História Forbiden Love - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bangtan Boys, Bts
Visualizações 15
Palavras 1.784
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Fluffy, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


sim, eu tô triste por ninguem ter gostado da história que eu escrevi com tanto carinho, mas a vida que segue e a fic também

nem que eu escreva para o fantasminha, mas vou terminar essa fanfic

Capítulo 2 - Mudanças.


   

Meu olhar se encontrava fixo na casa de tamanho ideal para minha família, segurando meu casaco com força e respirando fundo. Era ali que eu passaria a morar. A casa era bonita e parecia agradável, assim como a vizinhança, o que me fazia pensar que talvez fosse divertido morar ali.

ㅡ Eu gostei. Não é como Manhattan, e é bastante calor, mas tudo bem. ㅡ Mamãe comentou, sorrindo. ㅡ O que achou, DanBi?

ㅡ Adorei a casa, mas tem razão, esse calor está me matando.

  Orlando era realmente muito quente. O clima subtropical não era o meu favorito, principalmente depois de ter morado em Forks. Acho que o lugar preferido do papai no mundo era Forks. Talvez pelo frio e a chuva todos os dias - ele realmente gostava disso -, ou porque tinhamos mais contato com a natureza e o interior. Ou ele apenas gostava bastante da cidade, não sei.

ㅡ Bem, vamos entrar e conhecer nosso novo lar.

  Não deixei de sorrir, afinal, eu queria estar ao menos passando a imagem animada por estar ali. Assim que adentrei a casa, me surpreendi. Certo, era muito melhor do que imaginei. Não do tipo "Oh olha uma parede banhada a ouro", mas do tipo "Que legal, aqui dentro não é tão quente quanto lá fora". As paredes da sala eram em tons rosa pastél, assim como a cor das almofadas - que combinavam bem com o sofá em um tom creme muito bonito -. Havia uma televisão presa no suporte da parede, uma mesinha de centro e duas poltronas azul turquesa. Era tudo bastante colorido e que ficava ainda mais agradavel quando o sol entrava pela janela - esta que chegada até o chão, como uma grande porta -. Ao lado, uma escada nos levava até o curto corredor dos quartos. O meu era o que ficava ao meio, entre o banheiro e o quarto dos meus pais, também havia um cômodo para os hóspedes que ficava em frente ao meu.

ㅡ Ah, querido, foi uma ótima idéia ter escolhido esta casa! ㅡ Mamãe exclamou animada ao ver as cores de seu quarto.

ㅡ Quanto tempo ficaremos aqui?

  Meus pais me encararam com o semblante confuso.

ㅡ DanBi, sabemos que isso é complicado pra você, mas vamos ficar o quanto pudermos. ㅡ Meu pai respondeu. Assenti.

  Talvez fosse um drama para outras pessoas, mas para mim não. Eu não achava legal me mudar todos os anos. Ainda assim, respirei fundo e fui arrumar minhas coisas - já que tinha muito o que fazer e ainda pretendia visitar meus tios, alem dos meus dois primos que eu gostava tanto -. Tratei de começar logo, guardando minhas roupas e meus pertences pessoais em seus devidos lugares. Ah, um ponto ao qual fizera eu amar meu quarto era certamente o teto - já que neste haviam algo que minulava estrelas brilhantes, um lindo universo acima de minha cabeça -. Era algo incrivel, eu poderia ficar observando por horas até finalmente dormir. Enquanto pensava nisso, ouvi a voz de minha mãe chamar meu nome.

ㅡ Querida, seus primos estão aqui!

   Parece que não precisei ir até eles, pensei enquanto descia as escadas, avistando Jimin e Eunji. Ambos eram irmãos e bastante parecidos, mas não eram gêmeos. Jimin era um ano mais velho que sua irmã.

ㅡ DanBi! ㅡ Eunji gritou, correndo até mim para abraçar-me, o que me surpreendeu, mas retribui de imediato. ㅡ Que saudades!

  Jimin fora mais timido ao me dar um abraço, fazendo-me sorrir por suas bochechas levemente avermelhadas. Eu tinha a impressão de que ele tinha emagrecido bastante desde a última vez que nos vimos. Eu costumava passar alguns finais de ano na casa dos meus tios quando meus pais precisavam viajar de última hora. Era bastante divertido brincar com ambos quando éramos mais novos.

ㅡ Estou feliz que agora esteja morando aqui. ㅡ Jimin comentou, mostrando seu melhor sorriso.

ㅡ Eu também. Bem, talvez um pouco cansada de tantas mudanças, mas vai ser legal.

  Eunji concordou, agora pegando uma de minhas mãos.

ㅡ Vai sim, pois você vai estudar comigo!.

ㅡ Viu só, querida? Não vai se sentir sozinha. ㅡ Meu pai indagou, logo acompanhando minha mãe para a cozinha, onde ela preparava algo.

  Respirei fundo e puxei Eunji comigo para o sofá, pois Jimin vinha logo atrás.

ㅡ Quando vai começar a estudar? ㅡ Ele perguntou de forma curiosa.

ㅡ Ah, eu não sei...

ㅡ Amanha! ㅡ Mamãe proferiu em resposta, colocando um prato com alguns petiscos sobre a mesinha de centro.

ㅡ Já? ㅡ Perguntei, surpresa.

  Jimin sorriu, tentando confortar-me. Ele era sempre gentil, o que me fazia sentir melhor, de alguma forma.

ㅡ Não se preocupe, todos vão te tratar muito bem, DanBi.

   Suspirei. Certo, eu teria que encarar aquilo o mais rápido possivel, assim seria menos complicado me habituar.

• • •

   Eu já estava pronta para sair, mas sentia que iria desmaiar de ansiedade a qualquer momento. Por que era tão dificil? Era só uma nova escola, já tinha passado por isso antes. Eunji prometera me encontrar lá, mas eu tinha a sensação de que acabaria ficando nervosa demais e passando vergonha na frente de todos. Logo que saí de casa, senti vontade de me jogar no chão e chorar, pois sinceramente aquele calor absurdo da Florida não era nada legal.

ㅡ Ninguem merece fritar na rua em plena segunda-feira. ㅡ Resmunguei enquanto continuava minha caminhada pela larga calçada.

  Uma água seria muito bem vinda naquele momento, mas só me atrasaria e o que eu mais queria naquele momento era chegar na escola.

ㅡ Bom dia, eu sou Park DanBi, a aluna nova. ㅡ Avisei assim que cheguei no local, avistando a pessoa que supostamente era a diretora.

  A mulher encarou-me por alguns instantes e sorriu. Parecia simpática.

ㅡ Bom dia, senhorita Park. Vou lhe acompanhar até sua primeira aula e aqui nessa listinha você vai encontrar o horário das aulas à seguir. ㅡ Ela disse, entregando-me a folha que segurava em mãos. ㅡ Você é a prima da Park EunJi, certo? Já que ela é da sua turma, pedirei a mesma que lhe mostre a instituição.

  Assenti para tudo o que ela dizia, acompanhando-a até uma das salas do lado esquerdo do corredor. Respirei fundo antes de adentrar o local abrindo um sorriso minimo ao ter a atenção de todos, inclusive de Eunji - que acenou para mim de uma das últimas mesas -.

ㅡ Esta é a Park DanBi, ela acabou de se mudar de Seul e eu espero que a recebam bem. ㅡ A diretora comentou, ouvindo um "sim" unissono dos alunos. ㅡ Eunji, deixo com você a tarefa de mostrar a escola para DanBi.

  Eunji assentiu com um enorme sorriso, o que fez suspirar aliviada. Infelizmente Jimin e os amigos ao qual Eunji comentara, estavam um ano adiantados, o que significava que tinhamos algumas aulas diferentes. Enquanto me sentava em uma das cadeiras ao lado de Eunji, analisava meu folheto de horários, notando que em seguida seria a aula de educação fisica. Eu era péssima em esportes.

ㅡ Ei, DanBi. ㅡ Eunji sussurrou, cutucando-me no braço. ㅡ Gostou da escola?

  Assenti, sorrindo para ela. O lugar era realmente bonito.

ㅡ Gostei do que vi até agora.

  Continuamos a conversar sobre assuntos aleatórios por algum tempo, até o sinal finalmente tocar. Eunji me puxou consigo para o vestiário, onde eu peguei meu uniforme de educação fisica e também a chave do meu novo armário.

ㅡ Será que vai servir em você?

ㅡ Yah, está me chamando de gorda, Eunji? ㅡ Semicerrei os olhos, segurando o riso ao ver a expressão assustada da Park. ㅡ Estou brincando! Espere aqui, vou me trocar.

   Observei ela suspirar aliviada e sorrir, assentindo enquanto eu me afastava. Felizmente ali dentro não era tão quente quanto lá fora, graças é claro, ao ar-condicionado. Assim que fiquei pronta, segui com minha prima - esta que estava muito animada - até o ginásio. Haviam alguns garotos jogando basquete de um lado e no outro estavam algumas meninas da nossa turma se preparando para começar o jogo de vôlei. Eu era péssima em ambos os esportes, mas como precisava da nota, teria que jogar.

  Na minha primeira tentativa de pegar a bola, eu corri dela. Recebi olhares muito feios, o que me fez forçar um sorriso e me desculpar. Oras, eu avisei que não era boa nessas coisas. Por fim, acabei me distraindo e levando uma bolada na testa. Eu tinha a impressão de que aquela bola não era de vôlei, e sim, do time dos meninos no basquete.

ㅡ Ai caramba! ㅡ Ouvi a voz masculina dizer, mas estava atordoada demais para pensar em qualquer coisa. ㅡ Tudo bem? Me desculpa, não foi intencional.

  Assenti ainda tonta, levantando-me com a ajuda do rapaz. Que bonito, DanBi. Passando vergonha logo no primeiro dia de aula. Felizmente em alguns segundos eu já me sentia melhor, afinal, já tinha levado algumas boladas e não era nada sério. Desviei meu olhar para o rapaz em seguida, abrindo um sorriso minimo. Parecia preocupado, fazendo-me soltar uma baixa risada.

ㅡ Está tudo bem, não se preocupe. Foi só uma...hm...bolada na testa.

  Ele sorriu, e eu não pude deixar de notar que era um garoto bonito.

ㅡ Tem certeza? Posso te levar até a enfermaria, se quiser.

ㅡ Ah não, não. ㅡ Indaguei, tentando convence-lo de que estava realmente bem. ㅡ Sério, estou bem.

  O rapaz suspirou, certamente se convencendo de que não adiantaria insistir. Talvez eu fosse um pouco teimosa.

ㅡ Min YoonGi. ㅡ Disse por fim, estendendo a mão para cumprimentar-me. ㅡ Qual o seu nome?

ㅡ Park DanBi.

  Novamente pude contemplar seu sorriso bonito, o que me fez sorrir também. Eu teria continuado a falar na esperança de fazer um novo amigo, mas Eunji logo apareceu correndo.

ㅡ Toma cuidado, YoonGi! ㅡ Ela esbravejou com um biquinho. ㅡ Machucou a minha prima.

  YoonGi arqueou uma sombrancelha, parecendo confuso, assim como eu. Eles eram amigos?

ㅡ Credo, Eunji, calma. Eu já pedi desculpas.

ㅡ E eu desculpei. ㅡ Continuei, tranquilizando a garota.

  Eunji sorriu, balançando sua cabeça positivamente e desviando seu olhar para o Min.

ㅡ E os meninos?

  YoonGi ainda parecia um pouco confuso em relação ao nosso laço familiar, mas apenas deu de ombros, começando a falar.

ㅡ Jimin e TaeHyung estão na biblioteca terminando um trabalho de literatura. ㅡ Ele falou, parecendo pensar um pouco antes de continuar. ㅡ Hoseok deve estar na aula de biologia e para ser sincero eu não sei nada sobre o Jin e o Namjoon. Sei lá, devem estar por aí. ㅡ Suspirou, ouvindo seu nome ser chamado pelo treinador. ㅡ Preciso ir. Foi um prazer conhecer você, DanBi, e me desculpe mais uma vez. ㅡ Ele sorriu, afastando-se.

  Eunji parecia levemente afetada, suspirando profundamente antes de forçar um sorriso, virando-se para me encarar.

ㅡ Bem, acho que vôlei não é sua praia.

  E eu só podia concordar. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...