História Forever You (YoonMin) - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Ação, Aventura, Comedia, Romance
Exibições 86
Palavras 2.299
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Harem, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olha quem volto!? Euzinha, pois é né, a fanfic está crescendo... putz, é pouco, mas pra mim serve! Muito obrigado seus retards do meu core.Eu agradeço a quem gasta seu tempo lendo e comentado(Essa merda).No último capítulo deu um bug e não pegou o comentário da dlc que deixou! Mas mesmo assim se você estiver lendo isso obrigado @.Sem enrolação vamu pro capítulo!Hoje vou usar uns POV diferente! Fuis <3

Capítulo 3 - 1.0 - 1.0


Fanfic / Fanfiction Forever You (YoonMin) - Capítulo 3 - 1.0 - 1.0


...

Já era 14:30 da tarde, hoje nos liberaram mais cedo, por ser a primeira aula do ano.A rua não estava tão movimentada, oque era estranho, os meninos não estavam comigo, Tae foi para casa, ele disse que estava cansado — Tae sendo Tae — já o Jin e o Nanjoom foram "namorar". Coitados dos pais do Nan.

Ando despreocupado sem me importar com qualquer coisa. Ali era um bairro nobre, não era?Sim, só que como sempre meu karma me perseguindo.

— Jimin? — Essa voz, me gelo todo.Viro com receio encarando aquele rosto.

Aquele cabelo...loiro.

— Ah, olá Jackson, sempre mais baixo! — Digo rindo e vejo sua cara de indignação.

— Até parece que um centímetro muda algo. Ah, e você não disse isso enquanto gemia meu nome...Jackson-ah , mais rápido... — Ele diz afinando a voz tentando me imitar.Vou pra cima dele.

— Vai me bater Jimin?Tem certeza disso? — Ele pergunta me encarando.

 — Não! — Abaixo a minha mão e encaro o chão — Eu quero, mas não posso!

— Bom garoto! — Ele diz.

— Afinal, oque você veio fazer aqui.Senhor Wang?

— Boa pergunta, vim te atormentar um pouco Jiminzinho. — Ele diz com sarcasmo.

 — Aish, não me chama assim.Quer saber fui!

— Tchau Jiminnie, te vejo amanhã no colégio! — Ele diz e sai rindo.

 — Oque? Jackson volta aqui! — Ele de longe acena sem olhar para trás — Filho da puta!

...

{ Point of View Yoongi }

— Você fez o que JungKook!? — Jhope pergunta desesperado.

— Eu disse a culpa não foi minha! —JungKook se defende.

— Não, imagina, não foi ele que virou as costas para você e saiu sem falar nada! — Rebato.

— Tá a culpa foi minha, mas...eu queria ter ficado continuar com ele, meus pais não me deram essa oportunidade. — Kook diz triste.

 — Tudo bem, entendemos seu lado! — Jhope o consola — Mas e ai, oque aconteceu depois? — Curioso.

— Nós mudamos para Daegu, onde conheci vocês! — Ele fala e sorri de lado.

— Mas eles sabem que você é gay, e aí...tipo não fazem nada com você? — Pergunto.

— Eles não fizeram nada depois que descobriram, bom na verdade só disseram para esconder esse "eu"! —  Ele diz em aspas no eu.

 — Hum, pelo menos não te bateram! — Jhope fala rindo.

— É, já Jimin não posso dizer a mesma coisa! — Ele diz, tanto eu e Jhope o encaramos.

— Como assim!? — Perguntamos em uníssono, já imaginado a resposta.

— Os pais de Jimin desconfiaram de algo, então ligaram para os meus pais e descobriram tudo. Depois de um tempo ouvi eles dizendo que os pais de Jimin o bateram. — Ele diz nos encarando.

— Nossa, coitado! — Digo encarando mimha calça.

— Pera, ele está chorando? — Jhope pergunta e logo o observamos.

— Hum, não sei, pelo menos tem amigos! — Digo vendo um de cabelo rosa o consolado.

Talvez, só talvez eu esteja me apaixonando por esse garoto.Ele se mostra forte, mas já o vi chorando duas vezes.Ele é popular mas parece que não se importa com isso.Sorte, odeios pessoas que se acham o rei do mundo.Claro que eu posso, por que? Porque sou foda!

— E você ainda gosta dele!? —  Pergunto.

Ele me encara surpreso, o encaro nos olhos.Gosto de falar com as pessoas enquanto a olho nos olhos, me da um ar de superioridade.

—  Eu, realmente não sei.Ele está diferente, mais bonito também! — Não sei o que deu em mim nessa hora , só sei que fiquei com raiva.

— Eles estão vindo, haja naturalmente! — Huum Jhope está observando muito um de cabelo vermelho que está do lado do Jimin.

— Diga isso para você,  senhor Jung Hoseok! — Kook fala rindo.

Eles passam e logo depois o sinal toca. Vamos direto para nossa sala.

...

— Sorte que seus pais deixaram a gente morar juntos aqui! — Jhope diz se referindo ao apartamento que dividimos.

— Eles disseram que não ia aguentar eu e vocês! Às vezes não entendo meus pais! — JungKook diz rindo.

— Ei, vamos sair, a gente aproveita e acha algum restaurante!

- Boa ideia suga! — Kook faz cócegas em mim.

— Não sinto, sou foda. E para de me chamar assim, você sabe que eu não sou doce! — Revoltei.

— Desculpa, e não é doce, é açúcar!

— Vamos logo seus retardados — Jhope se manifesta.

— Só digo uma coisa... Jhoooooooooooope! — Jhope me encara e logo ri, acompanhado por nós dois.(N/A: Entedores, entenderão. Haisjaiajajajah)

...

— Restaurante interessante, vamos o cheiro está ótimo! — JungKook diz nos puxando.

— Faminto! — Eu e Jhope dizemos em uníssono.

— Boa tarde! —  Nos viramos e encaramos o garoto a nossa frente.. Era o mesmo que estava com Jimin.O de cabelos brancos pintados.

— Boa! — Respondemos em uníssono. Sentamos na mesa e pegamos o cardápio vendo o que cada um queria.

— Como podem ver, temos vários tipos de gostos. Então colocamos comidas de vários países! — O garoto de cabelo acizentado nos encara.

— Hum, que tal pegarmos essa comida? — Hoseok sugere.

— Ok, queremos essa, e de bebida queremos suco! — Kook pronuncia.

— Ok, esperem alguns minutos, já trazemos a sua comida. — Ele escreve algo no bloco em suas mãos e sai.

— Esse não é o amigo do Jimin? — Jhope pergunta, apenas aceno positivamente a cabeça.

— É, ele trabalha! Normal nós só não trabalhamos por causa de JungKook! — Digo e os outros a minha frente riem.

— Gente aquele ali não é o Jimin? — Jhope diz e me viro.Era ele mesmo.

O mesmo entra e vai para o balcão cumprimentado o de cabelos branco que agora estava ali.

Por sorte estávamos perto do balcão então deu para ouvir a conversa.

— Jimin! O que você tá fazendo aqui?

— Nossa, é assim que se recebe um amigo! — O mesmo fingi está magoado.

— Ah, tanto faz. Se cansou lá das suas empregadinha e veio aqui foi!?

— Nanjoom caso você saiba, e você sabe eu não tenho empregada. Sou eu e aquele silêncio naquela porra de apartamento.

— Desculpa senhor riquinho! Se não quer, me dá!

— Idiota! — Jimin ri — Cadê o senhor delícia?

— Tô aqui! Oie amor, tudo bem? — Um de cabelos rosa sai de dentro da cozinha e abraça Jimin.

— Tô ótimo e você?

— Filho da puta! Ele é meu! — O outro puxa o de cabelos rosa, fazendo se soltar bruscamente de Jimin.

— Já entedi Nanjoom, mas e ai você e Jin não iam namorar?

— Fala baixo - O rosado pede — Íamos, mas lembramos que não somos rico e temos que trabalhar se quisermos comida.

— É Jimin, nem todos são ricos!

— Tá eu sou fogaldo! Mas estou aqui como amigo e cliente e eu tô com fome caralho!

— Quer o quê?

— O de sempre!

— Ok, tô indo fazer. — O rosado fala e entra de novo na cozinha.

— Me leva até a mesa! — Jimin pede.

— Toma no cu Jimin! — O acizentado fala e levanta o dedo do meio mirando Jimin.O mesmo ri.

— Eu levo, amorzinho! — Me viro mais e vejo que um loiro fala atrás de Jimin.

— Se ferrou! — Nanjoom se refere a Jimin — Boa tarde Jackson! — Nanjoom ri.

— Tá, não sei como você é amigo dele.

— Me poupe Jimin, fui — Nanjoom fala e entra na cozinha.

— Aish! Já não basta te ver na mesma escola que eu! Tá me seguindo é? — Vamos concorda aqui que um Jimin enfurecido é fofo.

— Fofo, não estou te seguindo. É o simples fato que almas gêmeas devem ficar juntas. E para de cú doce Jimin!

— Tá, seja meu amigo e não me infernize a vida.

Nanjoom sai da cozinha e trás nossa comida, nessa hora Jimin nos encara de boca aberta.

Vejo o tal do Jackson se virar para onde Jimin olha e logo o mesmo empurra Jimin para alguma mesa.Mas o infeliz tinha que empurrar ele para a mesa do nosso lado.

Me viro e dou de cara com um Jhope rindo da situação e um JungKook pálido.

— JungKook... — O chamo e o mesmo me encara — Você tá bem? — Ele acena. Nossa comida é deixada na mesa e nos servimos.

— Jiminnie, por quê tá assim — Jackson, não sei porque mais tô ficando com raiva desse cara.

— Assim como tô ótimo, imagina tá tudo bom...tudo certo! — O mesmo suspira — De todas as mesas por que logo essa?

Conseguia ouvir pelo simples fato de estarem do nosso lado, acho que os meninos também estão ouvindo.

— Qual o problema? Não vejo nenhum problema de está aqui, é por esses caras gatos ao nosso lado? — Tá, o plano dele de falar baixo não deu certo.

— O quê!? — Isso saiu meio alto — Não, olha a comida chegou.

— Nanjoom me ajuda!

— Nã,o se ferra sozinho aí! 

— Que amigo, em!? — Nanjoom da de ombros e sai.

— Jiminnie que tal a gente repetir?

— O quê, repetir o que!?

— Você sabe, aquela noi...—Jimin o interrompe.

— Não! Cala a sua boca Jackson, não me faça perder a fome.

— Sei que gosta, só digo verdades!

Encaro Jimin, o mesmo estava corado encarando a comida.

— Hum, muito boa essa comida! — Jhope fala e logo me encara. Ele solta um riso malicioso, aceno negativamente a cabeça.

— Parece que tem gente apaixonada aqui!

Arregalho os olhos, mas ele podia tá falando de JungKook também, ou do loiro ao nosso lado.

— Diz o garoto que não parava de encarar o ruivo ao lado do Jimin! — JungKook diz, na mesma hora eu arregalho os olhos de novo e os dois me seguem.

Olho para o lado e vejo um loiro confuso e um Jimin sem expressão. Olhando para nós, encaro Jimin, o mesmo me encaram de volta. ele cora.

Talvez por JungKook ter falado o nome dele. Ou pelo meu olhar.

— Droga JungKook! — Um Jhope bravo é engraçado.

— Desculpa foi sem querer!

— É Jackson, eu...eu tenho que ir!

— Mas tá cedo Jimin!

— Você paga amanhã eu te dou o dinheiro.

— Ok... — Jimin já tinha ido.

— Vamos? — Pergunto e eles acenam.

Nós levantamos e vamos em direção ao balcão. Dessa vez o tal do Jin que estava lá.Pagamos.

— Obrigado e voltem sempre! — Ele realmente é bonito de perto.

— Ei vamos para um parque que tem aqui por perto? — Sugiro e eles concordam.

...

— Nossa, aqui é realmente bonito! — Jhope e eu ficamos impressionados com Seul, pelo simples fatos de virmos para cá estudar e esses troços. Já JungKook conhecia o local.

— Bobos, eu não acredito! — Olhamos para JungKook e o mesmo estava de boca aberta, olhamos para onde ele olhava e vimos Jimin encostado em uma árvore.

— O garoto vai pensar que estamos seguindo ele! — Jhope está certo, mas isso não é uma má ideia.

— Ei! — Eles me olham — Já que tamo aqui que tal espionar ele!?

— Como ?! — Um JungKook surpreso e curioso é bonito.

— Gostei vamos fazer isso mesmo!

— Ok! — Todos concordam e vamos para trás de um árvore, a mais próxima de Jimin para ouvimos.

— Ah luhannie, por favor! — Nem percebi que tinha um cara lá com ele.

— Ok Jimin, mas você sabe que eu tenho que ajeitar as coisas pra festa de início de ano lá da escola!

— Obrigado, você é uma delícia, te amo!

— Haha eu sei Jiminnie! — Esse aí consegue ser pior que o outro loiro lá.

— Então...você e o Sehun como vai?

—E-eh, não vai muito bem!

— Porque?!

— Calma Jimin, olha respira...ele brigou comigo, depois ele foi pedir desculpa e eu não aceitei! — Esse garoto consegue falar mais rápido que o Jungkook.

— Você o quê Lu Han?

— Meu Deus Jimin, calma.Eu disse para respirar — Resmunga.

— Tá, mas perdoa logo ele! Se eu não eu roubo teu namorado!

— Hahaha, você é engraçado!

— Eu não estou brincando!

— Você não seria capaz disso, não é!? — Pergunta incrédulo.

— Não, haha. Mas você é besta viu!

— Ata, diz a pessoa que tá gostando do melhor amigo do seu ex!

Jimin arregalha os olhos. Acho que os dois atrás de mim também arregalaram.

— Como você!?

— Sei? — Jimin acena — Fácil, somos amigos a três anos, depois do Jin sou seu amigo mais próximo. E sei de seus segredos mais obscuros Jimin! — Um sorriso malicioso surgi em seus lábios.

— Aish, não me lembre disso!

— Haha, só eu sei o que você fez aquele dia.

— Na verdade não! — O outro abre a boca — O Jackson infelizmente lembrou e agora me infernizar a vida.Ele vai estudar na mesma escola que nós Luhan!

— Mentira, se ferrou trouxa! Mas e ai, cê sabe como ele é, alguma hora ou algum dia, ele vai usar isso contra você. Porque ele é um baita filho da mãe!

O celular de Luhan toca.

— Alô, ah oi...mas, mas é que eu estou...tá ok, já tô indo! — Jimin fica curioso.

— Quem era?

— Minha mãe, eu tenho que ir! Parece que o Sehun deu de aparecer lá, e você mesmo sabe como minha mãe é!

— É, eu sei! — Jimin fica triste, me doe ver ele assim e não poder fazer nada.Pelo menos não ainda.

— Ah Jimin, não fica assim! Lembra que você tem a gente.

— Haha — Ele da um sorriso sem ânimo — Ok, mas eu também vou!

— Pra minha casa?

— Não né, pra minha solidão de todo dia!

— Ah, só pra te avisar a festa de início desse ano vai ser de fantasia — Luhan faz uma dança brega.

— Yey ! — Jimin joga os braços para o ar — Eu amo festa a fantasia!

— Só não vai sair pegando todos!

— Esse trabalho é do Taehyung! Idiota, eu só bebo mesmo. Talvez um pouco a mais do que devo beber.

— Ok, tchau Jimin até amanhã! — Eles se abraçam.

— Até!

 Jimin sai, acho que ele vai para sua "casa" agora.

— Revelações, eu gostei de espionar. Me lembra de fazer isso mais vezes! — Jhope.

— Hah, agora vamos!

Fomos direto para casa!

...



Notas Finais


Então, esse capítulo eu caprichei(ou não), desculpem os erros ortográficos, obrigadinha. Demorei de postar, mas o importante é que(TO DE FÉRIAS POHA)Obrigado Deus. Se quiserem me dar idéias, tá aí, sla sabe, minha imaginação é drogads. Hauahahsha,comentem aí dlcs!Claro se quiserem! Fuis <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...