História Forbidden Love - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Alfredo Flores, Ariana Grande, Barbara Palvin, Caitlin Beadles, Chaz Somers, Christian Beadles, Justin Bieber, Pattie Mallette, Ryan Butler
Personagens Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Personagens Originais
Exibições 8
Palavras 1.052
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Esporte, Famí­lia, Festa, Violência
Avisos: Drogas, Incesto, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie amores!😻

Capítulo 2 - Paris!


Fanfic / Fanfiction Forbidden Love - Capítulo 2 - Paris!

P.O.V Barbara Palvin

Ah meu Deus! Eu tô meio que surtando aqui! Nem to acreditando que vou acompanhar o Justin ne uma turnê. Um dos meus sonhos sempre foi conhecer o mundo.

Eu e a minha mãe, quando eu era bem pequena, nós falávamos uma a outra que um dia iríamos conhecer o mundo juntas. Isso é um sonhof sendo realizado, eu me sinto mais perto da minha mãe fazendo isso. Eu queria que ela estivesse aqui, tudo seria melhor. Pattie é uma boa madrasta eu amo ela, ela me entende, sinto que posso contar tudo a ela, ela tem os melhores concelhos, mas claro nada comparado com os da minha mãe.

Quando terminei de arrumar as minhas malas fui tomar banho. Quando sair do banheiro Christian entrou no meu quarto, eu arregalei os olhos e ele estava parado me olhando, ou melhor, me comendo com os olhos.

- CHRIS SAÍ DAQUI! NÃO SABE BATER NA PORTA NÃO É? - gritei ja irritada e ele pareceu acorda do seu transe.

- A meu Deus! Desculpas Barbara! Mas é que a seu pai mandou eu perguntar se já está tudo pronto! - falou ele meio sem graça por conta da situação e eu meio que corei. O Christian para mim é um dos mais fofos dos meninos. Ele sabe como tratar uma garota bem.

- Ok! Tudo bem desculpe também por gritar com você! - falei envergonhada e ele riu pelo nariz e sorriu de canto.

- Tudo bem! - ele falou - vou terminar de arrumar minhas coisas! - ele foi e eu assenti. Ele não parava de mim olhar, eu já estava corada, deveria está roxa de vergonha. Ele olhou no fundo dos meus olhos e foi se aproximando, acariciou meu rosto, e quando ele ia encostar seus labios no meu o Justin entrou no quarto, nos separamos rapidamente e olhamos para Justin que estava com os olhos levemente arregalados.

- O que era que estava acontecendo aqui? Eu posso saber? - perguntou Justin cruzando os braços e dando uma de machão. Justin apesar de aprontar muito comigo, eu amo ele, sabe eu até gosto do jeito que ele me protege, mas as vezes ele exagera. Um dia ele foi me pegar na escola e eu estava conversando com um amigo meu e o Justin ficou morrendo de ciúmes, e o que ele fez, se você acha que ele bateu no garoto você acertou. Meu amigo ficou cheio de hematomas e eu tive que levar ele na enfermaria, eu fiquei morrendo de raiva dele mas ele não estava nem aí.

- ahn... Justin! - eu falei e ele me olhou com as sobrancelhas erguidas, e fez um sinal para que eu continuasse, eu olhei para Chris e ele para mim - Não estava acontecendo nada que eu me lembre! - falei e Christian assentio concordando comigo.

- A é! Não aconteceu nada? Então deixa eu te lembrar! Quando eu cheguei você estava quase beijando o Christian e ainda é a cara de pau de falar que estava acontecendo nada! - ele gritou fazendo eu me assustar.

- Calma bro! Ta eu adimito estava quase beijando ela, se você n tivesse aparecido eu já estaria beijando ela! - falou Chris praticamente não ajudando em Nada, e foi aí que o Justin se extressou e quando ia bater no Chris eu o interrompi entrando na frente. Ele estava com tanta raiva que as veias do pesco dele estavam quase saltando, o rosto todo vermelho de raiva.

- Gente para! Não vamos brigar! - eu falei e o Justin se acalmou - sim Justin, eu estava quase beijando o Christian, você não tem nada no se intrometer ne quem em beijo, namoro ou fico! Então por gentileza saiam do meu quarto para eu me trocar!- eles assentiram e saíram do quarto e claro o Justin com aquela cara de bravo.

Agora que eu caí na real, eu quase beijei o Christian! Caralho mano! Eu agradeço eternamente por Justin ter chegado e atrapalhado o beijo. Eu gosto do Chris, mas só como amigo. Eu admito queria beijar ele, mas é depois? Como seria nossa relação? Eu sinceramente não sei. A gente poderia nunca mais se falar por pura vergonha de nos olhar depois do beijo. Eu não quero perde a amizade dele, ele é um ótimo amigo.

Bem terminei de me arrumar coloquei um vestido florido e uma sapatilha e desci com minhas malas. Depois de deixar todas as minhas malas fui na cozinha e peguei uma maçã.

Quando cheguei na sala estavam todos lá, até mesmo Caitlin que veio correndo me abraçar.

- Amigaa! - Cait gritou em quanto me abraçava - que saudades, meu Deus! - ela falou e eu ri pelo nariz.

- Eu também tava com saudades! - falei soltando ela.

- Quanta viadagem meu Deus! - falou Chaz negando com a cabeça e todos nós rimos. E foi nessa hora que o meu pai chegou na sala animado, obviamente por causa da tour do Jus.

- Então vamos? - meu pai perguntou a nós animado.

- vamos - falamos todos juntos.

Entramos na limousine do Justin, o caminho todo nós fomos animados, cantamos, rimos das palhaçadas que os meninos faziam. Chegamos no aeroporto e fomos onde estava o jatinho particular do Justin, entramos e sentamos. Eu sentei ne uma cadeira perto da janela e o Justin do meu lado.

O avião decolou e foi aí que eu pude me sentir cada vez mais perto da minha mãe. Eu só queria ela aqui, nossa acompanhar o Justin na tour com a minha mãe seria demais. Coloquei meus fones e comecei a escutar The Way - Ariana Grande.

Tinham se passado horas de viajem e eu continuava acordada olhando o céu enquanto escutava música. Olhei para o lado e vi que Justin estava dormindo, ele ficava tão fofinho dormindo e foi aí que eu me toquei e por curiosidade perguntei ao meu pai.

- Pai? - chamei ele que na hora despertou do seu transe.

- Oi? - perguntou ele.

- Afinal para onde nós estamos indo? - perguntei a ele, nessa correria todo eu acabei esquecendo de perguntar para onde nós iríamos.

- Paris! - ele falou e eu arregalei os olhos. Meu Deus Paris cara! Uau!

- Obrigada - falei animada e continuei a escutar a minha música que agora tocava shout out to my ex - Little mix, mas acabei sendo vencida pelo cansaço e dormir.


Notas Finais


Espero que gostem!💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...