História Foolish Love - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Big Bang, T.O.P
Personagens D-Lite (Daesung), G-Dragon, Personagens Originais, Seungri, T.O.P, Taeyang
Tags 2ne1, Bigbang, Choi Seunghyun, Daesung, Empty, G. Dragon, Say Ok, Seungri, Taeyang, Top
Exibições 31
Palavras 1.068
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Cheguei, demorei, mas cheguei.
Ainda estou baqueada pela Disband do 2NE1, ainda mais com a carta nova da Dara e a Carta da CL provando que elas não queriam o termino do grupo e que fora decidido recentemente e provavelmente sem consentimento delas.
Pra mim tudo isso fora boicote da YG para retirar a Park Bom da empresa. Um bando de ridículos! Eu ODEIO o Yang com todas as minhas forças e tomara que a Dara e a CL consigam sair da YG ainda esse ano e mais ainda QUERO MUITO que o G-DRAGON faça uma empresa de entretenimento e que leve o BIGBANG para lá e foda geral com o BABACA do Yang.

Me perdoem pelo desabafo, mas precisava.
Fiquem com o Capítulo 9...
Boa Leitura!

Capítulo 9 - You should not have done That


Fanfic / Fanfiction Foolish Love - Capítulo 9 - You should not have done That

~ POV’s YOUNG MI ON

As quatro olharam-se com uma expressão de culpa até que Eun Young tomou a frente e tomou coragem.

- Nós entramos em contato com a sua família materna há um tempo. – Falou com hesito.

- O que!? Vocês não tinham o direito! – Esbravejei.

- Unnie, nós apenas queríamos resolver essa questão e te ajudar! - Tentou amenizar.

- Eu não quero nenhum tipo de ajuda nesse sentido. Eu digo isso desde o dia que aquele monstro me abandonou com meu pai quando eu tinha apenas três anos de idade. Sobrevivi praticamente vinte anos sem ela. Porque vou querer saber dela agora? – Meu corpo tremia por causa da corrente de diversos sentimentos e emoções que se passavam.

- Só queríamos ajudar! – Hei-Min tentou me acalmar.

- Vocês não tinham direito algum de fazer isso. – Sai hotel à fora, não queria ver ninguém a minha frente. Enquanto corria ouvi a voz de T.O.P chamando pelo meu nome o que me fez correr mais ainda em desespero.

~ POV’s YOUNG MI OFF

...

- Eu disse que ela ficaria assim! – Min-Kyu alertou.

- Ela não vai querer ver nossa cara por um bom tempo. – YE concluiu em suspiro.

- Vocês poderiam explicar o que está havendo? Porque Young-Mi saiu daqui daquela forma? – G-Dragon se fez presente se sentando em uma cadeira ao lado das garotas.

- Vou contar. – Eun Young tomou a frente mais uma vez. – O problema em questão é que Young Mi não vê sua mãe desde seus três anos de idade. Essa é a época que o pai dela e ela foram para o Brasil. A mãe dela manteve contato com eles até mais o menos Young Mi completar seus treze anos de idade, mas depois disso perderam contato. Até esses dias não se sabia o porquê disso acontecer. Por achar que foi abandonada por completo, Young Mi criou certa deficiência na questão materna em sua vida, e apesar dela sempre se manter forte em nossa frente, sabemos que dói muito. Então quando chegamos a Seoul ouvimos uma história da família de uma empresária milionária que estava a procura da única herdeira. Ficamos curiosas e começamos a prestar mais atenção e a pesquisar sobre isso. Em uma dessas pesquisas achamos o nome Choi DanBi e achamos realmente estranho o nome da tal empresária ser o mesmo da mãe da Young Mi. - Pausou a explicação.

- Quando achamos esse nome entramos mais a fundo nessa pesquisa e descobrimos que o nome da filha é Choi YoungMi e que tinha a mesma idade da nossa You. Então contatamos essa família em segredo, pois sabíamos que se a You descobrisse ela ia ficar com muita raiva. Assim que entramos em contato, nós mostramos algumas fotos e até mesmo alguns documentos de YoungMi. Eles não negaram nada, pois só de ver uma foto dela tiveram certeza que era ela. Young Mi é a cópia perfeita da mãe dela. – Completou Min-Kyu.

- Agora eles estão aguardando que Young-Mi volte a Seul para falar com ela. Explicar o porquê do sumiço da mãe, mas temo que as coisas fiquem difíceis pra ela, quando descobrir que a mãe morreu. – Concluiu Hei-Min.

- Nossa! – Exclamou G-Dragon.

...

Enquanto isso T.O.P caminhava por uma praça a procura de Young Mi.

- Onde essa garota se meteu? E porque eu estou tão preocupado com ela? – Se perguntou olhando para tudo quanto é lado, totalmente confuso.

~ POV’s YOUNG MI ON

Havia cansado de tanto correr e resolvi parar um pouco, assim que parei percebi que estava em uma praça de frente a uma casinha de brinquedo de tamanho mediano onde tinha uma escada para subir e entrar nela e também um escorregador caso se queira sair e descer dela. Não pensei duas vezes, subi e entrei nela e fiquei por ali quieta.

Chorava bastante, pois estava atordoada. Era difícil para eu tocar nesse assunto, já fazia muitos anos que tinha excluído o fator “Mãe” da minha vida, mas só de ouvir essa palavra já me doía muito.

- Te achei. Custava me esperar pelo menos? – Disse T.O.P enquanto se sentava ao meu lado.

- Não estou aberta a provocações, por isso pode ir embora… - Disse antes que ele continuasse.

- Não estou lhe provocando. Eu fiquei preocupado com você. - Explicou olhando-me.

- Você? Preocupado comigo? – Disse surpresa e ao mesmo tempo confusa.

- Pode parecer que não, mas sei como se sente. Passei, e passo ainda por algo parecido, mas de uma forma diferente, se é que me entende. - Tentou explicar.

- Elas não deviam ter feito isso. – Abaixei a cabeça escondendo ou tentando esconder que eu chorava, mas era evidente.

- Eu sei, mas pense bem. Elas te amam e só estão preocupadas com você. Não foi por mal, elas só queriam te ajudar. – Disse ele enquanto colocava meu cabelo para trás da orelha em gesto de carinho e cuidado.

- Eu... Eu não estou preparada e nem mentalmente forte para isso. Seja qual for o motivo ainda não entendo o porquê uma mãe que te um laço único com sua filha pode abandoná-la com três anos. Será que fui uma filha muito ruim? – Questionei.

- Você não tem o porquê de se culpar com relação a isso. Não foi e não é sua culpa. - Disse ele tentando acalmar-me.

- Não sei o que fazer. – Funguei. T.O.P tirou um lenço de seu bolso e secou meu rosto molhado pelas lágrimas que ainda teimavam em rolar dos meus olhos.

- Não precisa fazer nada agora caso não queira. – Disse ele me envolvendo em seus braços de lado, o que me fez deitar a cabeça sobre seu ombro inconscientemente. – Talvez o tempo que vá passar aqui no Japão te faça bem e te prepare para o que você possa decidir.

- Não sei se consigo! – Exclamei insegura.

- Vou estar ao seu lado. – Disse ele sincero.

- Por que está sendo tão legal comigo? – Perguntei enquanto erguia minha cabeça e o olhava diretamente nos olhos.

- Não sei. Só acho que começamos com o pé esquerdo. O que acha de recomeçarmos? – Sugeriu T.O.P. – Trégua?

- Trégua! – Sorri suavemente.

- Então. Oi, sou Seung-Hyun, mas pode me chamar de Oppa! – Disse ele sorrindo.

- Annyeong-haseyo, sou Young-Mi, mas pode me chamar de You! – Respondi timidamente.

- Não. Prefiro chamar de YU! – Disse ele ainda sorrindo.

~ POV’s YOUNG MI OFF.


Notas Finais


Nossa, Nossa Nossa! Que bomba! Tadinha da YoungMi, mas foi fofa a preocupação do SeungHyun com ela.
O que acha que vai acontecer a partir de agora?

NÃO SE ESQUEÇA DE COMENTAR!
Até o Próximo Capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...