História Força do Destino - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Colegial, Escolar, Original, Romance, Sexo
Visualizações 13
Palavras 791
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Uma festa é sempre bom, mais a algumas que devemos evitar será...

Capítulo 6 - A festa


Fanfic / Fanfiction Força do Destino - Capítulo 6 - A festa

Se passam dois dias e esta noite é a aniversario de Henry, Ana ira com Pedro, Tamires irá direto de sua casa para a casa de Henry, enquanto Carlos se ofereceu para levar Tina, Carla estava desistindo de ir a festa, mas Tamires lhe mandou uma mensagem dizendo que iria busca-la e iriam juntas para que Carla não ficasse sozinha, bem ela concordou com a ideia e quando marcavam 20:00hs Tamires chegou vestida com um vestido preto tomara que caia de salto brilhante, make básica, cabelos presos com um penteado muito lindo, ao vela Carla disse: - Amiga você está muito chic será que estou bem.

Tamires viu que a amiga estava com um vestido decotado de ceda vermelho um batom do mesmo tom e um salto preto, com o cabelo solto aqueles cabelos de Carla eram lindos soltos grandes, Tamires disse a amiga: - Você está divina.

As duas saíram ao chegarem na festa Henry estava à espera de Tamires, que ao vela entrando pela porta viu que ela estava linda e notou quem vinha com ela era Carla que estava muito bonita também e disse a Marcos que estava de costas para a porta.

Carlos: - Olha Marcos quem chegou.

Marcos se virou e olhou dos pés à cabeça era Carla linda, divina ele ficou a olhando por alguns minutos antes de cumprimenta-la, ele caminhou até ela e a cumprimentou com um beijo no rosto e um abraço, os dois eram amigos pelo menos tentam demostrar só isso mais Carlos notava que entre eles existiam uma tensão a mais do que amizade.

Carlos e Marcos foram cuidar das bebidas na festa e o amigo questionou Marcos: - O que você mais gosta em Carla?

Marcos encarou Carlos e respondeu: - Por que disso em?

Carlos: - Nada só estou perguntando das características de nossa amiga Carla qual você mais gosta?

Marcos: - Gosto do seu sorriso aquele que começa discreto e acaba em gargalhada, seu modo de olhar intenso.

Carlos: - É eu acho que você  a observa demais ou está apaixonado.

Marcos olhava para Carla com suas amigas, não podia deixar de pensar como é que ele sabia tantos detalhes de Carla se ele não estivesse apaixonado mais ele não poderia.

Carlos: - Amigo você tem que falar com ela não acha?

Marcos saiu da festa indo embora sem se despedir, Carlos foi atrás dele mais já era tarde ele já havia saído com o carro Henry observando foi atrás dos dois perguntando a Carlos:

Henry: - O que aconteceu, cadê o Marcos?

Carlos: -Foi embora, acho que eu falei alguma coisa que ele não gostou.

Henry: - Como assim, o que você falou?

Carlos: - Deixa quieto depois ele te conta.

Assim os dois voltaram para a festa Tamires olhava para Henry tipo querendo saber o que tinha se passado mais com o olhar Henry dizia para não tocar no assunto, cortaram o bolo entregaram os presentes e acabou-se a festa Carlos ofereceu carona para Carla já que Tamires iria ficar ali com Henry, então foram Carla, Tina e Carlos, ele passou na casa de Tina primeiro e depois foi levar Carla, no caminho Carla perguntou o porquê de Marcos ter ido embora antes da festa, Carlos olhou para ela e disse: - O que você acha do Marcos?

Ela ficou tensa com a pergunta mais respondeu: - Acho ele uma pessoa bacana um ótimo amigo.

Carlos: Assim, mais queria saber o que mais você gosta nele?

Carla estranhou a pergunta: Por que?

 Carlos: - Nada só queria saber.

Carla: -Bom gosto do sorriso dele, da forma que quer ser elegante e confiante sua maneira de olhar....

Carlos sorriu e disse: Assim, você gosta dele?

Carla sentiu um frio na barriga com a pergunta de Carlos e respondeu: - Sim um ótimo amigo.

Carlos questionou: -Mas só como amigo, você não gosta de outra forma, não sente nada a mais?

Carla ficou pensando na pergunta e viu que chegou a frente de sua casa ao abrir a porta ela olhou para Carlos e disse: Marcos não é para se apaixonar. É?

Ela se despediu e agradeceu pela carona entrando para sua casa, e Carlos foi embora. Ao entrar em casa viu que sua mãe estava dormindo no sofá da sala com um livro sobre o peito, Carla a cobriu com uma manta e deu lhe um beijo de boa noite seguindo para seu quarto aonde tirou seu vestido e se jogou na cama olhando para o teto sem conseguir dormir querendo saber por que Carlos teria lhe feito tantas perguntas sobre sua amizade com Marcos e por que o Marcos saiu daquele jeito da festa a olhando como se sua presença ali o perturbasse, acabou dormindo pensando.


Notas Finais


É e quem disse que nunca vai se apaixonar é por que não achou a pessoa certa ainda...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...