História For Life - Capítulo 48


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ashley Benson, Dylan O'Brien, Justin Bieber, Keegan Allen, Lucy Hale, Selena Gomez, Zac Efron
Personagens Personagens Originais
Tags Amizade, Hot, Justin Bieber, Romance, Sexo
Exibições 341
Palavras 1.373
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Musical (Songfic), Policial, Romance e Novela, Saga, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Cross-dresser, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Amores espero que gostem...

Boa leitura

Desculpem o cap pequeno.

NÃO REVISADO!

Capítulo 48 - Praia


Fanfic / Fanfiction For Life - Capítulo 48 - Praia

All my friends are heathens, take it slow
Wait for them to ask you who you know
Please don't make any sudden moves
You don't know the half of the abuse

All my friends are heathens, take it slow
Wait for them to ask you who you know
Please don't make any sudden moves
You don't know the half of the abuse

(Heathens - Twenty One Pilots)

Havaí, 04 de Agosto de 2016.

Izabelly Collins

    Sento na ponta da cama olhando fixamente para o berço de Saf e me pergunto o que ela estará fazendo daqui uns anos e me pergunto, como estarei daqui uns anos. Serei ainda uma mulher feliz por ter ao seu lado um homem que ela realmente ama? Sinceramente, acho que nao deveria está pensando nisso e enchendo minha mente com dúvidas que nunca saberei a resposta. Porém, infelizmente todas vez que Justin e eu brigamos eu imagino se ainda estaremos juntos daqui a 20 anos, e eu irei lhe acorda reclamando de algo como alguns casais fazem depois de um tempo. Justin realmente tem um gênero forte e uma personalidade diferente, assim como eu e isso as vezes dificulta as coisas mas é assim que somos e é assim que nos entendemos. Por mais louco que seja o nosso amor, é assim que é. As vezes tenho medo de mudar tudo e as vezes só tenho vontade de beija-lo dizendo o quão apaixonada sou por ele e que o mesmo não precisa ter ciúmes até mesmo de sua sombra.

    É difícil pensar que podemos chegar a nós separar por algo do tipo, Justin é possessivo e ciumento mas eu o amo tanto que não me importo. Entretanto, as vezes isso me irrita ao extremo e tenho vontade de bater nele.

— Pensando? — ele me olha com carinho e desvio o olhar. — Por favor, não fique magoada comigo. — ele pede alisando meu braço.

— Você mais uma vês errou comigo, Justin. — suspiro.

— Pensei que estávamos bem. — ele se senta na cama.

— Por que transamos? — pergunto.

— Também por isso mas por que você agiu normalmente. — ele comenta puxando meu rosto.

— Por que não quero brigar. — comento.

— Me desculpe. — ele pede.

— Tenta se controlar. — peço.

— Deixa eu te beijar?— ele pede.

— Deixo. — sorrio e ele me puxa para ele selando nossos lábios. É meio clichê mas o gosto do beijo dele é tão diferente é tudo tão gostoso nele é tudo uma grande tentação... Mas infelizmente o nosso beijo é parado por um certo choro.

— Saf, tinha que acorda agora que eu ia pegar a mamãe. — Justin diz e eu dou um tapa no seu braço.

— Não diz essas coisas. — falo rindo. Me levanto e pego Saf do berço e então sinto o motivo do seu choro. — Tem que trocar a fralda. — digo tampando o nariz e ele rir.

— Deixa eu trocar ela? — ele pede.

— Claro. — estendo a menina pra ele, que para de chorar imediatamente me fazendo revirar os olhos, já vi que não sou a preferida dela.

— Como se faz? — ele pergunta encarando a mesma.

— Vem, coloca ela deitada. — peço e ele faz, começo a explicar e ele segue direitinho, deixando a menina limpa novamente.

— Consegui. — ele diz orgulhoso de si mesmo.

— Ficou ótimo. — comento pondo Saf para dormi novamente.

— Ela é linda. — ele alisa o rostinho pequeno de Saf.

— É sim, nossa menina. — Comento.

— Mais tarde, vamos a praia. — ele me puxa para cama.

— Okay amor. — o abraço.

(...)

       O sol estava bem quente, Saf estava ficando com o narizinho vermelho, sorri com ela mexendo no seu chapéu tentando tirar o mesmo.

— Não pode, tirar. — falo e ela abre um sorriso e começo a imaginar ela falando suas primeiras palavras.

— Nossa, esse sol ta... — Justin pega um guarda-sol e ficamos na sombra.

— Eu estava com saudades do sol quente assim. — comento.

— Você sente falta de lá? — Justin pergunta estendendo a toalha para mim.

— Não. — sou firme.

— Você nunca liga para sua mãe. — ele me olha confuso.

— Não me faz falta, ela nunca foi presente, nunca foi mãe. — bufo.

— Você a ama? — ele me olha intrigado.

— Eu a amo, mas não vou fazer o que ela deveria fazer. — suspiro. — Sinceramente, não quero falar disso. — me viro para olhar o amor.

— Você tem razão, vamos falar de coisas boas. — ele me abraça. — Advinha quem vai vim para praia? — ele me olha sorridente.

— Quem? — pergunto animada por sua animação.

— Meus irmãos. — ele diz e abro um sorriso.

— Que ótimo amor. — beijo mesmo. — Sua mãe deixou?

— Sim, na verdade não cheguei pedir, Jezzy se ofereceu e eu disse que estava tudo bem e perguntei de dona Pattie tinha deixado e ela disse que sim, então disse que não tinha problemas. — ele explica.

— Entendi, isso é ótimo. Assim antes de você ir você passa um tempo com eles. — digo realmente feliz por ele e por poder conhecer seu irmão que ainda não conheci.

— Cuidado. — ele diz e limpa a mão de Saf que, a mesma ia comer térrea vê se pode. — Será que ela ra com fome? — ele pergunta rindo.

— Tenho certeza que não é fome, ela acabou de mamar. — falo rindo também.

— Então é só curiosidade. — ele da de ombro.

— Enche a bóia dela e coloca um pouco de água para ela brincar. — estendo a bóia para o mesmo e ele afirma enchendo a mesma e indo com um baldinho pegar água do mar para colocar na bóia como pedi.

— Pronto. — ele enche a bóia e coloca Saf sentada.

— Justin... — ouvimos um grito e eu olho para o lado vendo Jezzy e um menino loiro correndo em nossa direção. — Irmão. — Jezzy abraça Justin.

— Pequena. — ele a abraça de volta.

— Justin. — Jason pula em cima do irmão com um sorriso fofo no rosto.

— Jason. — Justin abraça o irmão com carinho. — Essa é Izzy, minha namorada. — ele aponta para mim e Jason sorri.

— Ola, sou Jason. — ele beija minha bochecha e eu beijo a do mesmo de volta.

— Olá amor.

— Você é muito linda. — ele sorri e é o mesmo sorriso galanteador do irmão.

— Ah, obrigada. — agradeço.

— Ela é minha. — Justin diz sério e eu sorrio da sua babaquice.

— Eu não ganho abraço não? — nao acreditando na voz que ouço olho para cima para ter certeza dando de cara com Selena. — Olá. — ela sorri debochada e eu olho para Justin.

— Mamãe disse que só poderíamos vim se ela vinhesse junto. — Jezzy da de ombro.

— Então vamos embora. — Justin ameaça se levantar e seguro ele.

— Vamos ficar. — falo seria.

— Amor, não precisa fazer isso. — ele diz me encarando.

— Eu não vou deixar de fazer alguma coisa por causa dela, ela quer ficar? Okay, fica. Quem tá se rebaixando é ela por que você já é meu. — sorrio irônica para mesma que revira os olhos e se senta tirando o vestido e ficando de biquíni piscando para Justin.

— Se quiser a gente vai embora. — ele diz sério.

— Não, eu não vou embora. — falo firme.

— Tudo bem, então vamos tentar curti o dia. — ele sorri sem jeito e começa a conversar com seus irmãos enquanto eu brinco com Saf. Selena me olha e sorri pra mim como se estivesse escrito "palhaça" na minha testa.

    Não posso ficar sempre fugindo de onde ela estiver, afinal eu não devo nada a ela. Não posso agir como se eu fosse o problema e caralho será que a mãe dele não se toca que está bancando a ridícula? Ela quer guerra comigo usando a Selena? Okay, vamos lá....













Notas Finais


Desculpem mesmo o cap pequeno mas estou sem tempo e não queria deixar vcs na mão...
Beijos

Amo vcs
COMENTEM


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...