História Forever in our Youth (Vhope) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Vhope
Exibições 10
Palavras 1.804
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii gente linda ><
Depois de um bom tempo eu voltei.. Primeiro eu tinha começado a escrever o cap mas surgiram problemas e que não deu pra mim continuar, mas hoje eu posto logo.
Espero que gostem e boa leitura ^^

Capítulo 4 - Jealous


Hoseok on

Você já pode imaginar o que aconteceu naquele banheiro. Tomamos banho (dãããã). É, a gente só tomou banho mesmo, além de trocarmos muito carinho em forma de beijo. Bom, na verdade não fizemos nada por que ele reclamava de 2 em 2 minutos da água fria.. Eu tenho que admitir que aquela água estava congelando, mas até eu já tinha me acostumado. E aliás, o clima ali estava bem quente, então ele poderia ter se esquentado. Pois é, esse é o Taehyung, que reclama reclama e reclama mas eu não consigo parar de amar. Enfim, durante o banho ele me ensaboava e eu ficava fazendo gracinhas do tipo, passar shampoo no cabelo dele e ficar fazendo penteados engraçados enquanto ele também fazia em mim. Tinha tanta espuma que eu achei que estivéssemos numa máquina de lavar, mas isso é o que acontece quando a gente resolve tomar banho juntos. Eu não sei quem é mais infantil.. Após alguns minutos saímos do chuveiro, eu com um roupão e ele com uma toalha amarrada.

Quando saímos do chuveiro já tinha anoitecido de vez. O céu estava totalmente escuro, e estava mais frio também. Percebi isso quando vi que tinha aberto a janela, e fui imediatamente fechá-la. Vou pro quarto e ele estava lá, se vestindo. Usava apenas uma cueca e uma blusa minha que ele gostava (Ele não disse que tinha roupas dele aqui? Bipolar esse menino). Ele sempre teve a mania de usar as minhas roupas.. Ficava mais lindo ainda.. Enfim, entrei no quarto e vesti só cueca já que ia ficar com o roupão. Abro o armário e pego dois edredons e travesseiros, e levo tudo pra sala, abrindo o sofá cama e colocando tudo ali.

T: - sai do quarto e vai para a sala ajeitando o cabelo - Mas a gente já vai dormir?

H: Não né

T: Ah seilá.. Você tem cada idéia - diz indo até sua mochila para pegar seu celular, e se senta no sofá arrumado - Vem, senta aqui!

Sorrio e me deito em seu colo. O mesmo começa a fazer cafuné em mim. Eu poderia viver o resto da minha vida daquele jeito..

T: - mexia no celular enquanto sua outra mão acariciava meus cabelos - Então meu amor, eu tava querendo te falar umas coisas só que esses dias não tava dando tempo..

H: - estava com os olhos fechados e abro lentamente - pode falar

T: Então.. Eu estava pensando da gente viajar essas férias.. Eu não sei pra onde, mas a gente pode ir pra algum lugar, seilá.. Só nós dois

H: Hmmmm.. Eu pensei nisso também

T: Tem alguma sugestão de onde a gente possa ir?

H: Olha, eu tenho sim. Tipo, a minha avó tem uma casa de praia sabe, não é tão perto, mas dá pra gente ir sim, o que acha?

T: É, casa de praia é uma boa! A gente nem vai gastar tanto dinheiro assim, já que a casa é da sua vovó - ri -

H: É, e ela nem mora lá, vamos ficar sozinhos he he he - rio de um jeito malicioso mas engraçado -

T: Graças a Deus, já pensou a gente lá e páh e a sua avó entra? Deus me livre - ele diz num tom fino e engraçado -

H: - ri - "então vó a gente ta brincando de esconde esconde embaixo dos lençóis, nada demais não"

T: Ah claro.. Tá, mas enfim, quando a gente poderia ir, se ela deixar?

H: Eu vou ligar pra ela pra perguntar se a gente pode ir, se ela disser que sim eu passo lá pra pegar as chaves da casa e a gente se manda.

T: Liga o quanto antes, já vou começar a ficar ansioso..

H: - se senta no sofá e puxa Taehyung pra cima de si, o abraçando - Pode deixar que amanhã de manhã eu ligo.. - deixa um beijinho em seu rosto -

T: - ri de uma forma fofa - Ta bom então

H: Vai, me conta como foi seu último dia de trabalho!

T: Ah foi normal.. Não aconteceu merda nenhuma, eu fiquei trabalhando, a empresa estava mais vazia por que alguns funcionários já tinham saído, e como eu fico arrumando aqueles papéis lá eu ando o tempo todo.. Ser ajudante é difícil, dá até pra emagrecer andando! - ri - aí depois o Jeon foi lá falar comigo se despedindo já que ele mora longe, seria uma boa sair com ele também nessas férias!

Taehyung on

Bom, eu me esqueci de dizer um detalhe.. O Hoseok morre de ciúmes do Jungkook. Ele não é o tipo de namorado ciumento e possessivo, mas o Jungkook é uma exceção. Por mais que eu diga que ele é só meu amigo, às vezes ele fica um pouco desconfiado do jeito que ele me trata, que não é nada mais que abraços de amigos. Nós já até brigamos uma vez por causa do Jungkook. Um dia depois do trabalho, estava muito tarde devido a uma chuva forte que tinha dado, e não tinha como Jeon voltar pra casa, já que ele mora bem longe daqui. Eu acabei o levando pra minha casa, eu não o deixaria dormindo na empresa. Beleza, eu fui com ele pra casa. Eu troquei de roupa, e usava apenas uma cueca e uma bermuda, mas jungkook pediu para tomar banho, e ele foi. Eu tinha sentando no sofá e estava mexendo no celular, mandando mensagens pro Hoseok até, mas ele não respondia. Passou um tempinho e a campainha toca. Quando eu abro, me deparo com o próprio todo encharcado e com uma caixa de bombons na mão, enxugando seus cabelos com a mão, e abrindo um pequeno sorriso pra mim. Eu o abraçaria na hora quando percebo que sua expressão muda. Ele faz uma expressão séria e fria, olhando para o que havia atrás de mim. Quando eu me viro, vejo Jungkook com apenas uma toalha amarrada na cintura, com uma toalha na cabeça, e ele dizia "Taehyung, seu chuveiro é maravilhoso, você também". Eu sabia que ele estava dizendo na ironia, mas Hoseok não percebeu ironia nenhuma. Ele apenas me olhou, entregou a caixinha, e saiu em direção ao elevador. Eu fui atrás dele, mas ele disse que não queria conversar naquela hora. Eu fiquei muito triste, até o Jeon ficou meio culpado, já que ele não sabia que Hoseok tinha aparecido ali. Bom, no dia seguinte eu bati lá na casa dele, e você já deve imaginar. Eu expliquei tudo direitinho, fizemos as pazes, e ficou tudo bem denovo. Mas acho que até hoje ele não engole muito a presença do Jungkook muito perto da minha.

Hoseok on

Ah, tava demorando pra falar do Jungkook. Só o Taehyung que não vê que ele quer alguma coisa a mais com ele. Não é normal abraçar seu amigo do jeito que ele o abraça, é apertado demais pra um abraço de amigos! Eu realmente tento ignorar isso, mas às vezes fica difícil. A gente já até brigou por causa dele, e eu realmente detesto brigar com ele. Sinceramente, parece que uma parte de mim fica "doente", e a gente sempre acaba fazendo as pazes. De boas, eu não odeio esse menino, e muito menos quero que ele morra, mas assim, vai dar em cima do namorado de outro cacete. Eu tô pensando seriamente de apresentar um amigo meu solteiro pra esse Jungkook pra ele ocupar a cabeça melhor. Não que eu tenha medo de perder o Taehyung, por que eu tenho muitas provas de que ele me ama e que não me trocaria por ninguém, mas eu não sei, não é a presença de todos os amigos dele que me incomoda, mas em especial a presença deste.

H: Hm

T: - percebe o ciúme de Hoseok transbordando pelos seus olhos -

H: Você mesmo não disse que queria passar as férias só comigo? Agora quer passar com o Jungkook também? Se decide.

T: Calma, não tô falando disso.. Eu só estou dizendo que seria legal se um dia ele passeasse com a gente.. Um dia ele podia ir no shopping com a gente, até por que ele mora longe e não conhece bem as coisas aqui perto da gente..

H: Por que? se ele vai ficar de vela mesmo

T: Há Há Há - faz uma risada sem graça - ele é tímido, totalmente o oposto de você, vocês poderiam virar amigos também!

H: Hm, ele não vai querer ser meu amigo - tentava disfarçar o ciúme -

T: - segura a mão de Hoseok mexendo em seus dedos - Olha, se estiver com ciúmes, eu peço pra não ficar, por que você sabe que o meu coração já tem dono, e você sabe muito bem que é você!

H: - ainda não estava totalmente convencido - hmm ta bom..

T: E que eu te amo muito e não seria capaz de te trocar por ninguém no mundo!

H: Hmmm

T: Aigooo - abraça sua cabeça e dá vários beijinhos -

H: - ri - Eu acredito em você amor

T: Aí depois quem faz cú doce sou eu!

H: - ri novamente - Ow mas tu quer comparar? Cuidado pra não dar formiga aí hein!

T: - dá um peteleco em Hoseok -

H: Ai - ri - senhora doce

T: Isso é calúnia

H: Ta bom senhora doce, calúnia sim.

T: Olha isso é um absurdo, ficar falando que eu faço cú doce quando eu só me defendo naturalmente das situaç.....

Taehyung é interrompido pois os lábios de Hoseok selam os seus.

Hoseok on

Eu sei que ele fica reclamando sem motivo só pra eu ir e mimar ele, isso já não é novidade. Mas eu não vou mentir, eu adoro quando ele faz isso. Ele fica muito fofo dando uma de João sem braço, mas sempre acaba comigo o beijando. Eu poderia fazer isso sempre.. É por isso que as vezes eu fico provocando ele de brincadeira, só pra ele fazer isso.. E eu sei que ele adora quando eu beijo ele de surpresa. Ai Taehyung, só você mesmo pra mexer a minha cabeça assim.

T: - assente o beijo, e após algum tempo ambos se separam por falta de ar -

H: - olha em seus olhos sorrindo, com a língua entre os dentes -

Os dois ficam no sofá conversando e trocando carinhos por mais algum tempo, até que resolvem ver alguns filmes/ séries. Hoseok pega suco e um pacote de salgadinhos, apaga a luz e se cobre no sofá cama com Taehyung ao seu lado. Os dois ficam abraçados vendo os filmes e comendo, até que o sono bate, e resolvem ir dormir, já que ali era o marco inicial das férias que os aguardavam.


Notas Finais


Então, é isso ae Y-Y
Tipo, o capítulo ficou meio bostinha, eu sei. É que por enquanto a fanfic tá meio parada mesmo sabe. Muita coisa vai acontecer ainda, por isso ainda está nessa relação e nessa coisa repetitiva, mas eu sei que daqui a alguns capítulos tudo vai começar a mudar...
Sem mais delongas e mais nenhum spoiler, era só isso que tinha pra falar.
Beijinhos e até mais ^^ (se a criatividade colaborar eu posto o próximo cap ainda hoje)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...