História Roller Coaster - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Chaz Somers, Christian Beadles, Justin Bieber, Ryan Butler
Personagens Justin Bieber
Tags Bizzle, Chaz Somers, Christian Beadles, Imagine Belieber, Justin Bieber, Kidrauhl, Ryan Butler
Exibições 158
Palavras 3.283
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ficção, Magia

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Heey guys! Sorry por não ter postado antes o cap!
Espero que gostem!

Boa leitura shawtyes! 💙

Capítulo 5 - Kiss❗


E… sim, eram gemidos, e do Justin, porque conheço a voz dele. Tentei afastar esses pensamentos e fui para meu quarto, deitei na cama e os idiotas não paravam e de foder pra mim dormir, olhei no relógio ao lado da cama e eram 02:37 AM, nem estava tão tarde, então pensei em algo para fazer nessa madrugada. Até que tive uma ótima idéia!
Desci as escadas e fui até a sala, fui até o telefone fixo e achei uma agenda telefônica, procurei e achei o nome que eu queria. Como eu estava sem celular, o jeito era com o telefone fixo mesmo. Digitei o número e apertei o botão para ligar, logo começou a chamar...

— Alô? - disse Chaz com voz de sono -

— Amn, oi. Desculpe encomodar a essa hora!

— Jullien? O que está fazendo a essa hora me ligando? - perguntou curioso -

— É, sim, sou eu! Será que você não se importaria de vim aqui na casa do Justin agora?

— Mas porque? Aconteceu alguma coisa?

— Na verdade não, só estou carente de companhia mesmo

— Tudo bem, já estou indo!

— Aai que bom! Obrigada beijos te amo, até mais. - disse e desliguei sem esperar nenhuma resposta -

                       (…)

Destranquei a porta da frente e sentei no sofá esperar Chaz, ele chegou depois de uns 20min.

Quando percebi que seu carro estava no jardim já fui logo e abri a porta para lhe esperar.

— Chaaz! - disse e lhe dei um abraço e um beijo na bochecha, ele fez o mesmo -

— Hey princesa, tudo bem com você? - disse afastando-se de mim e entrando para dentro de  casa -

— Sim, e com você? -

— Bem

— Então, vamos fazer o que? - falei tentando lembrar de algo para fazer -

— Filme? - disse pensativo -

— Simm! - falei empolgada -

Subimos até o terceiro andar onde ficava o cinema, quando passávamos nas escadas do segundo andar e provavelmente ouviu os gemidos, até que ele disse:

— Agora entendi porque você esta acordada! - falou rindo -

— É, bem por isso mesmo - falei rindo mais ainda -

Chaz foi escolher um filme e pregar os cobertores, pois estava frio, e eu fui na cozinha fazer brigadeiro e pergar as comidinhas que não podem faltar em uma maratona de filmes. Depois de fazer o brigadeiro, o deixei na geladeira e subi até o cinema com salgadinho, cookie e sorvete. Chaz já estava me esperando.

— Será que filme então? — perguntei sorrindo -

— Tem duas opções: Sem Saída e Gigantes de Aço!

— Amn... - pensei um pouco - gigantes de aço porque to de tpm e não quero chorar! - nós rimos e ele deu play no filme -

— Não se preocupe, não vou te deixar chorar babe - disse fofo, e eu amo gente fofa -

                    (…)

O filme já estava no final e eu estava chorando, como imaginava..

— Porque está chorando princesa?  - disse Chaz se aproximando de mim. Eu só o abraçei -

— Chaz? - murmurei com voz de choro -

— Ahn? - disse prestando atenção no filme -

— Porque as vezes você me chama assim? - perguntei olhando pra ele -

— Assim como?  - perguntou me olhando -

— Assim, como agora a pouco - falei óbvia -

— Princesa? - perguntou -

— É!

— Seria porque você é uma, não é?

— É, sei lá.. As vezes Justin também me chama assim, mas é em tom diferente, porque? - perguntei o abraçando forte -

— Vai ver eu como amigo, e ele, bom… ele talvez algo a mais. Ele não me disse nada a respeito disso ainda, mas quando ele te vê seus olhos brilham

— Ai que bobo Chaz, não, acho que não, até porque eu não ficaria com aquele idiota, porque se ele gostasse mesmo de mim não me trataria mal e não me chantagearia desse jeito, porque eu amo minha família e meus amigos, e eu nunca me perdoaria se algo acontecesse com eles por minha causa.

— Ele não quer seu mal, apenas tente entender o lado dele! - falou Chaz parecendo defender Justin -

— Que lado Chaz? O lado que ele me obriga ficar aqui, não quer nem saber de mim, e eu sei que só estou a dois dias aqui, mas ta sendo horrível pra mim fazer o que os outros querem ou as pessoas que eu amo morrem por minha causa. Eu não to fazendo isso por mim, to fazendo isso por eles. - falei chorando mais do que nunca -

— Ta bom princesa, agora você fica aí e me espera um pouco que vou lá pegar o brigadeiro okay? - disse se levantando e caminhando em direção da porta, eu apenas assenti. Logo Chaz voltou com o brigadeiro -

— Yay, brigadeiro! - falei animada -

— É Jullien, acho que tu já pode ir pro Master Chef! - disse brincando -

— Mas então poderíamos ser uma dupla, porque seu miojo ficou ótimo também! - falei e nós rimos -

— Chaz? - murmurei -

— Fala - disse baixo -

— Você se importaria de eu dormir aqui ou prefere que vou pro quarto?

— Se você quiser pode dormir aqui, mas não lhe garanto que será confortável tanto quanto uma cama - disse rindo -

— Ta bom, mas acho melhor o quarto, vem, vamos arrumar essa bagunça - falei me levantando e começando a arrumar tudo -

Depois de arrumarmos tudo, eu fui pro meu quarto e Chaz para o dele, e sim, ele tinha um quarto aqui. Na verdade todos os garotos - Chaz, Ryan e Chris -tinham um quarto aqui. Mas também, com essa mansão gigante!
Fui para meu quarto e tirei a roupa ficando somente de lingerie, deitei na cama e dormi em menos de dois minutos

                  
        Justin Bieber POV's

Depois de foder com uma puta fui para meu quarto, tomei um banho e depois direto dormir. Amanhã era sábado, e sábado é dia de sair, acho que vou a minha boate aproveitar um pouco.

                   (…)

Acordei já era tarde, 09:57 AM. Fui ao banheiro e fiz minha higienes, tomei um banho e desci as escadas em direção a cozinha, mas antes de entrar na cozinha passei pela sala e vi Chaz no sofá jogando x-box. Fui até ele e o cumprimentei com um toque de mão

— Eaí Dude! - disse dando pause no jogo -

— Eaí brother! Mas o que tá fazendo aqui?

— Agora não posso nem mais vir na casa do meu amigo?

— Pode, mas é que tu não avisou né - disse e fui pra cozinha tomar café da manhã -

Como Maria não trabalha em finais de semana aqui em casa eu tinha que me virar pra fazer comida, ou apenas pedia fast-food mesmo. Apenas fiz um cappuccino e fui para o escritório resolver alguns problemas.

                     (…)

Depois de resolver todos os problemas olhei todas as câmeras da casa e percebi que Jullien não apareceu em nenhuma. Sai do escritório e Chaz ainda estava jogando x-box. Subiu até o quarto da Jullien e abri a porta, ela estava dormindo de bruços somente de lingerie e descoberta me dando uma linda visão de seu corpo.
Sentei em uma poltrona e fiquei ali a observando. Logo ela acordou sem perceber que eu estava ali

— O que você está fazendo aqui? - disse assustada se cobrindo

   
       Jullien Hampel POV's

Acordei não querendo, ontem foi bom passar a madrugada com Chaz. Abri os olhos e fiquei ali, até perceber que eu não estava sozinha, era Justin, e ele estava me olhando. Naquele momento me odiei por estar somente de lingerie

— O que você está fazendo aqui? - falei assustada me cobrindo com o edredom -

— Agora não posso ficar onde eu quiser na minha própria casa? - perguntou sínico -

— Pode, mas não ficar olhando os outros enquanto dormem, como você estava fazendo, vai saber se tu não é um pedófilo psicopata? - falei cobrindo meu rosto por vergonha -

Em questão de segundos ele veio até a cama e ficou em cima de mim, pegou meus pulsos e os prendeu com suas mãos no lado de minha cabeça, colocou suas pernas uma de cada lado da minha cintura, eu estava sem poder me mecher, eu não pude nem tentar fugir antes que ele fosse me imobilizar.

— Então vou te mostrar quem é o Justin de verdade! - sussurrou em meu ouvido e começou beijar meu pescoço fazendo uma trilha de beijos até minha boca -

— Ju-Justin, para - ignorou e continuou beijando meu pescoço, chegou até minha boca e a beijou. No começo eu resisti, mas depois cedi ao beijo - Justin, por favor! - implorei -

— Por favor o que princesa? - disse com uma voz mais sexy que o normal. Ele já estava com uma mão em minha cintura -

— Me beija - sussurrei e ele me olhou malicioso -

— Eu sabia que você não resistiria a mim Jullien - falou sorrindo e atacou meus lábios -

Depois de um tempo o beijo foi ficando mais quente e ele quis tirar meu sutiã, mas não deixei.

— Melhor não, Justin - falei se afastando dele -

— Porque não? Agora que estava começando a ficar interessante! - disse malicioso -

— Porque isso foi um erro, e não vai se repetir! - disse me enrolando no cobertor e indo até o banheiro - Agora pode ir saindo daqui que eu quero ficar sozinha

— Ficar sozinha pra que? Se eu posso te fazer companhia babe! - disse sorrindo de lado -

— Você sabe se Chaz ainda está aqui? - perguntei achando uma roupa no closet -

— Como você sabe que ele está aqui? - perguntou sério -

— Sabendo - falei sínica -

— Isso não é resposta Jullien! - disse já bravo -

— Porque fui eu que chamei ele okay? - disse no mesmo tom de voz que ele -

— Porque você fez isso? Ninguém lhe deu permissão! - disse exaltado -

— Porque eu estava sozinha e queria companhia! - falei simples -

— E porque não falou comigo? - perguntou em voz alta -

— Porque garanto que estava muito ocupado essa madrugada! - falei sínica -

Seus olhos ficaram escuros de raiva. E ele apenas disse:

— Vou sair daqui pra não te machucar. Daqui 30 minutos vá ao meu escritório pra gente começar o plano de destruir Logan! - disse e saiu do quarto -

Logo fui até o banheiro e tomei um banho demorado, fiz minhas higienes matinais e fui até o closet e coloquei uma calça de moletom cinza e um cropped preto. Fiz a sobrancelha e passei perfume. Desci as escadas, e fui até a sala, Chaz estava lá junto com Ryan e Chris, cumprimentei eles e fui até a cozinha. Fiz um chocolate quente e fui no escritório de Justin. Bati na porta e pude ouvir um "entre" entrei e sentei em uma cadeira de frente pra ele.

— Então, o que você quer? - perguntei tomando um pouco do chocolate quente -

— Eu quero conversar sobre o plano de Logan! - disse óbvio -

— Ta, mas antes com uma condição! - falei seria -

— Qual? - perguntou curioso -

— Eu quero que Paige se separe de Logan! Minha amiga não merece aquele canalha - falei com raiva -

— Tudo bem, então qual é o plano? - perguntou simples -

                      (…)

Depois de um bom tempo falando com Justin sobre o plano, já eram 01:12 PM. Pelo menos ele não tentou me agarrar né. Sai do escritório e fui até a sala com os garotos. Logo Justin veio junto com nós e sentou no meu lado do sofá. Revirei os olhos

— Eaí gente, que tal a gente sair hoje? - perguntou aos meninos e todos concordaram -

Fui até a cozinha e fiz um strogonoff de carne, arroz, maionese, salada e suco de abacaxi. Arrumei a mesa e chamei os garotos. Todos se sentaram na mesa e começaram a se servir, e pra mim sobrou o único lugar vago na mesa, ao lado de Justin, ele ta de brincadeira comigo né?

                    (…)

Eu nem comi direito, estava sem apetite, mas diferente de mim, eles comeram muito! Todos elogiaram a comida e logo foram pro escritório de Justin, ficaram um tempão lá até que todos saíram e ficaram no sofá conversando sobre o que? Isso mesmo, mulheres! Mas não liguei muito.
Estava sentindo uma cólica horrível, deitei ali mesmo e me encolhi. Mas se tinha uma coisa que eu sentia era cólica menstrual. Até que ouço meu nome.

— Julien, você está bem? - perguntou Justin vindo até mim e ficando no meu lado -

— Uhum - resmunguei -

— Mas não é o que parece! O que você está sentindo? - Ryan perguntou -

— Cólica, dor - murmurei baixo -

— Hmn, venha, vamos lá pra cima - Justin disse me ajudando levantar. Levantei, mas não consegui caminhar. Isso nunca havia acontecido comigo, eu não sei o que estava acontecendo -

Justin percebeu que eu não conseguiria subir todas aquelas escadas e me pegou no colo, mas ele passou pelo meu quarto e não me levou pra lá.

— Justin, onde está me levando? - perguntei com a voz falha. Ele não respondeu, apenas me deu um beijo na testa -

Percebi que ele entrou em um quarto estranho, não era meu quarto. Chaz, Ryan e Chris também estavam lá, mas não liguei muito. Justin me colocou em uma cama grande e macia. Olhei ao redor e percebi que aquele quarto era muito maior do que os outros da casa. Ouvi uma conversa de alguém com Justin, devia ser algum dos garotos.

— Justin, porque trouxe ela aqui pro seu quarto? Você nunca trouxe nenhuma garota aqui brother!

— Fica tranquilo irmão, agora me deixa um pouco sozinho com ela, se quiserem podem ir pra casa porque pelo menos hoje vou ficar aqui com ela. Não vou na boate hoje okay?

— Tudo bem, cuida bem dela Dude!

Logo percebi o os garotos saíram do quarto e Justin fechou a porta pegou seu celular e fez uma ligação, depois voltou e deitou ao meu lado na cama, e começou fazer cafuné em mim

— Justin? - murmurei baixo -

— O que foi princesa?

— Porque você não me levou pro meu quarto?

— Porque aqui no meu quarto fica melhor de cuidar de você! - disse com um sorrisinho nos lábios. Então aqui era o quarto do Justin, mas aonde ele dormiria? - O médico já está vindo ver o que você tem okay? Você vai ficar bem babe!

— Cadê o Chaz? - perguntei pensativa -

— Já foi pra casa! - falou simples - Porque?

— Ah, queria dar tchau pra ele! - falei triste -

— Depois eu ligo pra ele okay?

Apenas assenti. Depois de algum tempo conversando com Justin, o médico chegou. Ele me fez algumas perguntas e disse que o que eu tinha era normal, por eu não ter me alimentado direito nesses últimos dias e blá blá blá. Me receitou um remédio pra dor e disse que era pra mim me alimentar bem e ficar em repouso que eu logo melhoraria.

O médico saiu do quarto e Justin logo entrou.

— Então, aqui está o remédio e um copo com água! - disse me entregando. Coloquei o comprimido na boca e tomei um gole de água, o gosto era horrível, mas pelo menos as dores eu não sentiria mais. Entreguei o copo para Justin e ele o deixou no criado-mudo ao lado da cama.

— Então, o que quer comer hoje? - perguntou se deitando ao meu lado, bem próximo de mim -

— Hmn, pizza? - falei sorrindo -

— Okay, então vamos jantar pizza hoje!

— Yay! - comemorei - Aí! - resmunguei de dor -

— Agora fique quietinha aí dona Jullien, porque agora vou lá na cozinha fazer alguma coisa pra você comer okay? - assenti -

                  (…)

Fiquei esperando Justin chegar com a comida, mas demorou muito, então eu fui tomar um banho. Fui até meu quarto e tomei um banho, vesti um conjunto de lingerie preta e uma camisola, voltei até o quarto de Justin e ele estava demorando tanto que até dormi. E só acordei com alguém chamando meu nome!

— Jullien, acorda princesa! - Justin disse tentando me acordar. Abri os olhos e percebi que já não sentia mais muita dor, era mais cólica que ainda estava sentindo. -

— Já acordei! - disse me sentando na cama e me deparando com Justin sem camisa, apenas de calça de moletom e com o cabelo bagunçadinho extremamente sexy me olhando com uma carinha fofa -

— Está se sentindo melhor princesa? - perguntou se sentando ao meu lado, pegando um pedaço de pizza e me entregando -

— To sim!

                   (…)

Depois de um tempo  assistimos um filme e eu já estava dormindo, quando Justin levantou da cama e tirou a calça de moletom, ficando apenas de boxer branca. Logo deitou na cama de volta

— Julien? - ele disse e eu olhei pra ele -

— Que? - perguntei simples -

— Vai dormir assim? - perguntou me olhando malicioso -

— Ahn? - perguntei sem entender -

— Você vai dormir com essa roupa?

— Vou, porque? Mas não se preocupe, já estou indo pro meu quarto, já estou melhor - disse me levantando -

— Não! - falou e puxou meu pulso -

— Não o que? - perguntei assustada -

— Você vai dormir aqui!

— Não vou não Justin, aqui é seu quarto, é melhor eu ir pro meu! E olha, eu já to melhor e qualquer coisa eu te chamo, obrigada por ser gentil comigo mas já estou indo! - falei tentando me soltar -

— O que eu tenho que fazer pra você dormir aqui?

— Nada Justin, por favor, me solta! - implorei -

— Não vou, você vai dormir aqui, comigo!

— Justin, se você tá pensando que sou como essas vadias que você pega está muito enganado! Porque eu não sou e nunca vou ser. E aquilo que aconteceu hoje foi um erro, não pense que vai acontecer de novo porque n.... - ele me interrompeu -

— Vai sim, e eu posso provar! - disse, e quando eu vi ele já estava em cima de mim me beijando -

— Para! - falei tentando me afastar -

— Não! - disse e começou beijar meu pescoço -

— Para Justin. Eu não quero isso e você sabe muito bem! - falei o empurrando para longe -

— Eu sei muito bem que você quer tanto quanto eu quero. - falou e colou mais nossos corpos -

— Não Justin, e pode parando, mas eu só durmo aqui com uma condição! - falei me rendendo -

— Qual? - seus olhos se encheram de esperança -

— Você não vai tentar nada comigo, e essa cama é bem grande, então pode ir indo lá pro outro canto okay?

— Ta bom. - disse se fazendo de coitadinho -

Fiquei de costas pra ele e fechei os olhos, quando estava quase pegando no sono senti alguém me abraçando. Não é possível que seja Justin de novo, esse garoto não aprende mesmo...







     Continuaa! ✨


Notas Finais


Comentem o que estão achando da fic guys!



xoxo babes ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...