História For You - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ariana Grande, Demi Lovato, Fifth Harmony, Justin Bieber, Melanie Martinez, One Direction, Selena Gomez, Taylor Swift, Troye Sivan
Personagens Ally Brooke, Ariana Grande, Camila Cabello, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Harry Styles, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Justin Bieber, Lauren Jauregui, Liam Payne, Louis Tomlinson, Melanie Martinez, Niall Horan, Normani Hamilton, Personagens Originais, Selena Gomez, Taylor Swift, Troye Sivan
Tags Camren, Demi Lovato, Diall, Família, Fanfic, Fases, Fifth Harmony, Harlena, Jariana, Justin Bieber, Laylor, Lucy Vives, Melanie Martinez, Norminah, Novela, One Direction, Os Dez Mandamentos, Sarry, Selena Gomez, Taylor Swift, Troye Sivan, Vercy, Veronica Iglesias
Exibições 18
Palavras 2.257
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Visual Novel
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá serumaninhos que querem me matar. Eu demorei muito né, mas faltou a inspiração deu um bloqueio muito grande e também teve esses negócios de gincana e tudo mais, não deu tempo. Eu sinto muito mas aqui vai mais um

Capítulo 8 - Troubles


Fanfic / Fanfiction For You - Capítulo 8 - Troubles


Taylor estava sozinha com quatro crianças, seu marido não tinha voltado ainda e seus filhos estavam agitados.
- Cadê o papai,mãe? - Lauren perguntou, enquanto Troye olhava de um lado para outro, Madison brincava com a única boneca que tinha e Chad trançava algumas cordas.
- Ele está trabalhando - Taylor disse mas sua voz saiu preocupada e isso não confortou a garotinha de cinco anos que estava ao seu lado.
- Que horas ele volta? - Lauren fez outra pergunta, aos cinco anos você começa a entender o mundo em sua volta e ela sabia muito bem oque acontecia com os escravos e seu pai está trabalhando não a deixava menos preocupada.
- Ele está demorando - Madison disse abraçando a bonequinha de pano que tinha sido feita por sua avó.
- Eu quero o papai - Troye disse. Chad era o único que parecia calmo ele estava muito ocupado trançando as cordas por motivos que apenas ele entendia.
- Crianças vocês não querem brincar lá fora?! Ainda é cedo e vocês distraem a cabeça por enquanto
- O papai vai morar no palácio e deixar a gente? - Lauren perguntou
- Claro que não minha querida, porque ele faria isso?
- O pai da Camz fez isso
- Quem é Camz? - Chad perguntou finalmente falando algo
- É o apelido que eu dei pra Camila
- Nossa! - Chad disse voltando sua atenção as cordas. Liam entrou em casa com sua expressão cansada de sempre.
- Papai! - Lauren correu pra abraçar o pai e foi seguida por Troye e Madison. Chad pouco se importou estava muito ocupado trançando suas cordas. Taylor percebeu a presença de uma menina, uma pequena menina. Ela deveria ter a idade de Troye, se vestia igual aos judeus, tinha cabelos castanhos e parecia assustada.
- Liam, por que ela está aqui? - Taylor perguntou
- Meninas, essa é a Melanie - Liam disse
- Por que ela tá aqui? - Madison perguntou com certa curiosidade
- Depois eu explico mas agora. Mostrem o quarto de vocês a ela - as duas garotas deram de ombros mas levaram a menina junto consigo - Meninos, por que vocês não vão também?! Preciso conversar com a mamãe
- Já sei, conversa de adulto - Chad disse se levantando - Vamos Troye - ele disse segurando a mão de seu irmão mais novo e logo os dois sairam.
- Então, me explique por que você trouxe essa menina?
- Se lembra do José?
- Aquele seu amigo que trabalhava na obra?
- É, ele foi espancado até a morte hoje
- Oquê? Por que?
- Ele fez um lado da estátua da rainha errado e foi castigado por isso. Sangrou até a morte, antes de morrer José me falou que tinha uma filha de quatro anos. A mãe dela morreu no parto e até então ela ficava com as vizinhas sempre que ele ia trabalhar, ele pediu para que eu cuidasse dela até encontrar uma prima dele.
- E onde está essa prima?
- José disse que ela mora no palácio desde o dia que vendeu uma tapeçaria para o rei, uma bela tapeçaria. Eu não sei como achar ela, só sei que seu nome é Rachel. Nunca deixariam um escravo entrar no palácio, eu tenho que cuidar da Melanie até encontrar essa tal de Rachel
- Liam, temos quatro filhos. Como vamos cuidar de mais uma? 
- Essa menina não tem ninguém, precisamos ficar com ela. Eu prometo que não será por muito tempo, eu vou dar um jeito de achar essa Rachel mais rápido. Eu prometo!
                       No dia seguinte…
                        No palácio…
Tudo no palácio corre as mil maravilhas. Logo as estátuas dos reis estariam prontas e isso era algo bom pra eles. Certamente todos os escravos mereciam um reconhecimento por isso, mas os ingleses não se importam. Nunca se importaram, isso é a obrigação deles. Mas realmente era?
- Selena, se arrume nós vamos para o cortejo - Patricia disse animadamente, Selena estava deitada em sua cama e ao contrário de sua mãe ela não estava animada.
- Eu não quero ir - ela disse se virando para o lado contrário de sua mãe
- E por que não? Você amava ir em cortejos
- A última vez que eu fui uma escrava foi castigada. Se lembra?
- Mas ela somente foi castigada porque cometeu um erro
- Deixar uma faca no chão é cometer um erro? Mãe naquela época ela devia ter a minha idade. E eu não consigo ver algum judeu apanhando é como se doesse em mim também
- É apenas um cortejo para rainha apreciar seus novos templos, não terá castigos
- Mas e se alguém causar um desconforto a rainha? Eu não quero ver um judeu ser punido denovo mãe
- Minha filha, você precisa pensar positivo. Os judeus não são punidos sem querer, sempre tem motivos
- Até um pequenino erro é motivo! Eu realmente não quero ir, mãe
- Está bem, eu não irei te obrigar. Mas seria bom se ao menos você tentasse vir conosco, vai querer ficar só com as servas?
- A senhora não vai desistir né?!
- Não, eu não vou não
- Tá bom mãe, mas só estou indo pra senhora me deixar em paz
                        Na vila…
- Por que eu preciso ajudar você a cuidar das crianças? - Demi perguntou
- Porque eu não consigo cuidar de quatro sozinha e você precisa treinar pra quando for os seus
- Credo! Sai fora! Eu nunca vou me casar. Tenho coisas mais importantes do quê aturar um marido e cuidar de crianças
- Não se preocupe Demi, você vai se sair bem e as crianças te amam
- E eu também amo eles, mas como tia e não como mãe. Até porque são SEUS filhos - Demi disse dando enfâse nos "seus".
- Tia Demi! - Madison foi a primeira a perceber sua presença e chegou correndo e abraçou Demi que se abaixou pra ficar de sua altura.
- Oi, tudo bem. Cadê os seus irmãos?
- Estão brincando
- E a sua irmã?
- Ela nunca fica comigo - Madison disse encarando suas sandálias surradas, era a única que ela tinha mas ao menos ajudava a não ferir seus pés enquanto caminha
- E por que não fica com ela?
- Porque eu não gosto da Camila
- É, e por que?
- Porque o pai dela mora no palácio
- Você disse certo, o pai dela mora no palácio. Ela mora aqui, é igual a você. Por que não vamos brincar com a Lauren e com a Camila? - Madison olhou pra Taylor que afirmou com a cabeça, então a menina assentiu e segurou a mão de sua tia e as duas sairam. Demi não sabia por qual motivo Taylor tinha pedido a ela pra cuidar de seus filhos, mas o real motivo era a menininha que Liam tinha trazido no dia anterior. A loira entrou em sua casa e viu a pequena menina brincando com a boneca de Madison enquanto Troye conversava com ela.
- Você fala? - Troye perguntou e a menina afirmou vom a cabeça - Então, pode dizer seu nome?
- Melanie - a garota disse baixinho
- Eu sou o Troye - o menino disse. Taylor se aproximou dos dois e encarou a menininha
- Está com fome? - Taylor perguntou e a pequena Melanie a olhou e assentiu, Taylor pegou um pão e entregou a menina - Não precisa ter vergonha de pedir quando estiver com fome
- Cadê meu pai? - Melanie perguntou - Quando ele vem me buscar?
- Ele está morando em um lugar melhor agora
- E quando ele vem me buscar? - a menina fez uma pergunta doloroso oque fez Taylor suspirar.
- Logo você vai morar com sua tia Rachel
- Tia Rachel? Eu nunca ouvi falar nela. Meu pai está lá?
- Não, mas eu tenho certeza que vai ser muito bom pra você ficar com a sua tia.
                  ***
Mandy estava sozinha em casa, ela não tinha nada pra fazer então varria casa. Demi e Justin chegaram animadamente.
- Mãe, vai ter um cortejo hoje! - Justin disse
- É, e nós vamos. A senhora vai com a gente? - Demi perguntou
- Não
- Mas mãe, é uma ótima oportunidade de ver a Selena - Justin falou
- Eu sei que é, mas desses anos pra cá a rainha vem agindo como se fosse uma deusa. Ela quer ser adorada, eu sinto muito mas eu só posso adorar a um Deus
- Então está bem mãe - Demi disse a encarando
- A gente vai, se a senhora quiser ficar tudo bem - Justin falou
- Eu não irei mudar de ideia. Podem ir - Mandy disse sentando em uma pequena cadeira. Os dois adolescentes apenas assentiram e sairam.
                     Enquanto Isso…
Helena estava passando com seu cortejo, todos estavam admirados com as estátuas e com os templos. A maioria dos escravos tinha ido ver o cortejo.
- Os templos ficaram maravilhosos - Patricia disse - Não acha Selena?
- Ahn… claro!
- A rainha se superou - Anne falou puxando o saco e Harry a encarou revirando os olhos
- Mãe não precisa puxar o saco também
- Eu não estou puxando o saco Harry - enquanto os britânicos estavam bem os judeus estavam sendo fuzilados pelos feitores, caso alguém cometesse um erro. Demi, Justin e Ariana estavam no meio da multidão de escravos.
- Cadê seus pais? - Demi perguntou
- Não quiseram vir - Ariana respondeu
- A nossa mãe também não veio - Justin disse - Ela falou que não vai se curvar a ninguém
- E está certa - Ariana disse - Como alguém pode se curvar a outra pessoa? Isso seria falta de respeito com nosso Deus
- Me diga Ariana, oquê "o nosso Deus" já fez por nós?
- Não começa Demi - Justin disse fazendo sua irmã fuzilá-lo mas antes que ela pudesse falar algo um feitor começou a falar.
- O rei e a rainha estão passando juntamente com suas filhas e sua neta. Quando eles pararem na multidão quero que se curvem a nossos soberanos. Qualquer desconforto será punido severamente - o feitor disse e logo se retirou e cortejo começou a passar.
- Aquela é a irmã de vocês? - Ariana perguntou ao ver a princesa Selena
- É - Justin disse - Faz muito tempo que não vemos ela, a última vez ela tinha uns oito anos - Demi engoliu em seco, ela sabia oque tinha acontecido quando teve a oportunidade de se aproximar de sua irmã mais nova e não queria que aquilo acontecesse novamente. O cortejo parou no meio da multidão.
- Curvem-se e adorem nossos monarcas - o feitor disse e todos os escravos presentes se curvaram mas não a adorando e sim com medo da punição, mas a jovem Ariana não podia fazer aquilo tanto que não se curvou.
- Ariana, se curva logo! - Demi disse baixinho e puxou o braço da menina mas ela não se curvou por muito tempo e ficou em pé na multidão. A única escrava em pé. A rainha Helena percebeu e olhou pra menina como se já a quisesse morta.
- Parem! - Helena gritou fazendo todos observarem a cena - Escrava petulante, curve-se a mim agora!
- Mas eu não posso senhora - Ariana disse - Isso seria falta de respeito com o meu Deus
- Falta de respeito? - a rainha riu - Me diga pequena escrava oque ele já fez pra você? - Helena perguntou
- Ele fez muitas coisas por mim senhora
- Me diga uma
- Se ele não se importasse comigo agora eu estaria morta
- Garota tola, nosso Deus não liga para seres insignificantes como você pois se ligasse teria nascido britânica e não escrava. Mas vou lhe poupar de mais sofrimento pois sou muito boa. Ector pode matar! - a rainha ordenou
- Não! - Justin e Selena gritaram ao mesmo tempo e então os dois se olharam um tanto confusos mas logo a atenção voltou para Helena e Ariana
- Senhora por favor não faça isso - Selena disse
- Não sei por qual motivo defende essa criatura desnecessária
- Senhora ela é somente uma menina - Selena falou olhando para Ariana
- Não acontecerá novamente - Justin falou - Eu lhe prometo senhora
- Está bem, hoje eu estou muito benevolente mas no entanto eu irei puni-lá pois ninguém me desrespeita dessa forma. Ector dê lhe dez chibatadas e nada mais - o feitor sorriu malignamente e pegou seu chicote derrubando Ariana no chão assim que o mesmo encostou na pele de suas costas. Selena olhou a cena horrorisada era por tais brutalidades que ela não queria vir ao cortejo, Ector lhe deu dez chibatadas - Pare! - a rainha disse e assim o feitor fez
- Ok, vamos prosseguir o cortejo - o rei Matt disse e todos sairam indo embora assim como os escravos fizeram. Justin empurrou a multidão e pegou Ariana no braço, ela sangrava muito e a dor fez a menina desmaiar.
- Ela está fria - Justin falou preocupado
- Esse é o preço da fé? A morte? - Demi perguntou olhando pra Ariana
- Nossa irmã não se parece com nada daquilo que você disse dela - Justin disse olhando Demi
- Isso não importa agora precisamos levar a Ariana pra mamãe cuidar dos ferimentos.


Notas Finais


Tadinha da Ari!
E então oque acham da nossa vilã, Helena.
A Melanie que o Liam trouxe pra casa é a Melanie Martinez, se vocês ainda não conhecem ela vou dar uma dica : fofa, psicopata, cabelo bicolor, Cry Baby.
Sabem quem é agora? Então gente até o próximo capitulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...