História Forbidden Love - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Anna, Capitão Killian "Gancho" Jones, Cora (Mills), David Nolan (Príncipe Encantado), Elsa, Emma Swan, Henry Mills, Ingrid / Rainha da Neve / Sarah Fisher, Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Personagens Originais, Regina Mills (Rainha Malvada), Robin Hood, Ruby (Chapeuzinho Vermelho), Sr. Gold (Rumplestiltskin), Vovó (Granny), Xerife Graham Humbert (Caçador), Zelena (Bruxa Má do Oeste)
Tags Emma Swan, Once Upon A Time, Regina Mills, Swanqueen
Visualizações 202
Palavras 1.584
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Ecchi, FemmeSlash, Orange, Romance e Novela, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Uuh me desculpem a demora! Esse cap tá pequeno e espero que gostem!

Relevem os erros.

Capítulo 25 - Controle-se Swan!


Segunda-feira havia chegado e Emma e Ruby já estavam na empresa, esperando por Regina e Zelena. Ruby não parava de reclamar quando Rose fazia questão de passar perto delas, tentando chamar a atenção de Emma. Ruby ficou atualizada sobre o ocorrido na boate e só conseguiu desejar que estivesse lá na hora para ver a cara de merda que Rose fez.


- Killian vai rir muito quando você contar isso para ele! - Ruby disse rindo.


- E lá vem elas. - Emma ficou ereta e Regina saiu do elevador com um semblante sério, passando pelos funcionários, junto com Zelena, que sorria para todos. Emma sentiu um calafrio tomar conta de seu corpo.


- Bom dia amor. - Regina sorriu docemente para Emma e lhe deu um beijo. Rose observou de longe a cena e não podia acreditar no que via. Para ela, Regina estava traindo Swan com uma dançarina.


- Essa sua cara séria me excita. - Sussurrou.


- Senhorita Swan, temos muito o que fazer hoje. - Regina disse séria e mordeu o lábio, provocando Emma. Olhares curiosos estavam sobre as duas.


- Convoque uma reunião agora com todos os funcionários, meu bem. Depois, vá para a minha sala. - Sorriu maliciosa e entrou em sua sala, deixando Emma babando. Regina usava uma saia lápis de couro e uma blusa social, com alguns botões abertos e seus óculos, deixando-a sexy.


- Foque no trabalho, loirinha. - Zelena cutucou Emma e a loira revirou os olhos.


- Será difícil trabalhar aqui com essas Mills! - Ruby levantou a mão e foi até a sala onde seria assistente de Zelena. Emma sorriu e fez o que Regina havia pedido.



Todos já estavam na sala de reuniões e Emma estava sentada ao lado de Ruby e Rose, que fazia questão de provocar Regina.


- Bom dia a todos. O motivo dessa reunião, foi apresentar a vocês, nossas novas colegas de trabalho. - Emma e Ruby agradeceram as boas vindas. - E o outro motivo, é que como muitos já sabem e já suspeitam, Emma Swan pode vir até aqui por favor? - Emma sentiu seu rosto corar e foi envergonhada até Regina.


- O que você está fazendo? - Perguntou entre os dentes.


- O que eu já deveria ter feito. - Apertou a mão de Emma.


- Ai meu Deus…


- Emma, você tem se mostrado uma pessoa incrível para mim e para o Henry. Não me vejo mais sem você na minha vida. - Emma já estava tampando a boca para abafar os soluços do choro. Regina tirou uma caixinha do seu bolso. - Sei que é um pouco cedo, mas você aceita namorar comigo?


- BERRO NÃO ESPERAVA POR ESSA! - Zelena gritou sorrindo com Ruby. Todos olharam para e as chocados com o pedido inesperado. Emma sorriu e beijou Regina sem se importar com quem estivesse ali. Rose balançou a cabeça negativamente.


- Isso é um sim?  - Regina perguntou sorrindo.


- SIM, SIM, SIM! - Emma beijou todo o rosto da morena e todos começaram a aplaudir, menos Rose que se contorcia  de ciúmes. Vendo Rose chateada, Regina pôs a aliança na mão de Emma e piscou para Rose.


- Sei que não devo satisfações sobre minha vida pessoal a ninguém, mas não quero mais ouvir boatos pela empresa. Se minha sexualidade incomoda alguém aqui, peço que me mandem uma carta pedindo a demissão. Que fique encerrado esse assunto. - Todos concordaram. - A reunião está encerrada, temos muitos trabalhos para fazer! - Alguns as parabenizaram e logo a sala foi a esvaziando.


- Regina, mana, viu a cara da Rose?  - Zelena disse rindo.


- Só faltava explodir! - Ruby comentou.


- Eu me segurei muito para não rir! - Regina disse.


- Vocês são más. - Emma disse rindo e abraçando Regina.


- É pedir muito umas férias? - Ruby se tacou no sofá que tinha na sala.


- Seu primeiro dia e já está cansada ? - Emma disse puxando Ruby pelo braço.


- Vamos que temos muito trabalho, Ruby! - Zelena sorriu maliciosa e rapidamente Ruby saiu da sala com ela.


- Essas duas…- Regina riu. - Quero que me ajude a redecorar a minha sala e quero ajuda em alguns projetos também. Como você gosta de desenhar…


- Será maravilhoso passar esse tempo ao seu lado, minha namorada. - Emma deu um selinho em Regina.


- Sem beijos senhorita Swan. Guarde-os para mais tarde. - Regina disse caminhando até sua sala. Tinha que manter sua sanidade para não jogar Emma ali mesmo na mesa.  


- Um dia você me enlouquece! - Emma disse rindo atrás de Regina.



***


Rose estava em seu escritório, trabalhando no projeto que havia mostrado a Regina e a morena rejeitou. Sentia sua raiva por Regina aumentar a cada segundo que a via perto de Swan.


Como Regina tinha coragem de trair Emma desse jeito? A noite passada estava na porta do camarim esperando pela dançarina, e agora, estava pedindo Emma em namoro. Isso não ficaria assim. Rose começou a planejar algo que fizesse a “mascara” de Regina cair. Faria de tudo para reconquistar Emma e mostraria as suas faces de Regina.


- Vamos ver até quando isso irá durar, Regina Mills. - Rose disse olhando para o projeto a sua frente. - Está na hora de chamar uma pessoa…- Rose pegou o celular e discou o número.


- Rose? O que houve agora? - A mulher disse.


- Preciso conquistar Emma e preciso da sua ajuda. Como você não gosta de Regina...


- ELA AINDA TA NAMORANDO COM REGINA MILLS?


- Sim! E fez questão de anunciar a todos hoje na empresa. Fez o pedido ao vivo.


- Emma Swan terá o que merece. Ou ela se afasta de Regina, ou faremos da vida das duas um inferno! - A mulher desconhecida desligou a ligação.


Rose sorriu maliciosa e foi até a sala de Regina.



***


- Faz cinco horas que eu não toco em você! - Emma disse entrando na sala de Regina batendo a porta. A morena olhou para a loira por cima dos óculos e mordeu os lábios. - Eu tô ficando maluca! Você fica nessa posição toda sexy e nossa!


- Controle-se Swan. - Regina disse rindo.


- Não dá, posso fazer uma massagem em você. - Emma foi para trás da morena e iniciou movimentos relaxantes pelas costas de Regina.


- Amor, alguém pode entrar aqui…- Disse vacilante.


- Então me peça para parar. - Emma mordeu o lóbulo de Regina e a morena gemeu. - Foi o que eu pensei.


Emma massageou os seios de Regina e beijou a nuca da morena.


- Você está muito estressada. - Beijou o pescoço de Regina.


- Então me faça relaxar, Emma. - Regina puxou Emma para sentar em seu colo, mas a loira ajoelhou debaixo da mesa e puxou a calcinha de Mills rapidamente, antes que ela protestasse.


Emma abocanhou o sexo da morena enquanto estocava dois dedos dentro dela. Regina jogou sua cabeça para trás e mordeu o dedo para conter os gemidos altos que estavam prestes a sair. Emma aumentou as estocadas enquanto lambia o clitóris de Regina.


- Senhorita Mills? - Rose disse entrando na sala e Emma enfiou-se mais dentro da mesa, sem cessar com as estocadas. Regina levou um susto.

- Quero lhe lembrar que antes de entrar em minha sala, deve bater na porta. - Regina dias ofegante e isso não passou despercebido por Rose.


- Refiz o projeto e trouxe para dar uma olhada. - Rose ignorou a morena e entregou o projeto na mão de Regina e a morena mordia o dedo com força. Emma estava achando aquilo muito engraçado. Para provocar Regina, estocou mais um dedo com força. Enquanto massageava o clitóris de Regina.


- O-oh - Gemeu - Me desculpa, é...JESUS! - Emma enfiou a língua no sexo da morena quando sentiu as paredes de Regina se contraírem. Rose estava sem entender nada.


- Está tudo bem? - Perguntou falsamente.


- Eu sei que não se importa comigo! - Regina revirou os olhos  e Rose bufou - OH...eu não vou aguentar…- Regina tombou a cabeça para trás e arqueou seu corpo. Rose para provocar a morena, perguntou por Emma.


- Sabe onde Emma está? Quero fazer um convite a ela. - Na hora Regina mudou de expressão e Emma não aguentou, acabou rindo alto embaixo da mesa.


- Em-ma? - Rose gaguejou corada.


- Olá Rose. Espero que não atrapalhe mais minha transa. - Emma disse rindo e chupando seus dedos que estavam melados pelo gosto de Regina. Regina sorriu vitoriosa ao ver a cara de Rose.


- Você é tão gostosa! - Regina beijou Emma.


- Belle ligou querendo saber se precisará dela hoje a noite. - Emma disse entre os beijos. 


- Sim, quero levar você  para sair! - Regina disse levanto. Emma deu um selinho na namorada.


- Vou deixa-las resolverem esse projeto. - Emma disse acenando com a cabeça para Rose. Parou na porta e virou-se para trás. - Na próxima, bata na porta. - Emma fechou e saiu correndo para contar tudo a Ruby e Zelena. Emma gostava de Rose, mas a loira baixinha estava precisando de umas para entender que Swan era de Regina.


- Então Rose, não vejo mudança alguma nisso aqui. - Regina analisou o projeto. - Isso aqui ate Henry faria. - Provocou.


- Desisto! - Rose bateu a porta e saiu emburrada da sala, deixando uma Regina completamente vitoriosa e feliz para trás.



Notas Finais


Iiih quem será na chamada? O que Rose está aprontando? Tô louca para ver a cada dela ao saber que Emma é a própria dançarina hahahaha


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...