História Flowers and Drawings for her - (Camren) - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Halsey, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Shawn Mendes, Troye Sivan
Tags Camila Cabello, Camren, Demi Lovato, Lauren Jauregui
Exibições 528
Palavras 2.902
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Orange, Romance e Novela, Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Heyyyy
Bom, teoricamente, hoje é domingo, então, chegay !!! Kkkk


Ansiosas ?! 😁


Boa leitura ❤

Capítulo 9 - Maldita mulher dos olhos verdes !


Fanfic / Fanfiction Flowers and Drawings for her - (Camren) - Capítulo 9 - Maldita mulher dos olhos verdes !

Lauren :

Verde no castanho.

Camila me olhava, e depois encarava minha boca. Disceram para que eu fosse com calma. Juntei meu último fio de sanidade, e fui soltando aos poucos sua cintura.

-É ... O sorvete vai derreter. -Ela se afastou, sentia meu rosto queimar, ela também estava toda vermelha.

-Verdade, melhor a gente já ir, elas devem estar preocupadas. -Diz sem jeito.

Destravo o carro, e guardamos as compras no porta malas. Entramos no carro em um silêncio desconfortante. Me senti mal. Será que se eu tentasse, ela iria corresponder ?

-Posso ligar o rádio ? -Ela fala sem jeito.

-Pode sim. Vamos ver se tem um bom gosto musical. -Falei com um leve sorriso nos lábios, ela sorrio, e ligou o rádio, colocando em uma estação que eu não conhecia.

"Saw your face, heard your name, gotta get with you
Girls like girls like boys do, nothing new
Isn't this why we came? Gotta get with you
Girls like girls like boys do, nothing new
Girls like girls like boys do, nothing new"

Camila cantarolava junto com a música. Sorrio ao pensar na letra  cantada. Me concentrei na voz dela, e é como se um anjo cantasse ao meu lado. A música acaba, e fico surpresa com a voz de Camila.

-Wow ... -Digo e ela me encara. -Você tem uma voz linda.

-O-obrigada. -Diz sem jeito.

-Já fez aula de canto, ou algo do tipo ? -Digo mantendo meus olhos na estrada.

-Não ... Comecei a cantar quando ganhei um teclado da minha avó, aí me interessei, aos poucos fui entendendo melhor sobre música.

-Então toca teclado ? -Ela acente sorrindo. -Eu toco um pouco de violão. -Digo dando de ombros.

-Aprendeu sozinha ?

-Com meu pai. -Digo sorrindo ao lembrar dele.

O restante do caminho foi com um clima agradável. Nós duas cantávamos juntas e sorriamos quando alguma errava a letra.

Chegando no estacionamento, pegamos um carrinho que ficava disponível aos moradores, colocamos as compras, e subimos até o apartamento pelo elevador.

-Finalmente ! Que demora, espero que não tenham esquecido de nada. -Dinah fala dando passagem pra gente.

-Oi pra você também, Jane. -Camz fala séria, me fazendo rir. Dinah lhe abraça, e a menor segue para sala, onde Mani assistia algo na tevê.

-Vou levar as coisas lá pra piscina. -Falei pegando algumas sacolas.

-A gente te ajuda. -Normani disse se levantando, e Camila veio logo atrás.

Levamos as coisas até a área da piscina, guardando as bebidas no freezer, e alguns salgadinhos no pequeno ármario presentes na ampla área, que somente convidados da Jane poderiam ter acesso. Pois é, Dinah realmente gosta de exagerar.

Voltamos para sala, onde Dinah já estava com um biquine, e seus óculos de sol presos na cabeça.

-Por que ainda não estão prontas ? Vamos ! Quero ficar naquela piscina até não aguentar mais. -Diz jogando uma toalha para Camila.

-Estou indo. -Mani diz subindo as escadas. Camila me olha e segue a amiga, subo logo em seguida.

Visto meu biquíni inteiramente preto. Coloco um shorts jeans, prendo meu cabelo em um coque frouxo. Pego meus chinelos, protetor solar e óculos de sol. Me olho pela última vez no espelho, e satisfeita com o resultado, vou até a piscina, onde Dinah estava deitada em uma das espreguiçadeiras, enquanto Mani passava protetor nas costas dela.

Me sentei ao lado delas, e comecei  a passar protetor no meu rosto, uma boa quantidade, já que ficava vermelha com MUITA facilidade.

-Passe mais de uma vez isso aí, fantasminha ! -Mani disse me fazendo revirar os olhos.

-Cadê a Camz ? -Perguntei sentindo falta da latina.

-Olha ela aí. -Dinah disse levantando o olhar. Olho para frente, e no mesmo instante, meu queixo caí.

Camila vestia um shorts jeans desfiado, e na parte de cima, uma espécie de cropped preto. Com todo respeito, ela é muito gostosa.

Conforme ela ia se aproximando, meu olhar acompanhava cada detalhe de seu corpo, subo meu olhar para seu rosto, e estava levemente corado, desvio rapidamente o olhar com os pensamentos impuros da minha mente.

Continuo pasando protetor em mim. Me levanto tirando meus shorts e passando o creme em minhas pernas, barriga, e na parte superior dos meus seios.

-Mani, passa nas minhas costas ? -Falei olhando pra morena.

-Nada disso, não quero namorada minha tocando em nenhuma mulher fora eu ! -Dinah diz séria.

-Quel o problema, Hansen ? Está com medo que eu seja melhor que você ? -Digo debochada.

-Com essa transparencia toda ? Jamais !

-Então não se garante ? -Digo erguendo a sobrancelha. Normani e Camila apenas sorriem com a situação.

-Michelle, Michelle. -Dinah cantarola. -Não duvide da sua chefe !

-Você que está duvidando de você mesma ! -Digo rindo. Ela me lança um olhar mortal.

-Chega crianças ... Eu passo protetor pra você Lolo. -Camz disse pegando o recipiente das minhas mãos. Mesmo surpresa com ela, apenas me deitei na espreguiçadeira.

Ela passava o produto gelado com uma delicadeza fora do comum, me sentia sendo tocada por anjos. Ela passava por toda a extensão das minhas costas, e quando chegava próximo da minha bunda, ela voltava, me fazendo sorrir.

-Pronto ... Serviços massagens Cabello, agradece a preferência. -Diz séria.

-Obrigada Camz. -Ela sorri com a lingua entre os dentes. -Agora deixa eu passar em você. -Me levanto, e ela deita da mesma maneira que eu.

Tentei ser tão delicada quanto ela. Espalhei bem o produto, e por alguns segundos, me permitir admirar a enorme bunda dela. Neguei com a cabeça, finalizando.

-Prontinho.

-Obrigada Lo. -Diz se levantando.

Ficamos mais algum tempo apenas jogando conversa fora, enquanto esperavamos o protetor secar.

-Quer beber alguma coisa ? -Pergunto a Camila que estava deitada ao meu lado.

-Ahh ... Um refrigerante de laranja. -Disse sorrindo.

-Não quer nada mais forte ?

-Eu não bebo, Lo.

-Mesmo ? -Ela acente. -Ok. -Sigo até o freezer onde pego nossas bebidas, e sou surpreendida por algo gelado na minha nuca. -Porra ! -Exclamei me virando, e achando uma Dinah com uma cara de inocente. Passei a mão na minha nuca, e pela temperatura, julgo que ela havia colocado gelo.

-Isso é pra esfriar as coisas aí pra você ! -Disse piscando. A olhei sem entender. -Ta quase comendo a Mila com os olhos, mais calma Jauregay, muita calma. -Reviro os olhos, e mesmo sabendo que era verdae, não ia dar o braço a torcer.

-Tá viajando Jane. -Segui até Camila, e lhe entreguei a lata de refrigerante junto a um canudo, ela sorri como agradecimento, e me sentei na espreguiçadeira ao seu lado.

-Bomba !! -Mani gritou e pulou com tudo na piscina, espirrando água em mim e Camz, que lhe lança um olhar mortal.

-Está ferrada, Kordei ! -Camila fala se levantando.

-Vai fazer o que ? -Mani desafia. Camila mergulha com tudo na piscina, e puxa Normani pelas pernas. -Camila ! Quase que eu me afogo.

-Mas eu não fiz nada. -A menor diz sorrindo com a língua entre os dentes.

-Vem Laur ! -Dinah grita e se joga na piscina, logo abraçando a cintura da sua namorada.

-Só se prometerem que nunca transaram nessa piscina. -Falei me levantando.

-Então fica onde está mesmo. -Dinah diz, e arregalo os olhos. Camila encara Mani que dá um tapa na maior. -Mas mandei limpar, relaxem. -Mesmo com receio, mergulho naquela água gelada, abaixando a temperatura do meu corpo na hora.

Levanto meu olhar, e vejo Camila me observar. Seus olhares eram intensos em meu rosto, mas não encontravam os meus olhos. Ela desvia o olhar após algum tempo, olhando para Dinah.

Mergulho, e por debaixo da água, e avisto suas pernas, passo a mão em seus pés, e escuto ela gritar, subo de novo, e vejo uma Camila com a mão no peito e a respiração desregulada.

-Porra Lauren ! Quer me matar ?? Avisa que eu me praparo. -Rio do seu desespero, ela bufa.

-Desculpa peequena, não resisti. -Falei sorrindo. Seus olhos me analisaram, e me dei conta do que chamei ela. Bem, era verdade, ela é menor que eu, mas, soou de uma forma mais carinhosa. Senti meu rosto queimar.

Ela dá um leve riso, e sua respiração está mais calma. Ela mergulha, e começa a nadar em volta do meu corpo. Se afasta, e vejo seu corpo perdo do de Dinah, que está distraida olhando Normani pegar algo próximo ao freezer.

Camila segura firme as pernas de Dinah, e a maior grita escandalosamente. Camila sobe, e encara a amiga com a maior cara de inocente do mundo.

-PUTA QUE PARIU, KARLA !! QUAL O SEU PROBLEMA ?? -A menor só sabe gargalhar, acompanhada por mim e Mani. Me aproximo delas, Normani vem com uma espécie de mochila azul em mãos, sorrio.




Camila :

Sabe a sensação de achar aquilo que mais procurou durante anos, e essa coisa estar onde menos espera ?

Paz.

Durante anos, procurei minha paz em coisas banais, me apeguei a vicíos desnecessários, magoei pessoas a procura de respostas ... Mas então, Lauren chegou.

E você deve estar pensando ''Mas Camila, vocês só se conhecem a um dia, e algumas horas, como isso é possível ?"

Eu não sei.

Ela simplesmente chegou, com a função de virar minha vida de cabeça pra baixo. É, gosto dela, de uma maneira que eu nunca nem gostei de mim mesma.

Nesse pouco tempo ao seu lado, ela mostrou se importar comigo, mesmo não sabendo nada sobre mim. Ela me faz rir com seus comentários bobos, e sempre sorrio sincera com ela.

Medo.

Ainda tenho medo. Sei que ela seria incapaz de me machucar dessa maneira, mas como minha psicóloga disse "Traumas, tornam sensações boas na pior coisa do mundo, te deixando sempre com a pé atrás da sua própria felicidade. Então, deixe acontecer, já que coragem, é fazer as coisas com medo."

Ela me disse isso na minha última consulta, e uma semana depois, Lauren chegou, me deixando com medo, mas medo de ser feliz.

Minha situação é complicada, não vai passar do dia pra noite, e eu sei disso. Tento me controlar, mas às vezes é mais forte do que eu.

Nunca me permiti observar tão detalhadamente outro ser, mas a beleza dela, merece ser admirada. Seus traços marcantes e delicados, fizeram meu estomago borbulhar desque à vi pela primeira vez.

Agora vocês devem estar pensando. "Vai lá, arrisca, vai pra cima" Mas não. Eu não consigo. Travo.

Lembranças.

Elas me perseguem, e se tornam mais nítidas quando me aproximo de alguém. Maldito medo. Maldito passado. Maldita capacidade de lembrar.

Será que vale a pena arriscar ? Sei que se eu me machucar de qualquer maneira, posso não aguentar mais ... Melhor esquecer essa estória.

Afasto meus pensamentos e observo Lauren e Mani arrumando a rede de volêi, prendendo exatamente no meio, acima da piscina.

-Hey bunduda. -Dinah se coloca a minha frente. -Está tudo bem ? -Diz preocupada.

-Estou sim ! -Digo sincera. Ok que não estou 100%, mas, não estou tão mal, uma hora você acostuma a falar que está bem.

Dinah já me ajudou muito. Ela já fez coisas, que nem a Normani sabe, e nem vai ficar sabendo. Pedi a ela, que esse fosse o nosso segredo.

Mani já fez muito por mim, e sempre se preocupa demais, resolvi não deixar ela com um peso a mais nas costas, mesmo sua preocupação não sendo uma escolha minha.

Lauren pula na piscina, e Normani vem logo atrás. A morena tinha uma bola de volêi nas mãos.

-Ok ... Duplas ! -Lauren fala.

-Casal contra casal ? -Dinah fala com a voz maliciosa, e a encaro com os olhos arregalados. Lauren semicerra o olhar pra ela, e ela sorri para nós duas.

-Vamos fazer o seguinte ... Eu e a Mila, Dinah e Laur. -Mani diz olhando séria para a namorada, que engole seco.

-Pode ser. -Dou de ombros.

Cada uma se posicionou com sua dupla. Tiramos "2 ou 1", e Dinah e Lolo, iriam começar com a bola. Jane deu o primeiro saque, e quase bate com tudo no meu rosto, o que lhe rendeu três olhares mortais.

-Toma cuidado Hansen, tenha calma com a Camila. -Lauren disse debochada. ~Senti um assunto interno alí~

-Não tenho culpa que ela não estava atenta, mas, foi mal Mila. -A maior diz, lhe dou um leve sorriso, e voltamos ao jogo.

Acho que jogamos durante uma hora, sentia meus braços e pernas pesados, de tanto saltar pra alcançar os saque da Dinah.

As meninas não estavam diferentes de mim. Saímos da piscina, e cada uma foi tomar banho em um banheiro.

Deixei a água morna cair sobre meu corpo, enquanto pensava em Lauren.

Maldita mulher dos olhos verdes !

Como ela consegue ser tão linda, fofa, carinhosa, atenciosa ? ... Por que tem que ser assim ? Não quero me envolver com ninguém, mas, o coração não pensa.

Saio do banho, e visto uma roupa leve. Dou uma secada rápida em meu cabelo com a toalha, e desco até a cozinha, onde Normani falava ao telefone, acredito que seja com algum restaurante da região.

Me sento em um dos bancos altos e apoio meus braços no balcão, ficando de frente para a morena.

-Ok ... Obrigada. -Ela diz desligando a ligação, e me encara com um leve riso. -Pedi comida mexicana, sei que gosta.

-Gosto de tudo que é  comestível. -Digo sorrindo, ela me lança um olhar malicioso. -Comida Mani, alimentos ! -Reviro os olhos, ela sorri.

-Como está ? -Diz olhando nos meus olhos.

-Estou bem ... E você ?

-Bem ... Fiquei feliz que veio.

-Se eu não viesse, provavelmente me matariam. -Falei rindo. -Mas ... Também estou feliz de estar aqui ... Às vezes é bom sair do meu quarto.

-Sempre te falo isso, só falta me escutar ... Mas pelo jeito, só ouve a Jauregui. -Diz debochada.

-Tava demorando. -Fala revirando os olhos. -Manera no ciúmes !

-Ciúmes ? Por que eu teria ciúmes ? -Dou de ombros. -Teria motivos pra isso ? -Diz sugestiva.

-Claro que não ... Bom ... Deixa pra lá ... Cadê as meninas ? -Mani me analisa, e desvio o olhar.

-Estão no banho. -Diz ainda me analisando.

Eu poderia falar pra Mani que estava começando a me interessar por Lauren, mas, qual seria o sentido, sendo que eu não vou ter nada com ela ?

Lolo e Dinah descem as escadas, e se juntam a nós no balcão, Dinah se senta ao lado de Mani, e Lauren ao meu lado.

-Pedi comida mexicana, gosta Jauregui ? -Mani diz.

-Gosto de tudo que é comestível ! -Fala, e Mani me olha, dou um leve sorriso ao ver que ela respondeu a mesma coisa que eu.

-Que nem a Bunduda. -Dinah diz me olhando maliciosa. Reviro os olhos.

-Ok ... Então Lauren, está gostando de Miami ? -Normani pergunta.

-Ahh, pelo pouco que conheci, vejo que é uma bela cidade, não é tão movimentada quanto Nova Iorque, mas é bem animada. -Ela diz batendo os dedos no balcão.

-E vai ficar durante quanto tempo ? -A morena continua.

-Durante 6 meses. Até assinarmos contato com a nova filial da Sra. Allyson Brooke. -O interfone toca.

-Comida ! -Dinah exclame se levantando indo atender o interfone, onde permite a entrada do atendente.

Dividimos o valor da compra, e nos juntamos a sala de jantar para devorar todos aqueles tacos. Quando eu digo que Mani é exagerada que nem a namorada, ninguem acredita.

Eu e Lauren ficamos de lavar a louça, já que fomos alegadas como visitas. Nem reclamei , conhecia a peça, mas Lauren continuou batendo o pé até terminarmos de limpar tudo.

-Se divertindo ? -Lauren diz do nada, enquanto eu pegava água na geladeira.

-É ... Sim ... Foi uma bela tarde na piscina. -Dei de ombros. Peguei dois copos, onde coloquei água pra gente.

-Obrigada. -Ela diz sorridente quando lhe entrego o copo.

-Então ... Ansiosa para a reunião de amanhã ? -Digo tentando puxar assunto, nessa hora, Dinah e Mani estavam ... Ocupadas no quarto da maior.

-Nervosa, pra ser sincera. Não sei se vão gostar das minhas ideias, ou dos meus traços. -Diz batendo os dedos no copo.

-Tenho certeza que vão adorar, seus desenhos são perfeitos, não há motivos para se preocupar. -Digo sorrindo.

-Obrigada Camz ... Me deixou até mais calma saber que gosta dos meus desenhos. -Ela fala  com o rosto levemente corado, sorrio. -Tem horário pra voltar pra casa ?

-Não ... Por que, quer se livrar de mim ? -Digo erguendo a sobrancelha.

-Não, né boba. Pelo contrário ... Que tal darmos uma volta ? Aposto que elas vão demorar. -Diz sorrindo.

-É ... Mas, pra onde ?

-Sei lá ... Gosto de sair sem rumo ... E sei que você também. -Sorrio. -Gosta da natureza ?

 -Gosto. -Respondo sorrindo.

-Então ... Pegue seus óculos de sol e celular, vamos em um lugar que fiquei sabendo ser ótimo. -Diz se levantando e pegando as chaves do carro da Dinah, junto com seu caderno de desenho, e um estojo, onde joga tudo em sua mochila.

Subi rapidamente as escadas, onde peguei meus óculos e celular. Seguimos para o carro da Dinah. Dessa vez, Lauren escolheu um Jeep preto, é, Jane tem 4 carros.

-Espero que não tenha medo de velocidade. -Ela fala colocando os óculos, a olho assustada e ela arranca o carro dalí gargalhando.


Notas Finais


Então ?!?!
Tenham paciência, assim como a Lauren kkkk

Enfim, qualquer hora eu volto

Obrigada por lerem ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...