História Forever You (YoonMin) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Ação, Aventura, Comedia, Romance
Exibições 64
Palavras 3.142
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Harem, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oie voltei, eu quero que vocês comentem muito... porque este capítulo,amores esse capítulo tá igual ao Tae(Delicious) então vamo lá! Leiam as notas finais, obrigads. Fuis <3

Capítulo 4 - 2.0 - 2.0


Fanfic / Fanfiction Forever You (YoonMin) - Capítulo 4 - 2.0 - 2.0


...

{ Point of View Taehyung }

— Não sei, mas eu quero te beijar! — Alguém dizia, eu não consigo enxergar essa pessoa. A única coisa que consigo ver é seu sorriso.

— Então me beije! — Essa pessoa solta um sorriso, do branco de seus dentes tudo a minha volta fica branco e eu acordo.

— Porra! — Resmungo ao ver que estava suado e... excitado?Como não costumo ficar excitado em sonhos tão simples assim.

Minha vó sempre diz que um sonho significa três coisas : ou é alguma lembrança, seja da vida passada ou uma recente que esquecemos, ou uma visão, ou é apenas um sonho. Eu acredito em minha vó, ela é uma mulher sábia e muito querida. Só que ela esses dias não está na melhor, ela já foi parar no hospital duas vezes...estou com medo de perde-lá, ela cuidou de mim por 14 anos.

Não vamos pensar nisso agora, afinal é de manhã e é terça, ou seja, terça-feira tem aula. É início de ano, não precisaria ir, mas até resolver tudo, de aulas até horários, tenho que ir para não perder. E se eu não fosse o Jimin iria me matar! Um lado bom do início do ano é que posso imaginar como o meu ano vai ser. Fazer metas: de paixão à estudos, só quero que se orgulhem de mim. (N/A: De mim/ Jimin, tá parei. Essa piada é velha .-)

Me levanto e vou ao banheiro, trato de tomar um banho rápido, mas que me deixe cheiroso. Uma boa higiene significa pessoas ao seu pé, claro ser lindo também da certo. Saiu do box, me enxugo e deixo a toalha lá mesmo, só tem eu aqui e a janela está fechada.Pego minha roupa que deixei em cima da mesa do meu computador(para não ter trabalho)e visto. Hoje o sol resolveu aparecer então não coloquei outra blusa. O clima de Seul é engraçado, mas é aconchegante! O frio aqui é intenso, mas eu gosto. Me sinto melhor de blusa de frio, mas claro meu corpo está em boa condição. Não sei como, eu não sou nada convencido. Desço as escadas e vou para cozinha.

Minha mãe ainda estava lá, já meu pai tinha ido trabalhar.

— Bom dia omma! — Me sento na mesa e começo a comer a comida deixada no prato a minha frente.

— Bom dia Tae! — Minha mãe me olha e sorri — Então...algum namorado novo!? — Engasgo na mesma hora.

Minha mãe sempre soube da minha opção sexual, e ela me apoia com isso, ela também sabe dos meus amigos. E o mais engraçado de tudo é que ela fica perguntando pra mim ou para os meninos se já arranjamos namorado.

— Calma Tae, só foi uma pergunta! Não a terceira guerra mundial! — Minha mãe ri de tudo.

— Não, mas chegaram uns garotos até que bonitinho lá na minha sala! — Termino de comer e coloco o prato na pia.Subo as escadas e vou em direção ao meu quarto, escovo os dentes, dou uma última olhada no espelho.

— Você é lindo! — Digo me encarando no espelho. Sempre fui meio inseguro, mas depois que conheci os meninos eles me mostraram que não importa a sua beleza ou algo do tipo, depende de você, de seu interior. Claro foi o Nanjoom que disse isso, o Jin apenas o acompanhou. Já o Jimin, o Jimin é o Jimin!

— Tchau mãe! — Desço as escadas e saiu de casa.

— Tchau! — Minha mãe diz, meio abafado, porque a porta está fechada.

Minha casa é perto mais não muito do colégio, então de pé é uns 10 min. Vejo três garotos, esses três garotos que disse a pouco tempo atrás que eram lindos. Mas o que mais me chama atenção dos três é o de cabelo laranja, vulgo Jung Hoseok, nome lindo, igual ao dono.

Percebo que encaro os três a muito tempo, desvio o olhar e atravesso a rua, fazendo assim eu ficar na frente deles.

Droga, estou nervoso! Me apaixono muito rápido e esse Jung Hoseok não ajuda em nada.

— Taehyung! — Essa voz eu conheço muito bem. Vejo Jimin do outro lado da rua acenando para mim, ele atravessa a rua e vem até mim. Mas antes ele comete um erro, ele olha para trás, e com isso eu também olho. Vejo os três a poucos passos de nós, o problema é que eles nos encaravam. Minha intuição que até agora não falhou comigo.

— Oi TaeTae! — Jimin me olha e da um daqueles sorrisos que só ele saber dar. — Tudo bem? Você tá meio longe! 

— Ah, oi Jimin, não eu estou ótimo! — Ele me olha, esse olhar já descrevi o que ele pensa. — Tá, você não... — Penso no que vou dizer — Você não fica meio, incomodado!?

— -Shiiu! — Ele arregalha os olhos e tampa minha boca — Claro, afinal eu... — Ele tira a mão da minha boca e olha para baixo triste — Eu ainda amo ele Tae! 

Quando Jimin tampou minha boca fez a gente desacelerar o passo, ou seja, eles estão muito perto. Olho para Jimin, o mesmo percebi o erro e fica meio receoso.

Só quero ter ver feliz Jiminnie!

— Jimin, Tae! — Vejo Sehun e Luhan chegarem.

— Oooooowwwwttttttt, o casal voltou...bom, seguiu meu conselho, não é Luhan!? — Esse Jimin é muito bipolar.

— Depois de você ameaçar pegar meu namorado, tive que tomar uma iniciativa! — Luhan abraça Sehun de lado.

Vejo os muros do colégio, estamos perto.(N/A: Avá!)

— Depois me chama de vadia! — Digo fazendo um biquinho.

— Ah não fica assim Tae! Te amo tá, é só brincadeira! 

— Ok! — Curto e preciso.

— Hum, falando nisso, o que não tem nada haver, a festa vai ser a fantasia! — Sehun fala e logo nos encara.

— Sim, o Luhan me contou! Já sei do que eu vou, a festa é quando? — Jimin da pulinhos.

— É depois de amanhã, eu e o Luhanzinho vamos de... — Sehun é interrompido.

— Amor, é segredo! — Luhan é mestre nos olhares. — E então... — O mesmo é interrompido.

Sério, tá de sacanagem! Hoje é o dia de pessoas serem interrompidas.

— Jiminnie! — Eu e Jimin viramos para o lado e vemos um Jackson eufórico correndo até nós.

— Oie! Tudo bom com vocês — Jackson consegue ser muito irritante, mas ele é legal.

— Sim! — Luhan e Sehun dizem juntos.

— Aish, tá me perseguindo é caralho!? — Jimin fala estressado.

Não sei o que, mas Jackson sussurrou algo no ouvido de Jimin, que o fez parar até de respirar.

— Hah, bom garoto! — Jackson fala e eu encaro Jimin, o mesmo mantinha os olhos arregalados.

— O quê? — Jimin me encara e acena a cabeça, faço um bico.

— Não tente entender Tae, o Jackson sabe de coisas que não devia saber! — Luhan encara o Jackson, se olhar matasse, hah Jackson já estaria morto.

Agora fiquei curioso. Estamos bem perto do colégio, alguns metros do portão de entrada.

Jackson se vira e continua andado, só que dessa vez ele anda de costa encarando os três garotos atrás de nós. Viro meu rosto para ver o que esse babaca vai fazer.

— Hum, vocês não são os novatos? Assim, vocês também estavam ontem no restaurante. — Tá agora eu buguei.

— Você também é novo Jackson! — Sehun o encara.

— Sim, mas eu já estudei lá e sai, mas eles não! — Ele sempre tem alguma resposta, impossível.

— Vocês são bonitos, huh! — Ele vira para Jimin. Vejo os três garotos atrás de nós desacelerarem os passos. — Olha Jiminnie, são aqueles que estavam do nosso lado!

Jimin não diz nada. Vejo um Jeon JungKook inquieto, um Jung Hoseok com uma cara de interrogação e um Min Yoongi compreensivo.

— Jimin, não liga! — Me viro para os três garotos — Desculpa, o Jackson é babaca as vezes!

— Sempre! — Sehun fala. Jackson me encara e depois encara o Sehun.

— Olha Jimin! — Jimin não o responde. Jackson impaciente vira o Jimin para os três garotos.

Nessa hora todos nós paramos, a alguns centímetros do portão.

— Por quê você não quer olhar para eles Jimin? — Jackson pergunta.

Me viro para Jimin, encaro os três. Ambos de olhos arregalados.

Vejo Jimin falar um porque mudo, seus olhos começam a marejar. Olho para JungKook, seus olhos brilhavam.

Tudo passou em câmera lenta!

O Yoongi estava com uma cara de dó encarando Jimin, enquanto o Hoseok estava sem expressão. JungKook estava totalmente parado igual a Jimin, eles se encaravam intensamente, pareciam que falavam por olhar.

Eu descobri agora o que Jimin passou, sei que a culpa não é de nenhum dos dois. Mas sinto pena do Jimin, pelo o que sei ele é o único que sofreu mais.

Só quero te ver bem, ChimChim!

JungKook levanta o braço em direção ao Jimin, o mesmo arregalha seus olhos. O momento que eu pisco Jimin já estava entrando correndo para dentro daquele colégio, sendo seguido por olhares de alunos curiosos.

— Parabéns Jackson! — Digo e saiu correndo atrás do Jimin.

Vejo o Sehun e o Luhan abandonarem o Jackson.

Jimin entra no banheiro do primeiro andar, o do último corredor, esse mesmo corredor que estava deserto agora.

Jimin! — O chamo, o mesmo vira para mim. Seu rosto não estava mais com aquele sorriso radiante.

— Não chore Jiminnie, você é ainda mais bonito com seu sorriso! — Ando em sua direção e abro os braços, ele me abraça, tento passar o máximo de confiança possível.

— Jimin! — Um Jin sendo acompanhado por um Nanjoom, entra desesperado no banheiro.

— Vocês estão bem? O que houve? Por que o Jimin tá chorando? — Jin nos enchia de pergunta, Nanjoom põe sua mão no ombro de Jin.

— Calma amor, vamos da um tempo para o Jimin se recuperar! — Nanjoom sempre o mais calmo de nós três.

Jimin se solta dos meus braços e vai até a pia, ele lava seu rosto e enxuga-o na blusa de frio que usava.

— Obrigado Tae! — O mesmo me encara, entendo seu olhar e aceno.

— Ok! Vou contar o que aconteceu...— Jin vai até Jimin e o abraça.— Resumindo, estava vindo para cá quando três garotos andavam na mesma direção que nós, esses garotos eram nada menos que JungKook e seus amigos. Jimin logo vem para perto de mim, ficamos meio perturbado por saber que os três estavam atrás de nós, eu ainda falei isso com o Jimin! Então, depois de um tempo o Sehun e o Luhan se encontra com a gente, tava tudo ótimo na boa até a desgraça do Jackson aparecer! — Jin abre a boca, mas não fala nada. Nanjoom estava quieto — Ele fazia brincadeirinhas com todos nós e ficava perturbando o Jimin! Depois ele se meteu no assunto dos três garotos, dizendo que eram bonitos que Jimin devia olhar para trás... — Suspiro — E Jimin não escutou, ou fingiu não escutar, então ele virou o Jimin de frente para os três atrás de nós. Sinceramente essa cena para mim passou em câmera lenta, o Jimin e o Jungkook estavam paralisados e não paravam de se encarar, JungKook levantou a mão para Jimin, é tipo do jeito que eles...que eles... — Sou interrompido por um Luhan entrando no banheiro.

— O JungKook levantou o braço para o Jimin aceitar o abraço, pode ver sua dor em seus olhos! — Luhan ia dizer outra coisa mas o sinal toca.

— Porra, isso me deixa surdo! — Nanjoom diz e todos nós o encaramos.

— Que santo Moni! — Jimin ri. 

Cada um foi para sua sala.

...

{ Point of View JungKook }

— Vamos logo, não quero me atrasar — Jhope diz.

—  Ata, diz o cara que demora um século para se arrumar! — Yoongi fala e logo saímos do apartamento, indo em direção da saída do prédio.

— E então Kook, como se sente sabendo que estuda no mesmo lugar que seu ex? — Yoongi sempre estraga prazeres.

— Eu não vou dizer, apesar de já ter dito algo parecido com isto antes! — Eles me olham, só olho para frente.

Vejo um cara familiar, é o amigo bonito do Jimin! Ele também é ruivo.

— Olha que gatinho! — Jhope diz e o encaramos perplexos.

— Você tá ligado que é o amigo do Jimin né!? 

— Sim, mas quem teve algo foi você não eu, e vamos admitir aqui, ele é lindo!

— Quem Jimin? — Yoongi diz. Ele anda muito estranho em relação a Jimin.

— Não idiota, o amigo do Jimin!

— Kim Taehyung! — Digo.

— Como sabe Jeon?

— Diferente de você Hoseok, eu presto atenção na chamada.

— Nossa, Ok!

—  Ei, ele atravessou a rua, agora ele está na nossa frente!

— Sim, mas então sobre o negócio da festa de começo de ano!?

— É, e é a fantasia. Já sei do que eu vou!

— De quê? — Pergunto.

— Piloto! — Jhope e Yoongi dizem juntos. Os dois se olham e arregalam os olhos.

— Piloto de avião e você? — Suga suspira.

— Eu de carro, coincidência! — Jhope ri.

— Taehyung! — Jimin, não. Então quer dizer que ele mora por aqui, bom saber.

— Se ferrou jão! 

Encaro o Jhope, se olhar matasse ele já estaria morto a dois anos atrás.

— Shiiu, vamos ver se dar para ouvir algo! — Suga diz e aumenta os passos, o sigo junto com Jhope.

— Eles estão perto mas não dá para ouvir nada! — Jhope, outro estraga prazeres.

Vejo Jimin tampado a boca de seu amigo, logo depois olha para baixo.

— Jimin, Tae! — Vejo o garoto que estava com Jimin, no dia que espionamos ele e com outro de mãos dadas.

Eles conversam algo, estávamos perto mas não o bastante para ouvir.

— Jiminnie! — Ah claro, tinha que ser aquele cara do restaurante. 

Eles conversam mais. Por causa do loiro que chegara todos estavam falando mais alto.

O loiro se vira para trás, nos encarando.

— Hum, vocês não são os novatos? Assim, vocês também estavam ontem no restaurante. — Vejo Yoongi acenar a cabeça.

— Você também é novo Jackson! — Um garoto lindo de cabelo meio colorido fala.

— Sim, mas eu já estudei lá e sai, mas eles não! — O garoto fala e nos encara.

— Vocês são bonitos, huh! — Ele vira para Jimin. Esse garoto é estranho. Paramos os passos aos poucos. — Olha Jiminnie, são aqueles que estavam do nosso lado!

Jimin não diz nada. Do canto de olho, vejo o Jhope olhando o amigo do Jimin, ele queria dizer algo, mas parece que alguma coisa o impedia. E Yoongi, esse tinha um olhar de pena sobre Jimin. Mas eu conheço o Yoongi e sei muito bem o que significa esse olhar.

— Jimin, não liga! — O outro ruivo amigo de Jimin fala. — Desculpa, o Jackson é babaca as vezes!

— Sempre! — O colorido diz, vejo o loiro encarar o ruivo e depois o de cabelo colorido.

— Olha Jimin! — O loiro fala, porém Jimin não o responde. 

Ele vira Jimin de frente para nós.

Nessa hora todos nós paramos, a poucos passos do portão.

— Por quê você não quer olhar para eles Jimin? — Esse loiro é chato.

Tanto eu, quanto Jhope e Yoongi estávamos de olhos arregalados. Meus olhos começam a marejar. Vejo Jimin falar mudo, não consegui entender o que ele disse.

Meus olhos só tinha atenção para Jimin. Como o tempo o deixou mais bonito, seu corpo perfeito, seus olhos, que por dessa vez já caiam lágrimas, e por fim seus lábios. Aqueles lábios que a anos atrás tinha provado o gosto.

Por impulso levanto meu braço em direção a Jimin, ele fica parado. A única coisa que vejo é Jimin sair correndo para dentro da escola, alunos curiosos o olham. Abaixo a cabeça.

Minha mãe sempre disse que: palavras machucam, mas gestos ferem mais. E eu sei que machuquei o Jimin. Tanto em palavras, quanto em gestos.

Me arrependo de tudo. Do quanto eu o machuquei, do quanto eu fui um idiota, eu não liguei para seus sentimentos Jimin. O tempo passa, mas a dor não.

— Aigoo, não entendi. Então tchau! — Percebo que o loiro tinha sido abandonado.

— Vocês entedram algo aqui? — Jhope pergunta.

— Não, coitado do Jimin! Não fui com a cara desse tal do Jackson. — Yoongi fala enfurecido.

— É, também não! — O sinal toca. — Vamos não quero me atrasar no segundo dia de aula! — Jhope anda, o seguimos.

...

— Eu acho que essa roupa tá muito colada no meu corpo. — Falo caminhando e observando minha roupa. Eu realmente gostei dessa blusa de estrelas e luas.

Eu, Jhope e Yoongi estamos indo em direção a festa do colégio. É meio estranho três caras andarem de fantasia em pleno começo de ano. Mas a partir que andamos vemos algumas pessoas indo em direção ao colégio, para a festa.

— Para você tá sexy nessa roupa! — Jhope me encara e depois põe o dedo na boca.

— Esperem até chegarmos no colégio, aí vocês se pegam nos fundos dele!

— Ah, deixa de ser chato yoon, você também tá um arraso nessa roupa de piloto!

— Cala a tua boca, se não eu mesmo a calo! — Yoongi fala, apenas rio.

— Com um beijo!? — Eu só acho que o Jhope não devia provocar tanto o Yoongi, mas ele leva na boa.

— Talvez! — Yoongi solta um sorriso ladino para Jhope. Eu apenas começo a rir que nem louco.

— Pode parar aí, estamos chegando perto do colégio! Não quero um louco ao meu lado.

— Ah, deixa de ser estraga prazeres Yoongi! — Digo manhoso.

— Você é muito fofo kookie! — Jhope me abraça de lado.

...

A festa realmente estava ótima! As luzes, comidas, estava toda caracterizada, por dentro e por fora. Só quero ver o trabalho para limpar depois.

E essas músicas, amei! Pelo menos algumas pessoas dessa escola não tinha mal gosto.

Por sorte, por causa da festa não vamos ter aula amanhã. Yes baby!

Não sei como conseguiram arrumar tão rápido isso tudo em só um dia.

Mas é só a parte do centro do colégio, ou seja um enorme pátio feito para festas, ou bailes.

— Epa, olha quem está chegando! — Jhope diz e eu e Yoongi olhamos para porta.

Acho que agora posso dizer que estava babando.

Park Jimin estava entrando, aquela roupa colada em seu corpo. Pelo amor! Olho para o lado e vejo os dois babando.

— Parem de babar, pelo amor! — Digo e os dois me encaram.

— Querido, olha aquelas pernas do Kim Taehyung, que demônio gostoso. — Que Jhope tarado. Taehyung estava de demônio, mas ao invés de calça esse usava um short listrado.

— Tarado, e você Yoongi baba pelo o quê? — Ele bebe sua bebida. Isso com certeza é álcool. Não sei se a escola deixa, mas as vezes é preciso ligar o foda-se da vida.

— Seokjin e Nanjoom, esse casal tá lindo! — Realmente Jin estava de enfermeiro e Nanjoom, não sei. Acho que de badboy?

— Mas Jimin de secretário é lindo! — Encaro Jhope, ele ri.

Yoongi encarava um ponto fixo. Não sei o que é, só quero curtir. Depois pergunto porque ele anda estranho esses dias.

...


Notas Finais


Tarde né? Hauahahsha. E então gostaram, porque eu gostei. Queridos isso é só o começo de tudo, hauahahsha! AGORA A PERGUNTA: vocês preferem como os capítulos?Tipo que eu faça de 600 a 1000 palavras, ou de 1000 a cima!? Respondam aí nos comentários. É isso, prometo tentar postar vários capítulos durante a semana! Fuis <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...