História Frans, os 18 anos de Frisk - Capítulo 34


Escrita por: ~ e ~Lu

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Burgerpants, Chara, Doggo, Error Sans, Flowey, Frisk, Gerson, Greater Dog, Grillby, Ink Sans, Mettaton, Muffet, Napstablook, Papyrus, Personagens Originais, Sans, Toriel, Undyne, Vulkin, W. D. Gaster
Tags Revelaçoes, Surpresas
Visualizações 155
Palavras 704
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 34 - Vixxx! Vai da treta!


Fanfic / Fanfiction Frans, os 18 anos de Frisk - Capítulo 34 - Vixxx! Vai da treta!

Nesse momento em que nossos rostos estavam quase colados, eu diminui ainda menos o espaço entre eles, e em poucos instantes pude sentir seus lábios tocarem nos meus...

Eu não queria que aquele momento acabasse nunca, depois de todo esse tempo, parecia ser tudo igual! Os seus beijos, carícias, olhares... era como se nada tivesse acontecido, como se ainda fossemos aqueles dois adolescentes bobos que ficavam vendo séries o dia Inteiro. Depois de alguns longos beijos eu fui me dar conta da situação.

-- Pera, pera! - eu disse saindo do beijo - a gente tem que se decidir! Porque... sei lá, uma hora a gente termina, depois brigamos, e agora estamos ficando! Assim não dá...

Ele se afastou ainda mais

-- É você tem razão, e ainda mais agora que as coisas estão mudando tanto assim...

Eu soltei um suspiro, não aguento mais essa confusão na minha vida! 

-- Sabe... eu acho que nós somos um nó  muito difícil de desatar....

Eu me encolhi em um cantinho, ele se aproximou de mim e me abraçou.

-- Acho que o que precisamos é continuar assim, sempre enrolados hahahaha.

Querendo me fazer rir em uma hora dessas, vê se pode! Hahahaha.

Nós ficamos conversando por um longo tempo, até chegar a hora dele ir embora.

-- Vai ficar por mais quanto tempo aqui? - perguntei 

-- Acho que segunda mesmo eu volto...

-- MAS JÁ???

-- Sim... você sabe que eu não posso ficar por muito mais tempo por causa do seu horário de visitas né? 

-- Sei... aí que saco! 

-- Hahahaha relaxa, a gente ainda tem amanhã.

-- Só amanhã, você quer dizer...

-- É... só amanhã... bom, tenho que ir.

Ele me deu um selinho, eu o levei até a porta, e ele foi embora...

Eu mal fechei a porta e a Rafaela surtou! 

-- MIGA SUA LOKAAAAA!!! O QUE ROLOU NAQUELE QUARTO???

-- Oque? Nada..! - eu disse meio envergonhada

-- Me engana que eu gosto!!!

As outras também estavam curiosas, então resolvi contar de vez! 

-- CHAMA O SAMUUUUU PORQUE EU TÔ MORRENDO!!! - surtou Rafaela - Vocês mal terminaram e já estão se pegando de novo!

-- Também não é bem assim... - disse totalmente constrangida 

-- Hahahahaha tá bom que não é assim! Com o meu boy sempre foi assim! - disse América 

-- Nosssaaaaaa!!! Faz invejinha pras amiga, faz! - falou Rosa.

Hahahahahaha, Nós ficamos rindo por muito muito tempo, até meu celular tocar, era da facul....

Eu atendi.... e.....

-- Quem era? - perguntou Alice

-- Era... da facul... 

-- Oque eles queriam? 

-- ... simplesmente, amanhã.... em pleno domingo... vai ter aula...

-- OQUE? - perguntou Rafaela indignada com a situação - eles não tem o direito de fazer isso, tem? 

-- O regulamento da Universidade inclui aulas surpresas ao longo da semana. - respondi

-- Afffffff! Eu tinha planejando tudo pra manhã! Iríamos passar o domingo juntas! 

-- Sério... Eu não aguento mais isso! 

Fomos dormir mais cedo, ninguém mais estava no clima pra conversar, eu tomei banho e fui dormir, com a esperança de que a noite não acabasse nunca! 


Eu acordei bem cedo e fui pra facul, com o ânimo lá no subsolo! Logo que eu cheguei uma ruiva falsa que eu nunca me lembro o nome começou a me zuar.

-- Hahahaha olha quem chegou! A bobona da sala! Hahahahaha 

Um monte de gente a minha volta começou a rir, obviamente eu revidei.

-- Olha que já tava aí! Eu pensei que ainda estivesse na esquina rodando bolsinha! 

Incrível que com só essa palavras eu calei a boca dela e a de todos em volta! Pela primeira vez eu me senti bem naquele inferno! 

A aula foi a mesma coisa de sempre, e com isso eu quero dizer que não entendi nada! É sempre assim! E por esse fato eu fui mais zoada ainda! 

O sinal tocou e eu saí correndo! Não quero ficar nem mais um segundo aqui! Na saida eles começaram a me dizer:

'Olha a trouxa passando hahaha'

'Cuidado pra não tropessar na sua burrice' 

'Coitada, será que ela sabe quanto é dois mais dois? Hahaha'

'Vix! Essa aí não tem futuro'

Eu queria era assassinar todos eles! Mas parece que alguém já ia fazer isso pra mim...

Sans estava na entrada, matando todo mundo com os olhos! Ai Meu Deus! Eu tenho que empedir isso.... lá vem Bad time .



Notas Finais


Desculpem eu ter feito esse capítulo meio curto, é que no momento eu estou morrendo de sono, e pra variar tenho prova amanhã afffffff, mas prometo fazer o próximo beeeeeem longo. bjs, espero que tenham curtido😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...