora com um lobo.
    Ela não abaixou a arma.
    -ok - falei da forma calma.
  -é então?
   -é assim o que?
   -eu estou prestes até matar e você fala um simples ok.
   -A desculpe não preparei um discurso de morte ainda - falei com tom de deboche.
  -você sabe que vai morrer né?
  -não,acho que não,porque não posso morrer,desculpa lhe informar mas sou uma vampira.
    Senti seus batimentos acelerarem.
 -É você vai me matar?
 -não.
 -por que não?
 -porque não vejo necessidade e nem quero te matar.
 -Mas você devia tentar me matar e o ciclo da natureza,se você não tentar me matar eu vou começar a achar que essa floresta é segura.
 Ela finalmente abaixou a arma,eu poderia falar que a floresta nunca ia ser segura e desaparecer como se a minha conversa com ela nunca tivesse acontecido mas não,tão  simplesmente falei:
  -Você é estranha.-e corri pra procurar uma carcaça de animal já que a fome bateu na porta pior que a educação e mandou eu comer então lá fui eu correr na floresta.
     Achei a carcaça de um cervo só que ele tinha 2 marcas de presas em seu pescoço,estava óbvio que era a caça de um outro vampiro.
     -Oi  - uma garoto falou.
    -Quem é você?
    -Josh é o seu?
   -leticia,porque você fez isso com ele?
   -Ele quem?
   -O cervo.
   -ah,porque mais além de estar com fome.
   -Você sabe que pode comer a carne dele,não sabe?
  -Sei mais sabe eu estou com sede de sangue humano e como os únicos humanos são protegidos pelos traidores e pelos bruxinhos não tenho sangue que quero então preciso de sangue de animal não de carne.
   -Como assim humanos,não tem humanos aqui a muito tempo,bem a não ser os lobisomens.
 -Você é tão desatualizada a Lyra falou que viu uma humana ontem correndo pela floresta.
  -Não que sou desatualizada e que não conheço essa tal de Lyra.
  -Você então é uma traidora!
  -Qual é o significado de traidora aqui?

 -que protege os humanos.
 -Bom não tenho nenhum humano para proteger mas se pudesse pro...-parei no momento que vi ele fechando a mão,parecia que ele ia fazer eu desmaiar e me faria como prisioneira ou como ele pensaria um bichinho de estimação.
     -Mas se pudesse você protegeria?
     -Não se pudesse provaria o sangue já que nunca bebi sangue humano antes.-isso era verdade nunca havia se quer tomado uma gota de sangue já vi o que acontece com um vampiro tomando apenas uma gota de sangue e não é legal.
    -Então você nunca bebeu sangue humano?
    -É isso mesmo e se me da licença eu vou pegar isso aqui-peguei o cervo e coloquei nas minhas costas - é vou come-lo,então thau.-sai como sempre não quero brigar com outras pessoas e vampiros e bruxos e ah você entendeu.

Notas Finais


Eu sei que o cap ficou pequeno mas é porque eu não queria que o cap voltasse em contar apenas a leticia fugindo de brigas ou tendo brigas e gente vai ter uns personagens que eu irei inventar então se hoje ainda tiver outro cap e porque é a ficha do meu personagem.
Bjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...