História Foxy Gentlemen's Club [Sexo, Amor & Ódio] (G!P) - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, Originais
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Amor, Camilacabello, Camren, Camz, Fanfic, Fifthharmony, Hot, Laurenjauregui, Lolo, Sex
Exibições 358
Palavras 2.171
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 20 - Voltando A Ativa


Fanfic / Fanfiction Foxy Gentlemen's Club [Sexo, Amor & Ódio] (G!P) - Capítulo 20 - Voltando A Ativa

Quando eu acordei já era a noite, e me assustei quando percebi que tinha dormido demais. Me levantei ainda sonolenta e fui tomar um banho rápido. Terminei o mesmo dando os últimos checape no visual e vesti meu sobre tudo já que estava bastante nublado lá fora


Cheguei na Foxy que estava fechada com apenas os seguranças ao lado de fora conversando, estacionei o carro e sai do mesmo e passei pelos homens que pareciam armários de tão grandes, ignorando os cochichos e fui direto para o escrito de Clara

Passei pela entrada e não encontrei nenhum sinal de Normani secretaria de Clara, mas a porta do escritório estava aperta. Bati na mesma, mas não obtive nenhuma resposta

Abri a porta lentamente não encontrando nenhum sinal de Clara, examinei todo local e percebi que a mulher não estava longe, já que as chaves do escritório e a bolsa da mais velha estavam em cima da mesa

Essa era a oportunidade perfeita pra pegar o que eu queria. Me aproximei da mesa da mulher colocando a bolsa em cima da cadeira e pegando unoite.sa de dentro do bote, em seguida peguei as chaves do escritório e fiz uma marca de todas na massa e guardei com cuidado dentro da bolsa

Coloquei a chave de volta em cima da mesa, e me sentei rapidamente na cadeira quando ouvi a voz de Clara se aproximando

- O que foi agora Lauren? - Clara fala assim que me encontra em sua sala - Seja prevê pois tenho muito que resolver


- Pois vou ser, Camila já acordou - Encaro a melhor que se senta a minha frente


- Mas isso é ótimo, graças a Deus algo de bom aconteceu hoje


- Hum... Ela ainda não esta pronta


- Isso que decide sou eu


- Mas você prometeu esperar um mês! - Falo com raiva


- Não me lembro de ter prometido nada, apenas avisei que queria ela boa logo no máximo um mês


- Então já vai colocar ela pra fazer seus trabalhos sujos?


- Não foi isso que eu disse, mas pode deixar que eu resolvo o que fazer com ela agora


- Ela ainda precisa de cuidados


- Já que você faz tanta questão ainda pode continua seu trabalho, mas quando eu disser que ela esta boa você volta pra suíça e não me aparece mais aqui, entendeu?


- Isso que resolver sou eu - Falo provocando a mulher


- Não querida - Clara fala batendo as duas mãos na mesa - Isso quem resolve só eu! Fora daqui você faz o que quiser, mas quando eu achar que não quero você aqui, você não vai está


- Por que não me quer aqui!?


- Isso não é da sua conta, agora some que preciso fazer uma ligação


Clara fala pegando seu celular e me ignorando totalmente, eu abro a boca na intenção de fala alguma coisa, mas percebo que seria inútil e pego minha bolsa me retirando daquela sala


- Cabello? - Chamo pela menina e alguns segundos a menina abre a porta com os cabelos molhados enrolada em uma toalha


- O que foi!? - A menina questiona com a cara mais sínica - Nunca viu uma mulher de toalha?


- Não começa... - Falo revirando os olhos e Camila me dá passagem pra entrar e em seguida fecha a porta atrás de nós


- Tô esperando meu café da manhã até agora! - A morena fala abrindo o guarda-roupas


- Esqueci... - Na verdade eu não tinha esquecido, só não queria ver Camila naquele momento de novo - Mas trouxe o jantar


- Se eu fosse esperar você pra come morreria de fome


- Eu sei que isso não... - Me perdi totalmente nas minha palavras ficando totalmente sem reação quando Camila deixou a toalha cai no chão ficando completamente nua


A morena estava de costa pra mim e eu posso jurar que ela estava se divertido com aquilo tudo. Camila tinha uma bunda e tanto, seu corpo era bem definido com umas belas curvas, a morena se achava e não era atoa


Me virei ficando de costa o mais rápido possível assim que senti algo ficando duro entre minhas pernas, fechei os olhos e imagine minha professo de matemática do internato quando mais nova, e pra minha sorte foi o suficiente pra impedir que o pior acontecesse


- Então, podemos trepar? - Camila fala rápido quase não tanto para entender


- O que!? - Questiono a menina confusa


- Podemos jantar? - Camila fala rindo se sentando na cama, agora vestida - Tá ficando surta Jauregui


- Não! E não me chama assim, não aqui


- Que seja... - Camila revira os olhos


Esperei a menina termina de comer para poder ir pra casa, eu estava bastante cansada e minha cabeça parecia que ia explodir. Retirei meu celular do bolso verificando as horas que marcava 21:40. Camila saiu do banheiro terminando sua higiene e deitou em sua cama


- Tenho que ir - Falo pegando minha bolsa - Amanhã a gente se fala


- Mas já!? - A menina fala com a voz manhosa - Fica...


Podia está engana, mas chegava ser estranho o fato da latina ser tão bipolar, uma hora me quer perto outra longe, um dia me trata bem no outro quer me jogar pela janela


- Camila... Desculpa. Karla - Me corrijo e a menina apenas rir - Estou cansada tive um dia cheio, preciso ir pra casa dormi


- Pode me chama de Camila - A morena fala sorrindo e eu confesso que aquilo me pegou bastante de surpresa - Mas só se você ficar comigo hoje


- Eu agradeço, mas por que eu deveria ficar? O que você realmente quer?


- Não quero nada Lauren - A morena fala virando a cara - Só que... Bem
... Quando você esta aqui não me sinto tão sozinha...


- Olha quem é apaixonada agora - Eu ri - Cuidado Cabello pode acabar gostando


- Ain... Não é isso, já falei que gosto de homem, o que você tem entre as perna não me deixa molhada - Camila fala rindo e eu engulo a seco - Só tô falando que é bom ter você por perto, mas porque você iria querer ficar em um lugar desses por minha causa, quando você deve ter um belo apartamento com uma bela vista na cobertura...


Camila nesse momento abaixou o olha e pela primeira vez deste que à conheci eu não vi a Camila tão cheia de sí que eu conheci, confesso que doeu um pouco ver a menina de um jeito inferior


- É, eu tenho mesmo - Falo torcendo a boca e Camila desfia o olhar - Mas hoje prefeito ficar aqui vendo sua cara irritante


Falo sorrindo e Camila sorri me dando língua. Jogo a bolsa no sofá e retiro o sapatos me deitando ao lado de Camila na cama


- Falei com Clara hoje - Falo deitada na cama de barriga pra cima e Camila de bruços ao meu lado - Ela sabe que você acordou


- Ela tá aqui hoje!? - Camila questiona aflita


- Sim! - Respondo confusa


- É melhor você se sentar no sofá - Camila fala me empurrando - Ela pode passar pela aquela porta a qualquer momento


- Ela não vai, só vai aparecer aqui amanhã


- Como sabe? Ela disse!?


- Não, mas ela estava bastante ocupada


- Coloca uma coisa na cabeça, o problema da sua mãe sou eu


- Você não é o centro das atenção aqui Camila - Falo torcendo a cara


- Não, não é isso - Camila fala fazendo sinal pra eu sentar no sofá - Clara me compro da concorrência e ele só me vendeu porque Clara ameaçou ele. Ele nunca aceitou o fato de perde pra ela, e quando ela fala que tem cliente que são loucos por mim, acredite eles são


- Mas quem é ele!? O que você tá falando!? - Camila se prepara pra fala mas muda de ideia e deitada na cama quando escuta os barulhos de saltos inconfundível se aproximando


O som do salto foi ficado cada vez mais próximo, Camila continuava deitada e eu acendi a luz e peguei um livro fingindo que estava lendo. Clara entra no quarto examinado todo o lugar e me encara sorrindo


- Você ainda esta aqui!? - Clara fala e Camila se lavanda sentando na ponta da cama, só que ao contrário de alguns segundos atrás estava com uma expressão indecifrável e com os olhos vazios


- Não, essa não sou eu é apenas um holograma - Falo com um sorriso debochado e vejo Camila segura o risso Clara apenas faz uma careta e me ignora


- Então é verdade - Clara fala cruzando os braços - A bela adormecida acordou?


- Não ela continua dormindo e isso não passa de um sonho - Falo revirando os olhos


- Cala a boca Lauren, não quero ouvir sua voz


- Então não faça perguntas idiotas


- Querida, não precisa ter ciúmes, depois nós conversamos - Clara fala com sorriso mais cínico - Mas hoje meu assunto é com Karla, e como você ok?


- Como pode ver, ótima - Camila fala forçando um sorriso de canto - Pelo visto não é tão fácil se livrar de mim


- Que bom que não, acredite ou não estou bastante feliz que você esta bem, nem imagina o quanto


- Acho que posso imaginar...


- Bem, vamos parar com essa falação toda, e ir direto ao ponto, não aguento ficar mais um segundo nesse lugar


- Então vá direito ao assunto, querida... - Camila fala sem nenhum pingo de humor


- Tenho um trabalho pra você essa noite


- O que!? Nada disso! - Falo me levantando do sofá furiosa - Ela não vai!


- Bem, pela primeira vez não vai ser eu e muito menos você que vai decidir isso e sim a própria Karla


- E ela não vai! Tenho certeza que ela não vai querer fazer mais um dos seus trabalhos sujos


- Vamos deixar ela decidir, até porque é do total interesse dela - Clara se vira para Camila que se mandia calada - Karla Ian quer ver você, o que eu digo a ele que você vai ou n....


A mulher nem preciso termina a frase e Camila já estava respondendo, me pegando totalmente de surpresa e fazendo Clara esbanjar um sorriso de vitoriosa


- Sim! Diga a ele que eu vou - Camila fala sem nem sequer olha em minha cara


- Foi o que imaginei, pois bem ele está a sua espera, se arrume pois você vai passar a noite com ele até amanhã - Clara fala ainda com aquele sorriso nojentos nos lábios enquando eu fuzilava Camila com meus olhos


- E quando a você Lauren, lembre-se do que eu te disse e não house a se meter novamente nos meus assuntos e quando eu fala uma coisa não estou pedindo permissão, estou mandando - Eu esta com raiva demais pra discutir com Clara ou pensar em qualquer coisas em relação apenas ignorei a mulher que sai sorrindo pela porta me deixando novamente sozinha com Camila


- Eu não acredito que você vai aceitar sai....


- Lauren presta atenção - Camila fala me empurrando pelos ombros e me fechando entre a parede - Não sei o que passa na porra dessa sua cabeça fodida, mas eu não tenho nada com você, eu sou a porra de uma prostituta como sua mamãe sempre deixa bem claro, e tenho que fazer meu trabalho ou você sabe muito bem o que acontece... Mas o que tenho pra dizer é que eu não me importo nenhum pouco com você, não quero você me dando ordens do que eu tenho ou não que fazer ... Quer um conselho!? Fique longe de mim, e quando você quiser minha ajudar pra foder com esse lugar e a sua mãe me procure, pois não estou aqui pra realizar suas fantasias seja lá quais são


- Então que seja - Falo empurrando a menina de cima de mim - Clara estava certa você não vale porra nenhuma, e acho até que você gosta de fazer o que faz né!? Fazer o que, tem gente que nasce pra isso, e você é só mais uma


- Sai daqui Lauren, some da minha frete! - A latina grita furiosa apontando a saída


- Não precisa fala duas vezes - Me retiro daquele batendo a porta com tanta força que faço as paredes temerem


Limpo as gotas de lagrimas que existem em rola pelo meu rosto "Porque diabos eu estava chorando" Camila era uma filha da puta que não merecia uma lágrima sequer


Entrei no meu carro com a intenção de ir pra casa, mas acabei mudando de ideia e fui para boate mais próxima que estivesse aberta, ir pra casa essa noite estava fora de questão. Sei muito bem que nada me faria pegar no sono essa noite


Notas Finais


Oiee amores ❤ Obrigada a todos pela força ❤❤❤❤ Amanhã já tem continuação 🙌 Deixe seus votos e comentários e até logo 😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...