História Foi um erro! - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Piece
Personagens Donquixote Doflamingo, Donquixote Rosinante "Corazón"
Tags Incesto, Onepiece, Raiva
Exibições 27
Palavras 614
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Corazón é um dos meus personagens favoritos e olha que tenho muitos. Kkk

Espero que gostem e boa leitura e desculpem os erros.

Capítulo 1 - Eu tentei...


Fanfic / Fanfiction Foi um erro! - Capítulo 1 - Eu tentei...

Desde o começo eu sabia que havia algo errado com Corazón, ele sumia de vez enquando e so aparecia um tempo depois, a marinha continuava no nosso encalço e isso não estava me cheirando nada bem. Estávamos afastados em uma outra Ilha onde ele iria me eencontrar, como sempre após meses ele reapareceu porém algo aconteceu e nosso negócio deu errado, ali eu pude perceber, ele havia me traído! 

Já estava em terra firme, a cidade toda estava pegando fogo e os comandantes do meu navio estava aposto me esperando para o golpe final, eu não queria ele morto, eu queria o olhar nos olhos e saber o motivo de tifo aquilo. 

Eu não sou um monstro, eu juro que só queria o proteger dos humanos que nos caçavam, eu o protegi de nosso pai, mesmo assim ele chorou, chorou quase uma semana toda e após isso ele parou de falar, pensei que aquilo era devido ao trauma que sofremos e por eu ter atirado em nosso pai e o decapitado para que tivéssemos nosso posto de volta, nunca deveríamos ter saído de nosso terra Natal, meu pai foi um tolo e por ser um tolo nossa mãe acabou morrendo por uma doença, ninguém nos ajudou, ninguém queria ouvir o que meu pai queria tanto dizer, ir para perto dos humanos fora um erro! 

Me aproximei até ver seu corpo caído no chão, sua respiração estava lenta e ele apenas me olhou com aquele olhar de desprezo, eu não queria aquilo! Ele era minha família, família de sangue não como os outros comandantes e pião do navio. 

- Rosinante! 

Seu nome saiu cortados por entre meus lábios e naquele momento segurei a vontade de chorar assim que segurei a arma em minha mão, ele havia feito o mesmo, porém, eu sabia que ele não iria puxar o gatilho, mas, eu sim. Eu era o demônio de sangue frio que não tinha piedade de ninguém, me traiu? Morre, me feriu? Morre, zombou de mim? Pode apostar que iria morrer! 

Após ter puxado o gatilho o mesmo manteve um sorriso estampado em seu rosto, aquilo me deixou furioso, tanto que apertei várias vezes o gatilho ate a arma estar totalmte descarregada e seu sangue tingir o branco da neve. Minha mão tremeu, meu corpo tremeu ao ver o sangue escorrer de seu corpo quase sem vida. 

- Você me traiu! 

- E você tirou tudo de mim! - A voz dele estava fraca e foi ai que ele mentiu sobre tudo, porém, o tolo foi eu. Eu havia tecido aquela história de que ele havia ficado mudo mas ele estava ali falando comigo e me culpando pelo erro de nossos pais. 

- Eu não sou ninguém para você? - Eu queria ter dito tais palavras mas não poderia demonstrar fraqueza. 

Meu coração sangrou e eu sofri porém eu tinha outra família que eu sabia que nunca iria me trair e seria leal até mesmo após a minha morte! 

Naquele dia eu deixei um pedaço de mim naquela Ilha que estava em chamas, eu não culpava por não ter fé em mim, eu era um monstro, me tornei um monstro através de meu sofrimento e Corazón foi apenas mais uma pedra em meu caminho, porém ele era minha fraqueza, essa que eu mesmo destruí. 

Eu não queria o proteger, eu apenas queria que ele me amasse, e esse foi um erro terrível que cometi, não se pode amar o próprio irmão! 

Eu juro que tentei Corazón! 

E com esse pesar estou aqui agora,  pensando em tudo o que fiz no lugar onde o executei, esse que ainda continha a marca de seu sangue. 

Me desculpe Rosinante! 


Fim... 


Notas Finais


E foi isso ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...