História Freaks: The Rebelion - Interativa - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~MrStrange

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Daniel Sharman, Hyuna, Kim Hyuna, Paranormal, Poderes, Power, Realeza, Rebelião, Romance, Sobrenatural, Supernatural, Vagas Abertas
Visualizações 300
Palavras 451
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Ecchi, Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Se flopar, nois finge que nada aconteceu
Interativa de novo, eu sei
Tô aceitando co-autor

Capítulo 1 - Prólogo: Fichas e regras


Fanfic / Fanfiction Freaks: The Rebelion - Interativa - Capítulo 1 - Prólogo: Fichas e regras

Era inverno em Baulevard, e, como o oráculo dissera, esse seria o inverno mais rigoroso de todos. Os camponeses da pequena vila estavam apreensivos com a notícia, afinal, não tinham muitos recursos, e com certeza teriam de dividir suas casas, suas mantas, e seus alimentos para sobreviver ao inverno congelante que se alastrava pelo reino.

Acima de todos os pequenos vilarejos de Baulevard, como todos os reinos, eles tinham um governador. O grandioso rei Sebastian Lancé, e sua bela rainha Lorrane Lancé. Os mais ricos, os mais poderosos, os mais estranhos.

As aberrações. Era como alguns aldeões ousavam os chamar, sendo executados logo em seguida pela corte real. Mas, em seu todo, tais aldeões não mentiram ao dizer essa palavra. Aberração é uma palavra perfeita para descrever a realeza.

Como se não bastasse, era Um de Fevereiro, o dia da Coleta. Um único dia no começo do ano, onde a realeza tinha total poder sobre todos os bens próprios dos camponeses, e poderiam apanhar o que quisessem. E todos os plebeus aceitavam calados, sem se atrever a olhar nos olhos daqueles que poderiam lhe matar com um estalar de dedos.

Fizeram a fogueira de honraria, e colocaram-se em suas posições: Mulheres dentro da casa, e homens em suas portas, para dizer o nome da família. Logo, ouvira-se o famoso barulhinho do desespero. Tec Tec Tec, vindo dos cascos dos cavalos reais, ao longe se podia ver a carruagem revestida em ouro puro, e o silêncio dominou o vilarejo. Diferente do esperado, não saíra Sebastian da carruagem, e sim um salto de cristal. Lá estava a princesa Felicia Lancé, em sua primeira Coleta. Ah, a garota tinha amado a ideia do pai para ter sua primeira experiência com a Coleta.

Sabendo que uma mulher não poder transitar por aí desacompanhada de um homem, o herdeiro do trono, Christian Lancé fora com ela. Ele já tinha outra opinião, e só queria estar em seu castelo, lendo algum livro na imensa biblioteca. O mesmo tinha apenas compaixão com aqueles pobres corações assustados, sim, ele podia senti-los batendo forte contra seus peitos.

Então, quando uma criança saiu de seu lugar, e foi atrás de uma borboleta cristalina, que eram comuns nos invernos por levarem flocos de neve em suas asas, Christian já havia perdido o controle daquele cavalo selvagem que era sua irmã. E, quando a mesma torceu o pescoço do pequeno com apenas um olhar, ele conseguiu sentir todos os corações falharem uma batida.

Pegara o que devia, apenas por pegar, e puxara Felicia com aquele estúpido sapatinho de cristal, para dentro da carruagem, onde, infelizmente, sabia que tinha de parabeniza-la pelo controle sobre seus poderes. Afinal, eles são o que eles são. Aberrações.


Notas Finais


informações e etc aqui> http://socialspir.it/9356744
Dúvidas e reservas nos comentários
Espero que tenham gostado
×ѳ×ѳ~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...