História For All Time - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber
Exibições 44
Palavras 660
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Ficção
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Capítulo 3


-Você tem que ir! -Disse Lolla pela milésima vez. -Vai conhecer Ryan lá.

-Eu não sei não. Não do tipo que gosta de ser vela. -Comento.

-Lilly, por favor. Não nos vemos a anos e essa é a oportunidade perfeita para sairmos pela primeira vez.

-Tudo bem! Você venceu. -Digo rolando os olhos. Saio de baixo das cobertas e entrei no banheiro.

Depois de tomar um banho, andei até meu armário e peguei um vestido preto que destacava meu cabelo loiro e meus olhos azuis. O coloquei junto a um salto alto vermelho.

-Deve dar pro gasto. -Sentei em frente à penteadeira e depois de ajeitar meu cabelo, fiz uma maquiagem simples.

-Lolla perguntou se está pronta. -Justin pergunta. Era a primeira vez dentro de uma semana que nos falávamos depois da nossa "briga".

-Sim eu estou. -Levantei-me e pude perceber que Justin me admirava. -Posso passar ou vai ficar no meio da porta me olhando? -Ele coça a cabeça e sai.

***

Havíamos chegado na festa agora. Ela já estava bem agitada. Descemos do carro de Justin e caminhamos até dois garotos.

-Uou!! Estou bêbado o suficiente para ver duas Lolas. -Ele cai na gargalhada.

-Não Chaz. Essa é minha irmã gêmea, Lilly. -Explica.

-Oi Lilly. -Ele me cumprimenta.

-Então você é a Lilly. -Afirma outro mais sóbrio. -É um prazer, eu sou Ryan.

-Olá meninos. -Foi o que eu disse.

-Toma um copo. -Disse Chaz.

-Acho melhor não. Eu não sou muito de beber.

-Para ficar nessa festa tem que beber. -Ele insiste.

-Tudo bem então. -Peguei o copo na mão e o levantei para cima logo em seguida o virando garganta abaixo.

-Ei eu vou ver se encontro a Lauren por ai.

-Espero que ela te satisfaça. -Pego um copo de uma bandeja e viro novamente, Justin apenas me olha e revira os olhos saindo.

Já havia passado mais de duas horas e Lolla queria ir embora.

-Eu não vou agora. -Gritei por conta do barulho. -Pode ir com Ryan, eu chamo um táxi ou algo do tipo.

-Você vai ficar aqui sozinha? -Pergunta Lolla.

-Estou com Chaz, ele é boa companhia. -O observo e vejo que ele está a vomitar, isso faz com que eu ria dele.

-Você tem certeza? Não sei se é uma boa ideia.

-Sim eu tenho, não se preocupe.

-Certo, se ver papai, diga a ele que dormi na casa de Ryan.

-Está bem.. Tchau. -Eles se despediram e sumiram no meio da multidão. -Sobramos nós dois.

-Justin ainda está por ai.

-Ele não é ninguém. -Peguei dois copos vermelhos e dei um a Chaz. Brindamos juntos e viramos na mesma hora.

POV JUSTIN

Eu já estava cansado e queria ir embora.

-Lauren, eu vou indo nessa.

-Poxa Justin! A gente nem fez nada ainda. -Diz maliciosa.

-E nem iremos fazer. Preciso procurar meus amigos. -Dei um beijo nela e sai procurando.

Andei mais um pouco mas só quem vi foi Lilly e Chaz. Os dois estavam completamente bêbados.

-Mais que droga! É sério isso? -Gritei com os dois mas eles apenas riram de mim. -Eu devia deixa-los aqui!

Os levei até meu carro. Deixei Chaz em casa e logo em seguida segui para casa com Lilly. A coloquei em meu colo e subi vagarosamente as escadas até chegar em seu quarto.

-Boa noite Lilly. -Disse ao colocar ela na cama.

-Espera ai Justin. -Ela puxa minha blusa pela gola e me empurra contra si. -Vamos conversar. -Ela me senta na cama e sobe em meu colo.

-Hey Lilly! -Disse quando senti ela desabotoar minha camisa. Ela me ignora por completo e começa a beijar meu pescoço enquanto rebola. Aquilo já estava mexendo comigo. -Para! -Sussurro ao perceber minha alteração.

-Você não ficaria comigo? -Pergunta tristonha.

-Eu ficaria. Sabe qual o problema? Você não é como as outras e eu quero você sã! Quero que saiba o que está fazendo. -Dei um beijo em sua testa e a deitei novamente. -Boa noite.

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...