História Forever - Capítulo 67


Escrita por: ~

Postado
Categorias 2NE1, Bangtan Boys (BTS), EXO, HyunA
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, Cl, D.O, HyunA, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Park Bom, Personagens Originais, Rap Monster, Sehun, Suga, Suho, Tao, V, Xiumin
Tags Bts, Exo
Exibições 5
Palavras 2.076
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Festa, Ficção, Luta, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


<3

Boa Leitura!! *^*

Capítulo 67 - Minhas amigas voltaram!!


Fanfic / Fanfiction Forever - Capítulo 67 - Minhas amigas voltaram!!


*Kristy  ON

Subi para meu quarto, tranquei a porta, fui para o banheiro, tomei banho, me troquei e me joguei na cama. Fiquei pensando no que tinha acontecido na cafeteria, a pouco tempo atrás.

*Na lanchonete, á algumas horas atrás

- VAMOS AGORA PRA CASA!  -Meu padrasto gritou vindo pra cima de mim, Erick entrou na frente- SAI DA MINHA FRENTE SEU PIRRALHO! 
- Eu não vou sair daqui!  -Ele disse e quando meu padrasto iria o bater, o homem o socou-
Meu padrasto caiu no chão e os dois me olharam. 
- Aonde sua mãe mora?  -O homem perguntou e engoli seco-  Apenas quero ajudar. 
- Kristy.. E se ele for seu pai? Vamos lá.. Não custa tentarmos!  -Erick disse baixo-
- Então.. Apenas irei te acompanhar.  -O homem disse e assenti-
- Vamos.  -Erick disse pegando meu braço, me puxando para fora da cafeteria o mais rápido possível, o homem nos seguiu-
Fui para minha casa com os dois, quando chegamos na porta Erick me olhou e engoliu seco.
- Bom.. Eu vou pra casa.  -Ele disse e assenti-
- Obrigado por vir aqui..  -Eu disse e ele corou-
- Te vejo amanhã.. Então.  -Ele disse sorrindo e coçando sua nuca-


*No quarto, agora

- Filha..  -Ouvi minha mãe bater na porta- Filha!  -Ela bateu mais forte-
Aquilo me tirou totalmente dos meus pensamentos. 
- Posso entrar??  -Ela perguntou e me sentei na cama-
- Pode..  -Eu disse baixo, ela abriu a porta e entrou- O que aconteceu?
- Estou aqui pra falar do seu pai.  -Ela disse se sentando na beira da cama- Certo, me separei do seu padrasto..  -Ela disse e suspirei-
- Que bom..  -Eu disse e ela abaixou a cabeça- Omma!! Ele era um.. Um nojento.. 
- Leeteuk é seu pai verdadeiro.. Então.. Ele vai passar a morar aqui conosco talvez. Só se ele concordar..  -Ela disse e sorri- 
- Vão se casar de novo??  -Perguntei e ela arregalou os olhos-
- Não..! Quer dizer, mais tarde. Não o amo, mas você e sua irmã precisam de um pai presente para ajudar em tudo que precisarem e..  -Ela disse e a interrompi-
- Não o ama mesmo?  -Perguntei e ela bufou- Omma, ele é legal.. 
- Falamos disso outra hora Kristy.  -Ela disse e arquei as sobrancelhas- Precisa de ajuda em algo da escola..?
- Não.. Eu acho..  -Eu disse coçando a nuca-
- Não mesmo?  -Ela perguntou desconfiada- Pode me falar, sou sua mãe. 
- Quando você era adolescente.. Como sabia que estava gostando de alguém?  -Perguntei e ela arregalou os olhos- Como fazia para ter certeza de que estava gostando de algum garoto?
- Na verdade, seu pai foi o meu único namorado.  -Ela disse e ri-
- Sério?  -Perguntei incrédula-
- Eu tinha amigas que me incentivavam a não gostar de garotos..  -Ela disse e engoli seco- 
- Então você já namorou garotas?  -Perguntei assustada-
- Na verdade.. Não. Mas se eu não tivesse conhecido seu pai, eu teria namorado sim..  -Ela disse e sorri- 
- Como o conheceu?  -Perguntei e ela suspirou-
- O professor me colocou junto com ele para fazer um trabalho.. E daí eu simplesmente..  -Ela corou e deu um suspiro- Me apaixonei.
- Ownn!  -Eu disse e vi Leeteuk na porta, com um sorriso fino- Appa, vocês dois irão se casar de novo?  -Perguntei o encarando-

*Kristy  OFF

*Lia  ON


- Essa é a June..  -Johnny disse coçando sua nuca, ela deu um sorriso de orelha a orelha e estendeu sua mão-
- Muito prazer em te conhecer!  -Ela disse- Qual seu nome?
Que voz de criancinha.. Que irritante.. Garota encapetada.. Ruivinha do infer..
- Por que precisa saber?  -Perguntei e Johnny arqueou a sobrancelha-
- Porque eu quero saber! Se você é amiga do meu namorado, quero saber quem você é.  -Ela disse desfazendo seu sorriso, eu arregalei os olhos-
- Namorado??  -Perguntei e ela o olhou-
- Sim! Johnny é meu namorado.  -Ela disse e engoli seco-
- E aonde você estava esse tempo todo?  -Perguntei a encarando, ela riu-
- Estava resolvendo problemas familiares, nada de seu interesse.  -Ela disse enquanto arrumava sua franja-
Ele namorava.. Meu Deus.. Como eu havia sido tola.. Esse tempo todo.. 
- Aliás, o que veio fazer aqui?  -Johnny perguntou e June voltou para a sala-
- Não tem vergonha na cara.. Não é mesmo?  -Perguntei e ele desviou o olhar- 
- E você não tem o que fazer.. Não é mesmo?  -Ele perguntou nervoso- Me desculpe, mas quem me agarrava e ficava encostando em mim era você!  -Ele disse e abaixei a cabeça- 

*Lia  OFF

*June  ON


- Amor, vai demorar quanto ai?  -Eu perguntei enquanto mexia em minhas unhas, ele me olhou- 
Meu celular começou a tocar. "Kristy" o peguei e atendi. 

*Ligação  ON

- June!!! Voltou!

- I'm back, bitch.. 

- Haha.. Engraçadinha você. 

- O que quer?

- Ajuda.

- Com o que?

- O certo seria: Com quem. 

- Certo, com quem quer ajuda, bonequinha?

- Não gosto desse apelido, para. 

- Ui, parei.. Certo, me fale logo. 

- Se lembra que eu te disse de um garoto..

- Erick Jong-In?? Ah não, não tá apaixonadinha né? Por ele não, por favor. 

- Acho que tô.. 

- Eu ajudo, não faço milagre. E outra, aquele garoto é um esquisitão..

- E eu não? Só tenho você e a Hannie de amigas, para vai. 

- Vai pra minha casa. Vou ir pra lá agora. Só me deixa sair dessa casa endemoniada do meu ex.


- Tá na casa do Johnny?

- Tem uma puta aqui, acho que ele quer deixar ela com ciúmes ou sei lá, já que eu tava no tédio né..

- Você é louca. 

- Eu sei. Vou chamar a Hannie também okay?

- Okay..

- Bye bye..

- Bye.

*Ligação  OFF


Mandei uma mensagem pra Hannie. "Pra minha casa agora." Me levantei do sofá e fui até a porta. 
- Querido, vou ir pra minha casa.  -Eu disse o dando um beijo na bochecha, a garota abaixou a cabeça- Arrasa que ele é seu.  -Eu sussurrei no ouvido da mesma, que arregalou os olhos-
Fui para meu carro e dirigi até minha casa, que era um pouco longe. Entrei em casa, preparei qualquer coisa e deixei assando. Fiquei no sofá e logo as duas chegaram. Abri a porta, Hannie e Kristy entraram e Hannie quase se jogou no sofá. 
- Você é a vaca mais rica da Coréia.  -Hannie disse enquanto olhava a casa- 
- Diz isso como se nunca tivesse vindo aqui..  -Eu disse e Kristy riu- Bem que vocês poderiam dormir aqui hoje, não é?  -Perguntei e Kristy balançou a cabeça-
- Negativo. Minha irmã iria querer vir..  -Ela disse e ri-
- Eu dou um brinquedo pra ela e ela para de encher o saco, pronto.  -Eu disse e ela riu-
- Por mim tudo bem.  -Hannie disse e ouvi o barulho do forno desligando- O que você fez? Comida?!  -Ela quase deu um pulo, eu fui para a cozinha e Kristy se sentou no sofá-
- Não, assei seu cabelo de esponja.  -Eu disse e Kristy riu-
Tirei os biscoitos do forno e coloquei em cima do balcão, os coloquei em um prato e coloquei na mesinha de centro da sala. Me sentei na poltrona rosa e cruzei as pernas. Kristy se sentou no sofá do lado de Hannie, que logo pegou um biscoito e começou a comer.
- Loirinha, se engordar depois sabe que nunca entra na dieta.  -Eu disse e Kristy riu-
- Me deixa comer..  -Ela disse brava-
- Bom, viemos aqui para ajudar a pobre coitada chamada de Kristy.  -Eu disse e Hannie riu- A garota que se apaixonou por Erick Jong-In. 
- E com razão!  -Hannie disse e nós duas a olhamos- Qual é.. Ele é popular e lindo. 
- Tá afim dele também? Credo, larguem de ser fracassadas.  -Eu disse e Hannie riu-
- Nós? Você já teve um caso com o Renan!  -Hannie disse e Kristy arregalou os olhos-
- Teve um caso com ele?  -Kristy perguntou e suspirei-
- Esqueça. Estamos falando do Erick agora.  -Eu disse e ela desviou o olhar-
- Erick gosta de garotas safadas.. Pelo menos Kiara me disse isso.  -Hannie disse e fiz cara de paisagem-
- Kiara? Foda-se a Kiara, ela é uma vadia, isso sim.  -Kristy disse brava-
- E com razão, filha de peixe peixinho é.  -Eu disse e ela riu-

*De noite

- De manhã o motorista irá as levar para a casa de vocês, quero vocês lindas e purpurinadas.  -Eu disse e elas riram-
- Minha purpurina é preta.  -Kristy disse e Hannie riu-
- Minha purpurina é hippie!  -Hannie disse e paramos de rir-
- Nossa, que horror..  -Eu disse e Hannie riu alto- Hannie, não teve graça nenhuma, para.  -Eu disse e ela parou de rir-
- Os quartos de hóspedes estão no final do corredor, good night, suas vaquinhas.  -Eu disse e Hannie foi correndo para o último quarto, Kristy fez o mesmo-
Entrei em meu quarto, coloquei meu pijama, minha "venda", deitei na cama, apaguei o abajur, fechei os tipos de cortinas que tinham em volta da cama, me cobri e tampei meus olhos com a venda. De manhã o despertador começou a tocar. O desliguei, tirei aquilo de meus olhos, saí da cama, fui para o banheiro, tomei banho, arrumei meu cabelo(cabelo curto, ruivo e com franjinha), coloquei meu roupão e enquanto estava descendo as escadas senti cheiro de panquecas. 
- Huum..  -Murmurei e vi Rachel(A empregada) colocando as panquecas na mesa- 
- Senhorita, suas amigas ainda estão dormindo.  -Ela disse e suspirei- 
- Vá as chamar.  -Eu disse e ela foi para a escada-
Peguei uma, a coloquei em meu prato. Peguei um copo, coloquei suco de laranja e comecei a tomar meu café da manhã. 
- Que sono.. Ainda é muito cedo..  -Hannie resmungou, Kristy se sentou em uma das cadeiras e começou a tomar café da manhã- 
- Temos um longo dia!  -Eu disse enquanto acabava de comer a panqueca- Kristy tem que conquistar Erick, não é?  -Perguntei e ela revirou os olhos- Por favor, não vista aquelas suas camisetas de banda rasgadas.. Se não, irei fingir que não te conheço. 
O motorista buzinou. Elas saíram quase correndo e fui para meu quarto. Fiquei em frente ao closet.. Com qual roupa eu iria? Desafio.. Depois de um tempo finalmente escolhi. Ouvi o motorista, me troquei, passei maquiagem, coloquei meu sapato, peguei minha bolsa, fui para o carro e vi as duas com saias. Certo, estavam até bonitas, mas eu estava muito mais, claro. Fomos para a escola e quando descemos do carro todos estavam nos olhando. Fomos para o portão e todos abriram espaço para passarmos. Eu na frente, uma de cada lado meu. 
- É a June.. Ela voltou..  -Ouvi uma garota falar para a outra, que riu-
- Espere só até Kiara saber..  -Ela disse e a olhei-
- O que a rainha do fracasso fará se souber de minha volta?  -Perguntei e a garota engoliu seco- Fala na cara, meu bem.
- Own, a gótica se juntou com o grupo de riquinhas!  -Kiara apareceu em nossa frente, encarando Kristy- 
- Queridinha, ninguém lhe perguntou nada, agora sai do caminho se não meu brilho vai passar por cima de você e de seu bonde.  -Eu disse a empurrando- Ai que nojo, nem lava as roupas direito.. Tá tudo grudento..  -Eu disse pegando um lenço do bolso e limpando minha mão- Nojenta.. 
- Como é que é?  -Ela perguntou brava-
- É o que você ouviu, cabelo de durex!  -Eu disse e começaram a gritar-
- Pois vai ver o que a cabelo de durex vai fazer com sua cara se não calar a boca!  -Ela disse e arquei a sobrancelha-
- Dá licença que ninguém sai ferida queridinha!  -Eu disse a empurrando com força para trás, ela caiu com tudo- Vou nem pisar, vai que eu viro merda igual né..  -Eu disse enquanto continuava andando, as garotas vieram atrás-
Fui para perto de uma garota e ela engoliu seco. 
- Oi lindinha, poderia me dar uma informação?  -Perguntei e ela assentiu- Sabe aonde Erick Jong-In está?  -Perguntei e ela suspirou- No jardim.. 
- Obrigado amore.  -Eu disse enquanto ia para o jardim-
- O que.. O que vamos fazer?  -Kristy perguntou e Hannie riu-
- Vamos te desencalhar, oras.  -Eu disse e Hannie assentiu-


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...