História For You, Jin. +18 - Capítulo 3


Escrita por: ~ e ~Millybr

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Angel, Bts, Hentai, Imagine, Jin, Sexo
Visualizações 81
Palavras 1.535
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie amores!! Espero q gostem do Cap...
Bjs e desculpem os erros!!

LEIAM O IMAGINE DA ~MILLYBR A CO AUTORA DA FIC !! O IMAGINE TÁ MUITO BOM.(link nas notas finais para o spirit não apagar a fic)

~Vkookespumafofa

Capítulo 3 - Maldita farinha.


Fanfic / Fanfiction For You, Jin. +18 - Capítulo 3 - Maldita farinha.


   POV AMARA-

Taehyung me puxou bruscamente pelos vastos corredores da faculdade, chegamos em frente à porta de uma sala, ele me olhou sério e frio.

-- O que acha que está fazendo? - sua fúria estava me dando calafrios.

-- Não, Taehyung. O quê VOCÊ está fazendo? Me puxando feito um animal... doeu seu bruto! 

-- Cala a boca. Você quer que descubram? - apertou meu pulso aproximando nossos corpos.

-- Bom... ah, não. Mas isso não te dá o direito de me arrastar por aí assim...

-- Aigoo. Para de ser dramática - soltou meu pulso olhando no fundo dos meus olhos - Você não quer que descubram, certo? Então é melhor ficar calada. Não pode sair contando esse tipo de coisa ao Jin! Não fale coisas absurdas, ninguém vai saber, certo? - segurou meus ombros. Olhei além de Taehyung e Mary sorri diabólica.

Aish... não estou com cabeça para receber "ordens" dessa coisa.


POV ANGEL-


O Kookie hoje está na irritando muito, não consegue ficar quieto um minuto! Ele não tá vendo que eu quero dormir?

-- Está me escutando? 

Ficou de joelhos na frente da cama. Eu não estava o escutando, porém se eu falasse isso ele repetiria tudo novamente.

-- Sim...

-- Você está bem?

-- Por que a pergunta? 

-- Ah, você esses dias tá tão estranha...

-- Como assim, JungKook? 

-- Sabe você e o Jin. - sentou ao meu lado.

-- Não temos nada, além de...

-- Só Love! - JungKook me olhou como se fosse óbvio.

Eu e o Jin não temos nada além de uma boa amizade. Ele é lindo e me faz sorrir, porém não acho que gosto do mesmo.

-- Vamos dormir! 

-- Como quiser ... - me olhou malicioso e dei tapa no braço do mesmo. 

●Quebra de tempo

Kookie e eu ficamos assistindo filmes e seriados. JungKook sempre foi meu melhor amigo, posso contar tudo a ele! Como já havia dito ele está irritante - dizendo que o Jin oppa e eu nos gostamos - JungKook encostou a cabeça em meu colo, passei a fazer cafuné nele.

-- Sabe... eu shippo JinGel... - me olhou malicioso.

-- Quem é JinGel? - na verdade eu sabia do que o mesmo estava falando porém não vou dar esse gostinho a ele.

-- Você sabe! É sério... estou imaginando vocês agarrados em um tapete você chupando ele, e bebendo VINHO. 

-- Jung para de ilusões. Eu gosto do Jin mas não a ponto de chupa-lo. 

JungKook teve uma crise risos pondo a mão em sua barriga. 

-- QUE FOI DESGRAÇA? - perdi a paciência.

-- eh-e que... aii. Você ficou corada. - pus a mão em minha bochecha direta e ela estava quente.

-- Desculpa, Kookie oppa. É que você fica falando essas coisas...

-- Ou. Tudo bem pequena... 

Depois de alguns minutos sua omma ligou pedindo para o mesmo ir para casa. Despediu-se de mim e foi...

Peguei meu casaco cinza e fui para o restaurante do Jin. Tinha poucas pessoas, e como já são 16:00hrs, o movimento do restaurante é um pouco fraco. Entrei na cozinha, um cheirinho de carne se estabeleceu no ar. Jimin e Hoseok estão discutindo sobre algo de legumes e não notaram minha presença.

-- Olha só você cortou isso muito grande! O Jin Hyung disse que você deveria triturar na máquina e colocar na carne, burro! - Jimin deu tapa na cabeça do Hoseok que resmungo um "Aish".

-- Oie Flor! - Hoseok me cumprimentou dando um sorriso lindo. Já Jimin está muito concentrado tentando arrumar a bagunça do Hobi. 

-- Cadê o Jin?

-- Ainda não voltou da faculdade... e chegou!

Senti dois braços circularem minha cintura e uma respiração abafada em pescoço causando-me arrepios. O cheiro doce e pele macia do mesmo me faz enlouquecer. Me virei para o mesmo e o abracei sentindo seu cheirinho, deu um beijo em sua bochecha fazendo-o ficar sem graça. 

-- Ergh... Hyung vamos ao mercado comprar alguns ingredientes... né Jimin? - Hobi falou calmo e sorridente.

-- Oh, sim é verdade. Vamos logo ou o mercado vai fechar... 

Os dois saíram nos deixando sozinhos. Deus o que faço em uma situação dessas?

Porque estou assim? 

Já fiquei sozinha com o Jin muitas vezes!!

-- Estou testando novas receitas, quer provar?

-- Sim! 

Me animei com a ideia, sentei em um balcão na cozinha e o mesmo me estendeu uma colher com uma coisa branca. Abri a boca e comi, perece um creme. Tem um sabor doce mas nem tanto, gostinho de leite condensado e uma leve pitada de baunilha. 

Oh. Esse sabor... 

FlashBack On.

Seu sorriso forte deixa qualquer um feliz. Em dias triste, meu pai sempre comprava sorvete de madrugada, em lojas 24hrs, para mim e Amara. Gostávamos tanto de sentar no tapete da sala e rir de bobeiras do tempo dele e da nossa mãe. Suas histórias e rebeldias. Mas a melhor parte: o famoso Creme de Avelã com leite condensado! O sabor é bom! Ele nunca soube, mas sempre observava ele e a mamãe se beijando e melando o rosto um do outro com o creme enquanto riam felizes.

FlashBack Off.

-- Angel?

-- Oh. Me desculpe Oppa. O creme está muito bom! 

-- Experimenta está carne!

 A carne um pouco apimentada e agridoce ...

 FlashBack On. 

-- Vamos pedir obrigado?! - meu appa pegou minha mão e a da omma. Olhei feliz para o banquete servido.

 Todos fecharam os olhos, deram as mãos e agradecemos. Olhei em volta e vi toda minha família unida. Risadas, histórias e elogios da comida do papai.

-- Aigoo! Não é pra tanto! 

-- É sim amor. Nos sabemos: MEU MARIDO É MELHOR COZINHEIRO DE TODOS! 

Todos bateram palmas e deram risadas. Meu pai me olhou e bagunçou meus cabelos.

-- Sabe minha princesa... o papai quer te contar um segredo. Depois do jantar, Okay?

-- Sim papai!!

FlashBack Off. 

-- Tudo bem pequena?

-- Sim... 

-- Você não parece bem...

-- Porfavor não se preocupe. 

-- Meio difícil não me preocupar quando você está chorando.

Eles passou seus dedos levemente pelo meus rosto limpando as lágrimas teimosas. Seus dedos fofos tortos e quentes tocando em mim. Meu corpo ficou tenso e eu estava muito nervosa perdida naqueles olhos castanhos e acolhedores. Automaticamente abracei o Jin escondendo meu rosto em seu peito. Ele não pediu pra que eu parasse apenas me deixou molhar seu avental com minhas lágrimas. Não sei se estou pronta em falar isso pra ele. É algo pessoal.

-- A comida do meu Appa... É muito parecida com o sabor da sua oppa. Eu sinto falta dele...

-- Não chore minha pequena. Seu pai não gostaria de ver a menina valente dele chorando ele deveria querer que  você não olhasse para trás e seguisse seus sonhos. 

FlashBack On.

-- Appa... todos já dormiram. Pode me contar o segredo?

-- Claro querida. Sabe porque seu nome é Angel?

-- A omma diz que eu fui uma promessa de Deus. Por isso meu nome é Angel, eu fui o milagre, certo Appa?

-- Sim. Sua mãe estava muito doente na época, ela teve um câncer muito forte, o útero dela não podia mas produzir filhos minha pequena... então sua omma ligou pedindo para sua vovó e eu pedindo que a levasse para a igreja... nunca entendemos o do porque. Uma semana depois sua mãe insistiu para tentarmos fazer um bebê, eu não podia negar, a deixaria mais triste. Dois dias depois o médico disse que ela estava com um bebê no ventre. Ficamos tão felizes... Sua omma disse que seu nome seria Angel! O nosso anjinho. Você foi nossa iniciativa de continuar.

-- Appa isso é lindo... mas... O segredo é esse?

-- Minha filha, ouça: Você é valente e bondosa, no seu futuro vai haver pessoas que iram se aproveitar disso... sempre seja gentil e não olhe para trás.

FlashBack Off.

Meu Appa sabia do que estava falando...

Abracei Jin mais ainda.... e o amo mais ainda. Meu coração bateu rapidamente, ele segurou meu rosto entre suas duas mãos e me deu um beijo na bochecha. Quando íamos nos separar nossos labios sem querer enroscaram- se um no outro, fiquei corada ao perceber o olhar de Jin direcionado ao meus lábios. Suas mãos saíram do meu rosto e segurou meu ombros calmo. Ele queria se aproximar porém com receio.

Senti um pó cair sobre nos e me afastei dele.

-- O que foi isso? - Jin perguntou se limpando.

-- Acho que é farinha. Mas quem jogou?

-- Você tá bem?

-- Estou sim. - dei um sorriso gentil. -- É melhor eu ir. Está tarde.

-- Oh, sim. Ergh... desculpa por fazer o que não devia. - coçou a nuca nervoso.

-- Mas você não fez, certo?

-- Não. Mas...

-- Está tudo bem... tchau e obrigada.

Sai do restaurante e tomei um banho assim que cheguei em casa, demorei um pouco para lavar o cabelo já que o mesmo estava sujo de farinha. Comi algo e respondi as mensagens que o Kookie tinha me mandado. Não parei de pensar no que o Jin queria; no que ele quase iria fazer; no que houvesse se tivesse acontecido...


Notas Finais


https://spiritfanfics.com/historia/my-psycho-6363966


Link da fic 😙

Twiter: https://twitter.com/kamilly_cosmo?s=09 (Milllybr)
Quem quiser chama na DM, eu não mordo (millybr aqui~)


Eita...
Pfv digam se gostarem e dêem nos corações❤
Muito obg,
~bye
~Vkookespumafofa


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...