História Fora da lei - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Hentai, Jeon Jungkook, Você
Exibições 20
Palavras 1.347
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Hentai, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Desculpa a demora...estava em semana de provas e tive apresentações de jazz e hiphop..
Mas estou de volta<3
Espero que gostem...boa leitura

Capítulo 4 - ...H...


Fanfic / Fanfiction Fora da lei - Capítulo 4 - ...H...

 

Capítulo anterior

-Que estranho-após olhar cada detalhe daquelas fotos, vejo no relógio que eram passado da meia noite.
Eu com a maior preguiça resolvo dormir assim mesmo.Me deito e depois de um tempo pego no sono..

-----------------------------------

Min Yon on

Acordo com uma barulheira na parte de baixo da casa,olho no relógio e já eram duas da tarde.
-Aish-me levanto cambaleando ,meia tonta ainda por ter acabado de acordar.
Pego uma toalha do guarda roupa e sigo para o banheiro.Tomo um banho quente e demorado.
Saio do banheiro enrolada na toalha,e vou na frente do espelho.Aquele curativo ainda estava ali, resolvo tirar, e me arrependo, tinha um grande corte e doía bastante, assim coloco de novo aquela gaze.
Pego um shorts branco e uma blusa preta larga que cobria o shorts ,com um converse preto.
Sento na cama e solto um longo suspiro,não sei como mas tenho que achar um jeito de sair daqui,eu sempre estive atras deles,tentando capturar a gangue do Jeon,mas o irônico,ele me capturou,e me deixa mofando no quarto.Mas é tudo muito bem estruturado,grades nas janelas e portas,com sensores e arames,não consigo pensar em uma forma de sair daqui,se eu tivesse com meu celular,mas a minha pressa de sair da delegacia aquela noite foi maior para não querer nenhum atraso.
-Min-vejo Tae adentrando o quarto-vem,vou te acompanhar até a cozinha-fala já saindo do quarto,e eu o sigo.
Não importa quantas vezes eu ande por essa mansão,nunca vou decorar o caminho,são muitas portas corredores e escadas,como não sei aonde estou e como é por fora,não duvido de ser um castelo.
-Bom dia!-fala Jin vindo até mim e me abraçando ~intimidade~ -fiz umas panquecas hoje,espero que goste-diz e sai da cozinha,por mais que agradeço por serem "gentis" comigo,é estranho,nem parece que sou uma policial feita de refém...
Me sento na mesa e observo dois pratos repletos de panquecas,e Tae sentado na frente de um dos pratos.
-Eu resolvi esperar para te fazer companhia -diz Tae sorrindo .
-Valeu Tae-digo retribuindo um sorriso.

[...]

Após comer as maravilhosas panquecas do Jin,o mesmo pediu para mim ver um filme,aí eu penso 'eles me capturaram a força,e agora me convida para ver um filme como velhos amigos?'.
Só acompanhei Jin até a sala e me sentei em um dos sofás,observando cada detalhe da casa para ver se tinha alguma forma de eu fugir,enquanto o mesmo mexia nos armários.
-Aish,aonde a pirralha como colocou esse filme-fala Jin ficando em pé e passando a mão direita em seus cabelos.
-Hellou povo lindo!-fala uma garota entrando na sala.Ela tinha cabelos loiros,não muito longo,alta,olhos azuis esverdeados,branca,não era asiática,e logo atras dela outra menina,um pouco mais baixa,morena,também não é asiática.
-O pirralhas aonde está os DVDs?-pergunta Jin indo até as meninas.
-Como é que é ?-A mais alta colocou a mão no ouvido como se não tivesse escutado direito.
-Princesa linda do meu coração aonde estão os DVDs?-pergunta novamente Jin,fazendo a morena e eu rir,o que fez elas notarem minha presença.
-Oi-fala a alta-Me chamo Mary
-Oi,Min Yon
Ela fica um tempo me encarando meia perplexa,e cochichando no ouvido do Jin.
-Oi-diz a morena vindo mais perto-sou a Thais
-Oi-digo,to um pouco perdida,elas parecem crianças,mas o que fazem junto a uma gangue?
-Thais -chama a Mary-vamos.
-okay-fala Thais e sai do cômodo junto a Mary.
-Bom,acho que o filme terá que ficar para depois,vamos-fala e segura em meu pulso,me fazendo segui-lo,chegando em "meu" quarto.

Jin on~

Após levar Min para o quarto dela,vou atras de Mary,e bato na porta de seu quarto,ouvindo um entra da mesma.
-Oi-digo-a Thais está aqui?
-Não,pode falar-fala se sentando na cama e eu vou ao seu lado.
-Vai querer saber qual parte?
-Tudo-diz a mesma me encarando seria-desde o começo Jin Oppa,não esconde nada de mim.
-Ok fofa-digo e solto um suspiro-Bom,a Min Yon Lee é a irmã do Suga sim,mas ele não sabe que é ela a policial que tanto queríamos capturar,ele apenas achou que fosse uma paixonite do Jeon,e não sabemos como ele vai reagir já que para ele ela morreu-suspiro-depois de tudo o que passamos ele achava que ela estava morta,mas nós ajudamos,damos uma nova vida a ela,Jeon tinha melhorado e estávamos vigiando-a de longe,mas quando algumas pessoas começaram a desconfiar,isso a deixou em perigo,e tivemos que "rapta-la"-faço aspas com os dedos-e Suga ainda não sabe,e você não pode contar assim do nada para ele,sabemos que ele vai surtar...
-Então depois de tudo ela está viva?-fala Mary perplexa-mas eu vi...como?eu não consigo mais ver ela como antes,não sei mais nem como reagir com ela,e se o Suga acabar vendo ela,é irmã dele,ele vai reconhecer.
-Por isso estamos deixando ela trancada no quarto,e Jeon voltou a ter que tomar os remédios,ele não pode contar agora,se ela não aceitar o passado não sei o que o Jeon pode fazer..
-Bom,vou ligar para o Suga e ver aonde ele está,deixa ela naquele quarto,apenas até eu falar com o Kook.
-Okay,vou ir ver as meninas,e você fique aqui a noite,não quero que nenhum daqueles caras te veja.
-Ok Jin-fala e eu selo sua testa logo após saio de seu quarto,indo verificar as meninas.

[...]

Min Yon on

Já é 18:33,não tô mais aguentado ficar aqui,e meu estômago tá reclamando de falta de comida.
Que raiva,tô deitada nesta cama a horas esperando qualquer pessoa ou o Tae vir me buscar,até que ouço muitos barulhos lá em baixo e gargalhadas altas de homens.
Vou até a porta e quando viro a maçaneta,ela abre,'Jin esqueceu de trancar'.
Ando em passos cautelosos até a origem daqueles barulhos,descendo as escadas e me escondendo atrás da parede,observo vários homens muito bem vestidos,alguns bem jovens e outros mais velhos.
-Podem trazer-fala Jeon aparecendo ao lado de um dos homens.
Assim entra umas 7 meninas,todas de lingerie,meu coração parece que ia sair pela boca,quando eu ia dar a volta já que estou na escada,e voltar para o quarto,esbarro em alguém,fazendo com que eu role escada a baixo,chamando a atenção de todos aqueles homens,eu já estava entrando em pânico se Tae não viesse correndo e me levantasse.
-O que está fazendo aqui?-sussurra Tae em meu ouvido-aish 
-Ela!-grita um dos homens apontando para mim
-Dobro!-fala outro e todos começam a discutir
-Chega!-Jeon grita chamando a atenção de todos-Ela não está a negociações.
Assim Tae me leva para meu quarto,enquanto eu escutava os berros daqueles homens.
-Não saia daí mais ouviu?Aish-fala Tae e fecha a porta,testo e ele a trancou.
Bufo e deito na cama,tentando me acalmar.'Aquilo então eram as "vendas" das meninas que ouvi Jin comentando outra hora?'

Jeon on

-Que merda!!-grito jogando tudo que estava em minha mesa do escritório no chão 
Após a "aparição" da Min,quase todos os homens querem ela,e eles não são de desistir,para não socar a cara de cada um,me tranquei em meu escritório deixei que os Hyung cuidem da situação. 

[...]
Após um bom tempo,já não escutava nada,nem um barulho,assim presumido que tudo tivesse ocorrido bem após as discussões.
Ouço batidas na porta,a abri e encontro Jimin com uma cara de cansado.
-Eles já foram?-pergunto
-Já,não foi fácil,as ameaças realmente foram fortes,algum aceitaram e compraram as meninas,mas um homem que nem asiático era,ameaçou e dice que conseguiria a Min,por bem ou por mal,que "nós nos arrependeríamos de não dá-la a ele agora"-fez aspas com os dedos.
-E você sabe o nome deste homem?
-Se não me engano era.....Aish ele não falou acho...-fala pensativo.
-Vou ligar para Sehun e pedir a ficha de cada um dos homens,cuide para que ela não saia mais do quarto.
-Ok.
Após Jimin sair,sento em minha cadeira e resolvo ligar para Sehun,mas quando peguei meu celular na mão,ele toca,um número desconhecido,tudo bem que o celular é novo,já que toda vez que ligo para alguém tenho que comprar outro por precaução da polícia e gangues rivais,mas este número é bloqueado.
Atendo mesmo assim,mas não ouço son algum do outro lado da linha.quando eu ia desligar a pessoa começa a falar..

~Ligação on~

~Você não me conhece,mas vai conhecer~número desconhecido 

~Quem é?E como conseguiu este número?~Jeon

~Tudo que eu quero eu consigo Jeon Jungkook ..tudo....por em quanto me chame de H~número desconhecido

 


Notas Finais


Desculpe os erros ..
Bye<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...