História Forever - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Abo, Chansekai, Lubaeksoo, Sulay, Taoris, Xiuchen
Visualizações 514
Palavras 1.332
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


FINALMENTEEEE ESSE TRIO <3
É uma nova versão da antiga Promise, tem bastante coisas mudadas aqui e eu espero que gostem <3

Capítulo 1 - Un


Sehun é um príncipe, desde criança sabia que era o próximo na sucessão do trono, já que seus irmãos mais velhos Baekhyun e Minseok nasceram ambos ômegas, por esses motivos ele cresceu sendo ensinado de todos os lados as coisas que deveria fazer, mas claro, era um alfa lúpus, tinha sua personalidade muito forte, mas nunca faltou com respeito e seus deveres com o povo.

Tudo poderia ser maravilhoso, seus appas Kim Junmyeon e Zhang Yixing nunca o obrigaram à se casar, mas ele sabia que para se tornar rei, não demoraria para o conselho começar à falar, mas como amor não escolhe pessoa, gênero, ele não pôde se casar com uma linda ômega ou um ômega para lhe dar filhotes por um motivo.

Park Chanyeol

Chanyeol era filho do general de guerra, que por sinal, era o melhor amigo de seu appa. Chanyeol perdeu os pais muito cedo, quando o castelo estava em guerra, os reis tinham Sehun recém-nascido e pela cumplicidade, seus pais deram suas vidas pelas dos reis e pediram para cuidarem de Chanyeol, e assim fizeram os reis depois de um longo luto, depois de Junmyeon que sempre foi emotivo chorar um rio de lágrimas.

Chanyeol cresceu sendo muito amado, protegido como um príncipe, e foi assim que Sehun e Chanyeol se apaixonaram desde cedo, porém, havia a revolta dos conselheiros, ambos eram alfas. Junmyeon e Yixing nunca proibiram os dois de se amarem, gostavam muito de Chanyeol e temiam que ficassem sofrendo e isso os reis jamais permitiriam.

Os dois desenvolveram esse laço para algo cada vez maior e maior e assim, anunciaram um namoro, um noivado e por fim se casaram, mesmo com os protestos de alguns mais velhos. Seus irmãos também se arrumaram, Minseok se casou com o alfa que amava desde o colegial, algo como almas gêmeas, eram o casal que Sehun se inspirava e amava de todo o coração. Baekhyun, seu irmão, desandou do mesmo modo que si e se apaixonou por um ômega, Do Kyungsoo, também criado no palácio, filho do médico da família e ambos se casaram, porém, ou ainda bem, se apaixonaram pelo mesmo alfa e ficam tentando conquistar o coitado do padeiro, Kim Luhan, que vive fugindo deles.

-Sehunnie... -Baekhyun entrou no quarto resmungando e eu o alfa já sabia. Luhan tinha o rejeitado novamente.

-Acho que você deveria procurar outro alfa, o que foi? Soo não está dando conta de você?

-Se for isso você pode dar o Soo para o nosso casamento, garanto que ele é um ótimo ômega. -Chanyeol falou rindo da cara de ódio que Baekhyun fez, Baekhyun era um ciumento, claro, que com Sehun e Chanyeol eram apenas brincadeiras, mas ele adorava emburrar a cara só de pensar em perder seu marido.

-Soo não iria me trocar por duas varas de cutucar estrela, uma ainda por cima com as pernas tortar iguais as suas Yeol. -Kyungsoo entrou no quarto de saia e meias e logo Sehun puxou ele para seu colo e Baekhyun o bateu.

-Eiiii...ele é meu Sehun, você já tem o Chanyeol. -Baekhyun disse emburrado.

-Soo também é meu, são todos meus. -Sehun disse mordendo Kyungsoo que riu baixo. O pequeno era o mais tímido, porém, às vezes era um tanto provocador e bem responsável.

-Eu vim aqui por que escutei algumas ômegas da cozinha falando sobre o Hannie. -Kyungsoo disse baixo.

-Falando o quê? Essas mulheres são umas fofoqueiras, estão de olho no nosso homem.

-Disseram que ele veio entregar os pães hoje com cheiro de ômega e que estava sorrindo todo radiante. -Kyungsoo disse um pouco chateado e Sehun fez carinho em seus cabelos pois sabia o quanto eles amavam Luhan de verdade.

-QUE? CHEIRO DE ÔMEGA? QUEM TÁ TENTANDO ROUBAR MEU ALFA?

-Baek, Luhan sempre deixou claro que vocês não são o ômega dele, acho que vocês estão muito parados na dele. Existem muitos alfas bons por aí. -Chanyeol tentou dizer.

-M-mas...eu o amo Hunnie. -Baek resmungou e Chanyeol o abraçou me olhando. -P-podemos ir lá na cidade e dar uma passada na cafeteria para ver?

-Você quer sofrer ainda mais? -Sehun questionou.

-E-eu só preciso ver por mim mesmo.

-Tudo bem, nós vamos, mas Baek, se for verdade, tente não interferir.

-Tá bem.

Depois que todos estavam arrumados saíram para a cidade, como era um lugar pacífico e que todos amavam os reis e os príncipes eles dificilmente precisavam de escolta e viviam andando pelo centro. Kyungsoo por ser bem tímido resolveu não ir de saias, por mais que não fosse incomum, eram quase raros os ômegas femininos e eram o desejo de qualquer alfa.

Chegaram ao local e entraram logo sentando em uma mesa. Viram que tinha apenas um garoto sentado no fundo de costas para eles e com um livro nas mãos. Fizeram seus pedidos ao empregado de meio período que tinha ali. Baekhyun e Kyungsoo estavam ansiosos para que pudessem ver Luhan, já Sehun e Chanyeol tinham ficado maravilhados com o cheiro que vinha daquele garoto.

-O cheiro dele é muito bom. -Chanyeol disse.

-Sim... -Sehun disse e Baekhyun logo riu.

-Por que não pedem o número dele?

-Yah hyung, eu sou casado com o Chan, onde já se viu?

-O que isso tem haver? Eu e Kyunggie somos casados também, isso não nos impede de se apaixonar e... -No momento em que estava falando Luhan saiu da porta dos fundos do local, e para o desespero do casal de ômegas na mesa, ele estava de regata, mas para decepção dos mesmos ele foi direto no ômega sentado mais adiante. -Então...é ele?

-LUHAN, eu tenho que ir, você pode terminar de atender para mim? -O garoto do balcão disse e recebeu um aceno, logo o alfa se levantou e finalmente avistou os príncipes, fez uma reverência e se aproximou.

-Sejam bem-vindos mais uma vez majestades, meus appas vão ficar bem felizes em saber que gostaram daqui. -O ômega se levantou de onde estava e foi saindo tentando não ser notado, o mesmo era Kim Jongin, irmão mais novo de Luhan. Jongin tem apenas 16 anos, teve seu primeiro cio à pouco tempo, é tímido, amoroso, sonhador e muito assustado, por esse motivo vive se escondendo na barra de seu irmão mais velho. -Onde pensa que vai Kim Kai?

-A-ah...e-eu... -O ômega travou ao ver todos o olhando, e por algum motivo, ele se encantou pelos alfas na mesa, eram muito lindos, talvez os alfas mais bonitos que já viu em sua vida.

-Você não quer esperar eu terminar aqui? Sua aula ainda não é agora. -Luhan se aproximou do irmão, fazendo Baekhyun bufar por perder atenção.

-Então...você nos trocou por esse aí Luhan? -Baekhyun disse com raiva, ele não tinha limites quando se sentia ameaçado, e nesse momento, aquele ômega era tão lindo que machucava seu ego, tinha as bochechas vermelhas e roupas femininas, coisa que alfas gostavam. Baekhyun queria matar o ômega. -E você ousa roubar meu alfa?

-H-hyung sempre foi meu. -Jongin disse fechando a cara. Não gostou do príncipe, e um defeito de Jongin, ele também era ciumento e possessivo com seu irmão, sempre teve muito ciúme quando algum ômega dava em cima dele, mas por sorte, seu irmão só tinha olhos para si.

-Você nem deve ser bom de cama, pelo amor, com essa cara deve ser entediante.

-Baekhyun. -Sehun o repreendeu, apesar da raiva, Baekhyun ainda é um príncipe e deve se portar como tal.

-B-bom de c-cama? -A inocência de Jongin acendeu sua curiosidade.

-Não é nada meu bebê, você ainda é novo para isso, e você majestade, por favor, não discuta com ele. Eu acho que houveram alguns mal entendidos. Esse é Kim Jongin, meu irmão mais novo.

-I-irmão? -Kyungsoo murmurou perguntando e Luhan assentiu.

-A-ah...eu... -Baekhyun ficou sem palavras, sequer sabia que Luhan tinha irmão.

-Tudo bem, foi só um erro. -Sehun disse sem graça.

-Sinto muito. -Baekhyun se desculpou, no entanto, Jongin não parecia muito disposto e logo se pronunciou.

-Eu ainda não gosto de você.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...