História Formation - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Chouji Akimichi, Deidara, , Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hidan, Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Naruto Uzumaki, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Suigetsu Hozuki, Temari
Tags Ino, Lobos, Narusaku, Romance, Sasuhina, Shikatema, Shino, Shinoino
Exibições 164
Palavras 1.624
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Hentai, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Boa leitura!!!

Capítulo 2 - Capítulo 2


Fanfic / Fanfiction Formation - Capítulo 2 - Capítulo 2

O cheiro forte de sangue e infecção invadiu-lhe as narinas. Já começava a sentir o suor se formando em sua testa, devido as altas temperaturas do Verão.

- Yamanaka, vai ficar aí parada? - urrou alguém a sua frente.

Ela não sabia quanto mais poderia aguentar ver todos os dias alguém de sua raça ser quase morto naquelas arenas infernais.

Seu olhar pousou sobre o homem inconsciente com o rosto parcialmente mutilado. Provavelmente tinha um dos braços e algumas costelas quebradas, mas nunca é uma boa coisa de se ver.

Se permitiu andar até onde dois homens e uma mulher chorosa carregavam o corpo do enorme macho semiconsciente. Ele soltava pequenos murmúrios mas a dor que sentia provavelmente era excruciante.

Ajudou a carregar o homem até uma das minúsculas casas da vila. O estado da casa não era dos piores. Pelo menos o sofá e a pequena televisão que compunham a sala estavam em ordem. Pousaram o corpo no sofá e Ino se permitiu dar um longo e pesado ofego.

- Pobre Mulher. - murmurou Sasuke, o homem que havia gritado o nome de Ino minutos antes. - Não sei quanto mais ela poderá suportar. - completou, pousando o olhar sobre a mulher encharcada de sangue que cuidava de seu marido estirado no sofá.

- Pelo menos ela não foi à arena. - resmungou Ino,enquanto ambos e o outro homem que havia ajudado saíam da casa.

- Como se fosse menos pior. - disse o moreno, sério.

- E é. - falou Ino, o encarando ferozmente. - Se ela não sobreviver ao básico, que é ver quem você ama ferido, então, me desculpe, mas ela não conseguirá sobreviver ao resto! - completou, cuspindo as palavras. Estava de saco cheio de Sasuke e essa super proteção às mulheres casadas.

- Ino... - murmurou ele, olhando-a com pena.

- Sasuke, não preciso de sua pena. - disse ela, limpando o suor de sua testa com as mãos. - Eu sei me virar sozinha.

- Eu sei. - disse ele, pousando as mãos nos ombros da loira. - Mas até quando? - completou e não esperando uma reposta da morena, tomou seu rumo em direção a sua casa.

Essa era uma pergunta que ela nem mesmo saberia responder.

XxXxX

- Novos moradores! - gritou a vizinha, tirando a loira de seus devaneios. A Yamanaka preparava um ensopado para o casal que vivia junto com ela na casa.

- Sakura-chan, Naruto-kun, vocês ouviram? - perguntou Ino, apagando o fogo do rústico forno a lenha da casa.

- Vamos. - falou Naruto, tomando a mão de sua esposa e rumando para fora da cozinha em direção a rua, com Ino a seu encalço.

Toda vez que era obrigada a encarar aqueles humanos odiosos seu estômago se revirava de raiva.

- Olá queridos moradores lupinos! Estamos aqui hoje reunidos para que nós apresentemos os novos moradores da Vila! - falou um dos soldados, com falso entusiasmo. - Temos aqui homens e mulheres que vieram do leste. Dêem as boas vindas a eles e os façam se sentir em casa.

"Claro" pensou Ino, com todo seu sarcasmo.

E daí em diante é sempre a mesma coisa. Os novos moradores são apresentados e em seguida enfileirados para que toda a Vila tome conhecimento de quem eles são e depois eles são designados a suas respectivas casas. Ino já estava esperando para ver quem seria a mais nova moradora da casa nº 58, que era a sua.

Desde que chegou a Vila, Ino não conseguiu conviver com homens solteiros e que estivessem dispostos a tentar criar um vínculo com ela. Depois de inúmeros esforços do governo, finalmente eles cederam e a deixaram morando com o primo e a esposa deste. A quarta vaga sempre era preenchida por mulheres até que estas morressem na arena ou se casassem e fossem morar com seus companheiros.

- Tsubaki Tadaka, nº 67. - uma menina sorridente de cabelos castanhos saiu, se distanciando da fileira, e rumou em direção aos moradores da respectiva casa.

- Shino Aburame, nº58.

O sangue de Ino gelou ao ouvir aquele número.

Um moreno alto de olhos castanhos atrás de óculos escuros se distanciou da fileira. Ele era enorme, devia ter quase dois metros de altura. Tinha o corpo firme e musculoso, as feições marcadas e másculas e a pele era branca. Ino nunca tinha visto algo tão lindo e perigoso em toda a sua vida.

Foi então que se lembrou que aquilo não podia estar certo. Ele era um homem. E ela já tinha deixado claro que nunca mais deixaria que tentassem uni-la a um novamente.

Percebeu que o então macho se encontrava diante dela e de seus familiares com uma expressão um tanto quanto perturbada.

- Parece que seremos companheiros de casa. - murmurou ele, sem humor.

- Seja bem-vindo. - falou Sakura sorrindo.

- Uma ova! - exclamou Ino, irritada, fitando o rosto do estranho. - Houve algum erro, não era pra ser você a vir morar conosco! - completou, bufando.

- Peço desculpas pelo mal comportamento de Ino. - falou Naruto, lançando um olhar reprovador à loira. - É que ela não está acostumada a receber homens em nossa casa. - completou, fazendo Shino levantar sua sobrancelha direita.

- Não tenho nenhum interesse em ficar no seu caminho. - falou o moreno, dirigindo sua atenção novamente à loira.

- Ótimo. - murmurou ela, cruzando os braços em frente aos seios. - Mas não é realmente esta a questão. - completou, se distanciando dos três e indo em direção ao grupo de humanos.

XxXxX

- Ino Yamanaka. - cantarolou o chefe da guarda responsável pela instalação dos novos moradores, enquanto verificava alguns papéis. Ele era loiro, pele pálida e olhos extremamente azuis. - Posso lhe ajudar em algo? - perguntou, com falsa inocência.

- Pode sim. - falou ela, sorrindo falsamente. - Quero saber que porra vocês tem na cabeça para colocar aquele maldito macho em nossa casa! - exclamou, tremendo de raiva.

- Segure essa sua língua! - rebateu o loiro. - Ou se esqueceu do que aconteceu com você da última vez em que desafiou alguma autoridade? - falou, em um tom de voz sinistro, mas com um pequeno sorriso.

Como ela poderia se esquecer da surra que levara na arena de uma loba que era duas vezes o seu tamanho? Foi a única vez em que perdera uma luta. Trincou os dentes ao relembrar.

- Eu só o quero fora da minha casa. - resmungou a loira, com raiva contida.

- Pois vai ter que aprender a conviver com ele, garota. - falou o chefe. - Vocês dois irão viver sob o mesmo teto, quer você queira ou não. - completou, se distanciando dela e partindo dali.

O corpo de Ino tremia furiosamente. Não queria perder o auto-controle e entrar em fase. Sabia muito bem das consequências se isso acontecesse.

- Ino... - chamou Sakura e Ino apenas lhe lançou um olhar feroz - Vamos amiga. - murmurou a garota, não se deixando abalar. - Não vale a pena.

A Yamanaka se acalmou por um momento e deixou que a nova prima a acompanhasse em silêncio até a casa nº 58.

XxXxX

- Esse é o seu quarto. - disse Naruto ao moreno.

O Uzumaki havia se oferecido para apresentar a nova casa ao rapaz enquanto Sakura tentava acalmar as coisas com Ino.

- Parece... confortável. - falou o moreno, zombando, o que fez Naruto rir.

Na sua frente estava um pequeno cômodo com apenas uma cama precária e um gaveteiro.

- Se precisar de nós, o quarto ao lado do seu é o meu e da Sakura-chan e o à sua frente é o de Ino.

"Ino" pensou Shino. Uma loira de olhos verdes e curvas sedutoras. No primeiro momento em que a viu já sabia exatamente que tipo de mulher ela era. Aqueles olhos tempestuosos e aquela boca carnuda e arrogante tinham de ser parte de alguém com igual personalidade.

- Aí estão vocês. - exclamou Naruto, enquanto ambas as mulheres apareceram na sala. - Já mostrei toda a casa ao nosso mais novo morador.

O comentário fez com que Ino aumentasse sua carranca. Ela deu de ombros e caminhou para fora da sala em direção a seu quarto.

XxXxX

Enjôo bateu-lhe na boca do estômago. Ouviu uma batida em sua porta.

- Me deixa. - falou a loira, de forma grosseira.

A pessoa pareceu ignorar o protesto e abriu a porta mesmo assim. Ino já se preparava para xingar o maldito intruso quando viu quem estava a sua frente.

- Olha, preciso deixar as coisas claras entre nós. - falou Shino, sério. Aquela voz grossa e máscula fez a morena se arrepiar.

- Você não disse que iria ficar fora do meu caminho? - soltou a loira, venenosa, com um sorriso presunçoso no rosto.

- Não é necessária a grosseria. - falou ele, o que a deixou surpresa pela ousadia. - Só queria deixar claro que o que eu disse lá fora é sério. Não me interessa o que você pensa ou o que você faz. - aquelas palavras a atingiram de certa maneira, mas não deixou transparecer.

- Bom, se era só isso, quer me dar licença? - falou, rudemente.

- Não. - falou ele, ainda parado em frente a porta. - Você vai me tratar com respeito. - completou, como se fosse uma ordem.

Ino quase riu pelo comentário.

- Lamento te desapontar. - falou, presunçosa. - Mas isso está longe de acontecer.

- Você vai me tratar com respeito, Ino. - falou o Aburame, se aproximando perigosamente de onde ela estava. - Se não for por bem, vai ser por mal. - murmurou Shino, com os olhos fixos nos da loira.


Notas Finais


Oii gente,esse foi o primeiro capítulo,o primeiro encontro de Shino e Ino não foi amor a primeira vista mas com certeza se sentem atraídos um pelo outro.Gostaria de pedir para que deixem um comentário.E isso aí amores até o próximo,beijos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...