História Forbidden love - Namjin (Vhope, Jikook) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Suga, Vhope, Yoonseok
Exibições 251
Palavras 813
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Hentai, Lemon, Policial, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiie! Eu ia postar esse capítulo somente amanha, mas não resisti.

Antes de lerem: gente, vocês conhecem FT Island? Preciso comentar como eles são d+. Severely ❤

Boa leitura! 😘

Capítulo 4 - Primeiro dia!


*Pov Seokjin*

É hoje que eu vou começar o meu trabalho definitivamente. Hoseok já estava em Busan e eu estou indo pra lá agora mesmo.  Pelo percurso fiquei pensando, esses meninos tem uma aparência tão inocente, como podem ser criminosos?

/quebra de tempo/

Cheguei no hotel e me joguei na cama, mas logo fui tomar banho ao ver a hora.

Depois de me arrumar fui direto pro endereço marcado. Chegando ao meu destino, dei de cara com uma mansão gigantesca.

Me apresentei como o novo motorista para os seguranças, eles fizeram uma breve ligação e logo mandaram que eu entrasse.

Entrei na casa após uma empregada me recepcionar me levando até a sala.

-O Sr. Yoongi pediu que o espere aqui, logo ele virá. -a empregada falou com um sorriso no rosto.

-Ok, obrigado. -falo e ela sai após se reverenciar.

Após alguns minutos esperando, sinto algo se impulsionar contra meu corpo e caio no chão.

-Me desculpa moço eu não te vi. Você está bem? -um homem com voz rouca falou, porém não vi quem era já que estava de cara no chão.

-Não, não Namjoon. O homem mal chegou e o deus da destruição já o atacou. -falou outra voz masculina.

-Eu estou bem. -falo me levantando do chão com a ajuda do homem que antes me derrubou, Namjoon.

-Me desculpe, sinceramente. -Namjoon continuou a se desculpar.

-Tudo bem senhor, não foi nada. -fico pensando: como alguem tão simpático e educado pode ser um “criminoso”?  Coloco o criminoso em aspas, pois ainda não temos provas concretas de seu envolvimento nisso.

-Você deve ser Kim Chan Moon não é? -perguntou o moreno a minha frente.

-Isso mesmo. -disse me reverenciando. Chan Moon, que nome mais feio. Eles poderiam ter me dado um nome mais bonito. Mas não é nada comparado ao do Hoseok. Min Jaehun.

-Chan Moon? -Namjoon pergunta pro irmão.

-Nosso novo motorista. -Yoongi fala. -Siuk falou que ele já trabalhou pra ela e é um cara legal. Assim espero.

-Uhm. -Namjoon.

-Yoona. -Yoongi fala e uma das empregadas vem até a sala. -Mostre a Chan seu quarto.

Antes que eu seguisse Yoona, Yoongi fala:

-Você começa amanha Chan, e saiba que eu não gosto de empregados bisbilhoteiros e folgados. Esteja em pé as 6h da manha. -fala e eu assinto.

-Por que você quer que o rapaz acorde as 6h se você acorda as 9h? -Namjoon.

-A não enche. -Yoongi sai bufando da sala fazendo Namjoon rir.

-Não liga pra ele. Ele parece uma cobra, mas é mais inofensivo que uma borboleta. -Namjoon.

-Eu ouvi. -Yoongi grita do andar de cima fazendo Namjoon rir ainda mais.

...

Após Yoona mostrar onde dali por diante seria meu quarto, eu fui pegar minhas malas no carro. O quarto é bem melhor do que imaginei. Arrisco dizer que é até melhor que o minúsculo quarto do meu apartamento. Não que eu não tivesse dinheiro pra alugar um maior, mas é que eu não vejo necessidade de ter um maior já que moro sozinho.

Chegando ao meu carro tirei todas as minhas malas do porta malas, colocando-as no chão.

-Quer ajuda? -perguntou a mesma voz rouca de antes.

-Não precisa senhor, obrigado. -falo.

-Não me chame se senhor, me chame de Namjoon, e eu faço questão de ajuda-lo em forma de desculpas por antes. -fala já pegando uma mala e uma bolsa.

-Bom, então obrigado. -falo.

-Por nada. -fala sorrindo.

Por um momento fixei meus olhos em seu sorriso que deixava suas covinhas a mostra. Que sorriso lindo. Ahn? Eu pensei isso mesmo? Eu admirei o sorriso do Namjoon? Aish Seokjin! O que é isso? Balanceia a cabeça afastando aqueles pensamentos e segui para meu quarto.

-Obrigado Senho... Namjoon. -dei um sorriso sem jeito.

-Você é muito educado Chan. -fala sorrindo e sai do quarto.

...

Me joguei na cama após terminar de arrumar minhas coisas. Ouço meu celular apitar em sinal de que eu recebi uma nova mensagem. Quando vejo, era uma mensagem do Hobi.

*Mensagem on:

(Hobi): Iae Jin, tudo certo?

(Eu): Oi Hobi, tá tudo certo sim. E ai?

(Hobi): Também. Eu estou indo na casa do Yoongi com o primo dele, o Taehyung.

(Eu): Como vai você e o Taehyung?

(Hobi): prefiro não comentar Hyung.

(Eu): Ok. Mas vem pra cá por que?

(Hobi): Tem uma sala cofre nessa casa que eu descobri a pouco tempo, porém não consegui entrar devido a uma senha indecifrável, e como você é mestre nessas coisas, você vai desvendar o mistério daquele cofre.

(Eu): Ok, mas e os rapazes e os seguranças?

(Hobi): deixa isso comigo. Quando te mandar uma mensagem você pode entrar. Fica preparado.

(Eu): Tá.

Respirei fundo, me vesti adequadamente  peguei alguns utensílio necessários e fiquei esperando a mensagem do Hobi.

Uma hora depois ele me manda uma mensagem.

(Hobi): Vai Jin, você tem apenas 20 minutos. Boa sorte.

É agora!


Notas Finais


Espero que tenham gostado.

Beijos, Tchau!😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...