História Frans, os 18 anos de Frisk - Capítulo 38


Escrita por: ~ e ~Lu

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Burgerpants, Chara, Doggo, Error Sans, Flowey, Frisk, Gerson, Greater Dog, Grillby, Ink Sans, Mettaton, Muffet, Napstablook, Papyrus, Personagens Originais, Sans, Toriel, Undyne, Vulkin, W. D. Gaster
Tags Revelaçoes, Surpresas
Visualizações 64
Palavras 1.806
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


HELLOOO PEOOPLEE!!! eu voltei gente!! em primeiro lugar: leiam as notas finais. Em segundo lugar: esse é o primeiro capítulo que eu estou fazendo pelo computador então me desculpem se tiver algum erro muito grave, então é isso
ENJOY IT! (desculpa, tô mnt vicíada em uma fanfic q a autora diz isso, se a autora estiver lendo... SÔ SUA FÃ!!!! ME NOTAAAAAA!!! ok, desculpa d nv) ps: essa aí na capa do capítulo é a Érica.

Capítulo 38 - Sans e Érica


Fanfic / Fanfiction Frans, os 18 anos de Frisk - Capítulo 38 - Sans e Érica

 

visão do Sans

flashback on 

-- Você vai? - me perguntou Asriel... meio histérico... tenho que confessar. Todo o pessoal da facul havia recebido um convite para visitar uma acampamento/fazenda/rancho/na verdade eu não sei oque é isso , tava todo mundo animado, menos eu, fazem dois dias que a Frisk partiu, e eu já sei que não vai ser a mesma coisa sem ela.

-- A.... sei lá cara, não to muito no clima - respondi encarando o chão 

-- AH MAS VOCÊ VAI SIM! - alguém gritou atrás de mim, eu dei um pulo de susto, o que fez Asriel rir de mim, não demorou muito para mim perceber que quem gritou foi Chara, ela deu um beijo no Asriel, que ainda ria por sinal, depois ficou me encarando com uma cara de brava - Sans! você tem que entender que a Frisk não está mais aqui, e você perdendo oportunidades de se divertir com seua amigos não vai fazer ela voltar!

-- Nossa! Tenho que adimitir que você me ajudou muito! Valeu hein - respondi com um tom irônico

-- Não ha de que! - ela se virou de costas para ir embora - você vai... ou por bem, ou por mal... - tenho que admitir que aquilo me deu um arrepio, dessa eu não fujo...

 

No acampamento

 

Já faz mais ou menos... meia hora que estamos aqui, e tenho que dizer que o lugar é muito bonito! Eu jurava que iriamos dormir em barracas ou algo do tipo, mas na verdade nos instalamos em uma casa muito grande e bonita, com vários quartos, cada quarto tinha duas camas, o que fez os professores nos dividirem em duplas, o professor Robert me colocou em um quarto no primeiro andar com uma menina chamada Érica, eu só a conhecia pelo nome, ela era amiga da Frisk, não sei com que macumba foi que a Chara conseguiu ficar no mesmo quarto que Asriel, mas foi uma das boas. Quando finalmente o professor terminou de dividir os quartos eu fui correndo pro meu, ainda sem encontar a tal Érica. Aos poucos fui arrumando tudo, oque só me deixou triste, aquele quarto silêncioso só me deu mais tempo pra pensar como tudo poderia ser diferente, como eu poderia estar dividindo esse quarto com a Frisk, como nós poderíamos estar arrumando nossas coisas juntos agora, como teriamos bagunçado tudo de novo por conta de uma pegação louca e cheia de desejo e como..... eu sinto saúdades dela... mas eu sei... sei que ela está bem melhor agora... meus pensamentos foram interrompidos por uma garota de cabelos castanhos que acabara de chegar a porta do quarto, ela estava ofegante.

-- Oi - ela me disse ainda ofegante

-- É... Oi? - meu comprimento saiu mais parecido como uma pergunta, a garota jogou sua mochila no chão e se jogou sobre a cama - você é a Érica né? 

-- Hum? A! É verdade. Me desculpa por não me apresentar, sim, sou eu - ela continuava respirando fundo - ufa! aventura na primeira hora de acampamento não é fácil não! 

-- Oque você fez? - perguntei curioso, me jogando na cama dela também.

-- Bom, eu simplesmente fugi dos professores para dar uma volta por aí assim que chegamos, fui pra mata e encontrei um filhote de coelho, mas então eu pensei "hummmmm, se aqui tem uma presa, é porque também tem um predador..." e bem nesse momento eu escutei um barulho vindo dos arbustos atrás de mim. Não precisei nem de meio segundo pra sair vazado dali! Mas o meu problema foi que eu adentrei muito na mata, levaram alguns longos e torturosos minutos até eu achar uma trilha, ainda tive que driblar os professores de novo, só pra estar aqui - enquanto ela contava a história foi recuperando o fôlego.

-- Uau! Com certeza uma aventura bem emocionante! - nó rimos 

Ficamos conversando mais alguns minutos, falamos sobre o acampamento, a facul, até da Frisk, elas eram bem amigas segundo as coisas que ela falava. Depois de arrumarmos tudo fomos para o refeitório onde estavam servindo a almoço, eu sentei na mesa de Chara, Asriel, Betty, Henrique e Cauã, Érica ficou na mesa das amigas dela, porém, durante todo o almoço nó ficamos trocando caretas, como se fossemos amigos de longa data tirando sarro um do outro, Chara e Asriel parecem não ter entendido. porque a cara de ponto de interrogação deles foi hilária! 

 

Acha que foi só isso, não, não mesmo, durante todo o período do acampamento fizemos tudo juntos, todas as trilhas, pescaria, mergulho, jogos e até na hora de lanchar nós ficamos juntos, Érica realmente é uma boa companhia, mais isso causou a indgnação dos meus amigos, que ficaram dizendo que agora eu tinha tempo só pra ela, fazer oque? Nesse meio tempo ela se abriu pra mim sobre o namorado dela chamado Mark, eles namoravam a três meses, mas assim que ele soube que ela iria viajar para um acampamento sem ele, ficou muito irritado e terminou o relacionamento, ela me disse que ainda tem esperança de voltar e fazer as pazes com ele, e eu também me abri um pouco em relação a Frisk... foi bom falar com alguém sobre isso, no final deu que nós dois pegamos no sono e dormimos alí mesmo no carpete.

 

Alguns dias depois

 

-- Sans! Viu minha blusa? Não a encontro por nada nesse mundo! - perguntou Érica enquanto corria para arrumar suas coisas

-- Aqui - disse enquanto jogava a blusa na cama dela, também estava arrumando minhas coisas na velocidade da luz. Nós sabíamos que partiríamos de volta hoje, mas mesmo assim, decidimos fazer uma trilha, que deu em: o ônibus parte em 15 minutos, e nós começamos arrumar tudo agora.

-- Meu pai vem me buscar, se você quiser pode vir comigo, assim não precisamos nos apressar tanto.

-- Acho que não rola, meus amigos vão cometer homicídio se eu não voltar com eles - ela deu uma gargalhada gostosa - mas é verdade! - Ela riu mais - Bom, de qualquer jeito eu já terminei - óbvio, eu usei mágica - quer que eu te espere?

-- Não precisa, vai lá, e cuidado para não ser morto - dei um beijo no rosto dela, já estava me retirando do quarto - nós podíamos marcar de sair algum dia, fora daqui ou da facul, né? 

-- Quem sabe... - dei uma piscadinha pra ela e fui correndo pra não perder o ônibus, impressionante como esse acampamento me fez esquecer de todos os meus problemas, todinhos! Fiquei procurando Chara e Asriel pelo ônibus, até encontar eles se pegando ferozmente no fundo do ônibus, ehhhhhhh.... é melhor sentar alí na frentre..... 
Tomei um lugar no ônibus e antes que pudesse perceber, recebi uma ligação de Alphys me dizendo que era pra mim vir correndo pro laboratório assim que voltasse, antes que eu pudesse dizer alguma coisa ela encerrou a ligação. Ok.... eu acho

 

 

Assim que eu voltei do acampamento fui pro laboratório, assim como Alphys me pediu, resumindo: blá blá blá blá blá pega aqui esse endereço e vai! Eu não entendi nada no começo, mas assim que fui ao endereço entendi tudo... era a casa de Frisk... por pouquíssimo tempo eu pude ficar com a minha garota, fiquei muito muito feliz em saber que os sentimentos dela não mudaram assim como os meus, pra mim aquele seria o dia mais feliz da minha vida...

 

 

 

 

 

 

seria....

 

 

 

 

 

Eu tive a ideia de buscar ela na sua facul, pra passarmos o dia juntos, mas oque ví... não foi muito agradável... alí, bem a frente dos meus olhos estava a coisa que ela não queria contar pra ninguém, oque a incomodava e a deixava triste...... Frisk sofria bullying..... quando ví tal cena a primeira atitude que pensei em fazer foi quebrar a cara daquelas gurias, mas Frisk me impediu... ela e essa sua mania boba de poupar que faz mal pra ela... ela estava literalmente me pedindo pra não protege-la, isso me quebrou... sai daquele lugar, peguei minhas coisa e fui direto pro aeroporto, eu não vou aguentar mais isso... não vou.

 

flashback off

 

Fiquei dias e dias em casa até meu irmão me jogar pra rua, dizendo que eu precisava de ar puro, fui pro parque e lá... encontrei Érica... visivelmente ela não estava bem, me aproximei, ela estava com a mão no rosto, os cotovelos apoiados nos joelhos, e chorava silênciosamente, ao me aproximar entendi algumas coisas, tipo.... ela tinha bebido.... bebido muito.

-- E aí. Como vai a vida? - perguntei me sentando ao seu lado no banco.

-- Que vida? - me perguntou virando seu rosto pra mim, estava com o rosto vermelho de tanto chorar e o cheiro de álcol era forte, mas dava pra ver de longe que ela tentava não ficar alterada.

-- Também perdeu a sua?

-- Somos dois? - dei um suspiro, sim, eu havia perdido a rasão, o sentido da minha vida assim que Frisk disse aquilo pra mim... - ele... ele... - tentava dizer ao meio do choro 

-- Mark?

-- Aquele filho da [email protected], me usou, abusou dos meus sentimentos e agora eu estou aqui... tentando me esquecer dele... - a cada segundo sua voz ficava mais triste, ela ficou me encarando por alguns segundos - prevejo que não foi tão diferente com Frisk

-- Sim... quer dizer não... na verdade eu nem sei - ela tentava entender - eu a deixei... ou ela me deixou? Eu não sei...

-- Eu nunca o deixaria - tentava não ligar pro que ela dizia, afinal estava sobre efeito de álcol - mas oque é que a gente tem a perder? - ela se levantou do banco, eu me levantei junto, tentei entender oque ela quis dizer - que dizer... somos jovens, solteiros... a vai! você entendeu.

-- É....... não...... - na real, eu não entendi mesmo.

-- ME BEIJA SEU IDIOTA! - ela gritou e se jogou pra cima de mim, me empurrou contra uma árvore que tinha alí perto e ficou me agarrando, eu não sabia oque fazer, ela está bêbada e eu ainda amo a Frisk, mas acho que pela nostalgia do momento eu fiz o mesmo, me senti mal, muito mal mesmo, mas mesmo assim continuei, com aquele beijo tentei fingir que alguém me amava de verdade... alguém que não me magoaria.

 

 

 

 

 

Sem dúvida uma das piores decisões da minha vida

 

 

 

 

 

Eu continuei a beija-la... até ver minha garota alí, petrificada com a cena, PORQUE A FRISK TÁ AQUI??? Porque agora??? Aos poucos eu pude ver lágrimas chegando aos seus olhos, aquilo partiu me coração, mas apesar de tudo eu ainda a amo! E agora ela deve achar que eu só a usei, e que estou com outra............ eu ia sair daquela sem vergonhice....... até que.......

 

 

Continua...


Notas Finais


Oi de novo, é, esse capítulo tá saindo meio tarde, na verdade era pra ele ter saido a uns 3 dias atrás, mas... EU PERDI TUDOO!!! Tudo foi apagado, daí eu tive que reescrever.


KKKKKKKKKK eu sou muito mal né? Eu podia simplesmente continuar, sem fazer o ponto de visão do Sans, mentira não podia não, tem coisas muito importantes aí, mas do mesmo de jeito to me sentindo mnt BadGirl.

Me desculpem por estar saindo tão poucos capítulos pela semana, o estado de saúde da Lu não é um dos melhores, e eu estou dando todo o meu apoio pra ela, aliás obrigada pra quem desejou melhoras pra Lu, brigada mesmo <3

E por final.... MUITO MAIS MUITO OBRIGADA PELOS 83 FAVORITOS <3 <3 <3 vcs me deixaram muito muito feliz, eu lembro exatamente do dia que recebi meu primeiro comentário, eu fiquei tão hapyyy!!! E agora estou aqui agradecendo pelas 83 pessoas que gostaram da minha fanfic, sério eu não sei oque dizer, eu amo vocês, obrigado por tudo e até o próximo capítulo (preparem suas lagrimas huahuhuahuahua.... eu to meio loka pq estou escutando muito History do One Direction.... meu psicológico ta abalado...)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...