História For All My Life - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Saga Crepúsculo, The Vampire Diaries
Personagens Bella Swan, Damon Salvatore, Demetri Volturi, Personagens Originais, Stefan Salvatore
Tags Crepusculo, Romance, The Vampire Diaries
Visualizações 26
Palavras 1.145
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá :)

Capítulo 1 - Primeiro Capítulo


Volterra – 2003

 

Heidi conduzia o grande número de turistas pelos corredores do castelo, eles admiravam tudo e tiravam muitas fotografias, mas mal sabiam eles que aquele seria o último momento de suas vidas. 

Amanda estava animada, ela havia viajado à Volterra junto de seu marido e sua filha para comemorar o aniversário dela, que fazia apenas um ano naquele dia. Adam propôs uma viagem e depois que chegassem fariam uma pequena festa, apenas para a família e os amigos mais próximos. Nicole podia ser apenas um bebê, mas eles pretendiam ensinar diferentes culturas e idiomas para ela e nada melhor do que começar desde cedo e com a viagem a Itália eles poderiam aperfeiçoar o italiano.

- E essa é a sala do trono – Falou Heidi abrindo uma enorme porta de madeira.

Os humanos estranharam aquelas pessoas pálidas vestidas de preto que estavam naquela sala, mas antes que pudessem falar algo, foram surpreendidos pelos mesmos. Eles eram vampiros, criatura a qual julgavam ser apenas algo fictício, que existiam apenas em lendas e serviam para causar medo nas pessoas, mas era real, a dor de ter o sangue drenado era real.

Durante o massacre Amanda segurou Nicole com toda a força que tinha, a bebê não parava de chorar e ela não podia acalmá-la devido o seu desespero, esse que aumentou ainda mais ao ver um dos vampiros vindo em sua direção.

- Espere Aro! – Gritou um vampiro de cabelos castanhos claro.

- Por que me atrapalhou Noah? – Falou Aro com raiva.

- Eu posso saber quais são os dons dos outros e sinto que essa criança tem um grande potencial e poderes mentais – Disse Noah.

- E o que sugere? – Perguntou Aro.

- Treiná-la. Vamos deixar que ela cresça aqui e quando começar a crescer nós a treinamos para quando tiver adolescente ou adulta ser transformada em vampira e fortalecer ainda mais a nossa guarda, eu posso sentir que se a tivermos seremos invencíveis – Noah disse com convicção.

- Você é um dos que eu mais confio, tomara que esteja certo.

- Não! – Gritou Amanda – Vocês não vão tirar a Nicole de mim!

Aro deu um sorriso maldoso, puxou a criança para si e entregou a Noah e em seguida mordeu o pescoço de Amanda. Antes de morrer ela viu sua filha ser levada por um vampiro, uma lágrima escorreu por sua face, tinha medo do que aconteceria a sua única filha, só esperava que tudo desse certo na vida dela.

 

Volterra – Dias Atuais

 

Pov Nicole

Estava deitada em minha cama, tinha acordado fazia uns dez minutos, mas a preguiça era muito grande então apenas fiquei observando o teto sem ter nada para fazer. Hoje não terá treino, disseram para eu tirar um dia de folga para poder descansar, mas seria um tédio já que nunca posso sair do castelo. Para falar a verdade eu nunca sai desse castelo, posso ser muito inteligente e ter poderes mentais mesmo não sendo vampira ainda, mas eles preferem desse jeito, assim eu sou mais vulnerável e podem me controlar, eles só vão me transformar quando eu fizer dezoito anos, depois do meu casamento com Demetri, assim eu serei uma eterna prisioneira.

Estava pensando em um jeito de fugir quando ouço batidas na porta, levantei e ao abrir a porta vi que era só meu namorado.

- Bom dia amor – Disse me dando um selinho.

- Bom dia – Falei depois de me afastar dele.

Fechei a porta e me joguei na cama novamente e Demetri deitou-se ao meu lado.

- O que pretende fazer hoje? – Perguntou.

- Não sei, talvez ficar aqui o dia todo ou apenas ler, não tem nada para fazer aqui.

- Você se esqueceu, não é mesmo?

- Me esqueci do que? – Perguntei confusa.

- Hoje é nosso aniversário de namoro, dois anos.

- Desculpa, eu esqueci – Me aproximei mais dele e beijei-o. Ele podia ser lindo, mas eu não gostava realmente dele, era mais porque Aro queria que eu ficasse com um dos membros da guarda e o Demetri era o que eu me dava melhor.

- Tenho uma surpresa pra você, mas antes de te contar o que é vai ter que prometer que não irá fugir.

- Fugir? Mas fugir de que?

- Falei com Aro ontem e ele autorizou você a sair do castelo por um dia, porém, a Jane e o Alec irão junto.

- Sério? – Perguntei animada, essa seria minha chance de escapar e saber mais sobre minha família.

- Sério – Falou sorrindo – Como o tempo está nublado hoje poderemos ir de dia então sugiro que comece a se arrumar.

Nos beijamos novamente e ele saiu do quarto, fui tomar um banho e me vestir. Coloquei a única lembrança que tinha sobre minha família em minha bolsa, era apenas uma pequena pulseira de quando eu era bebê que estava escrito Nicole Chase, ela podia ser o início da jornada para saber se ainda há alguém vivo em minha família. Peguei as coisas mais importantes que iria precisar e coloquei em minha bolsa, o resto eu conseguiria depois.

Quando estava pronta fui até a sala dos tronos para avisar a Aro que estava de saída, Demetri, Jane e Alec já estavam lá.

Aro falou sobre as consequências se eu tentar fugir, mas não prestei atenção, apenas peguei na mão de Demetri e dei forcei um sorriso na tentativa de dizer que eu não iria fazer nada e isso foi bem convincente já que as expressões dos líderes suavizaram.           

Saímos do castelo e entramos em uma Ferrari 458 vermelha e Alec que estava dirigindo. Um tempo depois estávamos no meio da cidade e pelo mapa que eu tinha visto havia um aeroporto por perto.

- Shopping? – Perguntei quando desci do carro.

- Sim, precisamos ir ao shopping antes da surpresa de hoje a noite – Falou Demetri.

- Que surpresa? – Perguntei curiosa.

- Se eu te falar vai deixar de ser surpresa – Falou sorrindo.

Certo Nicole, está na hora de colocar todo o seu treinamento durante todos esses anos em prática.

- Preciso falar com vocês – Falei e todos eles me olharam – Vocês irão me dar todo o dinheiro que tem no momento e a chave da Ferrari, irão ficar o dia todo fora do castelo e só lembrarão de mim apenas quando eu sair da Itália – Hipnotizei os três de uma vez só.

Não poderia ficar perdendo tempo aqui, deixaria para comprar roupas e tudo mais depois que saísse daqui. Fui até o aeroporto o mais rápido possível e por não ter passaporte e nem documentos hipnotizei a atendente para acreditar que tinha e comprei um voo para Seattle já que era o próximo a sair e pelo meu sobrenome minha família provavelmente é americana. Minutos depois o voo é anunciado e embarquei no avião, tinha que achar minha família o mais rápido possível e me preparar para enfrentar os Volturi. 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...