História "Foi Apenas O Destino" - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Personagens Originais, Xiumin
Tags Triste
Visualizações 3
Palavras 865
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Festa, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii gente, já vou me desculpando pelos erros eu sou mt burra, mas espero que gostem ^-^

Capítulo 1 - Capítulo - 1


            

Acordo as 5 horas da manhã, com aquele barulho insuportável me lembrando que hoje vou ao 1° dia naquela prisão que chamam de "Colégio"

Desligo o despertador ainda sonolenta, me levanto da cama e abro as cortinas do meu quarto para ver a luz do sol, separo meu uniforme e vou tomar meu café, enquanto desço as escadas percebo de que não há barulho algum naquela casa, me dirijo para a cozinha e vejo um bilhete em cima da mesa:

"Querida, houve um incidente no trabalho e tive que ir mais cedo, tem comida na geladeira

                                                 -Beijos, Mamãe"

Sei que deveria ficar meio desanimada mas eu sei que é pelo meu bem, ela faz isso desde que aquele homem que me recuso a chamar de pai nos abandonou a 13 anos atrás.

Suspiro um pouco cansada, mas tento me animar, esquento a comida e tomo meu café da manhã, após isso faço minhas higienes, coloco meu uniforme e vou para a prisã.. quer dizer colégio.

*Ao chegar lá*

Entro no colégio, havia várias pessoas por conta de ser o 1° dia de aula, algumas conversavam ja outras praticamente se engoliam. Algum tempo depois ja andando por ai, sinto meu celular vibrar:

KakaoTalk on: 

Omma:

'Chegou no Colégio?'

Eu: 

'Sim, e já quero ir embora!'

Omma:

'Aish Sun Hee! pare com isso'

KakaoTalk off

Quando estava prestes a responder a minha omma, esbarro em alguém que em resposta dá um grito fino e irritante por uma simples batida:

- M- me desculpe eu estava completamente distraída -falo envergonhada

- Garota! Você destruiu meu cabelo -falou numa voz chorosa porém ainda irritada 

- Ai por favor Yang! Para com isso, seu cabelo continua uma bosta, acredite não tem como piorar! -fala rindo. Aquela era uma garota que eu não conhecia, ela simplesmente me defendeu, ela parece ser legal! ela se virou para mim -Ah! Prazer, meu nome é Sook -falou com um sorriso de orelha a orelha

- O meu nome e Sun Hee mas me chamam de Hee -falei sorrindo

-Vocês são du.. antes que pudesse falar algo a garota foi interrompida pelo sinal, assim que ele parou de soar ela bufou irritada e foi a passos pesados para a sua sala

-Muito obrigada por ter me salvado

-Ah, denada ela é assin com todos, só para vocês saber o nome dela e Yang Min

-Ah, brigada, bom eu vou indo tenho que ir logo pra sala

-Espera! Qual a sua sala?

-3°C Por que?

-É a mesma que a minha vamos juntas!

E lá fomos nós no corredor que dava nas salas havia uma multidão, e tivemos que nos juntar a ela, de repente sinto um tapa em minha bunda, e como puro reflexo dou um tapa no outro e me viro:

-VOCÊ É LOUCO? -falo praticamente gritando, minha sorte foi que em meio daquele barulho todo só ele escutou, quando a consciência bateu em mim consegui me deparar com um menino muito mais alto que eu, de cabelos loiros e olhos um pouco claros.

-Aish! Qual o seu problema? -fala acariciando o local de tapas

-Seu pevertido! Acha que eu não percebi que você me deu um tapa na bunda? você não tem o direito de me tocar! -falo dando uma séries de tapas nele

-Aish! -falou segurando meu pulso para que eu parasse de bater nele -Quer saber? Eu não te devo satisfações, eu vou embora! -ele passou por mim e entrou na sala logo atrás eu entrei.

Assim que entrei procurei algum lugar vazio, eu encontrei, mas era em dupla com o Pevertido mas em consideração era ao lado de Sook, fui em direção a cadeira, quando fui me sentar fui impedida por aquele pevertido:

-O que pensa que esta fazendo? - falou irritado

-Me sentando -falei confusa

-Aqui você não vai sentar! Pode ir procurar outro lugar

-Não ligo! -sentei em cima da mão dele pois estava em cima do lugar me impedindo de sentar 

-Ai !!! - ele tira a mão dali -Aish! Você é insuportável -fala cruzando os braços

*6 aulas depois*

Era a última aula, eu estava animada conversando com a Sook

-Será que da para você calar a boca?! -falou irritado olhando para mim que se virou na hora

-Vem calar com a sua -falei sem pensar 2 vezes, mas ainda sim eu um tom irritado

Antes de comseguir pensar no que tinha acabado de dizer, ele me beijou, os lábios deles tinham gosto de morango e nicotina era  combinação gostosa, ele tinha os lábios macios e arvemelhados, antes de percebemos qualquer coisa eu já estava com as mãos na nuca dele e as dele estava uma na minha cintura e outra na minha coxa, incrivelmente surpresa ele pediu passagem com a língua e eu cedi, as nossas línguas se encontravam de forma rápida, e vasculhavam todos os cantos da boca um do outro, a única que eu ouvia naquele momento era os estalos altos do beijo e o meu coração que batia rápido de mais, paramos algumas vezes em busca de oxigênio mas depois rertonavamos ate certa hora que el quebrou o beijo, deixando uma mordida no meu lábio inferior.

-Agora eu sei um modo de te fazer calar a boca rapidinho! -falou com um sorriso malicioso

-Você tem.. antes que pudesse falar algo ele me deu outro beijo, só que esse apenas com altos estalos e troca de salivas, e varias mordidas no meu lábio

Continua?? 





Notas Finais


Comentem e favoritem para eu saber se gostaram! ♡♡

~dream_destroyer


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...