História Forbiden Love (Incesto - Jungkook) - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook
Tags Bts, Incesto Jungkook, Jungkook, Kookie
Visualizações 37
Palavras 1.747
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oin amores.
Saindo mais um capítulo do forninho... na verdade, forno é o que vai virar esse capítulo. WTF? (apenas leia) skdbsusgdhs

☆Boa Leitura ❤

Capítulo 8 - Festa Pt.2: Dados do... Prazer.


Fanfic / Fanfiction Forbiden Love (Incesto - Jungkook) - Capítulo 8 - Festa Pt.2: Dados do... Prazer.




                 (P.O.V Lisa ON) 



Já até me recordava da voz que chamara Jimin.


Jimin - Tu não vai me deixar em paz essa noite, não é? — Jimin parou de me encarar com o olhar cheio de desejo e virou-se para trás. - O que foi desgraça? — O outro se aproximou da piscina, ficando de frente para nós e dando toda a visão de seu corpo. Um Min Yoongi mais pálido como nunca, apenas de short de malha e seus fios de cabelos sobre a testa. 

Yoongi - Cala a boca, Park Jimin, tá achando o que? Tá querendo a... Wow. — O pálido falou lentamente. Yoongi pousou seus olhos em mim, após me ver atrás de Jimin. Seus pequenos lábios abriram-se em um sorriso largo. - Mas não é a pequena e fofa Lisa? — Arregalou os olhos, passeando por toda a extensão de meu corpo. Fala sério, ainda esse apelidinhos? 

Lisa - Quem 'cê tá chamando de pequena e fofa, seu açúcar arrogante?! — Ri de minhas palavras, fazendo-o voltar a fechar o sorriso que antes o tinha.

Yoongi - Tem toda a razão. Você tá muito provocante com essa langerie quase que transparente. — Disse, enquanto via a garota ao seu lado ficando intrigada. Ainda bem que estava na água, podia sentir meu corpo fervendo. Esses dois não paravam de me envergonhar. Jimin pigarreou. 

Jimin - Então. O que foi, Yoongi, seu açúcar arrogante?

Yoongi - Ah, claro. E olha como fala, Jiminie. Sook insistiu em jogar algo, mas, como só temos nós dois, viemos e te chamar e, pensamos que poderia estar com alguém. — Revirou os olhos para mim.

Jimin - Um jogo? Que jogo? 

Yoongi - Isso é ridículo, Sook. — Falou enquanto olhava para a garota tímida rindo baixo ao seu lado. - O da garrafa. — Revirou os pequenos olhinhos. - E então? Jimin olhou para mim, tentando me decifrar, enquanto eu pensava. 

Eu estava aqui para provocar o idiota do Jungkook mas, percebi também que iria fazer isso para me divertir. E por que não me divertir nessa festa? A essa altura estou pouco me fodendo para aquele garoto. Com toda a coragem e sem vergonha na cara, falei alto para os três que estavam ali. 


Lisa - Eu topo. — Yoongi sorriu satisfeito e provocativo. Jimin franziu as sombrancelhas mas logo aceitou. 

Yoongi - Então vamos logo. — Assentimos. 

Jimin saiu da piscina e, estendeu sua mão para facilitar a minha saída. Me puxou e peguei impulso saindo da piscina, colando nossos corpos. Meus seios se encostaram de leve em seu peitoral, o que me permitiu soltar um baixo arfar. 


Lisa - Obrigada. — Ele sorriu soprado.


Continuei andando entrelaçada às mãos de Jimin. Confesso que, também era super mais fácil passar por toda aquela gente de mãos dadas. Nunca vi uma casa desse tamanho ficar tão cheia em tão pouco tempo.

Yoongi e a tal Sook nos levaram a um quarto com poucos móveis, baixa iluminação de luzes vermelhas e brancas, um frigobar minúsculo, uma cama de casal  e um pequeno criado mudo. Eles arrumaram tudo para essa festa, mesmo. Yoongi e Sook sentaram-se no chão e eu e Jimin os acompanhamos. O pálido pegou uma garrafa de soju vazia que havia trazido junto e colocou no meio da simples rodinha. Meio nervosa, resolvi perguntar.


Lisa - Existe alguma regra, ou sei lá? — Ninguém respondeu mas, Jimin logo se pronunciou. 

Jimin - Hum, por que não adicionamos mais algumas coisas? — Olhamos para o loiro sem entender o que havia dito. Ele se levantou e foi em direção ao criado mudo, o abrindo e remexendo sua mão de um lado para o outro, dentro da gaveta de madeira, retirando dois objetos. Não havia prestado muita atenção no o que ele pegou.

Lisa - O que é isso? — Perguntei, enquanto sentava ao meu lado e juntamente Suga e Sook curiosos. 

Jimin - São dados do... prazer. — Fazia todo o sentido. - Podemos fazer assim, primeiro jogamos os dados. Nesse dado... — Ele pausa e sobe o dado à nossa visão. - Tem chupar, beijar, o que você quiser e massagear. — Passou o dado para mim, verifiquei e ali estava escrito tudo o que o maior tinha citado, no último lado do dado escrito "Dados do Prazer". - Já nesse... — Continuou. - Tem boca, seios, o que você quiser e... — Me toquei que a última opção a ser citada eram nossas partes de baixo. 

Lisa, Sook - Já entendemos. — Falamos quase que em uníssono. Acho que ela também estava um pouco nervosa. — Os dois riram baixo. Qual a dessas risadas? Eles não pararam para pensar que poderiam cair juntos? Aish...

Jimin - Esperem. — O loiro correu até o frigobar, tirantirando de lá algumas bebidas, nos ofereceu. Todos bebemos. Bebi dois goles, para que pudesse aguentar o que viesse pela a frente.

Yoongi - Certo, quem começa? — Olhamos todos para Jimin. 

Jimin - Que foi? Ah, não... — Encaramos o pobre garoto.

Yoongi - Ah, sim. Você teve a idéia, Jiminie. 

Lisa - Verdade, Jiminie. — Debochei. 

Jimin - Por isso mesmo. Eu já tive a idéia. — Defendeu-se. - Começa você, Suga. — Passou o dado para o maior que o olhava com cara de quem diria "desgraçado" e passei o meu dado para o mesmo, também. 

Yoongi - Eu não v... — Yoongi ia terminando de falar algo, quando Sook, já impaciente, o interrompeu. 

Sook - Quer saber? Deixa que eu começo essa porra. — Passei os dados para a mesma. Sook jogou um dado de cada. O primeiro parou em boca e o outro, massagear.

Yoongi - Que sem graça. — Falou e a garota olhou para ele, lhe devolvendo uma bela de uma língua. Suga deu de ombros.


Sook colocou a garrafa verde de soju no meio da roda, girando-a. Depois de segundos, o bico da garrafa para em Jimin. Os dois iam se aproximando lentamente, enquanto eu e Yoongi assistíamos em silêncio a cena em nossa frente. A garota levou um de seus braços próximo à cabeça de Jimin, pousando sua mão em seus lábios rosados e carnudos, levando seu polegar de um lado para o outro.  Tá, confesso que senti um pouco de ciúmes. Jimin era o meu amigo. A garota sorriu tímida e voltou ao seu lugar da roda, assim como Jimin. Agora era a sua vez. 

Jimin pegou os dados da garota e os jogou logo em seguida, um parando em boca e o outro "o que você quiser". Ajeitou a garrafa no centro da roda e logo à girou. Girou, girou e girou, parando em quem? Em mim. Assim como ele, eu sorri.

Nos alevantamos e, Jimin me puxou carinhosamente, subindo  mãos em meu pescoço, logo às pousando em meu queixo, tomando meus lábios em um beijo doce, porém cheio de desejo. Mordeu e puxou meu lábio inferior delicado e deliciosamente para si. Selou nossos lábios novamente e, puxando-me e colando nossos corpos, aprofundou cada vez mais àquele beijo. Pedindo passagem com sua língua, que logo cedi, assim como ele, eu explorava cada centímetro de sua boca. O calor que exalava de seu corpo, se misturando com o meu, dava uma sensação mais excitante ainda. Estávamos com falta de ar , mas, não paramos por nenhum segundo sequer. Aquilo estava muito bom para ser quebrado. Ouvimos o açúcar arrogante pigarrear. 

Yoongi - Acho que já tá bom, né? É para beijar, não se comerem. — Ouvindo àquilo, Jimin e eu rimos durante o beijo e, com mais alguns selinhos demorados, nos separamos, voltando para a pequena rodinha.


Já estava sentada e, seria minha vez de um tipo raro de açúcar arrogante não pregasse os dados da minha mão. 


Lisa - Huh? — O olhei indignada. - O que foi?

Yoongi - Agora, eu começo. — Falou sério.  — Isso seria um Yoongi alone? — Ri.

Lisa - Tá bom, então. — Deixei o pobre Suguinha pegar minha vez.

Yoongi jogou os dados, um encostando na perna de Sook e parando, nos dando visão que caiu novamente em massagear e o outro seios. Já se notava o olhar de Yoongi animado. 

Sem muita demora, logo girou a pequena garrafa em nossa frente. A garrafa foi parando lentamente, apontando para mim.


Yoongi - Ora, ora. — Me encarou.

Lisa - Hum, satisfeito? — Franzi uma das sombrancelhas.

Yoongi - Não. Ainda nem começei. — Falou malicioso e logo se levantou, estendendo sua mão, para que assegurasse na mesma. — Já tinha visto o sorriso que Jimin tinha se fechar, lhe dando um ar de fúria. 

Tá bom, acho que facilitei para Yoongi. Jimin e eu tínhamos voltado somente de toalha para dentro da casa e, não fiquei com a mínima vontade de trocar de roupa pois, poderíamos ter ido para a piscina novamente, então, seria uma perda de tempo. Sendo assim, eu ainda estava com a minha lingerie branca, quase que transparente. 

O pálido soltou a minha mão e, às colocou em minha cintura, me empurrando lentamente contra a parede gelada do quarto. Foi subindo suas mãos, suavemente, me causando fortes arrepios. Eu estava quase que morrendo de vergonha, tinha acabado de beijar Jimin e agora, Yoongi está prestes a passar suas mãos em meus peitos. Aonde fui me meter?

Minha respiração já começara a ficar descompassada, à cada toque que Yoongi dava contra minha pele desnuda. Parou com suas mãos ao lado de meus seios. Foi subindo e os massageou delicadamente, aumentando os movimentos à cada arfar que me escapava. Ele me olhava intensamente, parando seus toques e logo direcionando sua atenção para a minha fivela branca. Moveu seus dedos rapidamente para a mesma, à abrindo lentamente, enquanto dou conta de sua ação. 

Lisa - Yoongi... — Murmurei. - Você já fez o que os dados mandavam.

Yoongi - E daí? 

Lisa - E daí que... já deveríamos ter voltado. Sook e Jimin também estão aqui.

Yoongi - Hum... eu não ligo. — Continuou separando a fivela, abrindo meu sutiã lentamente, dando quase toda a visão de meus seios, ainda deixando meus biquinhos escondidos. Passou sua língua em quente, em meu corpo já em chamas, na parte acima de meus bicos. Mordeu àquela mesma parte e depositou um beijo ali. 

Jimin - Yoongi, chega. — Jimin soltou, tentando ao máximo manter sua voz baixa. Yoongi ignorou e continuou depositando selares, descendo cada vez mais o pano que cobria meus seios. — Yoongi. 

Lisa - Ei, Yoongi. — O chamei mas, ele me rejeitava. 

Jimin - YOONGI! — Jimin gritou, alterado.



                  De repente...



               (P.O.V Lisa OFF) 




Notas Finais


Continua...❤
JESUSSSS
O QUE É ISSO YOONGI?
EEEIIITAA
O que vai acontecer?
Já estão curiosas? AAAA TAMBÉM. q


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...