História For you - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias 2PM, Jay Park, JYJ, SHINee, Super Junior, TVXQ (DBSK) (Tohoshinki)
Personagens Chansung, Cho Kyuhyun, Choi Siwon, Han Geng, Heechul, Henry Lau, Hero Jaejoong, Jinki Lee (Onew), Jonghyun Kim, Junsu, Kangin, KiBum "Key" Kim, Kim Ryeowook, Lee Donghae, Lee Hyukjae "Eunhyuk", Max Changmin, Minho Choi, Nichkhun, Park Jungsu, Park Yoochun, Shindong, Taecyeon, Taemin Lee, U-know Yunho, Wooyoung, Xiah Junsu, Yesung, Zhou Mi
Tags Jongho, Taekey, Yunjae
Exibições 12
Palavras 918
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Escolar, Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura :3

Capítulo 1 - É apenas uma história


Fanfic / Fanfiction For you - Capítulo 1 - É apenas uma história

Yunho Pov On

Voce... Porque não pode entender meu coração?

            Jaejoong estava na frente da minha casa, encostado no portão quando me aproximei de si.

—Porque me chamou aqui Yunho?—Perguntou e o encarei.

—Você... Porque não pode entender meu coração?

—O que?—Ele me olhou confuso e suspirei.

—Jae, você sabe o que sinto por você?

—Hum? Espera um pouco. Do que está falando?—Indagou totalmente confuso e levantei uma de minhas mãos, mostrando uma pasta amarela pra ele. —O que é isso?

—Leia. —Pedi e ele pegou a pasta, abrindo a mesma. Ele começou a ler e logo corou.—Isso é uma fanfic. Changmin escreveu.

—O que?! É assim que ele me vê?!Como um “passivo sentimental”? E por que você que tem que ser o ativo? Aliás, da onde ele tirou que você e eu somos um “casal”?—Questionou-me e por um momento fiquei pensativo, até ter a resposta em mente.

—Nos combinamos.

—O que?!Desde quando Yunho? Voce vai devolver isso para o Changmin e espero que não me mostre à continuidade disso, porque não estou interessado! “Passivo sentimental...” Onde já se viu. —Suspirou incrédulo e me devolveu a pasta, afastando-se.

—Jae!Não vai ainda!—Corri atrás dele. —Eu sei que isso te pegou de surpresa, eu também fiquei abismado quando li pela primeira vez, mas no fundo tenho que admitir que...

—Que...?

—Olha, eu sei que tudo parece sem sentido agora, mas é assim que o Changmin nos vê.

—Serio?Me sinto bem melhor agora.—Disse irônico e apressou o passo.

—Espera!—Apressei o passo também e segurei seu braço. —Está bravo?

—Não, só estou incrédulo. Com que cara vou encarar o Changmin agora?

—Ah, pensei que o problema fosse como ia ME encarar. —Ri baixinho e ele me encarou sério.—Desculpa, não resisti.

—tem hora e lugar para fazer piadinhas sabia?Digamos que errou os dois e porque diabos esta me seguindo?!—Perguntou alterado e dei um passo pra trás. Jaejoong dificilmente era ríspido ou maldoso comigo, mas hoje parecia que ele não estava em seus melhores dias.

—Soou tão mal assim pra você o que leu?

—O que li?—Jaejoong coçou a cabeça e me encarou. —Não quero mais falar sobre isso...

—Entendo... Voce vai querer que eu te acompanhe ate sua casa?—Perguntei.

—Não precisa, vou passar na casa do Junsu e do Yoochun antes de ir pra casa.—Respondeu e assenti. Jaejoong acenou rapidamente pra mim e saiu dali, deixando-me ali pensativo.

Aish, ele realmente não gostou do que leu, mas o Changmin também... Vou te falar hein, que saco.

            Voltei pra dentro de casa e encontrei Changmin debruçado sobre a mesa da cozinha.

—E então? Como foi?—Perguntou curioso.

—Um desastre. —Coloquei a pasta sobre a mesa. —De onde você tirou isso de que o Jaejoong é um “passivo sentimental”?

—De onde? Oras, ele tem cara de passivo pra mim e é mega sentimental.—Respondeu e o encarei.

—E esse negocio de “ativo bipolar”? Eu também tenho cara disso? Tenho cara de que uma hora vou matar o Jae e de que outra hora vou apenas amá-lo? —Indaguei meio bravo e Changmin levantou a cabeça, me encarando confuso. —Não faz essa cara.

—É que quando leu pela primeira vez não se incomodou... Porque agora tem que ser diferente?

—Porque o Jae leu e odiou!—Gritei e Changmin levantou-se.

—Ei, foi apenas uma brincadeira hyung. Se eu soubesse que iria ficar assim não tinha te mostrado...

—Não tinha me mostrado? Ia ficar escrevendo sobre eu e ele e não ia me mostrar? Voce vive vindo aqui e não ria me mostrar?Changmin!—Bati as mãos na mesa e ele sentou-se novamente. —Não posso te obrigar a parar de escrever essa fanfic, mas posso te obrigar a sempre me mostrar.—O encarei serio  e ele assentiu.—Agora vou tomar um banho porque depois de tudo isso estou estressado demais e preciso relaxar.—Dei as costas pra ele e fui pro banheiro.

Ele ainda vai me deixar louco.

Yunho Pov Off

Changmin Pov On

            Assim que Yunho entrou no banheiro, peguei a pasta amarela onde estava a fanfic e uma caneta, indo até a porta do banheiro.

“Yunho entrou no banheiro irritado e Jaejoong o seguiu, colocando a cabeça para dentro do banheiro. Ele queria acalmar Yunho, mas não sabia o que fazer ou dizer até que Yunho o puxou para perto de si e os dois e...”.

—Da pra parar?—Yunho abriu a porta do banheiro e segurou a pasta, tentando tirar a mesma de mim. —Me dá.

—Não, você vai querer se livrar disso e não vou deixar.

—Larga Changmin!—Ele puxou a pasta com tanta força que acabei me desequilibrando e caindo sobre ele. —Está bem?—Perguntou e o encarei, percebendo que ele estava sentado no piso do banheiro comigo sobre si. Minhas mãos estavam sobre suas coxas e a pasta estava em suas mãos.  Aquilo era tão constrangedor.—Ei, você esta ai?—Ele passou a mão na frente do meu rosto e voltei minha atenção para si.

—S-Sim... Desculpa. —Me apoiei na parede e fiquei de pé.—Pode me devolver?—Indaguei, me referindo à pasta que estava em suas mãos.

—Talvez... Depois que... —Yunho me puxou pelo braço e me ajoelhei na sua frente.—...Me prometer que vai parar de escrever essa fanfic quando estiver comigo e com Jaejoong.—falou e concordei.—Ótimo.—Ele me soltou e assim que fiquei de pé, me empurrou para fora do banheiro, fechando a porta.

Aigo, porque ele tem que complicar tanto as coisas?

Changmin Pov Off



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...