História Forbidden Love (imagine Kim Taehyung) - Capítulo 60


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 278
Palavras 546
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem

Capítulo 60 - Pai


Fanfic / Fanfiction Forbidden Love (imagine Kim Taehyung) - Capítulo 60 - Pai

Acordo com a campainha Tae também dormia sentado me levanto sonolenta.

- Tae - o chamo e o mesmo abri os olhinhos

- hum? - ele resmunga

- abre a porta

- ta bom - ele se levanta indo até lá e eu subo quando escuto Kim chorar.

- oh minha vidinha - digo pegando a mesma no colo - omma eu to cum medu - ela diz

- oh por que pequena?

- eu tive um pesadelu - ela me abraça.

- calma eu to aqui foi apenas um pesadelo ruim,vem vamos ver quem chegou.

Desço com a mesma no colo e então escuto Tae gritar.

- SAI DA MINHA CASA - ele gritava.

Coloco Kim no sofá e coloco um desenho

- meu amor fica aqui a omma já volta.

- ok mamãe

Corro até a porta

- amor o que...- paraliso não conseguia me mover. - o que você ta fazendo aqui? Tae liga pro Yoongi e pro Jin

- filha calma

- calma? Calma o caralho sai daqui,eu não sou sua filha.

- vamos conversar eu Te Amo

- como você saiu da cadeia? - eu já chorava lembrando de rudo que ele fez

- por favor saia da nossa casa - diz Tae em um tom autoritário.

- s/n - ele diz

- o que você quer aqui? - diz Yoongi chegando junto com Jin

- filhos

- eu não sou seu filho - diz Yoongi e Jin

- eu sou pai de vocês eu quero ficar perto de vocês

- pai é quem cuida,da carinho e amor e você,nunca fez isso.

- s/n você vai me escutar eu vim aqui por que eu tenho direitos essa casa deve ser minha.

- que?

- vocês ficaram com a minha e eu quero minha casa de novo mais não quero aquela quero essa.

- você não pode fazer isso

- mais eu vou e se não me derem eu entro na justiça - ele diz

- você acha que vai conseguir alguma coisa na justiça? - diz Jin

- eu tenho meus contatos ou como você acha que eu sai de lá?

- você é louco isso não faz sentido - digo

- é não faz mais te ver sofrer sempre foi e sempre será a melhor coisa, você é fruto da desgraça da minha vida e de todos aqui,todos nós sabemos que você é inútil.

- cala essa boca - diz Taehyung indo pra cima dele então eu o seguro

- virei depois de amanhã buscar minha casa - ele ri e sai Yoongi vai para dar na cara dele mais Jin o segura.

- não vale a pena - Jin diz - não agora.

Nós entramos e lágrimas escorriam em meu rosto.

- amor calma - Tae me abraça e eu me sento no sofá logo Tae vai até os meninos e os três conversavam entre eles,pareciam preocupados.

Eu ainda chorava então Kim vem até mim.

- omma puque vucê ta cholando? - ela passa mãe em meu cabelos e eu a olho.

- ah pequena mamãe ta com medo.- digo e ela me abraça

- omma não choli é apenas um pesadelu ruim - ela diz e eu sorrio.

- ta tudo bem pequena - sorrio limpando as lágrimas.

- s/n - Yoongi vem até mim me abraçando - ele não te fazer nada eu prometo

- obrigada oppa - sorrio - eu não vou dar minha casa para ele, não importa o que eu tenho que fazer. Aqui ele não pisa


Notas Finais


Desculpem os erros


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...