História Forbidden love(em pausa) - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Austin Mahone, Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Lauren Jauregui
Exibições 61
Palavras 1.368
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Sei que eu tinha prometido postar ontem mais eu acabei ficando sem Internet,então desculpa a demora.Peço pra que prestem bastante atenção nesse Cap porque tem muitas dicas nele.
Boa leitura tigers🐯

Capítulo 5 - A...


Camila povs 

 A hora da festa ja estava quase chegando e eu nesse momento estou indo em direção a casa da Lauren,combinamos que eu iria levar ela e trazer pra casa. Assim que cheguei em frente a sua casa avistei a mesma terminando de fechar a porta.Suas pernas estavam escondidas dentro de uma calça preta e ela vestia na parte de cima uma blusa também preta com o símbolo amarelo do nirvana,em seus pés ela usava um conturno e pra completar havia uma touca em sua cabeça.Camila povs


A hora da festa ja estava quase chegando e eu nesse momento estou indo em direção a casa da Lauren,combinamos que eu iria levar ela e trazer pra casa.

Assim que cheguei em frente a sua casa avistei a mesma terminando de fechar a porta.Suas pernas estavam escondidas dentro de uma calça preta e ela vestia na parte de cima uma blusa também preta com o símbolo amarelo do nirvana,em seus pés ela usava um conturno e pra completar havia uma touca em sua cabeça.

Ela fica linda de Preto.

- olha…ela é pontual - digo em um tom de brincadeira assim que desci do carro.

- quem tinha que chegar no horário era você e não eu - disse assim que ficou ao meu lado,olhei pra ela confusa - você está vinte minutos atrasada - Assim que olhei em meu relógio pude ver que era verdade,a Dinah ia me matar.

- desculpa,acabei passando tempo demais brincando de Barbie com a minha irmã mais nova - Disse enquanto entrava no carro,assim como ela que se sentou no outro banco.

- não sabia que tinha uma irmã - comentou enquanto mexia em em um dos anéis que ela tinha em seus dedos.

- pois é,ela tem nove anos,é a minha pequena - digo tudo com um sorriso no rosto enquanto ligo o carro - ela é praticamente uma mine eu - meu sorriso se alarga ao lembrar da minha irmãzinha.

- coitada - a morena do meu lado sussurra em um tom divertido,me viro rapidamente pra ela com uma expressão de indignação no rosto vendo ela gargalhar em seguida.

Maldita…

- você ta insinuando que eu sou feia? - sua expressão rapidamente cai de alegria pra apreensão,me fazendo segurar o riso e manter meu jeito sério.

- eu não… - ela começa a gaguejar e eu não consigo mais me segurar,começo a rir descontroladamente enquanto olho de relance pra ela que está vermelha de vergonha.

- calma,eu sei que foi só brincadeira - a tranquilizo vendo o alívio em seu rosto - mais mesmo assim achei uma brincadeira de muito mal gosto - volto minha expressão seria e vejo seu corpo se encolher no Banco.

(…)

Assim que chegamos na rua da casa do Justin ja era possível escutar os gritos e a música alta que vinha de la de dentro.Carros estavam largados de qualquer jeito,pessoas estavam deitadas no gramado com bebidas em mãos e outras estavam se agarrando em alguns cantos na tentativa falha de se esconder.Essa festa não acabaria bem.

- é sempre assim? - escutei a voz rouca de Lauren adentrar meus ouvidos,seus olhos percorriam por todas aquelas pessoas.


- as vezes é pior - disse me lembrando do dia em o Justin fez uma festa na piscina e o cachorrinho dele acabou morrendo.

Triste.

- olha finalmente a bunduda achou alguém que preste - aquele tom de deboche e principalmente aquela risada de quem estava aprontando soou sendo seguida por mais quatro.

- cala boca Dinah - disse sem paciência - gente,essa aqui é Lauren Jauregui - as apresentei e logo vi Lauren abraçando uma por uma.Não quis contar como a conheci,não queria espalhar esse assunto.

Assim que apresentei as meninas a Lauren e vice-versa finalmente podemos entrar na casa,a mesma estava cheia de gente bêbada,já era possível ver pessoas se beijando nos cantos escuros assim como lá no quintal.Lauren já parecia ter feito amizade com Dinah e o resto das meninas.Assim que deixei Lauren com as garotas eu me separei e fui em busca do meu namorado.

Eu sei que a Dinah e as outras garotas não gostam muito dele mais ele é meu namorado,elas de uma forma ou de outra tem que conviver com isso.Austin também não se esforça pra se aproximar delas,então eu prefiro ficar na minha.

Perguntei a um de seus amigos e ele disse que o Austin havia subido pra resolver uma coisa.Como sou curiosa e estou preocupada com meu namorado eu não tardei em subir e procurar ele.Depois de abrir umas cinco portas e encontrar uns três casais transando eu parei na frente da última porta,respirei fundo e coloquei minha mão na maçaneta respirando fundo,não sei o motivo porém meu coração parecia bater mil vezes mais rápido,minhas mãos suavam e uma coisa dentro de mim me avisava que eu deveria abrir aquela porta e então outra vez eu sentia aquilo.

Aquela sensação.

Assim que abri aquela porta eu senti meu coração querer parar,minha respiração acelerar,senti como se tudo ao meu redor tivesse parado.Na minha frente,em cima daquela maldita cama estava aquele idiota do Austin em cima de uma loira qualquer.Assim que eles perceberam minha presença seus olhares se voltaram para mim.

- Camila,não é… - antes mesmo que ele terminasse aquela frase ridícula eu ja sai correndo em direção às escadas esbarrando em algumas pessoas.

Eu já estava saindo pela porta da casa quando senti uma mão segurar,levemente porém com força suficiente pra me parar.Eu já estava pronta pra xingar aquela pessoa de todos os nomes possíveis mais assim que vi aqueles olhos verdes em cima de mim a única coisa que fiz foi me agarrar a seu corpo.

- vem,vamos sair daqui - escutei aquela voz rouca e então só senti ela me pegando no colo e me levando em direção ao carro.

(…)

- então você quer dizer que encontrou o seu namorado em cima da cama com outra?

Estávamos na praia,Lauren disse que sempre vinha aqui quando era criança e que isso te trazia bons pensamentos.

- bem,clichê - a mesma continuo

- e pra piorar ainda disse aquela típica frase,não é o que você tá pensando - fiz cara de nojo relembrando aquela cena e logo escutei sua risada rouca ao meu lado.

Já estávamos ali a mais ou menos duas horas,depois de comer alguma coisa em silêncio nós viemos pra cá e agora estamos aqui conversando.Nessa uma hora de conversa com a Lauren eu pude perceber que isso que aconteceu foi só pra provar que não daríamos certo,contei a ela tudo que aconteceu desde que eu e ele nos conhecemos ate hoje e ela acabou me mostrando coisas ruins nele e no nosso relacionamento que eu nunca prestei atenção,como na vez que ele foi a minha casa somente pra bater no meu irmão,sim ele fez isso,sua sorte foi que meus pais não estavam.

- as vezes pensamos que as coisas acontecem pra nos trazer tristeza,porém muitas vezes esses acontecimentos nos trazem felicidade - ela disse em um tom mais rouco,como se tivesse contando uma dessas histórias de romance,me fazendo rir.

- você tem razão,mais que tal a gente ir pra minha casa - levantei minha cabeça de seus ombros. - você dorme la e amanhã podemos ir em algum lugar.

Sem esperar sua resposta me levantei fazendo o mesmo com ela.Então fomos em direção ao carro pra irmos a minha casa.

(…)

Eu não sei o que eu tinha na cabeça pra aceitar essa loucura,agora tô aqui deitada só com calcinha e uma blusa gigante enquanto espero a Camila voltar do banho.

- pronto,pode tomar seu banho - escutei sua voz e rapidamente fui pra dentro do seu banheiro tentando cobrir minhas pernas escutando dela uma risadinha.

Maldita.

(…)

Camila havia pedido pra que eu pegasse um filme com seu irmão,sim…ele me conhece.Seus pais não estavam em casa oque me dava a liberdade de andar pela casa sem me preocupar em ser pega e ser colocada pra fora.

Eu na via a porta do irmão da Camila a poucos passos de mim,porém meu trajetó foi enterrompida por um homen conhecido por mim.

- o que ta fazendo aqui,Lauren? - direcionei meu olhar ao seu rosto mais que conhecido por mim.

- o que você ta fazendo aqui? - frisei o "você"

- você sabe,assim como você eu também trabalho pro a… - sua fala foi cortada.

- Lauren,esse é aquele cara que me agarrou? - escutei a voz assustada de Camila

Notas Finais


Tivemos muitas revelações nesse Cap hein.Austin traindo a Camila,um homem misterioso e também descobrimos que o "chefe" da Lauren começa com A,alguma dica??

Na votação do "cap" passado acabou empatado então peço pra vocês que comentem aqui outra vez,quem vocês querem que seja a irmã da Camila,a Nina,Selena ou Karla??

Até mais💚💚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...