História Forever - Imagine Baekhyun - EXO - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Baekhyun, Chanyeol, Chen, Exo, Imagine, Kai, Lay, Suho, Xiumin
Visualizações 714
Palavras 1.014
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii amores, voltei com o segundo capítulo!♡!
Espero muito que gostem, boa leitura :3

Capítulo 2 - Discreetly


Fanfic / Fanfiction Forever - Imagine Baekhyun - EXO - Capítulo 2 - Discreetly

- Bom, pelo menos agora eu sei que não devo mais dormir na sua casa. - Sook disse com o cabelo um pouco molhado depois de eu ter jogado água nela

- Não reclama, se não fosse isso você estaria roncando ainda e se atrasaria!

- Eu não perguntei. - deu de ombros e dei um pequeno tapa no seu braço de brincadeira - Isso doeu!

- Não exagera!

- Oi meninas! - disse Chanyeol acompanhado de Xiumin. 

- Oi. - respondeu Sook

- Tá de mau humor?

- É culpa da (s/n). Era para eu estar dormindo agora.

- A culpa é minha? Hoje é o dia da entrega dos trabalhos, se você prefere ficar dormindo eu te levo para casa agora, não tem problema.

- Trabalhos? Ah, não precisa não. Mas se eu dormir na sala de aula é bom não me acordar com um copo de água. - ela disse me fazendo rir 

- Prometo não fazer denovo. 

(...)

O sinal para o intervalo tocou e peguei minha mochila para procurar o meu fone para ouvir música. 

- Mas onde que eu enfiei o meu... 

- O que?

- Esquece. Pode ir indo pro pátio, eu já vou. - disse e ela assentiu

Fui para o mesmo lugar onde encontrei aquele garoto ontem na esperança de ele estar lá mas não estava. Procurei na escola inteira e nada. Procurei até para os alunos das outras salas e ninguém parecia saber de quem eu estava falando. Coitado, não deve ser muito popular por aqui. Ou será que não era um fantasma? Não é possível ninguém nem fazer ideia de quem seja...

Fui em direção à Sook que estava conversando com o Chanyeol.

- Amiga, eu acho que aquele moleque pegou meu fone e meteu o pé. Se ele não quisesse devolver, eu até dava pra ele. Mas aí eu já compraria outro, né. 

- Que estranho.

- De que está falando? - perguntou o curioso

- Um menino ontem "roubou" meu fone e falou que me devolveria hoje. Não acho ele em lugar nenhum, e parece que ninguém sabe dele. Não sei nem o nome.

- Pelo que você falou ontem, quem falou pra ele devolver hoje foi você, e depois saiu correndo. 

- E-eu não fiz isso... - parei um pouco para pensar - É, fiz sim. 

- Essa atitude não foi muito inteligente, (s/n). Tinha que ser você... - Chanyeol balançou a cabeça negativamente 

- Ninguém te perguntou! - disse e ele me mostrou a língua

O sinal tocou para voltarmos para a sala novamente. 

- Vejo vocês depois. - ele disse e saiu. Os nossos amigos são mais velhos e estão em turmas mais avançadas, então não estudamos na mesma sala.

Eu e Sook conversamos um pouco e depois voltamos para a sala de aula e vi meu fone em cima da minha mesa.

- Meu fone! - o peguei e tinha mais alguma coisa - Um bilhete?

"Desculpe por não devolver antes e obrigado por ter me deixado ficar com ele ontem."

- Espera, então quer dizer que ele estava aqui? Como não o vi? - mostrei o bilhete para minha amiga 

- Ele é estranho. Melhor esquecer esse cara, (s/n). Vai que é um espírito?!

- Claro que não, maluca. 

Achei estranho, mas de certa forma achei interessante a forma dele ser misterioso. Preciso saber mais sobre ele.

- Ele não deixou nem o nome na carta... - falei enquanto a guardava na minha mochila - Deve ter as digitais dele, né? - disse para Sook, sorrindo 

- Para de ser doida!

- Calma, estou brincando. - disse rindo 

De repente a diretora entrou na sala assustando todos.

- Tenho um comunicado. - todos se calaram para prestar atenção - Sei que vocês têm se esforçado bastante nos estudos nesse semestre, então nós da escola resolvemos fazer uma viagem para os alunos do 1° até o 3° ano. Iremos para uma praia que fica há duas à três horas daqui, e ficaremos uma semana inteira lá. - todos gritaram de alegria - Os ônibus partirão daqui sexta-feira às sete horas da manhã. Para saber os preços e detalhes, é só ir na secretaria. Obrigada pela atenção! - ela disse e se retirou, indo dar o mesmo comunicado às outras salas

- Viagem! Uma semana! Praia! Nunca admirei tanto essa escola!

- E você ouviu, o segundo e o terceiro também vão, os meninos vão poder ir também. - disse sorrindo 

- Isso é ótimo! 

- É tão justo, depois de fazermos tantos trabalhos...

- Concerteza. Vou falar com os meninos depois, e vamos ver com quem iremos dividir os quartos dessa vez.

- Espero que a gente fique juntas, que nem a última vez. 

- É melhor do que ficar com um menino... Eu acho. 

- O que quis dizer com isso? 

- Não gostei nada quando escondeu barras de chocolate em baixo da cama do hotel. 

- Você tava de dieta e não parava de comer, tive que fazer alguma coisa! - ficamos rindo das lembranças da última viagem

(...)

Depois da aula cansativa do sr. Jung, finalmente podemos sair da sala de aula.

- Tô morrendo de sono, vou chegar em casa e ir dormir. - disse Sook enquanto caminhávamos pelo corredor

- Eu também... - Não conseguia parar de pensar naquele garoto estranho. Eu queria tanto falar com ele mas não podia fazer nada se ele era tão discreto. Ele teve ter se assustado comigo ontem, ou me achado muito estranha para ter sumido assim e simplesmente colocar meu fone na minha sala enquanto eu estava o procurando por todo lugar.

- Tchau, (s/n). - disse minha amiga esfregando os olhos de sono 

- Desculpa por ter te acordado daquele jeito. 

- Tudo bem... - disse sonolenta e foi embora

Olhei para o outro lado do pátio e lá estava o banco, com a árvore do lado. O banco que ele estava. Fui até lá e sentei para ver se ele aparecia. Os minutos passavam tão devagar e nada dele aparecer.

Peguei o bilhete dele e escrevi atrás:

"Pode me dizer seu nome? Poderíamos conversar qualquer hora. Meu nome é  (s/n). E da próxima vez que for me devolver alguma coisa, devolva pessoalmente..."

Deixei em cima do banco e fui para casa.





Notas Finais


Parece que alguém está apaixonada? :3
E essa viagem? Vcs sabem tão bem quanto eu que acontecem muitas coisas em viagens escolares né? O que será que vai acontecer? Esteja ligada nos próximos capítulos e descubra! Kkksjs
Gente esse foi o capítulo, espero que tenham gostado e até o próximo
bjkss♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...