História For You: I Promise (CAMREN) - Capítulo 138


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane, Fifth Harmony, Lauren Jauregui, Normani Kordei
Visualizações 495
Palavras 1.913
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


^__^

Capítulo 138 - Direct confrontation


01/15

 

P.O.V Camila

 

Pela primeira vez em dias, não tive um pesadelo. O que era bom, pois mostra o quanto a importância da presença de Lauren é essencial pra mim, para que eu fique completamente bem…

 

Ela dorme tão linda, tão fofinha… Me da vontade de agarra-la e apertar-la. Para demostrar o quanto eu sou louca, o quanto a amo… Eu quase não consegui levantar, estava custado acreditar que ela estava aqui. É a uma coisa sobrenatural o que eu sinto por ela.

 

Quando consegui me levantar, fiquei uns 5 minutos olhando ela. Pra sua feição delicada, e angelical. É totalmente hipnotizante olhar alguém que você ama dormir. Apenas sair do transe, pois Quillan e Brice passaram por mim feitos um furacão. Eles estavam brincando, e quase me derrubaram…Dei uma bronca neles, e depois os afaguei.

 

Logo após esse episódio tomei um banho relaxante na banheira. Queria até chamar Lauren pra me acompanhar, mas pensei o quanto ela estava cansada pelas horas excessivas de trabalho. Preferi deixa-la descasar mais um pouco, pra pelo menos repor um pouco das energias.

 

Estava prestes a descer quando o meu celular tocou, anunciando Paulina na tela. Sentia tanta falta, e morrendo de saudade dela.

 

Ligação On*

 

-Paulina… Como você está?

-Muito bem… E você ?

-Também, a Lauren está aqui…Ela chegou ontem, vai ficar aqui até terça. Você não sabe como estou feliz.

-Eu a vi ontem no shopping. Tem dias que tento falar com elas, mas nunca consigo. Ela estava com a amiga dela.

-Amiga?

-É… Uma tal de Katherine…Já vi elas andando juntas. Mas sempre estão com pressa. Mas ontem consegui falar com ela. Enfim, a Lauren estava estranha, sabe? Quando ela me viu ficou toda nervosa, e mal deixou essa mulher falar comigo. Parecia que ela estava escondendo algo de mim…Não sei.

-Deve ser alguém da gravadora…

-Não sei… Pode ser… Mas ela não tinha cara de quem trabalhava com ela. Sei lá... Mas por que ela ficaria assim?

-Paulina…Mais tarde eu falo com você, tudo bem?

-Certo...

 

Ligação Off*

 

Um monte de coisas passou pela minha cabeça. Porém não liguei muito para o fato. Sei que ela jamais faria algo pra me machucar. Além de tudo confio nela.

 

Resolvi preparar nosso café da manhã. Fiz panquecas de banana. Juro que fiz mais pensando em mim no que na Lo. Mas ela ama tudo que eu amo, ou diz só pra me agradar…Não importa. Sei que ela iria gostar. Fiz café com chocolate.

 

Sabia que ao sentir o cheiro, Lauren acordaria. E eu estava certa. 15 minutos depois, ela estava entrando na sala de jantar…Seu rostinho estava amaçado, mas como sempre, ela estava muito linda. Ela já tinha tomado banho.

 

-Bom dia, Camz…-Ela se aproximou de mim e me deu um selinho super carinhoso.-Vejo que preparou algo bom

-Eu sempre preparo algo bom, Lo…Senta-Falei apontando pra cadeira em meu lado.

-Como é bom estar em casa… Ficar ao seu lado.

-Eu não via a hora disso acontecer…-Falei pegando na mão dela, e ela apertou em sinal de carinho-Lolo, nós vamos passar o dia fora. Eu e as meninas vamos fazer um piquenique no Morningside Park, depois nós vamos na casa dos meus pais… A Sofia vai amar te ver. E nós vamos brincar com ela.

-Tudo bem, Camz…Me diz, quem vai nesse piquenique?

-Ally, Troy, Dinah, Normani, Sam, Keana...

-Espera…

-O que foi?

-Aquele cara vai?

-O Óscar?-Ela concordou-Então… Ele vai-Lo bufou, mas eu ignorei-Olha…Ele é uma pessoa legal. Muito legal, Lo… Ele acabou de chagar em Miami, só estou ajudando ele se adaptar, e fazer novos amigos.

-Será que não tem outra pessoa para o cargo?

-Lauren…-A repreendi-Eu não quero nada com ele a não ser uma amizade. Fica calma.

-Tem razão, meu amor. Ajude ele a conhecer a cidade, e de quebra vê se arranja alguém pra ele namorar.-Eu sorri

-Você está tão mudada. Você nunca teria uma reação tão calma quanto a isso. Mas ouça, eu sei que não se sente confortável, mas na vida tem isso. Sempre terá alguém que dará em cima de mim e em cima de você… Mas o que vamos fazer? Não podemos tratar todo mundo mal... Falar nisso, eu e ele vamos protagonizar uma peça de teatro juntos.

-Peça? Minha namorada vai virar atriz?-Ela perguntou me fazendo cocégas.

-Vou sim-Falei rindo-Me solta-Empurrei ela pra longe-Não precisa ficar insegura quanto a ele. Eu estou com você. Não te trocaria por ninguém.

-Não estou insegura. É que não gosto desses caras que você diz ser seus amigos. Eu sei que eles querem algo a mais

-Mais eu não... Eu sou uma pessoa que tem bastantes amigos, Lolo. Quanto homens quanto mulheres...Você sabe. Nem todo mundo é uma ameaça.

 

Ela comeu mais um pedaço da panqueca, e notei que ela se perdeu em meios aos pensamentos. Sei que quando ela fica quieta assim, é que eu tenho razão. Por mais difícil que seja ela aceitar isso.

 

 

-Não precisa se preocupar.-Falei olhando nos olhinhos dela.

-Tudo bem, Camz-Ela sorriu, e deu mais uma mordida na panqueca- Agora eu quero saber… Que amizade é essa toda com a Keana?

-Está com ciúmes de mim ou dela?

-Das duas.-Ela falou tentando parecer brava. Eu ri

-Amor, não é só eu. Todos nossos amigos gostam dela…A gente está conversando muito. Nos vemos sempre. Ela é uma ótima pessoa, agora eu sei porque ele é sua amiga. Vocês duas tem opinião forte...

-Ela é muito importante pra mim...

 

Eu sorri, e uma coisa me passou pela cabeça. O assunto que Paulina falou pra mim por ligação. Eu pensei que aquilo sairia da minha cabeça, mas foi em vão...

 

-Lo... Já fez alguma amizade na cidade?

-Não... Sabe, não deu tempo. Eu só tenho mesmo contato com o Jimmy que é aquele cara moreno que você conhece. E tem o Isaac que trabalha na mesa de som, e me ajuda no estúdio

-Só essas pessoas?

-Sim... Por que?

 

Passei minha mão rápido no rosto. Ela não falou dessa tal de Katherine... Me perdir pensando no que poderia ser.

 

-Camz...-Ela falou suavemente me despertando dos meus pensamentos maus.

-Oi...

-Aconteceu alguma coisa?

-A Paulina me ligou hoje...

 

Lauren ficou pálida como um fantasma... Parece que ela congelou totalmente.

 

-O-o q-que e-ela falou?-Foi a única coisa que ela disse depois de quase um minuto e meio de silêncio

-Por que está gaguejando?

-E-eu... Não estou. Só quero saber como foi o papo de vocês-Lauren falou tão rápido que quase não entendi.

-O que está acontecendo com você?

-Não é nada... Só me fale o que ela disse.

-Por que está tão interessada? A pouco tempo atrás você nem queria ficar perto da Paulina.

-Eu vou buscar mais panquecas...-Outra vez ela falou rápido demais, e simplesmente levantou.

 

Eu esperei mais do que o normal. Ela realmente demorou ao pegar mais panquecas na cozinha. Estava estressada pois odeio quando estou conversando com ela e ela some.

 

-Você quer?-Ela perguntou me mostrando a panqueca

-Não...

-Está muito boa, Camila...Você tem que...

-LAUREN-Gritei e bati minha mão na mesa. Foi tão forte que me machuquei. Infelizmente bati minha mão em cima do garfo. Estava estressada que nem fez com que a dor fosse sentida. Não sei o que aconteceu comigo. Eu não era assim, meu transtorno me deixa irracional.

-Camila...Você está sangrando-Ela falou totalmente nervosa

-Dá pra você sentar na porra da cadeira-Falei agressivamente. Ela concordou e sentou- Obrigada.

-Amor...-Ela falou com certo desespero-O que está acontecendo? Você não é de xingar... Camila...

-Relaxa, eu que tenho transtorno não você.

 

Lauren começou a tremer, e passou a mão rápido no rosto.

 

-Eu n-não ...

-Lauren, relaxa e para de tremer, porra.

-Como você quer que relaxa se você está sangrando. Pelo amor de Deus.

-Lauren... Me responde uma coisa?

-Respondo...

-Você seria capaz de me trair?

-É o que, Camila?

-Responde

-Claro que não. Como pode imaginar isso? Será que tudo que eu fiz não prova que você é a única que quero? Como pode duvidar do que eu sinto por você? Do meu amor?-Ela perguntou com os olhos marejados.

-Não chora-Falei com uma dor em mim. Eu odeio ver ela chorando

-É que eu odeio que você desconfie de mim... Eu nunca faria isso com você.-Ela falou com a expressão triste. E uma culpa me corroeu. De onde eu tirei aquilo?

-Desculpa... Não sei de onde tirei isso. Eu não tomei meu remédio acabei esquecendo, dai a Paulina me ligou e disse que você estava com alguém, e que você ficou nervosa e nem deu atenção pra ela direito. Isso ficou na minha cabeça mas sei que você jamais faria isso comigo.

 

Lauren respirou fundo e direcionou seu olhar pra baixo.

 

-O nome dela é Katherine, Camila. O que você precisa saber é que ela está sendo legal comigo. Eu não diria que ela é minha amiga... E não é minha amante. Como disse jamais teria coragem de te trair. Eu amo você demais, Karla Camila. Não tenho olhos pra ninguém. Jamais te machucaria dessa forma. É contra tudo que eu sinto. A Katherine está me ajudando em uma coisa importante. Uma coisa que estou fazendo para nós duas. Eu e você. Mas não se preocupe quanto a ela. Por favor. Confia em mim, e esquece isso. Você vai saber de tudo. Só peço que espere só um pouco. No dia que eu encontrei a Paulina, eu e Katherine fomos ao shopping tomar uma coisa...-Ela falou isso tudo olhando nos meus olhos.

-Olha, Lo... Me desculpa te fazer essa pergunta. Não sei o que deu em mim. Seja lá o que você esteja fazendo jamais seria algo ruim. Não vou insistir nisso. Sei que confiança é tudo pra nós. Você passou por muita coisa e aprendi que pra você é difícil falar. Tenho que ter paciência e esperar. Sei que na hora certa, eu irei saber. Desculpa por isso.

-Está tudo bem...

 

Dá onde eu tirei aquela pergunta? Por que essas crises me deixam tão irracional? Sei que o amor dela é puro e verdadeiro. Mas acho que é normal ficar desse jeito. É a pressão de não tê-la por perto. Não deveria ficar pensando nisso. Ela me tramite paz, e segurança. Jamais faria nada para me machucar.

 

 -Amor...Vem, eu vou cuidar disso aqui-Ela falou suavemente pegando na minha mão machucada

-Desculpa esse estresse todo... É que...

-Está tudo bem... Vou controlar isso. Preciso saber dos seus remédios. Me passa as horas.

-Vou passar... Sabe o que é... Eu amo muito você... As vezes eu tenho medo de acontecer algo

-Não vai acontecer... Prometo. A única coisa que vai acontecer é algo bom. Eu sempre estarei com você.-Nos olhos dela eu vi o brilho quando ela falou. Era real...Conseguia sentir no tom dela. Ela irá fazer o possível para sempre ficar comigo. Assim como eu com ela.

 

Lauren me levou para o banheiro. Me sentei na tampa da privada e ela pegou o quite de primeiros socorros. Ela limpou o meu ferimento e colocou uma faixa. Sua expressão estava de puro carinho. Não conseguir não olhar para o rostinho dela.

 

-Vai ficar tudo bem, Camz...-Seus dedos selaram o esparadrapo na faixa-Não me dê outro susto assim...-Segurei na nuca dela, e trouxe pra perto de mim.

-Eu amo você.-Disse olhando dentro daqueles olhos verdes-É q-que esqueci de tomar os remédios e... As vezes eu fico irracional.

-Vou cuidar disso. Vou cuidar de você. Amo você.-Ela sussurrou contra meus lábios. Depois os tomou em um beijo cheio de carinho e amor.

 


Notas Finais


*__*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...