História Forced marriage - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 6
Palavras 757
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 7 - Hora da verdade


Fanfic / Fanfiction Forced marriage - Capítulo 7 - Hora da verdade

Eu- Melanie e Liby, a empresa de arquitetura que possuo, é apenas uma empresa de faixada- disse olhando sério para as duas- na verdade eu sou o maior traficante do Canada, eu trabalho com drogas, casas noturnas e armas.- Melanie e Liby estavam tão chocadas que não diziam uma só palavra.

Taylor- Eu sou o segundo maior traficante, e muitas vezes eu e o Stefan fazemos alianças, cada um tem seu negócio, más muitas vezes trabalhamos juntos, principalmente quando inclui o Chaz.

 

Chaz- Princesas eu cuido de toda a parte de roubos a bancos e cassinos, também ajudo o Stefan e Taylor como braço direito de ambos.

 

Eu-Melanie eu me separei da sua mãe quando você ainda estava na barriga dela, porém nunca te deixei faltar absolutamente nada. Más você nunca soube o real motivo dessa separação e eu vou te conta agora qual foi, tudo bem?- perguntei vendo os olhos dela cheios de lagrimas e segurando a mão da Liby, ela assentiu com a cabeça, então continuei- querida a verdade é que eu me apaixonei por uma moça que conheci em uma de minhas boates, ela não sabia que eu era casado e pai de dois filhos meninos e de uma bebe que ainda estava na barriga da mãe, então começamos a ter um caso e ela engravidou, depois que ela teve o bebe ela teve depressão pós parto, a internei em uma clinica, e depois fiquei sabendo que ela se matou, ela nunca viu o bebe. Quando ia conta tudo para a sua mãe, ela me deu a papelada do divórcio, disse que não queria mais nada comigo, disse que se apaixonou por outro e que iria casa com ele, hoje ele é o seu padrasto. Não contei para ela sobre o filho porque não vinha ao caso já que não estávamos mais casados, hoje esse filho se chama Chaz- ela começou a chorar descontroladamente e Chaz se sentou ao lado dela, segurando a sua mão e a acalmando, depois dela se acalma eu continuei- eu não te contei antes porque Chaz estava na Russia cuidando do meu império, e só agora que vocês dois podem ter uma convivência de irmãos.

Chaz- E agora que eu cheguei vou te proteger de tudo, e antes que você pergunte, os nossos irmãos sabem de tudo, e trabalham para o nosso pai em L.A.

Eu- Bom agora chegou a vez de Liby- eu disse a vendo abrir a boca em forma de O e logo em seguida a tapando com as mãos- Liby, me conte oque você sabe sobre sua história?

Liby-  Como assim?

Eu- Seu nascimento, oque você sabe?

Liby- Bom... Minha mãe namorava com um mafioso, e fico gravida de mim, eles nunca casarão porque ele tinha medo da reação do filho de uns 4 anos que ele tinha, então combinaram de se casar só depois de mim nascer e tiver com uns 2 anos, porque ele teria 7 anos e entenderia mais as coisas.- Fez uma pequena pausa para conter o choro-  quando eu tinha seis meses ele faleceu- disse chorando e fitando o chão- deram um tiro nele comigo nos braços e meu irmão de mão dada com ele- disse tentando para de chorar e limpando as lágrimas- depois disso, voltamos para o Brasil que é o pais da minha mãe, o meu irmão não foi com a gente porque um homem muito importante prometeu pro meu pai cuidar dele e ele cumpriu a promessa, depois de 10 anos minha mãe voltou a Canada e conheceu o Fhillip, que hoje é o esposo dela e eu nunca conheci o meu irmão- disse soluçando.

Eu- Liby eu sei como isso tudo é muito difícil, más eu sou o amigo do seu pai- nesse momento ela e Taylor me olharam incrédulos- Liby minha querida, fui eu quem cuidei do seu irmão e fui eu que cuidei de você de longe por 10 anos, eu mandava pensão, pagava escolas e aluguel da sua casa, quando vocês voltaram para cá eu tratei de colocar você na mesma sala da Melanie, assim vocês se tornariam amigas e ficaram tão amigas que hoje são praticamente irmãs, Liby minha querida , eu cuidei de você e do seu irmão todo esse tempo- olhei para Taylor e o vi chorando em pé, provavelmente já ligou os pontos- Taylor sente-se ao lado de Liby por favor- ele se sentou e segurou forte as mãos dela, ela ainda não entendia então eu continuei- Liby isso tudo é novidade para o Taylor más chegou a hora de contar, vocês dois são irmãos.


Notas Finais


Estão gostando? Mentem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...