História Forbidden to me - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Selena Gomez
Personagens Justin Bieber, Selena Gomez
Tags Jelena, Justin Bieber, Selena Gomez
Exibições 115
Palavras 1.485
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Leitura do testamento.


Fanfic / Fanfiction Forbidden to me - Capítulo 3 - Leitura do testamento.

Los Angeles, 08:00 horas.

Uma semana depois.

Justin Bieber narrando.

Rodopiando na minha cadeira giratória, no maior tedio, sem nada para fazer na empresa, é assim que fico todas manhãs, quando chego e ainda estou sem acordar, ligo o notebook, vou para a pasta de fotos, abrindo fotos minhas e de Ricardo, um suspiro abafado sai, eu sinto sua falta, eu queria que ele ainda estivesse vivo, para eu poder ligar e chama-lo para uma noitada qualquer de festa e ele obviamente aceitaria, porque ele era assim, não dispensava uma boa farra. A porta é aberta e vejo a figura da morena, ela sorri.

— Bom dia, meu amor. — depositou um selinho em meus lábios.

— Oi Jas. — sorrio.

— Vim atualizar sua agenda, e tive que acrescentar a reunião na casa dos Gomez. — entregou-me um papel.

— O que é isso? — olhei para o papel sem muita importância.

— Um documento que mandaram por fax. — deu ombros.

— Porque eu tenho uma reunião na casa dos Gomez? — pergunto curioso.

— Não adiantaram o assunto, só pediram sua presença. — a mesma revisa alguns papeis.

— Que horas a reunião começa? — suspiro.

— Daqui a meia hora.

Levanto-me rapidamente, ajeito meu terno, Jasmine conserta minha gravata, depositei um beijo rápido em seus lábios e sair. Teria que ir voando, afinal minha empresa não é próxima a mansão Gomez. Enquanto dirigia minha mente fazia perguntas do tipo “Porque eu tenho que ir a essa reunião? ” O transito estava horrível, e eu odeio transito, buzinei várias e várias vezes, xinguei inúmeras vezes que eu perdi a conta, mesmo assim o transito não melhorava, como se tudo que eu tivesse feito iria fazer com que aqueles carros desaparecessem da minha frente, como num passe de mágica.

[...]

Depois de quase uma hora de trânsito, finalmente estou na mansão Gomez e pelo visto não tinha muita gente para essa reunião, já que poucos carros se encontravam estacionado ali no jardim, desci do carro, ajeitei meu terno. Caminhei até a porta, tocando a campainha, que logo foi aberta por uma jovem bonita.

— Olá, em que posso ajuda-lo? — a jovem bonita pergunta.

— Sou Justin Bieber, muito prazer. — estendi a mão e a jovem apertou. — Vim para a reunião. — sorri.

— Oh, claro. — me deu passagem e eu entrei. — Todos estão esperando naquela sala. — apontou para uma sala a esquerda.

— Ah, quando for entregar o café, deixe seu número próximo a minha xicara. — sorri cafajeste.

A mesma corou e eu apenas lhe dei uma piscadela, caminhei até a sala onde a mulher falou, encontrando um advogado, algumas pessoas desconhecida por mim, estava faltando a filha de Ricardo, que até agora não tinha chegado.

— Bom dia. — sorrio.

— Bom dia, Senhor Bieber, pode se sentar. — aponta para  a cadeira.

Assim que faço isso, a porta é aberta, e logo a garotinha aparece, ela parece mais branca que o normal, esta vestida com um vestido rodado de renda, bonito e uma sapatilha preta.

— Desculpe o atraso. — fala constrangida.

— Tudo bem, senhorita Gomez. — o advogado sorriu.

— Então podemos começar? — a morena solta um longo suspiro.

— Claro. — o advogado fica sobre os pés. — Me chamo Antônio Pedroso, eu sou o advogado particular de Ricardo Gomez e hoje convoquei todos aqui para a leitura do testamento que ele deixou. — encarou todos que permanecemos em silencio. — Posso começar senhorita Gomez? — olha para a menina que apenas assente com um balançar de cabeça.

“Queridos amigos, creio que não estou mais entre vocês. Bom, devem estar se perguntando, como minha morte foi rápida, certo? Então eu vós explicareis, a um ano atrás descobrir que tenho um pequeno problema no coração, e esse problema foi crescendo com o passar dos meses e assim foi quando eu tive a sabia ideia de escrever meu testamento caso algo acontecesse, afinal eu sou um homem de muitos bens. Não quero que chorem por me perderem, sorriam, sejam felizes, vivam a vida de vocês, afinal ela é curta demais.

Vamos logo ao que interessa, quero que cada um dos meus empregados receba a quantia de dois milhões de reais, olha vocês agora estão milionários, espero que usem com sabedoria essa pequena fortuna que eu estou cedendo a vocês, que sempre me serviram de ótimo grado e sempre cuidou para o bem estar da minha filha e você sabe o quão isso é gratificante.

Minha filha, como todos sabem só temos eu e ela, sempre foi assim, ela sempre foi minha única família e eu a única família dela, mas isso não quer dizer que você esteja sozinha, pois sabe que não está, eu estarei olhando por você, lhe guiando e protegendo, não importa em qual lugar eu esteja. Ela ficará com todas as empresas, cuidara de cada uma quando chegar a maior idade, também ficará com a Mansão da Bélgica, Itália, Moscou e a de Londres, tenho certeza que ela será uma grande empreendedora no futuro.

Para Mariah, eu tenho certeza que depois do que aconteceu ela estar ai para apoiar Selena, porque é isso que ela sempre faz, ela apoia, ela cuida, como sempre cuidou da minha pequenina, tivemos nossa história e que história linda, mas meus erros nos afastaram, Mariah eu te dou o controle da Mansão de Los Angeles e peço que Justin deixe cuidar de Selena.

Oi caro amigo, Justin, sei que deve está confuso por estar no testamento, mas você achou mesmo que eu lhe deixaria de fora? Logo você que sabe de tudo sobre meus negócios e minha vida? Claro que eu continuo te achando ainda imaturo para alguns assuntos, mas isso nunca foi motivo para que eu não acreditasse em você para lhe entregar o meu bem mais precioso, a guarda da minha filha Selena, como você sabe, ela ainda é menor e precisará de alguém que cuide da mesma e quem melhor do que você para cuidar? Sei que devo ter jogado essa bomba no seu colo, mas sei que não me decepcionará. Selena, respeite o Justin e tenha paciência com ele, ele é um ótimo garoto, não se preocupe com o tanto de mulheres diferentes que ele vai trazer para casa, no final ele não lembrará o nome de nenhuma. E Justin, pode levar minha filha para conhecer algumas baladas, mas não todas e muito menos aquela de Stripp que você comprou, odiaria ver minha filha naquele lugar.

Bom, enquanto Selena não é maior de idade, Antônio irá tomar a frente da presidência na empresa Gomez e a vice-presidência será de Justin, pois ele tem sua própria empresa, até que minha filha se torne maior e possa tomar conta de todo esse patrimônio que é dela, ual Selena, você é a jovem mais rica do mundo, isso não te faz feliz? Calma querida, eu estou apenas lhe zoando sei que sempre detestou ser uma it girl, mas pense pelo lado de quantas meninas não gostaria de estar em seu lugar?

Bom, já me cansei de digitar, Selena não sofra tanto, eu estarei com você, quando chorar, estarei lá para conforta seu coração. Então minha filha saiba que você é o bem mais precioso que já tive, desculpe por partir tão cedo. Eu amo você filha."

Ah e a todos que compareceram, agradeço, cuidem bem das minhas empresas.

Ricardo Gomez.

Todos estavam bem assustado com a decisão de Ricardo, principalmente eu, ele me conhecia eu jamais teria responsabilidade de cuidar de uma adolescente, já que eu vivia em uma vida de adolescente. Ricardo definitivamente estava louco, muito louco mesmo.

— Se não quiser a guarda dela, eu fico. — uma senhora morena falou.

— Oi? — ainda estava assustado.

— Olha, o senhor é jovem, se não quiser cuidar da menina, eu posso cuidar, você só vai precisar ficar a frente dos bens dela, porque isso eu não sei movimentar. — a senhora fala sorrindo sem jeito.

— Oh... — engulo seco. — Eu cuidarei da garota, é que eu preciso de um tempo para poder ingerir tudo isso que está acontecendo. — tento parecer calmo.

— Você é o cara que me amparou no velório. — pela primeira vez a garota fala algo.

— Sim, fui eu. — sorri sem mostra os dentes.

— Pelo jeito meu pai confia muito em você. — a mesma solta um longo suspiro.

— Também confio nele, só que ele me pregou uma peça. — falei demais e a mesma me encarou. — Enfim, ansioso para lhe conhecer.

— Muito prazer Selena Gomez. — estende as mãos.

— Justin Bieber. — apertei sua mão. — Mas se caso quiser me chamar de tio, tudo bem, não tenho idade para ser seu pai. — sorrio brincalhão.

— Tecnicamente você tem, já que tem 27 anos e eu 17! — a mesma dá ombros e sorri.  — Mas meu papai é insubstituível. — mordeu os lábios.

E ali começa uma nova vida, uma nova história, quem diria Justin Bieber iria criar uma adolescente, realmente Ricardo até morto me surpreendia e agora eu irei cuidar de Selena, eu segurarei seu mundo quando cair, eu serei um ótimo irmão para ela.

Eu manterei você segura
Eu manterei você salva

— Never Be Alone – Shawn Mendes.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...