História Forced Marriage (Second Season) - sendo betado - - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Barbara Palvin, Justin Bieber
Personagens Barbara Palvin, Justin Bieber, Personagens Originais
Tags Drama, Gravidez, Romance, Violencia
Visualizações 299
Palavras 1.167
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá meus Amores como estão? Espero que bem, mais um cap para vocês. Me desculpem pela demora é que o mês de setembro foi muito corrido (e o comecinho de outubro também), sem contar que eu estava com um puta bloqueio de criatividade.

Me desculpem qualquer erro, passou completamente despercebido.

Boa Leitura

Capítulo 19 - Freedom


Fanfic / Fanfiction Forced Marriage (Second Season) - sendo betado - - Capítulo 19 - Freedom

"Serei seu rei
E você, baby, você será minha rainha
O que quer que seja, estou pronto
Para tudo" - Queen

Narrador | Três dias depois.

Três dias já haviam se passado e Hanna e Justin continuavam naquele lugar.

Hanna não conseguia entender o porquê Justin ainda não havia feito nada para encontrá-la. Será que Justin havia se cansado dos dias em que teve que ficar dentro de casa simplesmente porque Hanna o obrigou, ou porque ele já não aguentava mais as lamentações de Hanna quando perdeu seu filho?

Ela estava com medo daquele lugar, medo de estar naquele lugar sem Justin.

Escutou passos vindos do corredor e se encolheu no chão com medo de que fosse novamente Issac ou ate mesmo aquele homem vestido de preto.

— Hanna, você esta bem? — a pessoa perguntou a abraçando. Era Ryan.

— Ryan? Cadê Justin? — perguntou com a voz falha. Ouvir uma voz conhecida era tudo o que ela queria naquele momento e, ali estava Ryan.

— Jeremy foi atrás dele. Temos que sair daqui o mais rápido possível. — respondeu atirando nas correntes que prendiam Hanna.

Ryan a pegou pelo braço e os dois correram o mais rápido possível daquele lugar.

Assim que saíram de lá, Hanna avistou Marie, sua mãe, parada ao lado de um carro. Correu em sua direção e a abraçou de imediato.

— Mãe. — murmurou com a voz falha sentindo seu doce cheiro.

— Hanna, meu amor. Você esta bem? — perguntou apertando Hanna o mais forte possível.

— Agora que você esta aqui, sim. — a garota respondeu se sentindo segura ali, nos braços de sua mãe.

— Minha filha, entre no carro e descanse um pouco. Daqui a alguns minutos já iremos para casa. — Hanna assentiu e entrou no carro. Olhou para o lado e viu uma marmita.

Na certa, era para que ela comesse. A comida que Issac dera para ela quando estava em cárcere não era muito boa.

Começou a comer a sopa que ali havia dentro da marmita e olhou para frente vendo Jeremy e Justin virem correndo em direção ao carro também.

Justin também estava preso naquele lugar, por isso ele foi atrás dela. Hanna sentiu como se um peso enorme caísse sobre sua cabeça.

Justin se importava sim com ela, ele não havia se cansado ou desistido, ele estava no mesmo lugar que ela o tempo todo.

Hanna se afundou no banco e olhou para Justin que conversava com Ryan. Ela se sentia tão culpada por ter pensado aquilo, se sentia tão egoísta. Às vezes, Hanna não entendia o motivo de Justin ter se casado com ela. Ela não passava de uma adolescente imatura, mimada e egoísta.

Ela se achava uma péssima esposa para Justin e, naquele momento, chegara a conclusão que sim. Ela era uma péssima esposa.

Justin — Pov’s

— Não é possível. — disse pela milésima vez empurrando Ryan.

— Eu já disse que é verdade, Justin. — Ryan disse segurando minhas mãos para que eu não o empurrasse novamente.

— Mas ele estava lá. Não é possível ele ter sumido junto com os outros dois caras. — disse ainda inconformado.

— Michael e os outros homens o procuraram em todo canto e ele sumiu. Chaz pode se virar sozinho, temos que ir agora. — disse me puxando para o outro carro que ali havia.

— Cadê Hanna? — perguntei me sentando no banco do carona.

— Marie quer que ela durma essa noite na casa dela. Assim ela se recupera dos dias em que passou presa aqui. — respondeu entrando.  Olhei para o lado e vi Marie e Tyler, seu namorado, entrando no carro.

— Cadê Michael e Jeremy? — perguntei.

— Eles vão ter um trabalho, por isso foram embora sem se despedir. — respondeu dando a partida.

Apoiei minha cabeça no banco e olhei para a janela. Onde será que Chaz se meteu?

Hanna — Pov’s

Assim que acordei no dia seguinte, olhei em volta para ver se Justin estava ali, mas um suspiro escapou de minha boca assim que vi que só havia eu em meu quarto.

Levantei-me da cama e peguei um vestido em meu armário. Caminhei ate o banheiro e fiz minha higiene pessoal.

Assim que estava pronta, desci as escadas e fui para a cozinha preparar meu café onde logo vi minha mãe e Tyler, já levantados.

— Bom dia, filha. Dormiu bem? — minha mãe perguntou dando um beijo em minha testa.

— Sim. Fazia um tempo que eu não dormia em minha cama antiga. — respondi sorrindo.

— Bom dia, Hanna. — Tyler disse sorrindo. Deu um beijo em sua bochecha e peguei sua xícara de café que o mesmo segurava.

— Eu vou tomar isso. — disse o fazendo rir.

— Pretende ir que horas para casa? Dependendo da hora eu posso te levar. — minha mãe perguntou se sentando ao meu lado.

— Acho que ao anoitecer. Mas eu posso ir sozinha. — respondi dando um gole em meu café.

— Nada disso. Eu não quero que nada aconteça com você. — disse comendo um pedaço de pão. — Tenho um trabalho para fazer e tenho que ir a noite, mas Tyler pode te levar. — completou.

— Tyler, eu não quero te atrapalhar. — disse olhando para minha aliança.

— Não será incomodo algum. — respondeu sorrindo.

— Acho que posso ligar para Justin e pedir para que ele me busque. Assim, nós podemos jantar fora. — disse mexendo o café já frio com meu dedo indicador.

— Então veja o que você ira decidir. Vou arrumar seu quarto. — minha mãe disse se levantando. Subiu as escadas e Tyler se levantou para lavar a louça.

Suspirei pegando meu celular. Justin havia me ligado.

Retornei a ligação e não demorou muito para que o mesmo atendesse.

— Hanna? Você esta bem? — perguntou.

— Sim. Você também? — respondi com outra pergunta olhando para Tyler que cantarolava uma musica qualquer enquanto lavava a louça.

— Estaria melhor se tivesse acordado com você ao meu lado. Você vai voltar quando? — respondeu me fazendo corar.

— Hoje à noite. — respondi.

— Que bom. Se quiser eu posso te buscar e a gente come fora. O que acha? — perguntou animado. Sorri ao ver que Justin pensava o mesmo que eu.

— Ótimo. Então eu te ligo mais tarde. — disse antes de encerrar a ligação.

Levantei-me da cadeira e peguei a xícara já vazia para lavar.

— Deixe que eu lave. — Tyler disse pegando a xícara da minha mão.

— Não precisa. Não quero incomodar. — disse sorrindo.

— Você estará incomodando se não deixar que eu lave. — disse seriamente. Olhei para suas mãos e vi seu anel de compromisso.

— Desculpa. Eu ainda não sei como te tratar. — disse meio envergonhada.

— Eu sei que é meio difícil se acostumar comigo já que não sou muito de falar, mas não precisa me tratar como um velho de cinquenta anos. — Tyler disse me fazendo rir. Tyler tinha apenas vinte e seis anos enquanto minha mãe tinha quarenta. Sempre achei engraçada a diferença de idade entre os dois, mas os dois se amavam e isso era o mais importante.

— Tudo bem. Eu vou lá em cima ver se minha mãe precisa de ajuda. — disse entregando a xícara para o mesmo. Tyler assentiu e eu subi para ver se minha mãe precisava de ajuda.


Notas Finais


Espero que tenham gostado e até o próximo cap. Me desculpem se o cap não ficou lá aquelas coisas. Como eu disse, não tive inspiração alguma :/

Primeira temporada: https://socialspirit.com.br/fanfics/historia/fanfiction-barbara-palvin-forced-marriage-3689667


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...