História Forever Youngs - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~SweetCryGirl

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Agatha, Alexy, Ambre, Armin, Boris, Castiel, Charlotte, Iris, Kentin, Kim, Li, Lysandre, Melody, Nathaniel, Peggy, Personagens Originais, Priya, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Senhora Shermansky, Viktor Chavalier, Violette
Visualizações 7
Palavras 1.456
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Musical (Songfic), Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Heeeey olá humanóides que aqui habitam <3
Estou escrevendo essa história com minha abiguinha,e é nossa primeira postando aqui.
Não há muito o que falar ainda, então esperamos que amem a fic tanto quanto nós! :3

Capítulo 1 - Nós chegamos.


Fanfic / Fanfiction Forever Youngs - Capítulo 1 - Nós chegamos.

Pov. Miya

O ambiente estava calmo e aconchegante dentro do veículo, que se movia lentamente em meio ao trânsito.
Ao som suave de “Lights down low” – MAX na rádio, que preenchia o lugar com os vidros semiabertos, buzinas de carros e arrancadas de motos ficavam quase que inaudíveis do lado de fora.

A estrada seria longa até o nosso destino... Um campus onde viverei longe de tudo. Desde os holofotes intimidadores e paparazzis perseguidores, até fãs loucos a cada passo de minha vida... Quero dizer, é claro que gostava da admiração e amor das pessoas, mas chega a um ponto meio que sufocante, não faz bem. Por isso resolvi me afastar.

Tudo aquilo me dava um frio imenso na barriga e eu não consigo entender o porquê. Talvez o sentimento da liberdade afinal, sem preocupações entre as páginas e tintas de contratos, ou pesos de responsabilidade sobre os ombros...
Apenas uma adolescente... comum!

A paisagem passava rápida pela janela. Recostei-me no vidro para que os pequenos raios de sol acariciassem minha pele.
Atenta ao horizonte, pensava no que a grande Sweet Amoris me aguardava.
 
— Senhorita Mitchell, está me ouvindo pra variar? – O ouvi perguntar ao volante, sarcástico.
— E-Er... Pra falar a verdade não... Desculpe... – Respondi ainda encantada com o novo local. – E não me chama assim Hills! – Dessa vez me virei para encará-lo de braços cruzados. Ele faz isso pra me irritar, sabe que odeio formalidades.
Pude perceber um pequeno sorriso travesso brotar em seus lábios nos poucos segundos que desviou sua atenção da rua para mim. 

Liam Hills é um dos meus melhores amigos, os que ainda restavam na lista de verdadeiros. Nos conhecemos antes mesmo da minha “fama”. Como um irmão pra mim, e estava comigo todas as vezes que fiz algo errado, que precisa chorar um pouquinho ou mares em seu ombro.
— E aí, curtiu a nova cidade? – Indagou o moreno.
— Talvez... – Disse dando de ombros, com um leve sorriso. Não me acostumo fácil assim, pra mim isso é tudo novo.

Mandei mais de 6 mensagens pra Madisson, e, enquanto ela não me respondia, esperava no veículo escutando meus álbuns antigos nos fones. Logo minhas pálpebras pesaram, me fazendo adormecer nos bancos de trás por apenas alguns minutos. Estava muito ansiosa com tudo aquilo, e a cada segundo, segurava o pingente em meu pescoço que minha avó havia me presenteado antes de me deixar. Agora, as únicas pessoas que eu podia contar eram a Mad e Liam.
— Olha...Se passaram horas, e, não chegamos é isso? – Cruzei os braços de modo impaciente. – Essa Sweet Amoris... Prevejo problemas! – Falei com o olhar direcionado ao celular, mexendo nos aplicativos para fazer o tempo passar mais rápido.
— Calma, 'eu hein'...garota desesperada... – Respondeu fingindo irritação, me fazendo revirar os olhos com um singelo sorriso. – E se quer saber estamos quase chegando... Só preciso parar aqui um pouco, já volto!
Ele estacionou em frente a uma cafeteria Starbucks.
— Relaxa, não vou fugir... – Debochei enquanto ele retirava seu cinto. Deu um sorriso antes de caminhar para fora da BMW prateada, fechando a porta atrás de si.

Após uns 5 minutos ouvi batidas fortes no vidro do carro. 
— OH MEU DEUS É MIYA MITCHELL!! POR FAVOR ME DÁ SEU AUTÓGRAFO??! – Berrava.

Era só o que me faltava... Uma fã. Não queria dar autógrafos agora, então apenas ignorei. Só que em menos de 10 minutos uma multidão de pessoas se formou em volta do carro, gritando freneticamente.
Acabei por me esconder embaixo dos bancos. “Socorro Liam, cadê você??”
A porta foi destrancada, e, por impulso, me encolhi mais ainda ali embaixo, pensando ser algum fã fanático.

O olhei  ali debaixo, era Liam. Ele estava com duas sacolas. Respirava profundamente e seus cabelos castanhos estavam levemente desgrenhados. Deve ter enfrentado muita gente para conseguir se aproximar. Seus olhos azuis estavam arregalados enquanto trancava as fechaduras.
— PISA FUNDO! – Gritei, quando percebeu onde eu estava, e ele assim o fez.
Ao nos afastarmos da loucura pude, enfim, soltar o ar que nem sabia que estava prendendo, voltando ao meu lugar.
O moreno segurava uma gargalhada ao perceber o estado do meu cabelo.
— Nem. Ouse. – Sibilei com os olhos semicerrados. – E você nem está tão diferente!
Honestamente, se fossem apenas autógrafos eu até sairia e daria. Mas alguns queriam me abraçar (vulgo esmagar) e outras cortar minhas preciosas madeixas alaranjadas. Sabe-se lá pra quê!

Enfim, chegamos aos portões da grande República. Peguei minha mochila, e suspirei fundo. "Não devemos ter medo dos confrontos... Até os planetas se chocam e do caos nascem as estrelas." Pensei comigo mesma essa frase enquanto apertava uma das alças. Era uma das expressões preferidas de minha vó, sinto falta dela...

Liam percebeu que estava inquieta, e num gesto rápido colocou sua mão sobre a minha, me confortando.
— Vai dar tudo certo... – Disse ele com um sorriso gentil.
“Vai mesmo?” era o que eu queria perguntar, no entanto simplesmente assenti, indo em direção ao lugar em passos lentos. “O que será que me espera dessa nova fase? O que será que vai acontecer? Será que vou me adaptar?”
Mesmo tendo ciência de que estaria lá com Mad e não sozinha, essas dúvidas martelavam em minha mente.

Pov. Madisson 

Acordei com o súbito barulho do avião, ao passar por uma pequena turbulência. Levei um susto e me endireitei num pulo. Logo passando as mãos pelo rosto, que devia estar todo amassado pela viagem por sinal. A rosada ao meu lado, apenas me fitava com um sorriso. 
– Perdeu algo na minha cara? - Perguntei, após um bocejo a encarando. 
– Sempre tão educada minha querida... - Respondeu Agatha, revirando os olhos. Dei de ombros olhando através da janela. Já estava me cansando de ver apenas nuvens passarem por nós, apesar de ser uma linda visão, ainda mais com o sol nascendo. Finalmente, havia deixado tudo para trás. Recomeçaria minha vida da estaca zero. Infelizmente.

Tia Agatha viria comigo somente para assinar a minha chegada na República... Sim, uma república! Se tiver pessoas idiotas lá, além de aturá-los nos dias de uma escola normal, teria que olhar para a cara deles todos os dias...
Respirei profundamente. Bom, não havia nada a ser feito, afinal foi minha decisão.

No fundo estava animada para encontrar minha melhor amiga, Miya. Acabamos nos separando quando ela viajou para França em turnê, porém nunca deixamos de nos falar. E agora estudaremos na mesma escola já que ela decidiu dar um tempo na carreira.

Percebendo que não conseguiria mais pegar no sono, optei por pegar meus headphones para ouvir alguma música que me agradasse e distraísse até a chegada em solo francês. ❝ Em autoplay... Fools – Troye Sivan
Por algum motivo, naquele momento, a música retratava bem o que eu sentia. Ou em quem eu pensava...
“Só queria esquecer todas as pessoas e lembranças que já me feriram algum dia”. Havia jogado a toalha, havia cansado... Eu ainda lutava sem saber o porquê.

Deixei que minha cabeça tombasse levemente para trás, no encosto do assento. As memórias voltando como flashes rápidos em minha mente.

Momentos perdidos, em pó e cinza. Nossas noites e declarações parecem agora tão distantes... Como se de repente não passassem de um sonho em um crepúsculo qualquer.
Não o culpo pelo acidente. Ele saíra de minha casa naquela noite. Meu erro foi ter deixado ele sair por aquela maldita porta, mesmo não sabendo o que aconteceria em sequência. Viktor Chavalier havia perdido a memória. O “nós” sumiu assim como minhas lágrimas no vento cortante daquele dia.
Decidi me mudar, não aguentando vê-lo sem poder tocá-lo...ou beijá-lo.
A dor ainda era forte, no entanto as lágrimas cessaram no minuto em que subi neste avião.“Será que algum dia ele relembrará?”

A voz rouca vinda dos alto-falantes me tirou brutalmente de meus devaneios. – Atenção senhores passageiros, pousaremos em apenas alguns minutos...
“Finalmente!” pensei enquanto o piloto repetia a mesma mensagem em mais dois idiomas.

[...]

Após sairmos do avião, entramos num táxi que nos esperava no aeroporto.
Aproveitei para usar um pouco o celular e me surpreendi com várias mensagens do mesmo remetente : Miya.
Ri comigo mesma do desespero de minha amiga enquanto lia algumas delas.
“Onde você está?” – 07:06
“Ainda no avião??” – 07:07
“Quero chegar logo e ver você aaaahhh <3 sdds” – 08:03
“SCRR TEM UMA FÃ LOUCA AQUI QUERENDO MEU SER!!” – 08:34
“Vou estar te esperando na frente da escola, o Liam me abandonou :c” – 08:57
A mais recente fazia cerca de 6 minutos. O lugar não era tão longe quanto eu pensava, então chegaríamos lá em pouco tempo. Apenas respondi:
“Estou chegandooo <3 Tenta não botar fogo aí”

Não sei como vai ser daqui pra frente, mas tudo vai parecer mais divertido com ela ao meu lado. Não ficarei entediada nem por um minuto lá dentro.


Notas Finais


Sabemos que esse capítulo não foi lá essas coisas,mas estamos apenas apresentando as personagens <3

Se gostarem da fic nos digam, isso ajuda e nos incentiva a continuar.
~Kissus de luz Sugar/Mad & Sweet/Miya.

x Playlist da Fanfic x

https://www.youtube.com/playlist?list=PLiA9Fb77o12y_h2cIlVkTHHEdtI90fSJq


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...