História For all stars - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtang Boys, Bts, Yoonseok
Exibições 41
Palavras 1.225
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Eu voltei~~
Já faz quanto tempo? Ele voou para mim...
Bem, vamos ao que querem...
Afinal não estão aqui para falar CMG.

Capítulo 15 - Capítulo 14


P.O.V Jung Hoseok

 

> Mais cedo <

 

A minha felicidade não podia ser maior no momento. 
Depois de quase oito meses tendo Min YoonGi sob o teto do hospital, vendo-o sofrer, tentativas falhas para abafar suas vozes. 
Consegui fechar 'a porta'. 

Assim que supus que o mais novo estava apto para ser liberado, não pensei uma segunda vez ao imprimir sua alta. 

Agora me encontro com seus pais para dar-lhes a notícia que me fez a pessoa mais feliz do mundo. 

- bem... Sr. Min, Sra. Min, liguei e pedi para os dois comparecerem aqui hoje, para dar-lhes a notícia de que seu filho foi liberado - a surpresa nos olhos da Sra. Min foi uma coisa que me alegrou ainda mais - ele já não está em um estado tão crítico, e já pode ser liberado e tomar uma vida normal. 

O silêncio tomou conta da sala, eu sorria como um idiota e os dois mais velhos apenas entreolhavam-se sérios, então finalmente, o Sr. Min tomou liberdade e se pôs de pé, assim como eu. 

- agradecemos o que fez Doutor, agradecemos de coração, mas não queremos ter Yoongi na nossa casa novamente - meu sorriso se desfez tão rapidamente quanto se formou.

- c-como assim? - não conseguia assimilar sua fala. 

- Eu e minha esposa conversamos muito sobre isso, decidimos que não queremos um assassino dentro de casa, afinal, como o senhor mesmo disse, ele não está completamente curado - assassino era a única coisa que ecoava na minha cabeça - não queremos alguém em casa, que possa simplesmente nos matar, decidimos mandar Yoongi para um manicômio. 

- mas o estado dele não é crítico! E esquizofrênicos nunca são completamente curados! Eles têm apenas a intensidade de seus surtos diminuídos! Não podem manda-lo á um lugar que pode apenas piorar sua situação! Ele já é maior de idade, eu assumo a responsabilidade por ele se for assim! 

Os dois entreolharam-se. 

- não iremos pagar nada por isso Doutor, afinal o senhor está se oferecendo. 

- não quero nada em troca disso, só que nunca mais cheguem perto dele - soltei baixo encarando a mesa... Não podia acreditar que os pais do garoto agiriam assim... Eu já lhe tinha dito que sairia dali com seus pais...

P.O.V Min YoonGi

Já era noite... Estranhei, afinal Hoseok dissera-me que traria meus pais para me levarem embora daquele inferno. 

As vozes diminuíram demais, e nossa como foi um alívio... Eu ainda tinha Razick e Haji ao meu lado e algumas poucas vozes entravam; mas eu não tinha mais conversas com objetos indesejáveis, eles conversavam apenas se eu puxava assunto, coisa que não ocorria com tanta frequência, na maior parte do meu tempo, eu falava com Haji já que Razick quase nunca estava presente. 

Pelo que eu podia ver do pequeno relógio branco no quarto, já passava de uma da manhã... 

"– Yoonnie?" - a voz de Haji me chamando, fez-me desviar o olhar para ele - "Hoseok não virá mais hoje... Seria melhor que descansasse"

- ele disse que viria... - minha voz já saia embargada de sono.

"– ele virá amanhã, deve ter ocorrido alguma coisa para ele não estar aqui com seus pais" - meneei a cabeça afirmativamente, visivelmente cansado - "Deite-se aqui" - simplesmente obedeci e o agarrei para dormir. 

- ele gosta de mim Haji? - perguntei entrando em baixo das cobertas junto a ele - mais do que um simples paciente ou amigo?

"– se ele tá' te aguentando e se fez aquilo por você, acho que deve gostar sim... E gostar muito Yoongi" - sorri sentindo meus olhos pesarem. 

- boa noite Haji... - sussurrei, mas antes de poder ouvir sua resposta, o sono já me dominara. 

P.O.V Kim SeokJin

Namjoon me disse que não iria embebedar os convidados e mentiu. 
Agora tinha jogados no sofá de minha residência, um TaeHyung falando besteira, um Hoseok quase desmaiado, Kunpimook e Yugyeom pior que dois bichos no cio... E um Namjoon elogiando minha bunda enquanto eu tirava a mesa. 

Minhas duas crianças já estavam no quarto, pois quando Namjoon foi servir as bebidas, mandei-os para dormir. 

Já passava de uma e meia da manhã e eles tinham trabalho... 

A única coisa que me deixava feliz era o anel de noivado em meu dedo... Na folha de Hoseok, estava a alta de seu paciente... Ah como ele ficou feliz, disse que o levaria para morar com ele já que os pais não o queriam de volta. 

Taehyung estava com aquela cara de lua do WhatsApp olhando para Namjoon e Hoseok, por que:
Namjoon queria casar em cartório, e precisava de um pouco de influência para conseguir, descobri que esse pedido está sendo planejado e não é de hoje...
Hoseok? Queria processar os pais do menor por abandono de incapaz, por que mesmo YoonGi já sendo maior de idade, suas doenças ainda o classificavam assim. 

Taehyung iria fazer o possível para ajudá-lo. 

Os únicos que não tinham falado nada, eram Kunpy e Yugyeom... 

Passaram o jantar quase todo, totalmente quietos e agora se pegavam no meu sofá... No meu lindo, limpo, recém lavado, sem gozo de ninguém, nem saliva ou lubrificante... Mas é só chegar as bicha no cio que acham que podem se pegar no meu sofá! 
Tá vendo a audácia Serginho? Eu não aguento assim. 

Uma meia hora depois, e já se passavam das duas... Yugyeom já não estava mais tão bêbado e poderia levar um carro em segurança, então joguei o casal no cio pra' fora mesmo. 

Taehyung retirou-se com dignidade depois de mais alguns minutos, e finalmente... Sobrou o Hoseok. 

Como ele viera de metro e eu, no meu incrível senso materno pensei já estar tarde demais, coloquei-o para dormir no quarto de hóspedes, ao lado do de JungKook e Jimin. 

Impressionantemente, ele dormiu mais rápido do que eu esperava... Hoseok não é um daqueles bêbados alegres e hiperativo, ele um bêbado muito chato até, não faz nada, apenas cambaleia e dorme. 

Namjoon, mesmo com aquele alvoroço todo, dormia no sofá... Tão fofo... Hoje (já passa de meia noite) ele tem que acordar para ir a aula, pobre NamNam. 

Sorri e ergui-o pelos braços, o maior agarrou meu pescoço murmurando algumas coisas baixas que eu não consegui entender, mas pelo jeito que sua mão foi em direção à minha bunda, faziam apologia a sexo. 

- Namjoon, por favor, tem gente em casa... - sussurrava, o que não adiantava muito para ele, que passava a mão por meu corpo (da melhor forma que conseguia) e sussurrava coisas que deveriam ser sujas em meu ouvido, acontece que sua língua já não o obedecia mais. 

Deitei o meu 'ninfomaníaco' na cama, e o mesmo me puxou. 

- Porra Jin - soltou embolado - faz mais de um mês que eu não transo com você... - sua voz estava embargada de sono e pela bebida, ele não iria dormir tão cedo, então eu tive a melhor ideia que eu poderia ter tido!

- Se você dormir agora, quietinho e sem tentar me estuprar - ri baixinho - compenso você essa noite, está bem? - vi um sorrisinho de formar em seu rosto e logo após isso, seus olhos se fecharem, sua respiração embalou em um ritmo calmo.

Enquanto meu sono não vinha, pensava em como YoonGi era sortudo de ter Hoseok em sua vida. 


Notas Finais


Tá pequeno? Tá
Me perdoem
Eu estou um pouco sem cabeça pra isso, mas não posso deixar vocês na mão.
Essa demora já foi grande demais para vocês e até mesmo para mim, vou tentar postar toda semana ou ao menos uma vez a cada duas :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...