História Forbidden Love - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~Sra-MINYOONGI

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags assasino de aluguel, Assassino, Bts, Jimin, Jungkook, Kook, Suga, Taehyung, Yaoi, Yoongi
Visualizações 17
Palavras 1.055
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá bolinhoooooos!!! Voltamos com mais um capítulo maravilhoso para vocês...

P.S. Passando só pra lembrar que hoje é aniversário do nosso parque favorito... Park Jimin ♥

Sem mais delongas e vamos logo pro capítulo!

Boa leitura e até as notas finais...

Capítulo 2 - Reconcilation


Fanfic / Fanfiction Forbidden Love - Capítulo 2 - Reconcilation

Yoongi POV 

Acordei e ainda de olhos fechados, tateei minhas mãos pela cama procurando por Jimin, e ao não o encontrar, me despertei por completo, sentando na cama. 


Ao olhar para o lado, onde Jimin normalmente dorme, encontrei uma bandeja com frutas e café da manhã.  Sorri antes de degustar o que tinha ali...

Após acabar, fui ao banheiro onde fiz a minha higiene matinal e então desci as escadas para a cozinha, achando Jimin que, provavelmente, estava fazendo o almoço.  


- Vai ficar aí me olhando ? - Ele disse sem tirar os olhos da panela. 


Sorri e então me aproximei de seu pescoço desnudo deixando ali um selinho, vendo-o estremecer, passei minhas mãos por seu abdômen,- que estava desprovido de camisas e jimin vestia apenas uma calça - apenas para o provocar mais ainda e por fim, deixei um pequeno selar em seus lábios antes de me afastar e pegar um copo com água.  


- Obrigado pelo café da manhã, estava ótimo. - Eu disse enquanto me encostava no balcão para beber a água, vendo-o sorrir. 


- Dormiu bem ? - Perguntou enquanto andava de um lado para o outro com panelas. 


- Sim e você? - Perguntei


- Não muito bem. - Senti seu semblante ficar um pouco mais triste e então para tentar amenizar um pouco, me aproximei novamente de si, dessa vez, o beijando, deixando que ele sentisse tudo que eu sentia por ele.


- Eu te amo  - Sussurrei e colei nossas testas, antes de deixar um selinho rápido em seus lábios e esperá-lo terminar o almoço.  


Quando acabamos a refeição, ainda conversamos um pouco e então Jimin levou toda a louça para a pia, enquanto eu estava encostado no balcão, mexendo em meu celular. 


Senti sua presença no cômodo e então levantei meu olhar, mas, não tive tempo para raciocinar, pois seu lábios encontraram os meus rapidamente, me fazendo dar um pequeno gritinho  por ter levado um susto, mas aos poucos, fui deixando me levar. 


Seu corpo me prensava fortemente contra a bancada, nos aproximando cada vez mais, levei minhas mãos aos seus cabelos, segurando os fios de sua nuca e a puxando para trás, fazendo-o dar um suspiro entre o beijo. 


Seus lábios foram até o meu pescoço, deixando ali mordidas e chupões me fazendo arfar, levei minhas mãos ao cós de sua calça, me atrapalhando um pouco ao tentar desabotoar os botões.  Mas ao conseguir, desci sua calça junto a cueca abaixando as peças até  o tornozelo, levando minha mão ao seu membro já bem desperto e duro, o apertando fazendo Jimin arfar. Comecei a masturba-lo lentamente, vendo-o morder os lábios, sorri antes de abaixar-me a sua frente, vendo sua expressão se tornar maliciosa e suas mãos agarrarem fortemente os fios de meu cabelo, me fazendo arfar, ele me deu um sorriso e então empurrou o meu rosto contra seu membro que eu logo coloquei na boca o chupando. 


Jimin ditava seus movimentos, enquanto gemia alto, esses gemidos eram música para meus ouvidos e eu ficaria aqui por horas apenas para o escutar.


Ouvimos o celular de Jimin tocar e ele bufou, antes de pegar o aparelho e olhar no visor, ignorando a chamada, soltou meus cabelos e apoiou as mãos no balcão, deixando que eu tivesse controle de tudo. 


Eu fazia movimentos para frente e para trás, passando minha língua pela extensão de seu membro, comecei a aumentar a velocidade, fazendo-o apertar as bordas do balcão e gemer. 


Vendo que ele estava perto de gozar, continuei com os movimentos, dessa vez, com mais precisão, passando minha língua desde a base até a glande a sugando com um pouco mais de força o fazendo ter um espasmo, sorri com aquilo e tentei continuar mas novamente o toque irritante do celular nos atrapalhou. Jimin se separou de mim e atendeu o telefone, falando com alguém por um tempo. 


- Amor eu preciso ir, estão precisando de mim no trabalho. - Disse enquanto tentava abotoar sua calça.     


- Ah Não, você não vai enquanto eu não terminar isso.- Segurei seus braços e o empurrei contra a parede, o beijando antes de descer com selinhos novamente ficando agachado à sua frente. 


Peguei em seu membro novamente com certa firmeza e comecei a massageá-lo lentamente provocando-o cada vez mais enquanto ouvia seus gemidos desesperados e sentia sua mão em meus cabelos descontando todo seu tesão. Levei minha boca até sua glande e fiz movimentos circulares com a língua antes de preencher minha boca com seu volume.

Com movimentos rápidos suguei seu membro sentindo seu líquido quente em minha boca segundos depois. Me levantei lambendo os lábios e o beijei. 


- Agora pode ir... - Sorri safado e deixei um beijo em seu rosto indo até a geladeira beber água.

Jimin ainda tinha a respiração descompassada quando seu celular novamente tocou. 


- Prometo que a noite eu compenso tudo isso. - Me deu um selinho e uma piscadela e subiu correndo as escadas, voltando poucos minutos depois, vestido em seu terno, saindo de casa, praticamente correndo. 


Jimin POV 

Eu entrava em estradas quase desconhecidas por mim para cortar caminho e chegar logo a empresa. Haviam ligado para mim, dizendo que um novo funcionário iria ser transferido de uma outra empresa e eu teria que estar lá para deixar tudo em ordem. 


Além de que, eu havia esquecido que hoje era o dia em que Yoora entraria em licença maternidade e eu tinha que assinar os papéis. 


Estacionei o meu carro em minha vaga e entrei na empresa, comprimentando todos os funcionários que por mim passavam com um sorriso. Adentrei a minha sala e ali estava, a minha secretária, Yoora, junto a um outro garoto, que permanecia em pé enquanto conversava com a mesma. 


- Boa tarde. - os cumprimentei e ambos retribuíram, antes que eu me sentasse e os convidasse para que se sentassem também.  


Logo eu assinei os papéis para que Yoora fosse dispensada por algum tempo e fiquei a sós com o outro garoto. Ele não parecia ser muito mais velho do que eu, trajava um terno, que pra mim parecia desnecessariamente caro, e tinha uma presença imponente, mas parecia estar nervoso, pois vez ou outra colocava os cabelos para trás.  


- Sou… 


- Ceo desta empresa, eu sei muito bem quem você é.  - Me interrompeu sorrindo. - Prazer Park Jimin, sou Kim Taehyung.


Notas Finais


Eai bolinhos? Gostaram desse hot leve que fizemos? E a aparição do TaeTae no final? Comentem o que estão achando ou até mesmo nos mandem mensagens privadas...

Bom, é isso e até o próximo capítulo! Amamos vcs!! ♥♥

-Mell & Min


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...