História Forbidden Love - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Lay, Personagens Originais, Sehun, Suho, Xiumin
Tags Baekhyun, Chanyeol, Chen, Exo, Kai, Lay, Sehun, Suho, Xiumin
Exibições 10
Palavras 893
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Capítulo 3


Fanfic / Fanfiction Forbidden Love - Capítulo 3 - Capítulo 3

Passaram-se um mês,e eu e Suho fomos ficando cada vez mais próximos.

Até que Suho e os outros meninos do EXO, tiveram que fazer uma turnê mundial,que durariam 6 meses. 

Eu fiquei um pouco abalada,pois Suho era o único amigo que eu tinha. 

Agora definitivamente eu vou ter que me virar. 

 

Tereza me ajudava um pouco tambem,mas ela era muito ocupada, pois tinha uma empresa pra cuidar. Então para mim conseguir me virar um pouco e aprender a língua coreana, ela contratou um professor brasileiro que morava na Coréia a anos e que falava coreano para me ensinar  em casa. 

Eu super gostei da ideia, pois ele era muito bom, explicava bem e eu conseguia entender bem algumas palavras. 

 

Durante algum tempo estudando coreano,eu consegui aprender várias coisas, então eu já conseguia me comunicar com as pessoas.

Pra mim isso já era ótimo. 

 

~~

 

Sábado 9:00 

 

Acordo, e vou para o banheiro fazer minhas necessidades. 

Depois vou para meu closet e procuro uma roupa. Pego uma calça quentinha e uma blusa de manga comprida e visto-as. Depois pego meu tênis da adidas, que eu quase nunca usava, e coloco-o.

 

- Caramba,hoje está muito frio. - falo e pego minha jaqueta preta que estava pendurada. 

 

Pego meu celular que estava no meu criado mudo e desço as escadas. 

Tereza sempre me dizia: " Se precisar comprar alguma coisa, é só falar. " 

Ela sempre me dava uma pequena quantidade de dinheiro para quando eu quisesse ir tomar um café ou algo do tipo. 

Eu sincerente não acho justo, por isso hoje vou ir em busca de um emprego. 

 

Andando pelas ruas achei um café que se chamava Coffee Tuchinae. Eles estavam contratando pessoas para trabalhar, e como já trabalhava em um café quando morava no Brasil, fui até lá. 

Consegui ser contratada, eles ficaram meio em dúvida se me contratavam ou não pelo fato de eu ser estrangeira,mas graças a Deus eu consegui,e começaria a trabalhar na segunda-feira. 

O fim de semana passou rápido, e logo já era segunda. 

 

8:00

 

Levantei e fui direto tomar banho,aproveitei e já escovei os dentes. 

Depois coloquei uma calça e uma blusa.. Lá não precisava de uniforme, elas apenas usavam um avental. 

Cheguei no café e as meninas que trabalhavam  aparentavam ser super fofas. Uma delas até veio falar comigo e admito que gostei muito dela, ela era muito simpática em comparação com as outras que pareciam querer manter distância de mim. 

 

- Oi. Você é a nova contratada né? Prazer me chamo DaeHyun. 

 

- Oi. Sou sim,me chamo Ana. Prazer. - falei

 

- uhm, você é estrangeira, veio de que país? - ela perguntou 

 

- Sim, sou do Brasil. - respondi 

 

- AAHHH Brasil.. sambaaa - falou e riu

 

- É … - falei e ri, mas no fundo queria falar mesmo que o Brasil não é só samba não. 

 

- Então, eu vou te ajudar aqui no café, até que você aprenda bem as coisas.  Pode ser?  - Ela falou gentilmente 

 

- Claro - respondi. 

 

DaeHyun me ajudou muito e me explicou como funcionava o atendimento.

O dia passou rápido, logo já era tarde. Eu e DaeHyun ficamos responsáveis por ajeitar as coisas e fechar o café.

 

- Então Ana, o que vai fazer agora?  - DaeHyun me perguntou 

 

- Vou para casa, tomar um banho, comer e depois descansar.- respondi 

 

- Ah.. Você não quer dar uma volta comigo? Vamos tomar um suco, eu pago. - ela falou

 

- Ah.. Pode ser, mas pode deixar que eu pago meu suco. - falei e ri, e ela riu também. 

 

Estávamos caminhando e chegamos em uma barraquinha que fica nas ruas e compramos os sucos. Começamos a caminhar e a conversar sobre nossas vidas. 

DaeHyun me contou que ela e sua mãe foram abandonadas pelo seu pai quando ela ainda era bebê, então ela nunca chegou a conhecer ele, e sua mãe não gostava de tocar no assunto. 

Eu contei para DaeHyun o que tinha acontecido comigo, sobre a morte de meus pais, sobre a morte de minha vó, e como vim parar na Coréia. 

 

- Nossa, a sua história é meio triste . Você conseguiu superar bem pelo jeito. Mas quem é essa amiga de sua avó? - Ela falou

 

- O Nome Dela é Tereza Hyuna, estou ficando na casa dela. - falei 

 

- Tereza Hyuna?  Dona de uma das maiores empresa de produtos de cosméticos da Coréia? E tia do Suho do EXO? Não é possível.. Você conheceu ele?  MEU DEUS!!! - falou surtando

 

- Sim. - Falei e comecei a rir. 

 

- Menina, tu ta brincando com minha cara né.. Eu sou apaixonada pelo Suho. Desde quando o EXO debutou.. Ainda penso que um dia vamos casar. - falou com vergonha e riu. 

Eu automaticamente comecei a rir também. 

E assim passamos horas conversando,até chegar a hora de cada uma ir pra sua casa. 

Bom, pode se dizer que a partir daquele dia viramos melhores amigas. 

 

5 meses se passaram, DaeHyun e eu tínhamos combinado dela ir dormir na "minha" casa. Estávamos já preparados para dormir, quando derrepente a campainha toca.

 

 

- Quem será que a essa hora da noite? - DaeHyun diz. 

 

- Não sei. Vou ter que ir atender, Tereza já deve estar dormindo. - respondi. 

 

Então desci as escadas e abri a porta. 

 

- E aí... Sentiu minha falta?... 

     (....)


Notas Finais


Eu sinceramente espero que vocês tenham gostado desse capítulo Hahah.. Obrigado por ler ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...