História Forbidden Love - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Drama, Fama, Romance, Sexo
Exibições 10
Palavras 1.323
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


✿ Olá meus amores, tudo bem com vocês? Espero que sim, então trago mais um cap para vocês ^^

✿ Me desculpem qualquer erro, passou completamente despercebido.

✿ Boa Leitura ^.^

Capítulo 6 - Chapter Five


Fanfic / Fanfiction Forbidden Love - Capítulo 6 - Chapter Five

Seul, 22hrs03min.

Assim que chegamos à rodoviária de Seul, nos sentamos em um dos bancos que havia no local para comer o resto do frango que havia sobrado.

— Lucy-ah, você gostou do show de hoje? — Yoo Jung perguntou limpando o canto de sua boca com um guardanapo.

— Ye. Foi bastante agradável. — respondi colocando uma de minhas mãos sobre a boca para que o pedaço de frango não caísse. — Os meninos realmente são talentosos. — completei de boca cheia.

— E de qual deles você gostou mais? — Suni perguntou animada se ajeitando no banco.

— Eu não sei. Todos eles são muito bonitos e talentosos. — respondi olhando para meus pés.

— Isso é uma verdade, mas você tem que ter um preferido. Não há nenhum dos oppas que mais lhe chamou atenção? — A loira perguntou e Yoo Jung concordou com a cabeça.

— Para falar a verdade, teve um que chamou bastante atenção. — respondi mordendo meu lábio inferior. As duas me encaravam com uma expressão surpresa.

— E quem é ele? — Yoo Jung perguntou entusiasmada.

— Aigoo, vocês estão agindo como duas adolescentes. — disse limpando minhas mãos com um guardanapo. — Quantos anos vocês tem mesmo? — perguntei.

— Se eu fosse você, pararia de fazer essa pergunta. Como deve saber, Yoo Jung e eu temos um ano há mais que você, o que faz com que sejamos suas unnies. — Suni cantarolou balançando sua cabeça de um lado para o outro.

— Se você continuar assim, eu não digo de quem gostei mais. Unnie. — disse com deboche ao chamá-la de “unnie”.

— Então diga: de quem você gostou mais? — Yoo Jung perguntou balançando seus pés. Assim que ia responder as duas, meu celular tocou.

Olhei no identificador e vi que era minha mãe. Levantei-me do banco e fui em direção a uma parede onde ficavam os horários de todos os ônibus e os lugares para onde eles iriam.

— Omma! — pigarreei. — Quer dizer, mãe. Desculpe-me, estou começando a me acostumar com o idioma daqui. — sorri.

— Tudo bem. — riu. — Finalmente estou conseguindo falar com você. Faz dois dias que espero uma ligação sua para saber como está, mas nada. — completou parecendo um pouco desanimada.

— Mãe, eu realmente sinto muito. Eu ia ligar, mas eu fiquei um pouco ocupada tentando me acostumar com o fuso horário e um pouco da cultura daqui. — me desculpei enquanto olhava para um enorme banner do BTS em uma parede da rodoviária. O banner era sobre o show de hoje e de amanha em Busan e havia uma foto dos sete, muito linda por sinal.

— Eu entendo, não precisa se explicar. Eu só liguei mesmo para dizer que estou com saudades de você. — minha mãe disse me fazendo sorrir.

— Eu também estou com saudades, mãe. — disse olhando para Suni e Yoo Jung que conversavam enquanto terminavam os últimos dois pedaços do frango.

— Por isso, eu tenho uma novidade para você: descobri que semana que vem ai na Coreia terá um feriado. O que você acha de passar o feriado comigo? — perguntou animada. O sorriso que havia em meus lábios se desmancharam em segundos.

— Mãe, eu não posso. Meus amigos me convidaram para passar meu primeiro chuseok com eles e eu não quero os desapontar. — respondi abraçando a mim mesma com meu braço direito.

— Lucy, eu quero muito ver você. Como você vai morar na Coreia, você terá mais chuseoks para comemorar. Passe pelo menos esse comigo, por favor. — pediu.

— Tudo bem. Eles entenderão se eu explicar o motivo de não poder participar do chuseok com eles. — disse em rendição.

— Ai que bom! Estarei te esperando ansiosamente. Agora, preciso desligar. Há essa hora você deveria estar dormindo. — disse. — Boa noite.

— Boa noite. — disse e encerrei a ligação.

Voltei para o banco que as meninas estavam e, assim que me aproximei, as duas se levantaram.

— Vamos? Daqui a pouco será meia-noite e eu não quero ficar ate tarde na rodoviária. — Suni disse e Yoo Jung e eu assentimos.

— Meninas, já são dez e vinte. Vocês querem dormir lá em casa já que há essa hora vocês não podem entrar no campus da faculdade? — Yoo Jung perguntou.

De nós três, apenas Yoo Jung não morava no campus da faculdade. Ela morava em um apartamento perto do campus, a mesma decidira morar em um apartamento próprio, pois alem de ter mais privacidade, se comprometeria mais aos estudos.

— Por mim, não vejo problema algum. E você Lucy? — Suni perguntou olhando para mim.

— Ah, tudo bem. — respondi. Saímos da rodoviária e pegamos um taxi para ir a casa de Yoo Jung.

➳ ➳ ➳

Assim que chegamos à casa de Yoo Jung, a mesma nos emprestou um pijama para que dormíssemos e, enquanto ela foi arrumar um colchão para que Suni e eu dormíssemos, fui para o banheiro trocar de roupa e tirar a maquiagem.

Depois que fiz tudo, antes de sair do banheiro, resolvi ligar para Jimin para avisar que não poderia passar o chuseok com ele e com os meninos, mas o garoto não atendeu.

Talvez ele já estivesse dormindo por conta do cansaço. Mandei uma mensagem para que no dia seguinte, Jimin visse.

— Lucy-ah, você já terminou? — Suni perguntou dando leves batidas na porta.

— Ye. Já estou saindo. — respondi abrindo a porta. Suni entrou e eu fui para a sala, onde dormiria com Suni. Yoo Jung estava na cozinha preparando chocolate quente para bebermos antes de dormir.

Olhei para o meu celular, mas Jimin não havia me respondido. Suspirei e fui para a cozinha ajudar Yoo Jung.

Park Jimin | Busan, 00hrs01min.

Depois de horas treinando para o show que haveria no dia seguinte, os meninos e eu fomos comer rámen em uma lanchonete que ficava 24hrs aberta.

Mas, finalmente havíamos chegado ao hotel em que ficaríamos hospedados ate amanha. Fui para o meu quarto junto com Jungkook e corri para o banheiro para tomar um banho.

Eu estava morrendo de cansaço e tudo o que eu mais queria era de um bom banho e cama.

Coloquei o meu roupão e sai do banheiro. Jungkook já se encontrava com seu roupão para ir tomar seu banho.

— Jimin hyung, seu celular não parava de tocar. — Kookie disse apontando para meu celular que se encontrava em cima da minha cama.

— Mwo? — perguntei o pegando. Jungkook foi para o banheiro e eu vi que havia uma mensagem e uma ligação perdida de Lucy.

“Você tem uma nova mensagem: Lucy <3”

“Jimin oppa, miane, mas não poderei passar o chuseok com vocês. Minha mãe disse que esta com saudades de mim e, ela quer que eu passe o feriado de chuseok com ela. Avise para os meninos, eu realmente sinto muito”.

Aquela mensagem realmente me deixou um pouco desapontado. Eu queria que Lucy passasse o chuseok conosco.

Antes de digitar uma resposta, me veio uma ideia, talvez absurda, em minha cabeça.

Sai do quarto e corri para o quarto de Jin hyung.

— Jimin? O que faz aqui e por que esta de roupão? — Jin perguntou coçando um olho. Parecia que este estava prestes a dormir.

— Eu tenho uma ideia. Que tal passarmos o chuseok em outro lugar? Variar um pouco o feriado. — perguntei animado amarrando mais forte o laço de meu roupão para que não corresse o risco de abrir.

— O que você quer dizer com isso? — perguntou confuso cruzando os braços. Suga apareceu logo atrás do mesmo.

— Eu quero dizer que poderíamos passar o feriado em outro lugar, eu escolho. Assim, poderíamos ate descansar um pouco. — respondi.

— E Lucy? Ela não iria passar o chuseok conosco? — Suga perguntou tirando suas mãos do bolso de seu moletom.

— Quanto a ela, não se preocupem. Irei dar um jeito de ela ir conosco. — respondi sorrindo. — Então, o que me dizem? — perguntei apreensivo.

— Kwenchanayo. Avise aos outros que este ano, iremos fazer algo diferente no chuseok. — Jin respondeu e um sorriso enorme se formou em meus lábios.

Curvei-me e rapidamente voltei para o meu quarto. Joguei-me na cama e mandei uma mensagem para os outros.

Tenho de admitir, só estava fazendo aquilo por Lucy.


Notas Finais


✿ Espero que tenham gostado e até o próximo cap.

✿ Comentem o que acharam, ficarei muito contente.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...