História Flowers and Thorns - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Tokyo Ghoul
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Ken Kaneki, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, Touka Kirishima, V
Tags Bangtan, Bangtan Boys, Bts, Tae, Taehyung
Exibições 84
Palavras 1.037
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 15 - Reconciliação


Fanfic / Fanfiction Flowers and Thorns - Capítulo 15 - Reconciliação

Se passaram dois dias desde o "incidente" com a Yang Mi, não tive notícias da Touka e nem do Kaneki, eu não sei, mas, eu pensei bastante sobre isso, e decidi que da próxima vez que eu encontrar eles eu irei me desculpar, querendo ou não eles são meus pais, e além disso, o Suga também tem falado sobre isso.

   *Mensagens on*

Touka: (S/N)!

Eu: Que foi?

Touka: É o seu appa!

Eu: Oque tem ele?

Touka: Ele saiu de casa hoje de manhã não voltou até agora!

Eu: E não deu notícias?

Touka: Não!

Eu: Daqui a pouco to ai!

     *Mensagens off*

Eu: SUGA SENPAI!

Suga: Que foi?

Eu: Vamos para a casa do meu appa!

Suga: Agora?

Eu: AGORA! - Nós dois se arrumamos correndo e fomos para lá, chegando lá fui correndo para o quarto da Touka ela estava encolhoda chorando - TOUKA! - Eu gritei e ela rapidamente me olhou.

Touka: (S-S/N) - Ela disse e veio correndo me abraçar.

Eu: Me desculpa Touka! E-eu realmente queria ter feito aquilo... Mas eu... Eu estou arrependida, por favor me perdoa! - Falei a abraçando mais forte, e também me desabando em lágrimas.

Touka: Tudo bem, não chora... Eu ainda tenho você não é?! - Ele falou limpando as minhas lágrimas.

Eu: Tudo bem e vou ver aonde o meu appa está! - Falei a sai correndo.

      *Já do lado de fora da casa*

Suga: Nós vamos de carro?

Eu: Não, acho que de a pé fica mais fácil de se achar! - Eu falei e ele e nas assentiu.

Suga: Começamos por onde?

Eu: Vamos em algum barzinho! - Eu falei e nós fomos a alguns barzinhos mas ninguém o viu, então até que chegamos a um barzinho onde um homem diz ter visto.

Eu: Moço você não viu o Kaneki por aqui?

Carinha do barzinho: Sim ele deve ter ido ali na praça da frente ele parecia bem aflito, ele comprou várias bebidas!

Eu: Obrigado carinha do barzinho legal! - Falei e saímos correndo dali onde encontramos o Kaneki em um banco chorando com várias bebidas aparentemente fortes aos seu lado e ainda faltavam muitas para ele terminar.

Suga: KANEKI!

Eu: Idiota! - Falei derrubado uma garrafa de vodka em que ele já estava bebendo.

Kaneki: Oque vocês querem?

Eu: Que você volte para casa!

Kaneki: MAS EU NÃO VOU VOLTAR!

Eu: VOCÊ VAI SIM! 

Kaneki: ME DE UM MOTIVO! - Falou se levantando do banco em que estava sentado.

Eu: POR QUE A TOUKA TA CHORANDO E SOFRENDO POR SUA CULPA!

Kaneki: E AGORA VOCÊ TA PROCUPADA? 

Eu: SE VOCÊ QUER SABER EU TO SIM! ELA ME PERDOOU! E AGORA PARE DE SER UM VADIO IMPRESTÁVEL QUE SÓ SERVE PARA BEBER! - Falei apontando o dedo na cara dele.

Kaneki: PARE DE APONTAR O DEDO NA MINHA CARA!

Eu: PRIMEIRO VOLTE PARA CASA! - Eu falei e ele me deu um tapa na cara, que me fez cair no chão.

Kaneki: PARA VOCÊ É MINHA FILHA E DEVE ME OBEDECER!

Eu: M-mas eu n-não irei! - Falei levantando e dando um soco nele.

Suga: (S/N) pare! - Ele falou segurando o meu braço.

Eu: ME SOLTA SUGA! EU VOU MATAR ESSE IMPRESTÁVEL!- Falei e ele me soltou e olhou assustado para trás.

Suga: (S-S/N) apenas... Olhe para trás! - Ele falou e eu olhei rapidamente, eram os investigadores CCG segurando o Kaneki eu fiquei paralisada.

Eu: SOLTEM ELE!

(???): Você estava discutindo com esse imprestável... - Iterrompi ele.

Eu: SÓ EU POSSO CHAMA-LO ASSIM SEU VAGABUNDO!

(???): Levem ele!

Eu: SOLTEM ELE AGORA!

(???): Quem você pensa que é pra aumentar o tom de voz para mim?

Eu: EU PENSO QUE EU SOU FILHA DO GHOUL MAIS FORTE DE TODOS QUE VAI ACABAR COM VOCÊ! - Eu falei e ele me olhou quase me fuzilando com os olhos - Suga vai ver a Touka!

Suga: Mas e...

Eu: EU FALEI QUE É PARA VOCÊ IR! - Ele me olhou assustado mas logo saiu dali.

(???): Você não deveria ter falado isso! - Ele vem em minha direção mas o Kaneki segura o braço dele antes que ele me bata.

Kaneki: Não ouse!

(???): Levem-os para dentro do carro! - Nessa hora eu senti um leve fraqueza nas pernas e os meus olhos pesarem, mas continuei resistindo, fui até o tal homem pra lhe dar um soco, mas o soco saiu fraco e desmaiei na hora, pouco antes eu só pude ver o mesmo com um sorriso vitorioso no rosto.

       *QUEBRA DE TEMPO*

   Eu acordei em um quarto totalmente branco, eu estava amarrada em uma cama e a minha boca estava amordaçada, olhei para os lados e não vi ninguém, estava olhando para uma grande porta de ferro que logo se abriu.

(???): Ora ora, vejo que a Bela Adormecida acordou! - Ele falou retirando o pano que cobria a minha boca.

Eu: Oque você quer? - Falei fria.

(???): Você!

Eu: Cadê a Touka e o Kaneki?

(???): Em outro quarto, o qual você vai conhecer agora! - Ele me desamarra.

Eu: Oque você vai fazer? - Falo deixando uma lágrima escapar.

(???): Eu não sei.

Eu: Como assim não sabe?

(???): Aish, tortura! - Ele fala e eu paro e fico estática - Vamos logo! - Ele fala me puxando para algum lugar e me jogando para uma sala onde o Kaneki e a Touka estão.

Eu: TOUKA! KANEKI! - Eu falo e vou correndo abraçar os dois.

Touka e Kaneki: (S/N)!

(???): Amarrem-os! - Ele falou e vários homens vieram para cima da gente e nos amarraram em uma cadeira, logo depois o homem saiu da sala.

Eu: Quando vocês se soltarem sejam rápidos, e saiam daqui primeiro que eu!

Kaneki: Mas e você?

Eu: Eu irei ficar bem!

Touka: Vocês conseguem usar seus Kagunes?

Eu: Acho que sim! - Falei e consegui usar na hora e me soltar, e soltar o Kaneki e a Touka, quando alguém entra na sala - RÁPIDO SAIAM DAQUI!

Touka: Mas...

Eu: Eu vou ficar bem! - Eu falei eles assentiram e saíram dali o mais rápido possível.

(???): Que bonita, salvando os pais!

Eu: Cala a boca resto de aborto!

(???): Sabe chingar!

Eu: E matar também!

(???): Prazer, meu nome é... Bem me chame de Satansoo!

Eu: (S/N)! - Falei dando um sorrisinho um tanto quanto maligno de lado.

Satansoo: Educada! - Dali me cumprimentando com um aperto de mãos.

Eu: Idiota! - Falei o derrubando no chão e o prendendo na cadeira eu seguida.

Satansoo: Oque?! - Falou surpreso.

Eu: Como poderei começar a te torturar? - Falei olhando alguns utensílios que serviam exatamente para isso quando a porta se abre.



Notas Finais


Desculpem qualquer erro! ❤
-TiahAliih


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...