História Fones de Ouvido - Camren - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Lauren Jauregui
Tags Camren, Surdez
Visualizações 492
Palavras 519
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Survival
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Esta pequeno, porém hoje tem mais, eu juro.

Capítulo 30 - A Culpa é minha!


P.O.V Camila


Depois que chegamos no hospital onde trabalho que deixei Lauren nas mãos de médicos conhecidos e da minha confiança eu liguei para Dinah, demorou até ela acordar e passou um minuto me xingando por eu ter ligado, mas assim que disse onde estávamos ela disse que estavam a caminho e desligou. 

Lauren está com dor de cabeça...

Dor de cabeça que começou usando Dinah bateu na cabeça dela com uma almofada. 

Claro que a pancada não tinha força o suficiente para ocasionar um dor tão intensa, afinal Lauren estava se contorcendo no carro de dor enquanto eu dirigia até o hospital...

Em sua última ressonância não mostrava nada fora do normal, eu teria notado. Tinha menos de um ano de exame. 


-Cade ela ? 

Lucia vinha correndo até eu e Dinah vinha logo atrás com o resto das garotas. 

-Fazendo exames. 

-Por que você não está lá ? 

-Não sou neuro. 

-Isso? Você não é Camila Cabello? -Lucia estava na minha frente agora, ela parecia brava e desesperada, e começava a aumentar o tom de voz comigo. 

-Não posso ajudar em nada. 

-Não pode ajudar? -Agora ela começou a gritar, Dinah segurou seus ombros. -Entra pela porra daquela porta Camila e nos traga notícias. 

-Eu não posso. 

-Entra logo!

-Eu não posso eu não faço idéia do que ela tem...


Só quando eu percebi Ally me abraçar foi que me dei conta que estava chorando, eu nem mesmo tinha notado meus olhos embaçados pelas lágrimas, meu rosto molhado. Eu estava dormente. 


P.O.V Dinah


Enquanto Ally e Normani acalmavam Camila eu puxei Lucy para alguns metros seguros longe dela. 


-Eu entendo Lu que você ama a Lauren e está preocupada, mas a Camila também ama a Lauren e está preocupada. 

-Mas ela pode fazer alguma coisa Dinah, ela pode e não faz. 

-Elas moram juntas, são namoradas. Camila não pode se envolver. 

-Mas ela já se envolveu. 

-É diferente, no acidente Lauren não precisou de um real especialista. Camila é médica, ela é clínica, ela entendia sobre assunto, mas isso é diferente... É mais difícil.

-É grave né ?


-Dra. Camila Cabello ? -Um enfermeiro gritou e logo todas nos colocamos de pé e Camila andou até ele. 

-Dr. Scott quer falar com você em particular. 


Camila nos olhos antes de seguir com o enfermeiro porta a dentro...


-Particular nunca é bom... -Normani falou baixinho, mas todas ouvimos, talvez por que todas sabíamos disso. 


Merda Lauren ... 


Demorou mais um menos uma hora até Camila aparecer de novo na recepção, e ela nem precisou abrir a boca para nós contar que eram notícias ruins, só os olhos vermelhos dela e a expressão já diziam... Lauren não estava bem. 


-Lauren está com hemorragia, entre o crânio e o cérebro. Provavelmente foi no acidente e... 

-Não fizeram exames na cabeça dela no dia do acidente? -Ally peguntou. 

-Eu... Não eu não fiz. Ela não alegou ter batido a cabeça e ela não tinha sintomas de nada grave assim... É culpa minha, eu deveria ter feito. 


Camila caiu de joelhos no chão enquanto chorava. 


Nenhuma de nós a abraçamos, nenhuma em condições de consolar ninguém, e todas precisando ser consoladas. 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...