História Flowers and Messages - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias ASTRO
Personagens Eunwoo, Sanha
Tags Astro, Eunha, Eunwoo, Jinout, San Ha, Texting
Exibições 134
Palavras 737
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Fluffy, Musical (Songfic), Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


oii, eu to bem apreensiva com esse capitulo :/ a partir de agora, são os capítulos que nao foram postados antes da fic ser excluída.
espero que gostem, serio, to nervoser....
~boa leitura

Capítulo 19 - Capítulo 18


Fanfic / Fanfiction Flowers and Messages - Capítulo 19 - Capítulo 18

Os feiches de luz entravam pela pequena brecha da cortina, praticamente obrigando San Ha a acordar. Estranhou por não ter sido acordado pelo despertador de Dong Min e nem pelo mesmo.

Levantou-se preguiçosamente, olhando ao redor do quarto

Vazio.

Deu de ombros, indo até o banheiro para fazer sua higiene pessoal voltando rapidamente para confirir o horário. 09:48. Pensou em voltar a dormir mais um pouco -já que não haveria aula hoje - mas logo sua atenção foi para uma flor em cima de sua escrivaninha, juntamente com uma folha de caderno.

Desdobrou o papel e começou a le-lo.

"Querido San Ha,

  Primeiramente, queria me desculpar por estar me despendido por uma carta, espero que me perdoe.
No momento em que você estiver lendo isto, provavelmente já estarei no avião indo para Austrália. Então eu lhe peço, por favor não tente ir atrás de mim.
Ah anjo, por onde eu devo começar? Bom, primeiro queria agradecer pro ter me acolhido em sua cama, por ter cuidado de mim. Não tenho palavras para expressar o quanto eu sou grato a você e a sua família.
Obrigado por todas as palavras de carinho e amor que foram ditas, obrigado por cada segundo que esteve presente ao meu lado. Você tem uma alma maravilhosa que poucas pessoas tem, você tem o coração mais lindo e incrível que eu já vi.
Você sempre sera meu amor, meu anjo. Você mudou o meu jeito de ver o mundo e as pessoas.
Eu vou te amar ate o fim dos tempos.
Sei que não tenho o direito de te pedir nada mas eu lhe imploro, siga sua vida, conheça novas pessoas, novos lugares. Um dia você ira encontrar alguém que te aprecie.
Mas enfim, espero um dia te ver novamente.

Com amor, Waffle☆"

San Ha sentiu seu coração errar uma batida, depois de ler a carta três vezes a mesma já estava molhada por conta das lágrimas.

Tateou sua cama a procura do telefone, ao achar o mesmo tratou de discar o número de Dong Min o mais rápido possível.

A cada minuto que passava, San Ha sentia que seu coração iria para de bater, sua respiração estava fraca. Caminhou até sua porta em passos lentos, parecia que havia desaprendido a andar.

Se escorou na porta, escorregando pela mesma ficando sentado no chão. Um silêncio perturbador se instalou no cômodo, fazendo os pensamentos de San Ha parecem mais altos.

ㅡ Filho? ㅡ Sua mae o chamou no outro lado da porta.

ㅡ M-me deix-xa em paz. ㅡ Disse, abraçando seus joelhos. ㅡ P-por favor.

ㅡ Seus amigos estão te esperando, lá em baixo. ㅡ Falou, logo em seguida voltando para seu próprio quarto.

San Ha respirou fundo, pela milésima vez naquele dia. Passavam mil perguntas pela sua cabeça e todas, infelizmente, sem resposta.

ㅡ Por que você fez isso comigo, Lee Dong Min. ㅡ ri sem ânimo.

Minutos se passaram, talvez horas, não sabi ai certo. O choro havia parado, agora o ruivo se encontrava deitado em sua cama, abraçado no travesseiro de EunWoo enquato fitava o teto.

ㅡ Haru ilbun ilcho meoritsoge gadeuk cha itjyo (um minuto sequer você sai da minha mente). ㅡ Cantarolou baixinho, a música que havia escrito para EunWoo. San Ha pretendia monstrar a tal música para o mais velho, quando o mesmo voltasse do trabalho naquela noite. ㅡ Deep inside my heart (profundamente dentro do meu coração); Cheoeum bon keu sunganbuteo eotteon gose isseodo (a partir da primeira vez, frequentamos os mesmos lugares);
I think about you (eu penso sobre você).

Tateu a cama em busca de seu celular, o mesmo estava de baixo de seu travesseiro, desbloqueou-o e procurou o contato de EunWoo.

eu: [Mensagem de voz]: "Não sei a quanto tempo estou fitando o tempo, talvez uma, duas horas? *ri* Enfim, queria te monstrar uma coisa."

[Mensagem de voz]: "Desde a nossa primeira chamada no skype, eu comecei a escrever uma música. Ela é simples, a primeira que escrevi mas foi feita de coração, para você."

[Mensagem de voz]: "Hayan miso nuneul ttel su eopjyo (eu não consigo tirar meus olhos do seu sorriso); Yonggi nae malhal geyoa, woah (vou te dizer novamente, whoa); I wanna, wanna take you, baby (eu quero, quero ter você, babe); Maeil maeil kidarilke (todos os dias estarei esperando); I wanna, wanna take you, baby (eu quero, quero ter você babe); Neoreul algo sipeo (eu quero que você saiba)"


Notas Finais


comentem, a opinião de vocês é muito importante <3
eai gostaram??????????? espero que sim!!
postei fanfic nova, jikook e é texting também (meio comedia talvez?)
~amo vcs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...