História Love history: For Oni - Capítulo 3


Postado
Categorias Originais
Tags Amor, Esposinho, Fofura, Manu, Maridinha, Oni, Romance
Visualizações 37
Palavras 708
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Agora consegui colar, muito obrigado.
Boa leitura =:3

Capítulo 3 - Menina Malvada


Fanfic / Fanfiction Love history: For Oni - Capítulo 3 - Menina Malvada

 

    Cheguei na ''sala de aula'' vestindo uma roupa de colegial com uma saia minúscula, e lá estava ele, com aquele olhar sexy tentando ser discreto, uma calça preta, uma camiseta social branca estavam vestindo aquele corpo divino e seus óculos pretos que destacavam seu olhar.(O que deu que ele tirou a roupa de colegial?) Ele disse que queria falar comigo, pelo meu ''mau comportamento'', devia ter respeito entre ''alunos''. Acho que é uma conversa bem pessoal, já que todas as cortinas estavam fechadas, sem nenhuma frestinha ( ͡° ͜ʖ ͡°) 
 Sentei em uma cadeira e ele chegou perto de mim, e começou a ''brigar'' comigo, por causa do modo que eu comportava, nós éramos colegas, mas parecia mas que isso, e eu  sempre o provocando. (Ui, que fantasia atrevida u.u)
           Enquanto ele falava comecei a encarar a sua boca e seus olhos, ele percebeu e ficou bem vermelhinho. E como sou uma menina atrevida, peguei um pirulito e o lambia de um jeitinho bem provocante, mas não o olhava nos olhos, ele continuou falando. Até que eu chupei o pirulito olhei bem no olhos dele enquanto desabotoava minha camiseta. 
Levantei da cadeira e cheguei bem pertinho dele, coloquei uma mão no seu peito fazendo ela escorregar um pouco e tirar o resto dos botões, a outra dentro da sua calça. 

                -E você acha que não me provoca desse jeito, você paga de bom aluno mas é um garotinho bem levado.

               -Agora você passou dos limites mocinha!  

          -Já? Que pena, tem tanta coisa que eu quero fazer.. Falei mordendo o lábio e descendo meu olhar para baixo. (esse baixo em menina? Safadenha)  

             -Você está sendo uma menina malvada, e meninas malvadas merecem ser punidas. Sabe o que acontece com elas?  

            -Você vai me dar uma lição então? Quer dar uma de professor agora é? -Falei isso puxando sua camiseta nos deixando bem colados, ele começou a morder meus lábios, e me colocou em seu colo segurando minhas coxas, sentou-se numa cadeira, e começou a dar uns beijos bem quentes, me fazendo delirar.  

  Quando ele regrediu um pouco pra respirar, eu puxei seus lábios com os meus, botei minha mão na sua coxa, e ele a puxou mais pra cima, ele estava tão excitado. 
      Comecei a morder sua orelha enquanto ele tirava minha camiseta, e a cada parte que ficava a mostra ele beijava, mordia, lambia e chupava, minha respiração já estava ofegante, então eu gemi, estava enlouquecendo, ele colocou a mão por baixo da minha saia (eu estava sem calcinha), e ele percebeu que eu estava ''molhadinha'' e fez uma cara de satisfeito. Comecei a gemer mais alto, mordia seu pescoço, ele estava louco também, lambia ele todinho, botei minhas mãos nas suas costas o puxando, ficamos mais perto ainda, tanto que meus seios ficaram contra seu peito, e ele foi descendo seus lábios no meu pescoço até um pouquinho mais pra baixo onde ele começou a dar chupões, ah eu não conseguia parar de gemer, ficamos de pé e eu puxei sua calça com os dentes.  

            -Ei, quem vai dar um lição aqui sou e.. AHH... 

  Ele começou a gemer enquanto eu o lambia bem devagarinho, coloquei as mãos, fiz movimentos de subida e descida, ele começou a morder os lábios, depois eu acelerei um pouco e o chupei, e fiz outras coisas, usei quase tudo, lábios, língua, boca, mãos, ah! Nós dois piramos. 
         Ele me levantou e tirou minha saia com a boca, me empurrou numa mesa me deixando de quatro, mordeu meu pescoço, beijava minhas costas, e quando ele desceu até meu bumbum e me deu umas palmadas.
 Depois ele começou a fazer bem devagar, foi aumentando um pouco a velocidade, até eu me acostumar, e fez mais forte, mas mesmo assim eu gemia tanta, e estava tão gostoso que se causou uma pequena dor eu nem senti, aconteceram outras coisas, mas resumindo: não paramos de gemer.  

             -Viu o que acontece.. menina malvada.. -Ele fala isso me olhando dos pés a cabeça. -Vai se comportar daqui em diante né? Ou vou ter que te dar uma lição novamente. (Agora o aluno virou professor, huehue, só se for da safadeza)  

''Lambo'' a lateral do rosto dele, chegando a orelha dou uma mordidinha: 

           -Isso responde sua pergunta? 
                                                                                                                   
                                                                                                                                                                                Fim.

 

 

 


Notas Finais


Não tenho uma mente pervertida, tenho uma imaginação sexy ;3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...