História Forever Brothers - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Hentai, Incesto, Romance, Shoujo
Exibições 71
Palavras 1.769
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Harem, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Heey =3 Comentem e favoritem, Sempre que eu puder eu leio todos os comentários e respondo se for necessário, saber que vocês acompanham a fic me deixa feliz! Bom... Boa leitura

Capítulo 8 - Lobo em pele de cordeiro


Fanfic / Fanfiction Forever Brothers - Capítulo 8 - Lobo em pele de cordeiro

P.o.v Mark 

Acordei fui pro banheiro fiz minha Higiene pessoal e tomei um banho não demorei muito e saí olhei no relógio eram 06:28 da manhã —Acordei cedo...  - Falei pra mjm mesmo e vesti uma calça jeans um tênis branco e uma camisa social branca, joguei meu cabelo pro lado e passei a mão fazendo ele ficar meio bagunçado mas bonito fui pra cozinha mas não acendi a luz, senti um par de braços entrelaçarem meu pescoço —Acordou cedo hein pequena —Só acordei por quê você saiu da cama - Disse ela fazendo bico mas sem abrir os olhos, Acendi a luz da cozinha —Deixa eu ver seus olhos deixa amor? —Só se você me der algo em troca —Que tal um beijo? —Ok - Beijei ela calmamente ainda estava com um pouco de aono um tempo depois separamos e ela abriu os olhos —Que olhos lindos - Sorri sinceramente e a Liz retribuiu —Tá lindo —Obrigado —Liz, Vou ir fazer uma coisa e depois volto —Ok, mas pra onde o senhor vai? —Surpresa... - Ela não entendeu mas deu de ombros e foi pra sala voltei pro quarto pra passar um perfume e saí acenei pra liz e a mesma retribuiu eu vou me tatuar “porque?” porque eu quero oras chegando lá eu vi uma recepcionista —Olá, Eu queria fazer uma tatuagem será que tem tempo pra me atender? - Falo gentil —Claro senhor —Quanto ficaria uma frase? —Pra você é de graça gostoso - Disse ela mordendo o lábio inferior, Sério isso? Pelo menos não vou pagar... —Certo... Onde fica a sala? —Ali - Apontou para uma porta eu bati e ouvi um “Entre” era uma voz familiar entrei e vi julia —Mark? Que surpresa! Gosta de tatuagens? —Sim, Sempre quis fazer uma —E ja sabe qual escolher? —Sim... Vai ser uma frase ok? —Ok —“Você não é derrotado quando perde. Você é derrotado quando desiste” Dr. House —Uau... Profundo... Onde quer? —No centro das costas —Certo - Tirei minha camisa e vi Julia corar e ela fez a tatuagem até que não doeu muito e então agradeci e fui pra recepcionista, para pagar e ela se recusou a aceitar o dinheiro que era por conta da casa e eu desisti e fui embora —Agora ir no cabeleireiro - Falei comigo mesmo eu queria fazer luzes no cabelo fui para o cabeleireiro e disse como queria meu cabelo e quando o homen terminou ficou realmente bonito, “Nossa que cara Gay”, não... Apenas me cuido. [Autor:Mark na foto] Eu me lembro muito bem do dia em que eu quis virar policial militar... Zombaram de mim “cai fora magrelo, nem músculo tem” mas agora vai ser diferente. Fiz questão de ir na mesma academia para ser policial que da minha primeira vez. Eu entrei e pedi para fazer os testes para ser policial militar, Fiz de tudo, Malhei, Corri, Pesei, Medi a altura, Treinei, Enfim... Tudo, e eu saí melhor do que todos voltei pra casa e Liz estava vidrada na TV, Estava passando Henry danger —Ai ai... Ele é tão lindo —Ele é tão Oque?! Sério isso? Quedinha pelo Henry? - Ela me olhou para rebater mas ficou boqui a berta com meu visual —Você tá...tá...  —Lindo? Kkk - Digo sorrindo e a mesma retribui —Exato - Ela diz e meu celular toca 

Ligação On

—Alô? 

—Hey, Mark 

—Oi julia, Por que ligou? 

—Bem... Eu vou sair com um amigo me e uma amiga minha vai junto só que ela vai ficar de vela e eu não quero isso, Me ajuda Mark? 

—Você quer que eu vá como acompanhante? 

—Sim

—Certo

—Ah, Mark

—Fala Amor

—Para, Palhaço kkk, é uma festa formal e elegante que agente vai e você poderia vestir uma roupa... Bem... Você sabe 

—Entendi o recado 

—Bye

—Tchau

Ligação Off

—Liz —Chora —Sabe onde vende terno e essas coisas? —Sei, mas porque quer saber? - Disse ela curiosa —É que a julia quer que eu vá numa festa de formal —Posso ir também? —Não sei, porquê não pergunta pra julia? —Tem razão - Ela pegou o celular dela e foi pra qualquer canto e eu a esperei —Ela disse que posso ir - disse ela animada —Ok —Mark —Hã? Que que foi, Que que há, Ta me chamando é porquê quer me dar —Para kkkk, Você fez algo além de fazer luzes no seu cabelo? —Eu fiz uma tatuagem —Posso ver? —Claro - desabotoei minha camisa e tirei ela fitou minhas costas e então ela passou a mão pela tatuagem —“Você não é derrotado quando perde. Você é derrotado quando desiste” Que lindo Mark —É...Último beijo? - E assim fizemos um último caloroso beijo e então separamos com selinhos —Eu te amo pequena —Também te ano grandão - Saímos e fomos para uma loja lá tinha vários ternos, pedi ajuda a Liz e ela escolheu um terno slim preto, uma camisa social branca, Uma gravata preta com listras brancas finas e um sapato social preto, Eu joguei meu cabelo pra trás [Autor:Igual da foto] e me olhei no espelho eu parecia um empresário famoso Eu saí para liz ver e ela me olhou con desejo e mordendo o lábio inferior e todas as mulheres que me viram fizeram o mesmo —Sou tão bonito assim? Kkkk —e gostoso - As mulheres falaramvsem pensar e logo todas coraram —Deus grego, Delícia, Gostoso, Lindo, Pedaço de mal caminho, Tesudo... - Cara... Ela estava me comendo com os olhos! A liz disse isso enquanto me olhava com desejo fui para o caixa e uma mulher ao botar os olhos nos meus mordeu o lábio inferior —Olá... Gostoso...  - Liz de tossida falsa e eu perguntei quanto deu e ela falou o valor eu paguei e saímos 

*Quebra de tempo*

Liz está maravilhosa com seu vestido verde com um decote em “V” e seu salto alto preto —Fomos pra festa e logo encontrei Julia —Mark? Garoto como você ta gostoso! Olha isso, um deus grego aqui —Ele tá  bonito né vaca - Disse liz —E gostoso, Você escolheu Liz? —Sim —Ta perfeito —Bom, Mark vou lhe apresentar a garota que te falei - Fomos até uma mesa onde havia uma garota linda por sinal e um Homem de 24 anos aproximadamente —Grazy esse é Mark, Mark essa é Grazy —Prazer - Falamos ao mesmo tempo e sorri sincero pra ela, a mesma retribuiu ela é uma loira com pele pálida e olhos verdes —Jeff esse é mark, Mark esse é Jeff —Eae —Beleza? —E todos essa é Liz, Liz esses são todos kk —Prazer em conheçe-la Liz, Bela como o nome - Disse Jeff beijando a mão de liz —Prazer é todo meu - Sério isso? —Então Mark,Solteiro? —Acho que sim - Fuzilei Liz com o olhar mas ela não notou —Sério? Um deus grego como você merece uma mulher a sua disposição - Disse ela se aproximando de mim —Me passa seu telefone? —Claro - Ela passou e eu anotei logo após isso Liz e jeff colaram suas testas e liz colocou a mão dela sobre a mão de jeff, AH QUE SE FODA ESSA PORRA! —Tô Saindo, Tchau - Falei curto e grosso já me levantando —Oque você tem? - Pergunta Grazy —Tô com dor de cabeça, Tchau Julia, Jeff, Grazy...e liz, Devirtam-se - Fui em direção a porta e saí peguei um Táxi e quando cheguei paguei o homem entrei com raiva bati a porta e fui direto pro meu quarto me joguei na cama e depois de alguns minutos meu celular tocou atendi 

Ligação On

—Alô

—Senhor Souza? 

—Sim, Quem fala? 

—Nanda, queria dizer que você foi aceito na polícia militar e que se fizer treinamento poderá ser até um Capitão 

—Incrível! Estou tão feliz! Quando começo? 

—Segunda feira às 18:00 Horas em ponto senhor 

—Certo, Até mais 

—Até 

Ligação Off 

Eu sou um policial! Meu sonho se realizou! Estou tão feliz meu celular toca e vejo o número de Liz, no quarto toc eu atendo

Ligação On

—Fala - Falei grosso

—Mark me ajuda por favor!

—Oque aconteceu?! - Disse preocupado 

—Eu ia...  - Ela tá chorando e parece estar correndo 

—Ia ir com Jeff pra casa mas ele começou  a...Passar a...Mão na minha coxa e é muita coisa pra esplicar! 

—Calma, Me fala onde você  está que que eu te busco

—Mark! O jeff enlouqueceu me ajudaa! Ele tá correndo atrás de mim não sei oque fazer! 

—LIZ, CALA A BOCA E ME FALA AGORA ONDE VOCÊ TÁ GAROTA! 

—Não sei! Acabei de passar por uma escola chamada Pais e filhos 

—Eu conheço! Liz Aguenta por favor! Corra em volta da escola eu estou indo, Apenas fique na linha! 

-Peguei minha arma e peguei minha bicicleta mesmo não é longe 

—liz?! 

—Mark! 

—Continua falando comigo por favor 

—Ok...

-Eu cheguei não sei onde ela tá 

—Liz? 

—Porquê você deixou ela sozinha em parça? Kkk agora ela vai ser toda minha e depois vou matar ela e te mandar o corpo 

—SEU DOENTE, LOUCO, MISERÁVEL, ONDE ESTÁ LIZ?! 

—Cala a boca,agora vou desligar, vou fuder ela todinha 

—DESGRAÇA..

Ligação Off

Ele desligou! Vamos liz! Grite! Manda um sinal! Qualquer coisa! 

P.o.v Liz

—Vou ir pra casa —Posso te levar princesa? —Não vejo problema

Foi assim que esse pesadelo começou, Agora estou num maldito beco com um psicopata —Você vai até gostar —CALA A BOCA! SE AFASTE DE MIM - Ele segurou meus braços e começou a acariciar meu rosto —MAAAAAAAAAAAARRK!!!! - Gritei mais alto que podia e ele tapa minha boca eu mordo sua mão —Vadia! -Ele me dá um tapa que me tirou Sangue ele ia rasgar meu vestido —SAIA DE CIMA DA MINHA IRMAAAAAAAAAAAA - Mark deu um tiro no pé de jeff e depois correu até jeff deu milhares de tapas e socos chutes e pontapés —Covarde! Tenho nojo de pessoas como você! Morra! Morra! - A cada “Morra” era outro soco —Morra! - Outro —Morra! - Outro —Morra...  - Dessa vez ele parou e me abraçou seu rosto estava triste e lágrimas queriam sair de seus olhos —Me desculpa Liz... Me desculpa... Eu não deveria ter te deixado sozinha... Me perdoa...Por favor —Eu te perdôo, Obrigada por me salvar Mark...  - Disse chorando ele me pegou no colo e ligou para alguém, para facilitar o trabalho dele entrelacei minhas pernas por sua cintura —Julia, Preciso que venha a um lugar urgente..... Sim... Só venha julia, Porfavor. .. Tchau - Ele desligou —Nada, Nem ninguém nunca mais vai te machucar meu amor —Eu te amo Mark —Eu também  te amo Liz - Estava tudo ficando preto... Eu desmaiei e quando acordo estou deitada em cima de mark e mark está deitado na cama eu apenas fechei o olho e dormi de novo 




Notas Finais


Oque acharam? Comenta ae. Obrigado por terem lido


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...