História Force Of Nature - Capítulo 33


Escrita por: ~

Postado
Categorias Backstreet Boys
Personagens AJ MacLean, Brian Littrell, Howie D, Kevin Richardson, Nick Carter
Tags Aj Mclean, Backstreet Boys, Brian Littrell, Howie D, Kevin Richardson, Nick Carter
Exibições 12
Palavras 1.056
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Ficção, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


E aqui termina esta história. Espero que tenham gostado de ler tanto quanto eu gostei de escrever.
Em breve, outra história... ;)

Capítulo 33 - Epílogo


Fanfic / Fanfiction Force Of Nature - Capítulo 33 - Epílogo

Quando voltamos ao Brasil, depois de alguns meses, Alex tratou de dar entrada nos papéis do casamento. Ele queria fazer uma grande cerimônia, mas eu queria apenas uma simples comemoração com os amigos, já que havíamos feito uma em Orlando com sua família. Alex concordou com meu pedido e casamos apenas no civil, fazendo uma pequena festa em seguida para os amigos mais próximos.

...

Durante a festa, Nick me contou que daria entrada no divórcio e que seu casamento com Lauren não tinha mais salvação. Perguntei o que ele pretendia de sua vida e ele me respondeu que estava pensando em passar um tempo no Brasil, que tinha algo que o interessava muito por aqui, olhando em direção à Carla e sorrindo.

- Do my brother happy.

- I'm going to do.

...

- Anita, o Kevin está aí...  Narlla disse para Anita.

- Eu sei!

- E então? Não vai pegar?

- Daqui a pouco... Deixa ele esperar um pouquinho!

- Ah, você é a única que se dará bem nessa festa, porque Howie está acompanhado da esposa...

- Narlla, isso é mole de resolver!

...

- Oi, Bya...

- Oi, Rodrigo. Quanto tempo!

- Verdade... Tudo bem? Você está linda!

- Obrigada! Você também está muito bonito!

- Vamos dar uma volta?

- Sim!

...

- Amiga, quem é aquele gato ali? – Flávia me perguntou.

- Aquele?  Acho que é amigo do Rodrigo, veio com ele. Acho que trabalham juntos.

- Interessante...

- Vou pedir ao Rodrigo pra te apresentar a ele, Flá! Espera aqui...

...

- Ei! Pra onde iremos? Enlouqueceu? Estão todos na festa! – Eu dizia.

- Venha!

- Alex! Para! Pra onde você está me levando?

- To the sky...

...

- Que lugar lindo, Alex! - Eu dizia enquanto ele abria os botões do meu vestido e beijava o meu pescoço.

- You make me the happiest man in the world...

Alex me virou, me beijando delicadamente enquanto abria os botões de sua camisa. Estávamos em um quarto de hotel, obviamente, mas eu podia ver as estrelas através do teto de vidro, que era magnífico. Eu me sentia próxima ao céu naquele cenário que Alex preparou com tanto carinho. Em volta da cama e da banheira tinham muitas velas e pétalas de rosas vermelhas; sobre a mesa, uma garrafa de champanhe e uma cesta de frutas estavam preparadas para nós.

Alex pegou a garrafa, abriu e nos serviu para brindarmos.

- A nós!

Ele estava lindo somente de calça. Eu não me cansava de olhar para aquele corpo tatuado e sensual e ele também me olhava com a mesma vontade que eu. Então, ele pegou a taça da minha mão e colocou-a sobre a mesa, colocando a dele em seguida e me puxando pelo pescoço em sua direção, me deu um beijo intenso. Alex abriu o meu sutiã enquanto me beijava e logo se abaixou para tirar a minha calcinha. Quando eu ameacei tirar o sapato ele me impediu, dizendo que eu estava sexy daquela maneira, nua e calçada. Eu sorri e ele me pegou no colo, me apoiando na parede do quarto para terminar de tirar a sua roupa enquanto me beijava. Depois, ele me colocou na cama e levantou a minha perna, beijando-a até a altura da minha cintura. Alex me deitou e me presenteou com o melhor sexo oral dos últimos tempos! Parecia que ele se aperfeiçoava a cada transa, pois a vontade que eu tinha era de chorar de tanto prazer. Alex me colocou de joelhos na cama e me segurou pela cintura, me penetrando profundamente. Eu soluçava a cada enterrada sua em mim e sentia meu corpo tremer; doía e era prazeroso ao mesmo tempo. Alex sabia como me proporcionar prazer e dor na medida certa. Ele me segurava pela cintura e a apertava a cada movimento, aumentando o ritmo e me apertando cada vez mais até que ouvi o seu grito libertador. Eu amava ouvi-lo gozar, era como música para os meus ouvidos! Eu caí na cama, exausta, Alex caiu ao meu lado e então eu deitei em seu peito. Ficamos ali, por um tempo, em silêncio, olhando para as estrelas.

- É tão lindo... você realmente me trouxe para o céu.

- O céu é onde você está. Com você eu sempre estarei perto das estrelas. Love u, baby. Forever...

- Love u too, Alex. Forever...

...

Nós aprendemos desde muito cedo a esperar por alguém perfeito, pela nossa alma gêmea. As meninas são ensinadas a sonhar com seus príncipes encantados, e os meninos esperam por uma mulher perfeita, que será a esposa ideal. Entretanto, nunca nos ensinaram a questionar o que é ser perfeito. O que é o homem ideal? Ou a mulher perfeita? Será aquele que vem no cavalo branco? Ou aquela que se torna uma mulher prendada e mãe zelosa? Afinal, o que é ser ideal para alguém?

Essa história me fez perceber que a pessoa perfeita é aquela que te faz feliz, independentemente dos padrões criados. Nossa alma gêmea é aquela que te faz amá-la mesmo quando você começa a desvendar todos os seus segredos, medos e imperfeições. Amar alguém é querer estar ao lado dela mesmo sabendo o quanto ela não é perfeita.

Nenhum relacionamento é simples, nem mesmo perfeito, somente os dos contos de fadas, no qual o “felizes para sempre” não tem uma continuação. Talvez a Cinderela tivesse a oportunidade de perceber que o príncipe tem manias esquisitas se pudesse conviver com ele mais tempo antes de ser tomada por um amor enlouquecedor e casado com ele de imediato. Ou talvez, a Branca de Neve preferisse viver em um relacionamento aberto com os Sete Anões se lhe fosse dada essa chance...

Portanto, o que torna uma pessoa perfeita para a outra? Um casamento daqueles de comercial de margarina, sem brigas e com sorrisos constantes? Uma boa posição social? Ter dinheiro? Cada um procura o que lhe faz feliz no outro, pois amar é uma busca incansável. Por isso, ame e se permita ser amada, sem estereótipos, apenas com o coração aberto e torne a pessoa que está seu lado o seu príncipe encantado, pois só assim você será completamente feliz, aceitando que o príncipe perfeito só existe nos livros de princesa, pois quando aceitamos a realidade, entendemos o real sentido do “felizes para sempre”...

 

FIM.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...