História For All Stars - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce, Originais
Tags Amor Doce, Castiel Collins, Estrelas, Romance, Sexo
Exibições 22
Palavras 266
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpem o tamanho ❣😕

Capítulo 7 - A única coisa que eu não sinto é saudade



P.O.V Scarlet 
Acordei um bom tempo depois que Castiel, levantei fiz minhas higienes, tomei café e resolvi andar um pouco pelo internato, tem coisas bem legais aqui. 

Andei um pouco até esbarrar com alguém. 

-Foi mal-disse 

-Ah, então você finalmente teve o que queria?!-droga, Amber.-roubou o Castiel de mim e...-ela chorava e me xingava, era confuso. Sai andando e tentando entender o que tinha acontecido. Não consegui, me sentei na grama e fiquei pensando sobre as coisas, Castiel. Nataniel se sentou ao meu lado e ficamos conversando sobre muitas coisas, soube que ele queria ter uma amizade com Castiel mas não conseguia criar coragem, quero ajudar nisso, almoçamos e combinamos de tocar um pouco à tarde.

Depois de almoçar eu fui até meu quarto encontrando um Castiel emburrado.

-Que foi?-disse pegando meu violão 

-vai ir fazer serenata pro Nana?

-Sério?-disse debochada 

-Me diz você, parece q só existe ele no mundo

-Awn 

-Você vai falar "Awn" quando a gente se pegar de jeito mesmo.-corei-mas, não vou deixar você sozinha com o Nataniel.

-Então pega seu violão 

Consegui, eu acho.

Castiel e Nataniel ficaram bem mais próximos, posso  dizer.
Quase amigos, meu pai me ligou, não esperava isso, mas tudo não passava de dinheiro, como sempre, parece que a família Rose voltou aos negócios, besteira.
O resto da tarde foi boa, mais algumas pessoas se juntaram a nós, jogamos vários jogos, foi legal.

Decidi ir tomar outro banho, e no caminho

-Mas que porr...- disse quando o vi 

-Saudades de mim, amor?-disse com um sorriso sacana

Ah não, a única coisa que eu não sinto é saudade. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...