História Forbidden Girl - Capítulo 81


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Colegial, Drama, Lesbicas, Romance
Exibições 386
Palavras 1.230
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, FemmeSlash, Festa, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


esqueci de comemorar o capitulo 80, que descuido o meu
eu quero ver a reação de vocês, então leiam logo, não vou enrolar
calma, antes, a Eleanor, eu imaginei ela bem Eleanor Waldorf (mãe da Blair, de gossip girl), se vc não sabe de quem eu estou falando, sinto muito, ela é diva
mas acho que combina, tipo ela ser estilista e tal, ENFIM
façam uma boa leitura!

Capítulo 81 - Ela toda tá mais linda do que nunca.


   POV CAMILA

 Escovei os dentes com pressa enquanto ajeitava o meu cabelo. Atrasada, como sempre.

 - Alexia, vamos! – falei pegando minha bolsa e indo chamar o elevador.

 - Amor, não grita, você vai acordar meus pais – ela disse baixo.

 - Oxe, desculpa – ri leve, entrando no elevador.

 - Relaxa – fez um carinho no meu cabelo – Tenho certeza que é uma coisa boa – sorriu.

 - Espero que sim – suspirei.

 É porque minha chefe pediu pra eu passar em sua sala assim que chegasse no trabalho hoje. Meu cu tá trancado, imaginem.

 Caso vocês estejam interessados, não, Alexia e eu não moramos juntas. Ainda. Eu acho, já que o nosso relacionamento está um retrato perfeito do desgaste.

 Dirigi com uma certa pressa e deixei Alexia no trabalho, que era perto do prédio do meu trabalho. Estacionei do jeito que deu e chamei o elevador, pensando nas mil e uma possibilidades de rumos que essa conversa pode tomar.

 O elevador finalmente chegou, e eu avisei pro secretário da Eleanor que eu havia chegado.

 - Pode entrar, Camila – o secretário abriu a porta com um sorriso no rosto.

 Meu coração tava na boca, eu realmente não sabia o que esperar.

 - Bom dia, Camila – Eleanor tirou os óculos do rosto e colocou na mesa, sorrindo. Eleanor é bonita, muito bem pros seus 40 e poucos anos.

 - Bom dia, Eleanor – sorri de volta.

 - Assenta aí – falou informalmente – Relaxa, Camila – ela riu – Sabia que dizer que “preciso conversar com você amanhã” te deixaria tensa.

 - E deixou mesmo, sério – acabei rindo também.

 - Bom, é o seguinte. Você já deve ter visto que a construção daquele prédio ali já está quase acabando, certo? – apontou, dava pra ver pela janela, o prédio maravilhoso do hotel que estava sendo construído ali, há quase 2 anos.

 - Uhum, já faz tempo, né?

 - Sim. E a empresa é enorme, não sei falar o nome do dono até hoje – ela riu – Mas eles querem os nossos serviços pra noite de lançamento, ou seja, seremos as estilistas do lançamento – um sorriso automaticamente apareceu no meu rosto.

 - Nós? – só pra ter certeza.

 - Camila, você é uma das minhas estilistas mais promissoras, e só tem o quê? 24 anos?

 - 25 – sorri.

 - Exato, trabalha aqui há 4, não é?

 - Isso mesmo – bastante tempo, né?

 Sim, já consegui um nome razoável e um cargo importante aqui. Evoluindo sempre.

 - Então, você vai ficar responsável por um vestido feminino, e vai supervisionar o trabalho de cinco estagiárias.

 - Oi? Cinco? – eu não sei se eu consigo.

 - Nem vem me falar que não consegue, Camila, se eu soubesse que não consegue não estaria te dando essa tarefa – ela me conhece bem.

 - Certo – sorri, de novo.

 - A inauguração será em 1 mês, você precisa de começar a trabalhar logo. Os projetos que eu te pedi ficam em segundo plano, essa é sua prioridade agora, ok?

 - Ok. Obrigada, Eleanor, pela confiança e tal – ri leve.

 - Nada disso, você fez por merecer, Camila. E vou te contar um segredo, quero alguém como você pra assumir o meu posto quando eu for aposentar – piscou de um olho só – Agora some da minha sala, vai tirar as medidas e ficar de olho nas estagiárias – fez que era pra sair com as mãos, eu só sabia rir.

 Melhor chefe.

 - Até mais, Eleanor – me levantei.

 - Marcos vai te levar até lá, as estagiárias já estão no lugar – assenti – CORRE.

 E ficou rindo do meu desespero.

 Se eu tô feliz pra caralho? Sim! Eleanor acabou de me dizer que me quer como chefe. Eu tô nas nuvens. Fora que esse vai ser o meu maior evento, pelo que li desse hotel, vai ter tipo um red carpet, coisa fina.

 - Bom dia, Camila – Marcos sorriu ao abrir a porta.

 - Bom dia, Marcos – entrei sorrindo de volta.

 - Ansiosa? – perguntou dando partida.

 - Muito! Não acredito nessa responsabilidade toda que Eleanor me deu, sério – ajeitei o cabelo.

 - Vai dar tudo certo, você é boa, fica tranquila – percebi seu sorriso pelo retrovisor.

 - Obrigada, Marcos – suspirei sorrindo.

 Não demoramos a chegar num edifício que tinha o nome de uma empresa. Daquela placa só consegui ler “engenharia” porque o nome parece ser em grego. Bem que a Eleanor não conseguiu pronunciar.

 Tinha uma moça, que não passava dos 21, parada na porta do prédio, sorrindo pra mim. Te conheço? Oxe.

 - Camila, oi – ela veio andando do meu lado.

 - Oi?

 - Laura – estendeu a mão, apertei.

 Não gosto desse nome.

 - Prazer, Laura. Mas eu te conheço? – perguntei sorrindo.

 - Não – riu leve – Sou uma das suas estagiárias, pediram pra que eu te acompanhasse até o local em que vamos trabalhar – que sorriso lindo dessa Laura.

 - Certo. Preciso de um café – parei quando vi a máquina – Aceita?

 - Não precisa, obrigada.

 - Certeza? – perguntei apertando os botões do que eu quero.

 - Sim, não bebo café.

 - Esquisita – fiz uma careta e ela soltou uma risada gostosa – Vamos? – peguei o café.

 Esqueci de comentar, esse prédio é lindo. Também não é pra menos, né? Afinal eles trabalham com isso. Laura me guiou até uma porta, que a mesma abriu. Lá dentro podia-se ver um típico cenário de preparação pra um desfile.

 Tinham varias pessoas tirando medidas, algumas reclamando, outra recebendo ordens, outras dando (ordens) e aquele caos típico.

 - Você vai trabalhar com uma mulher que tá ali – ela apontou pra um canto, mas não vi ninguém.

 - Me mostra antes quem eu tenho que supervisionar – falei e bebi mais um gole do café.

 Laura me conduziu e conversei com todas as estagiárias, bem rapidinho. Mas escutei a proposta que cada uma delas tem. Faz sentido a Eleanor ter me escolhido, elas ficaram responsáveis por gente “baixa” na empresa, que não tiveram muito destaque no processo e etc. Laura ficou toda animada me contando que eu faria o vestido de uma mulher linda, que foi bem importante e vai ser a com mais destaque.

 Ansiosa.

 Estávamos tendo uma conversa distraída, enquanto ela me guiava até a mulher, que eu nem percebi quem era. Vi que ela estava de costas, conversando com um cara. Mas ela virou pra mim, quando Laura chamou sua atenção.

 E nessa hora eu simplesmente travei.

 Senti aquele perfume tão conhecido e me vi de frente com aquele mar azul claro, me encarando com a mesma cara de espanto que eu. Os seus cabelos loiros caiam perfeitamente em seus ombros, mais lindos do que nunca.

 Ela toda tá mais linda do que nunca.

 Ela quem?

 Giulia Muniz, o amor da minha vida, caso alguém tenha se esquecido.

 - Giulia? – o meu coração batia três vezes mais forte do que estava batendo de manhã, e eu podia sentir a minha mão suando, enquanto milhares de borboletas faziam o favor de revirar o meu estômago.

 - Camila? Oi – ela sorriu e eu percebi que os seus olhos estavam marejados.

 E isso foi quando eu me dei conta de que já tinha uma lágrima descendo pelo meu rosto.

 - Vocês já se conhecem? – porra, Laura. Acho que é mau de nome.

 - Sim – falei ainda sem tirar os olhos daquela mulher.

 - Licença – ela percebeu e saiu dali, junto com o cara que conversava com Giulia.

 Encontrar Giulia desse jeito não estava nos meu planos quando eu acordei hoje cedo.


Notas Finais


haaaaa olha como eu acabei esse capítulo, meu deus eu sou muito malvada
eu quero ver vcs surtando e querendo me matar nos comentários, pq se não nem tem graça
mas como eu não sou de todo mal, vou continuar escrevendo hoje ainda e tento postar terça ou quarta pra vocês, viu?
tá vendo, sou um amorzinho
obrigada por ler, espero que tenha gostado <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...